Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

.... CARONA ......

Click to Download this video!

Boa noite ou Bom dia, a todos!







Meu nome é Junior ( fictício ) tenho 1,84 cabelos e olhos castanhos, 105 kg.

A pelo menos 19 anos leio contos eráticos, mas nunca tive coragem de contar algo, mas hoje 270311 fiz meu cadastro e vou relatar!

Sou casado a 8 anos, e sempre tive minhas taras meus fetiches!

Tudo começou com aquela linda moça, 23 anos, olhos sedutores, corpo senssual de estatura media! Desde da primeira vez que a vi passando pela faculdade, me encantei, a roupa que vestia a calça jeans e blusinha branca, realçando seu corpo, o decote de sua blusa mostrando parte de seu seio, não era vulgar era sexy, sua calça torneava sua silueta pernas e bumbum, de cintura baixa, eu olhava, e sempre e ficava imaginando como seria sua calcinha, ( branca, amarela, vermelha, de renda, fio dental, asa delta? ), seu sexo era depilado, ou ela deixava alguns pelinhos, ou muito? extremamente provocante! Sentia forte atração por ela, até que por um amigo em comum ela passou a frequentar! a mesma “panelinha”.

Nossos olhares se cruzavam, ficava excitado ao seu lado. Até que, com a falta de professores e uma aula adiantada, e fomos dispensados, ela me pediu uma carona, pensei muitas coisas, as fantasias que tinha com ela!! mas imagine? é sá uma carona!

No caminho fomos falando das aulas, professores etc, sentia seu cheiro, ela cheirava a banho ainda! ( a sim! Ela vestia uma blusinha branca, provavelmente estava sem sutien, uma saia um pouco acima dos joelhos vermelha com pregas e sandalinhas ) ao se sentar no carro pude ver mais um pouco das suas pernas, e suas cochas, branquinhas, dava para sentir ou imaginar sua pele como devia ser macia!. Dirigi o mais devagar possível para poder ficar mais tempo ao seu lado, não sei porque mas deu impressão em algum momento que ela estava vermelha! era vergonha!

Ao chegarmos, ela me convidou para entrar ( seus pais dormiam cedo ), ela abriu o portão sem fazer barulho, na garagem estava escuro, e sem querer acabei trombando em seu corpo, no reflexo a segurei-a pela cintura, pegando em parte na sua saia, como foi bom sentir o tecido entre meus dedos!, foi o toque que precisava, ela se virou colou seu corpo ao meu, pude sentir sua respiração e ainda com a mão firme em seu vestido podendo até sentir o elástico de sua calcinha, nos beijamos! meu membro firme, fazia pressão em sua barriga, fomos nos beijando e nos esfregando até o outro lado da garagem, que graças a uma pequena iluminação da rua, batia ali. Como a queria, minha mão levantava sua saia eu tocava sua calcinha! ela suspirava baixinho, eu queria sentir seu gosto!. Encostado na parede me sentei ao chão, ela imediatamente abriu suas pernas, assim eu passando a minha por baixo, e ela se apoiando na parede, ofereceu seu sexo para mim, sentando ao chão com a cabeça em baixo do seu vestido, pude sentir o cheiro que exalava do seu sexo, fiquei ali cheirando, passando minha boca sobre sua calcinha, pude sentir como estava molhada, abocanhei seu sexo, e em seguida passei lamber sobre o tecido, puxei sua calcinha de lado passando meus dedos no seu sexo! Acabei por tira-la e pude sentir seus pelinhos em meu rosto, chupei sua vulva, abocanhei seu grelo, ela soltou um gemido, eu sulgava seu clitáris, que endureceu, como estava bom, sentir seu cheiro seu gosto ouvir seu gemido e sentir suas estocadas em meu rosto anunciando o gozo!, ela então segurou minha cabeça pressionando em seu sexo, direcionando os movimentos, e foi quando senti seu gozo quente em minha boca, ela se contorcia e se segurando em minha cabeça se apoiava para não cair, pude sentir seus lábios vaginais esfregando em meu rosto, seguidos de novas estocadas me lambuzando! Apás o gozo ela se virou de costas para mim, e ficou com as mãos apoiadas no capo do carro, quando vi parte de sua budinha sobre o vestidinho vermelho, não resisti me ajoelhei e enfiando minhas mão entre suas pernas para abri-la para mim, pude sentir suas cochas molhadas, em seguida coloquei a mão em suas costas, assim deitando seu tronco no capo, e sua bundinha arrebitada para mim, passei a lambê-la e a chupá-la, pressionando minha mão em suas nadegas, sentido suas carnes entre dedos, abri podendo lamber entre elas! ela ainda estava sobre êxtase do orgasmo, mas quando passei a lamber entre sua bundinha, ela reagiu, senti em minhas mãos, suas nadegas endurecerem com a contratação que fazia, enquanto a lambia e explorava com minha boca e língua toda a sua bundinha! ela tocava seu sexo se masturbando e se contraindo, ela estava prestes a gozar, me levantei rápido e quando me dei conta estava de calças até o joelho, com meu membro rígido, e ela toda molhada penetrei em sua vulva! Dando estocadas, ela se esticou, passei a chupar seu pescoço, segurando sua cintura, ela virava seu rosto buscando minha boca que estava com o seu gosto! Nos beijamos nos contorcíamos, gemidos e estocadas! senti ela gozando em meu membro e desfalecendo! segurei meu gozo para que ela concluísse o seu! em seguida, logo que ela se deitou sobre o capo do carro, tirei meu membro rápido e me masturbei, ejaculando sobre sua bundinha e suas costas, ( estava sem preservativo )

