Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CRENTE COZINHEIRA

Click to this video!

ERA UM DOMINGO,MÊS DE AGOSTO DESSE ANO 2005.EU ESTAVA NA IGREJA FAZENDO O MEU TRABALHO VOLUNTÁRIO NA PARTE DEBAIXO E DERREPENTE PRECISEI SUBIR A COZINHA PARA VER POR ONDE PASSAVA A FIAÇÃO E PARA MINHA SURPRESSA EU ENCONTREI FAZENDO COMIDA POR VOLTA DE MEIO DIA E QUINZE,A COZINHEIRA SIMONE.QUE CRENTE GOSTOSA,PEITUDA,PERNAS GROSSAS.COM UM QUADRILZÃO E UMA BAITA BUNDA,QUE BUNDA.EU SEMPRE FANTASIEI ELA,PENSAVA SEMPRE FUDENDO ELA,TOCAVA PUNHETA DEBAIXO DO CHUVEIRO PENSANDO NELA.MAIS ELA ERA MUITO SÉRIA,COM ROUPAS LONGAS,ETC...NESSE DIA ELA ESTAVA NO FOGÃO FAZENDO ALMOÇO,DE COSTA PRA MIM,QUANDO EU ENTREI ELA ESTAVA PARA MINHA SURPRESSA USANDO UMA CALÇA JEANS BEM APERTADA,CHEGAVA A DIVIDIR A BUNDA DELA E DESENHAVA AQUELE MONUMENTO,NA FRENTE DIVIDIA A XOTA,ELA ESTAVA COM UMA BLUSINHA DE ALCINHA,MAIS COM SUTIÃ.EU ENTREI E BRINQUEI COM ELA,DIZENDO:NEM TE CONHECI, TÁ DIFERENTE.ELA SORRIU E DISSE:É QUE PRA FAZER COMIDA EU ME VISTO ASSIM E TAMBÉM TÁ MUITO CALOR.AÉ EU DISSE :VC TÁ BONITA E BEM.... AÍ ELA DISSE BEM O QUE?EU ENTÃO MEIO SEM JEITO SOLTEI DIZENDO:GOSTOSA.ELA ME OLHOU BEM SÉRIA,BALANÇOU A CABEÇA NEGATIVAMENTE TORCENDO A BOCA DE LADO E SE CALOU,ME DEIXANDO COMPLETAMENTE SEM GRAÇA.PASSOU UM TEMPINHO,FIQUEI ENROLANDO ALI,ENGANANDO QUE O PROBLEMA TAVA ALI,ME ENCHI DE CORAGEM E VONTADE,MAIS COM CAUTELA,CLARO.FUI ATÉ A PORTA,ESTAVA TUDO DESERTO LÁ EM CIMA,SEM QUE ELA PERCEBESSE,PASSEI A MÃO NA PORTA E FECHEI COM CHAVE,TIRANDO DA FECHADURA.DEIXEI PASSAR UM TEMPINHO E CHEGUEI POR TRÁS DELA FINGINDO QUE ESTAVA PASSANDO PERTO DO FOGÃO E SARREI AQUELA BUNDONA NA CALÇA JEANS,ELA NEM OLHOU,NA PRÓXIMA VEZ PASSEI E SEGUREI NA SUA CINTURA,AÍ ELA DEU UMA OLHADINHA ASSIM PRA TRÁS,MAIS NÃO DISSE NADA E EU DISSE DESCULPAS.MAIS UM TEMPINHO DEPOIS PASSEI POR TRÁS DELA,PAREI,SEGUREI NA SUA CINTURA E CHUPEI O PESCOÇO DELA,COM FIRMEZA E SEM MEDO,SEM QUERER SABER O QUE IA ACONTECER,ESTAVA ATÉ DISPOSTO AGARRÁ-LA.ELA ESBOÇOU UMA REAÇÃO E DISSE ;PARA COM ISSO,MOÇO.O QUE É ISSO?TÁ LOUCO? EU DISSE TO LOUCO SIM PARARA FUDER COM VC E VAI SER AGORA.AQUI NA IGREJA,POIS ESSA É MINHA TARA,MINHA FANTASIA A MUITO TEMPO,TENHO TE OBSERVADO E TE DESEJADO A UM BOM TEMPO E SEMPRE SONHEI EM TEFUDER AQUI E VAI SER HOJE,SUA SAFADA,CADELA.DIZ QUE VC NÃO QUER FODIDA,DIZ.EU PERGUNETI A ELA.E ELA FICOU ESTATALADA,SEM REAÇÃ,SEM VOZ.COM ISSO EU COMECEI A TIRAR A BLUSA DELA,SUTIÃ,ETC..QUANDO EU ESTAVA DESCENDO A CALÇA JEANS DELA,ELA DISSE ESPERA,OLHA A PORTA,EU REPONDI JÁ FECHEI,SÓ TEM NÓS DOIS AQUI.ELA DISSE EU SOU CASADA,EU RESPONDI,MELHOR AINDA,VA VAIA VER A DIFERENÇA DE UMA VERDADEIRA FODA,VOU TE FODER COMO SEU MARIDO BABACA NUNCA TE FUDEU.ELA