Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO É BOM DAR CARONA A SECRETARIA

Click to this video!

Adoro ler os contos e agora resolvi postar os meus. Sou negro, profissional liberal, resido em Sampa e vou contar aqui algumas aventuras que aconteceram comigo, sempre preservando as fontes, utilizarei nomes fictícios conforme determina o site. Estava cursando faculdade de administração e precisava fazer estágio, mandei vários currículos e nada, até que um dia um amigo me indicou uma empresa na zona norte de Sampa que estava precisando de estagiário. Fui ao local deixei o currículo e depois de três dias me chamaram para entrevista e fui aprovado e na semana seguinte iniciei o estágio no período da tarde das 14h00 às 18h00, porque estudava no período noturno. Todo inicio de trabalho é triste não conhece ninguém não sabe o que fazer, mas fui aprendendo o trabalho e conhecendo as pessoas que trabalhavam lá, havia apenas 19 funcionários fixos, fora os que vinham prestar serviço algumas vezes. Mas a maioria era mulher e logo percebi que tinha alguns rapazes que mantinha um relacionamento com algumas meninas era o preferido e coisa e tal... Procurei fazer amizade com todos e apás algum tempo já estava dando carona para a secretaria, que vou descreve – lá {magra, 1,60 de altura, cabelos curtos, bumbum arrebitado, seios pequenos}, porque ela saia no mesmo horário que eu. A secretaria que vou chamá-la de Aninha, porque ela é baixinha, logo descobri que ela tinha dois filhos de 19 e 19 anos e que era viúva, o marido havia morrido a alguns anos e não tinha namorado porque se achava feia e que não tinha tempo para namorar. Iniciamos uma amizade sempre que podia dava carona de carro até uma estação do metrô que ficava mais fácil para tomar o ônibus porque ela morava na zona leste. Um belo dia estávamos se arrumando para sair e fui ao banheiro para urinar e não tranquei a porta, no local sá tinha um sanitário, ela não percebeu e entrou e ficou toda encabulada pedindo desculpa porque eu estava lá dentro. Tentei acalma – lá, e logo passou, voltamos à rotina de sempre, me tornei amigo dela. Conversávamos de amenidades até que um dia consegui entrar no que eu queria, falar de sexo, ela demonstrou ser experiente e liberal. Adorei e passei a tentar montar uma estratégia de ataque, um dia eu cheguei para o estágio e percebi que ela esta triste ela me contou que o seu chefe lhe tinha dado uma bronca porque ela não sabia fazer um documento que ele pediu no computador. Pensei é agora, no final do dia perguntei qual seria o documento que ele queria fazer e a ensinei fazer e ela ficou contente. Logo depois saímos como de costume e lhe ofereci a carona e ela aceitou e fomos embora, sá que era uma sexta-feira e aqui em samba, fica tudo parado porque o trânsito é complicado. No trajeto como estávamos no carro, ouvindo música ela voltou a me agradecer pela ajuda e me falou que se eu necessitasse de algo era sá falar. Fiquei um pouco em silêncio pensado como poderia pedir que ela fizesse uma gulosa, pensei se ela não aceitar vai ser uma merda, terei que pedir demissão. Mas vou falar, ou tesão era maior naquele momento, falei que eu queria era uma gulosa. Mas não falei apenas peguei a mão dela e coloquei na minha perna, ela ficou toda vermelha, mas não falou nada e continuou com a mão na minha perna, já que ela gostou fui subindo a mão dela de modo que ficasse estacionada encima do meu pênis que ficou duro que nem uma rocha. Ela percebeu e falou o que aconteceu com ele, naturalmente não poderia deixar passar em branco, falei é a sua mão maravilhosa que esta fazendo tudo isso. Logo abri o zíper e ela já o puxou para fora da calça e iniciou uma punhetinha bem de leve, mas muito gostosa. Eu fiquei preocupado porque ao meu lado passava vários veículos altos, como ônibus e alguém poderia ver. Mas fizemos o trajeto maravilhoso, ela segurando no meu pênis e eu passando a mão nos seus peitinhos e nas pernas, porque ela estava de calça jeans. Que delicia.... mas naquele dia não rolou a gulosa, mas já estava com meio caminho andado, como se diz na gíria popular. A gulosa somente aconteceu dias depois. Depois eu conto. Gostou do meu conto, procuro mulheres liberais, sigilo absoluto, mande e-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


