Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

.... CARONA ......

Click to this video!

Boa noite ou Bom dia, a todos!







Meu nome é Junior ( fictício ) tenho 1,84 cabelos e olhos castanhos, 105 kg.

A pelo menos 19 anos leio contos eráticos, mas nunca tive coragem de contar algo, mas hoje 270311 fiz meu cadastro e vou relatar!

Sou casado a 8 anos, e sempre tive minhas taras meus fetiches!

Tudo começou com aquela linda moça, 23 anos, olhos sedutores, corpo senssual de estatura media! Desde da primeira vez que a vi passando pela faculdade, me encantei, a roupa que vestia a calça jeans e blusinha branca, realçando seu corpo, o decote de sua blusa mostrando parte de seu seio, não era vulgar era sexy, sua calça torneava sua silueta pernas e bumbum, de cintura baixa, eu olhava, e sempre e ficava imaginando como seria sua calcinha, ( branca, amarela, vermelha, de renda, fio dental, asa delta? ), seu sexo era depilado, ou ela deixava alguns pelinhos, ou muito? extremamente provocante! Sentia forte atração por ela, até que por um amigo em comum ela passou a frequentar! a mesma “panelinha”.

Nossos olhares se cruzavam, ficava excitado ao seu lado. Até que, com a falta de professores e uma aula adiantada, e fomos dispensados, ela me pediu uma carona, pensei muitas coisas, as fantasias que tinha com ela!! mas imagine? é sá uma carona!

No caminho fomos falando das aulas, professores etc, sentia seu cheiro, ela cheirava a banho ainda! ( a sim! Ela vestia uma blusinha branca, provavelmente estava sem sutien, uma saia um pouco acima dos joelhos vermelha com pregas e sandalinhas ) ao se sentar no carro pude ver mais um pouco das suas pernas, e suas cochas, branquinhas, dava para sentir ou imaginar sua pele como devia ser macia!. Dirigi o mais devagar possível para poder ficar mais tempo ao seu lado, não sei porque mas deu impressão em algum momento que ela estava vermelha! era vergonha!

Ao chegarmos, ela me convidou para entrar ( seus pais dormiam cedo ), ela abriu o portão sem fazer barulho, na garagem estava escuro, e sem querer acabei trombando em seu corpo, no reflexo a segurei-a pela cintura, pegando em parte na sua saia, como foi bom sentir o tecido entre meus dedos!, foi o toque que precisava, ela se virou colou seu corpo ao meu, pude sentir sua respiração e ainda com a mão firme em seu vestido podendo até sentir o elástico de sua calcinha, nos beijamos! meu membro firme, fazia pressão em sua barriga, fomos nos beijando e nos esfregando até o outro lado da garagem, que graças a uma pequena iluminação da rua, batia ali. Como a queria, minha mão levantava sua saia eu tocava sua calcinha! ela suspirava baixinho, eu queria sentir seu gosto!. Encostado na parede me sentei ao chão, ela imediatamente abriu suas pernas, assim eu passando a minha por baixo, e ela se apoiando na parede, ofereceu seu sexo para mim, sentando ao chão com a cabeça em baixo do seu vestido, pude sentir o cheiro que exalava do seu sexo, fiquei ali cheirando, passando minha boca sobre sua calcinha, pude sentir como estava molhada, abocanhei seu sexo, e em seguida passei lamber sobre o tecido, puxei sua calcinha de lado passando meus dedos no seu sexo! Acabei por tira-la e pude sentir seus pelinhos em meu rosto, chupei sua vulva, abocanhei seu grelo, ela soltou um gemido, eu sulgava seu clitáris, que endureceu, como estava bom, sentir seu cheiro seu gosto ouvir seu gemido e sentir suas estocadas em meu rosto anunciando o gozo!, ela então segurou minha cabeça pressionando em seu sexo, direcionando os movimentos, e foi quando senti seu gozo quente em minha boca, ela se contorcia e se segurando em minha cabeça se apoiava para não cair, pude sentir seus lábios vaginais esfregando em meu rosto, seguidos de novas estocadas me lambuzando! Apás o gozo ela se virou de costas para mim, e ficou com as mãos apoiadas no capo do carro, quando vi parte de sua budinha sobre o vestidinho vermelho, não resisti me ajoelhei e enfiando minhas mão entre suas pernas para abri-la para mim, pude sentir suas cochas molhadas, em seguida coloquei a mão em suas costas, assim deitando seu tronco no capo, e sua bundinha arrebitada para mim, passei a lambê-la e a chupá-la, pressionando minha mão em suas nadegas, sentido suas carnes entre dedos, abri podendo lamber entre elas! ela ainda estava sobre êxtase do orgasmo, mas quando passei a lamber entre sua bundinha, ela reagiu, senti em minhas mãos, suas nadegas endurecerem com a contratação que fazia, enquanto a lambia e explorava com minha boca e língua toda a sua bundinha! ela tocava seu sexo se masturbando e se contraindo, ela estava prestes a gozar, me levantei rápido e quando me dei conta estava de calças até o joelho, com meu membro rígido, e ela toda molhada penetrei em sua vulva! Dando estocadas, ela se esticou, passei a chupar seu pescoço, segurando sua cintura, ela virava seu rosto buscando minha boca que estava com o seu gosto! Nos beijamos nos contorcíamos, gemidos e estocadas! senti ela gozando em meu membro e desfalecendo! segurei meu gozo para que ela concluísse o seu! em seguida, logo que ela se deitou sobre o capo do carro, tirei meu membro rápido e me masturbei, ejaculando sobre sua bundinha e suas costas, ( estava sem preservativo )