ESTAVA COM ULA CALCINHA DE LYCRA MINÚSCULA,SE PERDIA NAQUELA BUNDA,EU NEM TIREI PORQUE DAVA MAIS TESÃO NA FODA.ELA DERREPENTE PAROU E DISSE, PERA AÍ,DOBROU OS JOELHOS,FEZ UMA ORAÇÃO DIZENDO ASSIM EXATAMENTE:MEU DEUS ME PERDÕE,MAIS EU NÃO AGUENTO ESSA TENTAÇÃO.DEPOIS EU FALO COM O SENHOR,MAIS ME PERDOE NESSE MOMENTO.DEITEI ELA NA MESA,COMECEI A CHUPAR AQUELES PEITÕES,SUGUEI COMO UM ASPIRADOR DE PÓ E NÃO É QUE ELA TINHA UMA PUTA ESCONDIDA DENTRO DELA,ELA GEMIA SEM PUDOR,PEDIA MAIS,ME XINGAVA DE PUTO,SAFADO,O GEMIDO DELA ERA FORTE E AUMENTAVA O TESÃO NA NOSSA FODA.DEPOIS EU COMECEI A DAR UMA SESSÃO DE CHUPADA NA BUCETA DELA,ERA RASPADINHA,LISINHA,CHUPEI TANTO,TANTO QUE ELA GOZOU 2 VEZES NA MINHA BOCA E DIZIA GEMENDO ALTO:AI QUE LOUCURA, VC É DEMAIS SAFADO.BOTEI ELA DE 4 NA PONTA DA MESA,COM A BUNDA ABAIXADA,POIS EU ESTAVA NO CHÃO EM PÉ ATRÁS DELA,ELA JÁ ESTAVA PINGANDO COM SUA PORRA,POIS JÁ ERA A SEGUNDA GOZADA DELA NA MINHA BOCA.CHEGUEI A CALCINHA DELA MAIS PARA O LADO,SEGUREI COM O DEDO POLEGAR PARA NÃO SAIR,MANDEI ELA ABRIR AS PERNAS,QUE BUNDA,QUE COXA,SÓ VENDO PRA TER UMA NOÇÃO.COLOQUEI A CABEÇA E EMPURREI,DELIZAVA,FOI ENTARNDO TUDO,ELA GEMIA E DIZIA:AI,AI,DEVAGAR QUE O SEU É MAIS GROSSO E COMPRIDO,MAIS NÃO PARA NÃO,VAI,SAFADO.EU ENTERREI ATÉ AS BOLAS ENCOSTAR,SEGUREI NA SUA CINTURINHA DE PILÃO E FIZ VÁRIAS ESTOCADAS,COM DIREITO A BARULHO:PAC,PAC,PAC.QUE TRANSA DELICIOSA,ANTES DE GOZAR EU TIREI DE DENTRO DA SUA XOTA E DISSE;ÃGORA VEM E CHUPA,SENTE O GOSTO DO MEU PAU E DA SUA BUCETA JUNTO,VIRE UMA CRENTE PUTA,PORQUE AGORA VC VIROU UMA PUTA.ELA LOGO VEIO E COMEÇOU A CHUPADA,QUE BOCA SUAVA,QUE BOCARRA,ELA LAMBIA TUDO,ENGOLIA TUDO,EU MANDEI ELA OLHAR PARA MIM E DEI 2 TAPAS NA CARA DELA E MANDEI ELA DIZER:EU SOU PUTA.ELA DIZIA EU SOU PUTA.COLOQUEI ELA DE 4 NOVAMENTE E EMPURREI DESSA VEZ DE UMA VEZ,FAZENDO ELA SOLTAR UM GRITO MUITO ALTO.MAIS CONTINUAMOS,ESQUECEMOS DE TUDO,ATÉ DA IGREJA QUE ESTÁVAMOS.SEGUREI NOS CABELOS DELA DE TRANÇA,DAVA TAPA NA BUNDA DEIXANDO VERMELHA COM AS MARCAS DOS MEUS DEDOS,DAVA TAPA NA CARA,ESTÁVAMOS ALUCINADOS, ELA ESSA ALTURA NÃO ERA MAIS A CRENTE COMPORTADA,ERA UMA VERDADEIRA PUTA,CADELA NO CIO,QUANDO ESTVA PARA GOZAR:O MARIDO DELA COMEÇA A BATER NA PORTA DA COZINHA CHAMANDO ELA:SIMONE,SIMONE,ABRE AQUI PRA QUE FECHAR ESSA PORTA,VA NUNCA FECHOU,SIMONE,SIMONE.E NÓS ESTÁVAMOS ENGATADOS E CONTINUAMOS, ELA DE 4 NA MESA E EU EM PÉ ATRÁS DELA COM TUDO ATOLADO.ELA LÁ DE DENTRO RESPONDEU NÃO POSSO,TO FAZENDO UMA SURPRESSA,DEPOIS,DAQUI A POUCO EU ABRO E VC ENTRA,AGORA NÃO, VAI EMBORA,ISSO COM A VOZ TREMULA E GEMENDO.ELE INSISTIU EM BATER E PERGUNTAR O QUE VC ESTÁ FAZENDO?QUE BARULHO É ESSE? VC TÁ CHORANDO?PQ. SUA VOZ TÁ ASSIM?SIMONE,SIMONE.FOI QUANDO EU GOZEI E SOLTEI