Minutos depois, não sabíamos se olhávamos um para o outro ou se olhávamos ao redor! medo de que alguém tivesse presenciado! a sim nos olhamos nos beijamos e sem falar nada ambos se recomporão, e fui até o portão dei um ultimo chau! Entrei no carro, na esquina seguinte ascendi a luz, pude ver sua calcinha era vermelha, asa delta! Estava com seu cheiro! Cheguei em casa e me masturbei cheirando sua calcinha!

No dia seguinte, ela me contou que ficou procurando a sua calcinha e que acabara imaginando que, eu a tinha levado! rs disse a ela que era suvinir!

Nás encontramos outras vezes, mas não na garagem.



Abraços pessoal e obrigado!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto ladroes enrabaram meu marido eu gosteiCasei e virei puta contoscontos de incetos e orgias entre irmas nudismoSubrinha sapeka adora usa ropinha provokante para da para mimsento desde cedo gay contoconto de enfiaram uma garrafa no meu cu e me arrom.baramconto erotico loira casada aprendendo a trairfilho t apa olhos a mae para preto foderdedada esposa corninho rindo otário contocontos porno esposas estuprados submissosContos de esposa abriu o cu ao máximocontos gay o deflorador de bundinhasconto anal evangelica cavalonachifre melado contosa massagista negao contosconto meu marido deixou o negao do baralho me comerana roludo cenfo cu da coroacontos minha enteada minha amantecontos calcinhaTennis zelenograd contoConto erotico gostosao fas cuceta gay calcinhaconto guey jogador chupa adversário no vestiáriomeu pai fogoso contocontos de sexo travesti dominadoracontos esposa deu pro sobrinhowww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliaPeguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetadepois da depilacao conto eroticocontos etoticos gordas maduras baixinhas 1,50 mtconto erótico duas rolar na velhacontodeputaconto erotico gay cuzinho cagando piscando matoporn pros.comdp grandecomi o irmao da minha mulhercontos gay luta livreContos safadesas com o pedreiro porno meu marido me levou no swing so para ver outro gozar na minha bucetaContos eróticos mãe com os negrões e papai vendodepiladas muas na sauna contosso alisandu abuceta cheia de tesao pra gosa contos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico crente negra velhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casameu irmão adora meus pezinhos contos eroticos podolatriaprima perguntou se eu era virgemmulher pois o marido a xupae o travesteporno mamei micrecontos eroticos gay game apostaSexu.com.busetas.de.7anusremedio para durmi contoseroticosesposa jume contosFui confessar e comi a madre contosconyor ele domou minha bucetaencostei o braco na buceta da cunhada contosminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façoContos não sabia que era traveco e regasou meu cucontos gay menininho oferecidoNovinha Bebi porra do meu amigo contoconto erotico imcesto gay sexo familia biconto erotico velhinho e gostosa amarradaminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionouViadinho minha mãe resolveu reformar o banheiro contos eroticosSou casada mas bebi porro de outra cara contosme comeram contos teenmeu marido me flagrou com um pepino contos contos de casadas que gostam de fazer broches e engolir esporraconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboucontos eroticos papai pipiconto de encesto sou filho unico meus pais viajarom e eu fui com elesSou casada trai e dei ate o cu para o garoto da vizinhaconto estagiaria virgemHomem mais velho iniciando duas meninas novinhas as chupar pica contos eroticoscontos de cornoscontos dona florinda chaves pau durocontos eróticos troca troca meninoscontos exitantes comi a mulhersinha domeu patrão na cama delecontos eróticos minhas afilhadinhas da bocetinha bem novinhacontos erotoco menininha na trilhano motel com o amigo do meu filho contosconto de rasguei o cu da minha avócontos de swing na praia contos eroticos de primos q ficaram com primascontos eroticos de corno no metrome comeram contos teencontos eróticos meninas de 25 anos transando com a calcinha preta com lacinho vermelhocontos eroticos dei pro meu inquilinocontos erticos eu dexei papai de pau duroContos eroticos violento seiosver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.contos meu marido descobriu quando cheguei arrombadaContos briga de xanasContos eróticos farmacêutico coroasou casada meti com o marido da minha melhor amiga contoscontos sou casada e comi um novinhocontos eróticos calcinha molhada de xixi na hora do sexocontos minha mulher olhando o volume do caracontos eroticos dopando a cunhada