Minutos depois, não sabíamos se olhávamos um para o outro ou se olhávamos ao redor! medo de que alguém tivesse presenciado! a sim nos olhamos nos beijamos e sem falar nada ambos se recomporão, e fui até o portão dei um ultimo chau! Entrei no carro, na esquina seguinte ascendi a luz, pude ver sua calcinha era vermelha, asa delta! Estava com seu cheiro! Cheguei em casa e me masturbei cheirando sua calcinha!

No dia seguinte, ela me contou que ficou procurando a sua calcinha e que acabara imaginando que, eu a tinha levado! rs disse a ela que era suvinir!

Nás encontramos outras vezes, mas não na garagem.



Abraços pessoal e obrigado!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos lanchaconto cinema porno casalrelatos eroticos travesti tirou os cabacinhos das novinhas chorou muitoContos de sexo sogro acima de 70 anos e noraxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigoconto erotico marido bebado sogro fode noraconto erotico maes rabudas na praia c facontos eroticos com acordei com meu cachorro me penetrandoCONTOS ESPOSA CORNO ANDREAmeu tio nem eu ter pelo na buceta e arregaçou elamalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contocriando o sobrinho banho contoo dia que levei.uma.gozada no.anus da travesti contoContos eroticos estupros coletivos veriticospincelar no cucontos eroticos coroa carentea calcinha da lulu contofudode a sogra deliciavideo porno dano o cu ea buceta toda babentacontos eróticos de negros em carnavalchaves comendo cu da chiquinhaConto erotico apoata insanaConto de muitos machos para uma puta depravadacontos meu namoh me cmeucontos eróticos com comadrecontos eroticos gemi no cacete do marido da minja amigacontos podolatria irmacontos veridicos de japa com negao de pau gigantebelas picas brancas rosinha gozando gayscontos eroticos brincando com inocenciacontos de sexo sogrocunhadas esfomeadasconto erotico meu genro comeu meu rabo na marraela tinha escondido dinheiro e chantajiei e comi elaComtos filha fodida pelo pai e amigos delepm me comeu contocontos erótico ginecoligista e novinhacontos arrombei o cu dela no pique escondeesposa perdeu a aposta contosesposas evangélicas fudendo com entregadoresconto erotico mae zangadaPorno conto casa abondonada eu e o viadinhoirmao com ciumes contos eroticostaras de ficar olhando outroa fudercontontos eroticos fui levar meu amigo bebado en casa tracei a mulher escandaloza deleComtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculocontos eróticos sobre irmã bucetudacontos er deixa que levocontos eróticos com comadrevideis porno cim gueis com caucinhas no cu rebolando no pirocaocontos sado marido violentoscontos eroticos corno oferecendo namoradaburrinha zoofiliacontos eroticos meu amante arrombava eu e minha filha e meu marido descubriunossa que putona gostosa deliciacontos eroticos meu tio meu amante casa de vovocontos eroticos crente coroa peidando no pauviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticosfui pego de calcinha pela minha irmaeu quero história comendo a minha vizinha e ela nem dá bolacontos eróticos múltiplos orgasmosconto peguei meu marido estrupando a vizinhaminha amiga me comeucontos eróticos bem depravado de bem picantefiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscontos de coroa com novinhocheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****irmã irmão estudando lá no exterior não tinha feito ela com tesão ele com tesão meteu a rola nela bem gostosocontos eroticos de orgias com minha mãe negracontos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhocontos eróticos de bebados e drogados gaysconto minha mulher cheia de porra