UM URRO,UM GEMIDO,SOLTANDO TUDO NAQUELA XOTA GROSSA,CARNUDA,PELADA,SAIU UM JATO,EU CHEGUEI A ME ARREPIAR DE TANTO TESÃO.ELE ENTÃO PERGUNTOU:QUE ISSO, TÁ FAZENDO O QUE?ELA ENTÃO FALOU FORTE COM ELE E REPITIU:VAI EMBORA,NÃO VOU ABRIR,TO FAZENDO UMA SURPRESSA E NEM VC PODE VER.ELE SE CONVENCEU E SE FOI,NOS DEIXANDO LIVRE NOVAMENTE.DEITEI NA MESA E DISSE AGORA VOU COMER SEU CÚ,SUA PUTA.ELA FICOU COM MEDO E DISSE:EU NUNCA DEI ATRÁS,SOU VIRGEM,ATÉ PQ. ATRÁS É ERRADO.EU DISSE É PRA VC E SEU CORNO,PRA MIM NÃO CACHORRA.E DISSE MAIS:DIGA QUE VC É PUTA,PUTA,PUTA E DOIS TAPAS DE LEVE NA CARA DELA E ELA REPETIA:EU SOU PUTA,PUTA, PUTA.EU DISSE PRA ELA EU VOU COMER O SEU CÚ E QUERO QUE VC XINGUE O TEMPO TODO A PARTIR DE AGORA.DEITEI,COM O APU TODO MELADO E QUERENDO MAIS, MIREI NO CÚ DELA E DISSE:VEM DESCENDO DEVAGAR,COM AS MÃOS APOIANDO NA MINHA BARRIGA E ASSIMELA FEZ,ENTROU A CABEÇA,FOI ENTRANDO,ENTROU MAIS UMA PARTE,PAROU UM POUCO,ESTAVA ROMPENDO O LACRE DO SEU CÚ,ELA GEMIA,GRITAVA,MAIS CONTINUOU DESCENDO,ENFIM ESCORREGOU E ENTROU ATÉ O FIM,ATÉ ENCOSTAR E SENTAR COMPLETAMENTE NO MEU CACETE DURÍSSIMO,POIS O QUE EU QUERIA MESMO A MUITO TEMPO ERA COMER AQUELE CÚ UM DIA,ERA MINHA TARA.CHEGOU O DIA!MANDEI ELA PULAR COMO CABRITA NO CIO EM CIMA DO MEU PAU,ELA PULAVA SEM PUDOR,SEM MEDO,PARECIA ATÉ QUE ESTAVA COMENDO A SUA XOTA DE TÃO PERFEITO QUE ENTRAVA E SAIA TUDO,PARECIA ATÉ QUE ELA ESTAVA ACOSTUMADA A DAR O CÚ.QUE LOUCURA DE ENTRA E SAI.EU BATIA NA CARA DELA E MANDAVA ELA XINGAR E REBOLAR E MEXER EM CIMA DAQUELA MESA SENTADA NO MEU PAU.ELA ENTÃO COMEÇOU A XINGAR LOUCAMENTE,PULANDO E XINGANDO:PORRA! MERDA!CARALHO!ME FODE!FODE SEU FILHO DA PUTA!EU SOU PUTA! EU SOU CACHORA!ELA SE SOLTOU COMO NUNCA EU IMAGINAVA.E ASSIM FOI ATÉ GOZARMOS JUNTINHOS.ELA GOZOU SENDO FODIDA PELO CÚ.GOZOU COMO UMA LOUCA,COM O MEU PAU ATOLADO NO SEU CÚ.FICAMOS UM POUCO AINDA ABRAÇADOS,DESCANSANDO POR 5 MIN.LEVANTAMOS E MANDEI ELA LILMPAR MEU PAU COM A BOCA,ELA ASSIM FEZ,DEIXANDO SEM MANCHA NENHUMA,LIMPOU TUDINHJO COM AQUELE BOCÃO.ELA SE VESTIU EU TAMBÉM,NOS BEIJAMOS E ELA DISSE:MEU DEUS,QUE COISA.QUE FODA.QUE HOMEM É ESSE.EU NUNCA FUI MULHER ASSIM,HOJE EU DESCOBRI O QUE É SER MULHER DE VERDADE.PEGUEI O TELEFONE DELA E 1 VEZ POR SEMANA A GENTE FODE,ORA NUM MOTEL,ORA NA MINHA CASA.POIS MORO SOZINHO.MAIS UMA VEZ POR SEMANA,SIMONE,DEIXA DE SER CRENTE E PASSA SER MINHA PUTA POR 5,6 HORAS!ATÉ O PRÓXIMO CONTO.