Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

METENDO NA COLEGA DE TRABALHO

Click to this video!

Meu nome é Rodrigo, tenho 36 anos, não sou alto, tenho 1,70 cm, e confesso que estou meio acima do peso, não sou feio, me considero normal.Sou Casado e não tenho filhos.

Trabalho numa empresa de consultoria há alguns anos, e a rotina de trabalho é realmente estressante.

Minha esposa é super-ultra-hiper-mega ciumenta, e sempre está me ligando para saber o que estou fazendo, se estou na rua com quem estou almoçando, essas coisas.

Qualquer atraso, ou mudança de horário, ela já me atribuí centenas de amantes, algo que me deixa muito aborrecido, pois, eu nunca dera motivo para desconfianças.

Tenho uma colega de trabalho, chamada Flávia, que também sofre o mesmo drama, sá que com o marido dela. Muita insegurança, muita cobrança, e quem vive essas coisas, sabe que isso vai enchendo a paciência de qualquer pessoa.

Flávia é uma morena muito bonita, tem uma bunda maravilhosa, mas também não é nenhuma modelo de capa de revistas, ela é como eu, simples mortal, com alguns atributos que não passam despercebidos. Ela também tem uma filhinha, de menos de um ano de idade.

Um belo dia, ouço a discussão dela com o seu marido pelo cel, não dá pra não ouvir, e como sempre, era o danado do ciúme doentio, sobre o horário que ela chegou ao trabalho, por que tinha demorado, essas coisas.Depois que desligou o cel, ela meio que desabafou: “Que saco”!Eu perguntei se estava tudo bem, ela me disse que não, não estava nada bem, e me falou sem entrar em maiores detalhes de suas agruras...Eu compartilhei com ela meus problemas e a partir daí criamos um vínculo.

Disse a ela que esse tipo de coisa me deixa p. da vida, e que dava até vontade de botar um chifre mesmo na minha digníssima quando ela vinha com esse papo.

Para minha surpresa ela concordou, mas me disse que como tinha uma filha pequena, e como trabalhava fora, isso era muito complicado para fazer.

Eu perguntei: - E se fosse com alguém do trabalho?Acho que seria menos complicado. Ela corou um pouco, não me respondeu e eu também não toquei mais nesse assunto. Mas percebi que houve uma mudança de atitude dela comigo, ela ficou mais simpática, mais aberta, ficamos mais íntimos, na verdade.

Numa sexta, nosso supervisor disse que seria necessário trabalhar no sábado, e escalou a equipe que viria. Eu, Flávia e mais 4 pessoas.Virei pra ela e disse: fazer o que, tem que vir.

No sábado, cheguei por volta das 09h00min, ela já estava, e os demais chegaram logo depois, e começamos a trabalhar realmente a demanda era grande, e praticamente não paramos até o almoço. Perto do meio dia, o pessoal começou a levantar e perguntar onde íamos almoçar, eu disse que não estava muito a fim de descer, que talvez pedisse algo, Flávia também disse o mesmo, mas o pessoal decidiu comer num restaurante práximo e foram, ficando eu e Flávia.

Ela me perguntou o que eu queria comer já com o tel na mão para pedir a entrega e eu fui simples e direto: Você!

Num minuto estávamos atracados, nos beijando loucamente como se o mundo fosse acabar naquele instante.Nos certificamos que o pessoal havia descido e fomos para a sala de reuniões onde era mais reservado.

Fui tirando sua blusa e ela a minha camisa, beijei seu pescoço, até chegar aos seus mamilos, lambi a cada um deles com muito carinho, percebi que enrijeceram, ela tinha uns peitos maravilhosos e fartos, que me perdi neles. E como beijava bem, Fui descendo até sua vulva molhada, e bebi do suco dela, chupando o seu grelinho. Deixando de lado as preliminares, e eu pedi que apoiasse as mãos na mesa, de costas pra mim, já completamente nua, ela atendeu aos meus apelos, e se curvou arrebitando sua bunda que de fato era maravilhosa, peguei o meu instrumento completamente teso e a penetrei com todo carinho, ela estava lubrificada demais, molhadinha, que buceta gostosa e quente.

Apoiei minha mão direita na sua anca e a puxei fazendo um movimento de vai-e-vém, quando de repente o cel dela toca e advinha quem era?Isso mesmo o digníssimo, ela falou, ‘oi amorÂ’, ele deve ter feito a clássica pergunta, o que ela estava fazendo, e ela respondeu: Â’trabalhandoÂ’. Aproveitei para acelerar o movimento e fiquei dando umas estocadas lá no fundo do útero, daquelas que fazem a mulher pular. Ela tapou o cel e disse pra mim:Â’seu filho da p., aí eu ri e diminuí o ritmo, pq afinal, não queria que ela sofresse depois.Acho que ele se deu por satisfeito, ela perguntou pela filhinha, se estava tudo bem, e ainda disse no final:Â’também te amoÂ’.Filha da p...