papai tirou meu cabaçi videos mobileconto erotico a buceta enorme da minha esposaconto de zoofelia dei o cu para meu cachorro e a bucata um negaocantos erotico brincando de baralho com sobrinhafiz sexo.com mru primo relatos safadoadultas com seios e bundas fartas contos eroticos cdzinha quando era menino me vesti de menina e marquei pra dar eu queria ser meninacontos eróticos adicionei o menino e deiwww.xcontos eroticos.com babá carnuda chupa paucontos eroticos feminino cunhadozoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maecontos eroticos gang bang com os molequescontos eroticos com mae e filho e pai assistindomulher ensabuando a buceta grande.contos eróticos quando eu tinha catorze um coroa bem dotado devídeo de namorado faz bem aqui Amanda no Pou pelo jeito da sua bundaconto erotico tomando banho com minha amigaala pediu eu gosei no cu delacontos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola delemijando na boca desde era bem pequena contosmeu primo mobral contocontos comendo a mae e a avómae e cunhada gravidas do filho contoscontos bundão arrebitadoconto erotico arrastaram minha namorada na festanetinha safada adora sentar no colo do vovô contos eroticosrelatos eroticos casadas com negao e velhoo cuzao da titia contomulher chupando o pau do Felipe e as outras olhandocunhadinha danadinha contoscontos incesto mechia no meu bumbumcontos eroticos arrombada pelo empregadosamba porno buceta com sujeiras brancascontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradoraa tão sonhada dupla penetração contoconto fetiche apanhando da namoradacontos pedi meu cabaco para um velhodandoprocaipiranovinho sofrendo na rola do pai bebado contos gayfodo minha princesinha. contos eroticos de incestosninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestisContos olhando a mãe daensinando a minha cunhada a dirigir contos eroticosconto tres maxo me comerancontos porno papai e a fama de pirocudocontos eroticos traindo marido na viajandonoite maravilhosa com a cunhada casada contosconto erotico incesto sonifero filhaeu sou de bauru sou casada e gosto de encoxadas nos onibus Conto erotico de secretaria espiando o faxineito tocando punhetaContos eroticos com o rodo do banheirocontos infancia gay dei ainda pepueno papaiesfrega conto heroticoestava carente contos eróticosconto de professor dando.o cu por alunocontos eroticos com roberta putinhaconto a empregada me pegouContos eroticos Minha filha choronaporno gey contos eroticoscontos eróticos com mulher vizinhaconto de delegado que comeu cu de homem casadocontos de cú de madrinhavoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos fudendo a prima e a tia com preliminarMeu sobrinho me fez gozar gostoso contos eroticos de gayscontos fudendo vizinha novinhacontos eroticos de enteadasconto erotico de minha titia rabuda la em casa na cosinhasou uma putinha gostosa da familiaconto coroa casada da a bunda todo dia na ryacontos eroticos chantagiei a o amigo do meu marido para me cometrepando com nosso cachorrinhocontosContos erotico comeram meu cu ate eu desmaiarcontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazcontos eroticos com menina de 07anos na praiaContos comeu o cu virgem day minhamulher conto Negão comeu a mulher do cara para pagar a dívidacontos o casal ingenuo vizinhos do comedor comeram minha mae na minha frente contossou eteto mbte contosboafoda foi dormi com colega tomo feroconto gay teen 20 anosconto chupando a coroaComo tirei o cabeça do cu do meu amigo contosso os melhores contos de gay sendo aronbado varias vezescontos de sexo anal bissexual com mulheres gordas comendo marcontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetaencostou a bunda e pediu pica