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos menage peitoes vaiconto erotico gay cuzinho cagando piscando matosou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhocontos eróticos- virei mulher do meu paicontos de gay passivo dando pro machobucetinha virgem bem pequenininho viscosavideos porno pai afunda as tanga da filha virgemArrombaram minha mulhergostosas de caixote apertadinhacontos eroticossobrinha brincando com bonecacontos airoticos gay desmaiando no pau do padrastoconto erotico cornocontos eróticos engatada e arrastada pelo cachorroconto erótica- meus amigos fuderam minha noivaContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelfodida no onibus por coroa contosconto erodico 5 amigos me fuderaocontos eroticos corninho limpamdo xoxota da esposa cheia de gozo do amanteconto gay primos no sitiosantinho do pau na boca uma laranja viu pau na boca na bunda na sua boca a bocaassisti vídeo porno de mulher de chortinho curto depano fino ela dentro de casacontos comer cu sogra e filhacontos eroticos corno e amigo mesmp*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandetava me masturbando e meu namorado chego e me chupouconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choratereza okinawa pornoContos erotico menina de nove anos no bosquecontos eroticos engravidei uma novinha faveladacontos eroticos-fui malhar com minha tia e acabei comendo o cu delacontos erótico comadre desmaiou imagens de rabo gostoso inclinado de calcinha transparenteestiquei os peitos da gostosa contoscontos eróticos da casada cris devassa só não doidão priminha gostosacontos eroticos de como meu amigo me comendoconto ertico lambendo buceta ela gem mtocontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemdominado e submisso contosmeu primo mobral contominha novinha tarada contoContos zoofila comi mia professoracontoa eroricos minha mulher meu inimigoContos eroticos eu e minha familiaconto erotico arregaçadaafilhada carente contopôrno pima maveliaconto erotico confessei para o meu maridoamigas gostam de passar margarina no corpo nufilho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmocontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemcontos eróticos, gosto de sentir o esperma escorrendo dentro do meu curabinho impinadinho em fio dental da irmavideo de sexo fetiche mastubaram a buceta dela com varios consodos grandescontos eroticos putinha pagando a conta do paicontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos erotico comi ocu.da mulherdo meuvizinhocontos eroticos meus primos me arregacaram o cuContos de cdzinha novinha de shortinho fino socadocontos eróticos gozando na filha pequenaconto de transa com o amigo do meu paiminha tiade fio dental exibidaCaralhogigantedentrocontos eroticos seios grandes de leitecontos de coroa com novinhocontos: puto dando ao ar livrecontos eroticos crossdressercontos eróticos comendo a minha filha caçula na viacontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos enrabada a forca pelo padre dentro da igrejacontos a filhinha de fii dando p i papai