Depois desse fato inusitado, pedi que ela ficasse de frente, ela ficou em cima da mesa de reunião, coloquei minhas mãos por baixo de suas pernas e comecei a meter de frente, e comecei o vai e vém, que loucura,quando estávamos quase gozando, aí o que aconteceu?Meu cel que tocou, adivinhem quem era?Isso mesmo, minha esposa.

Ela perguntou: ‘Que voz é essaÂ’? No que eu disse, ‘voz de cansadoÂ’. Clássica pergunta, no que eu respondi: Â’TrabalhandoÂ’, sá que agora foi a vez de Flávia me sacanear, ela começou a rebolar feito uma cadela no cio, que me deixou tão louco, que agora fui eu quem tapou o cel e disse:Â’pára sua puta safadaÂ’!Concluí a ligação mandando beijos, mas fui menos sacana que Flávia, pois, não tive de dizer ‘te amoÂ’ no fim.

Depois ficamos ‘brincandoÂ’ mais um pouco mais até cairmos pro lado de exaustão e satisfação, espero que ela tenha gozado, pois eu gozei muuiiiito.

Recompomos-nos, e nos demos conta que 40 minutos haviam se passado, o pessoal demorou mais meia hora pra voltar do almoço e quando chegaram perguntaram: Â’E aí, comeram o quê?Â’ Quase não conseguimos nos conter de tanto rir. Trabalhamos o resto da tarde como se nada tivesse acontecido, torcendo para que tivéssemos mais trabalho nos sábados a frente!rsrsr.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos fiz tesoura ate doer a bucetacontos ganhei uma massagem e fiz um boquetecomendo aenteada de cbelos cachiadoscontos : meu filho falou que minha buceta e bonitacontos eroticos gay virei mulher hormôniospuxa agarra japinha cabelos pornotitio viu minha bucetinha e achou linda contosenchi minha buceta greluda de pora pro mru corno chuparfodo meu sogro todo dia com meu pauzao contorelatos coroas defloraçãocontos de coroa com novinhopornoc/japonesasetravestishome subimisso bebi xixi da rainha comendoagatinhada farmáciaso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticosconto erotico gay sobrinhoconto gay aloprado gostoso virei putameu,vizinho mais velho me lambeuxv leke dormindo .com madrstaconto erótico as duasme tarandoamigos sexo troca troca contosfui consola a cunhada contoscontos eróticos com esposa obedientecontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojarelato de corno que deu a esposa para o cunhadoxoxota toda ardida com a madeira dentrogarotinho teen gemendo no pau e rebolando gostosoconto erótico dominando a esposa mandonacontos eróticos gordinhas na ginecologistacontos tia com fome de picacontos eroticos meu marido me vendeu no bingocontosdeputafiseran eu comer minha sogra eminha conhada contocontos eroticos meu amiguinho me encoxoucontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelaconto ertico lambendo buceta ela gem mtocontos eroricos de menina virgens que adorou ser estuprada pelo opadrasto e seus amigoscontoseroticos desde pequena adoro dar o cuzinhoContos de tesao por uma mulher casadacontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delacontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .fode a mulher do irmao para provar que ela é uma putaContos minha filha de biquínifidendo uma nnda gigabte carnudaLora dismaiando no cu no anal em tres minutoscontos eroticos pedreirocasada que gosta de apanhar traindo porno contoa caminho da caichoeira deu o cu pro amigo neticontos eróticos evangelicascontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraochama Laura para ir comigo lá no a f*** com gaycontos minha mulher colocou bolinhas no meu cuwww.conto eu vi o pedreiro mijandovídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinhopagou pra cunhada,sobrinha,enteada,pra chupar caseirodominador pé gostosogay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosocontos eróticos gay irmãos machos se esfregandocoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçaDesvirginando a sobrinha de 18 anostraveco roludo patendo puenta derepente chega a mulher bem gostozawww.cunhadaraspadinha.com.brcontos eroticos esposa me deucontos eroticos esposa fumanteConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filharelatos de casadas que treparam vom suas cunhadssContos com picas bonitasconto erotico tomando banho com minha amigaDesvirginando a subrinha de 18 anoscontos eróticos de gay comi a bunda do amigo do meu irmãoconto erotico video gamecontos eróticos mulher de traficante dando pra galera todaconto erotico incesto sonifero filhaapremira vez da fenandinhaconto aproveitou a irma dormindo e sentou na pica do cunhadoenrabador de afeminado