Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

KIARA - FILMAGEM ERÓTICA!

Click to this video!

O segundo ano letivo havia começado a pleno vapor e eu estava bem animada e descansada para encarar mais um ano puxado de estudos, mesmo com a minha semana tumultuada, eu aproveitava os meus finais de semana para matar a minha sede de porra e de um delicioso cacete na minha buceta.



Em média, das 4 semanas do mês, o meu priminho gostoso me comia em 2, geralmente ele me levava para um Motel, mas já chegamos a transar dentro do carro e até mesmo na casa dele, quando ele estava sozinho, era sempre muito excitante, pois a minha boca, a minha buceta e o meu cuzinho, sempre foram apaixonados pelo caralho de Flávio, ele como sempre, muito carinhoso e adorava fazer diversas sacanagens comigo, cada uma mais tesuda do que a outra, nessa época, ele me ensinou como endurecer um cacete fazendo sexo oral, eu me excitei muito, isso aconteceu no dia em que estávamos transando em sua casa e ele havia acabado de gozar na minha bucetinha e eu disse: “Estou com tanta vontade de dar o meu cuzinho!”, meu primo logo falou: “Se você endurecer o meu cacete, eu meto no seu cuzinho bem gostoso!”, logo disse: “Faço o que você quiser!”, aí ele disse: “Chupa bem gostoso o meu pau, vai sugando ele, aos poucos você irá sentir ele crescer dentro da sua boca!”, comecei a chupar o pau do meu primo, no início estava difícil até de colocá-lo na boca, em poucos minutos comecei a sentí-lo crescer em minha boca e foi delirante, logo ele já estava prontinho para meter no meu cuzinho faminto por um belo cacete.



Esses ensinamentos do meu primo foram muito úteis, pois assim eu iria aos poucos realizando vária fantasias eráticas, uma dela era justamente saber como é feito, criado e filmado um filme erático, nas minhas férias de julho eu estava lendo um jornal do RJ e li um anúncio de uma agência, precisando de uma garota para uma cena em um filme erático, logo me veio a mente, mil e uma sacanagens, fiquei bem excitada e acabei ligando para o telefone do anúncio, atendeu um rapaz de nome Valmir, ele me fez algumas perguntas básicas do tipo: idade e medidas do meu corpo, como eu disse ser de outra cidade, eles disseram que pagariam as minhas passagens de ida e volta e também toda a minha hospedagem no RJ caso eu fosse fazer as filmagens, disse aos meus pais que eu iria fazer um curso.



Logo embarquei para o RJ, fui recebida na rodoviária por uma mulher muito bem produzida, de carro ela me levou até a agência, onde conheci pessoalmente o Valmir, rapaz com quem eu havia conversado por telefone, ele me fez outras inúmeras perguntas e me explicou como tudo seria, o que mais me alegrou, foi o fato do filme ser filmado aqui, mas ele seria comercializado na Europa, não sendo permitida a venda aqui no Brasil, aí ele perguntou: “Então, quer fazer o filme?”, eu já bem excitada respondi: “Quero sim!”, ele me levou para uma sala onde primeiro fiz um teste de AIDS, pois nas filmagens não seria usada a camisinha, o resultado saiu na hora e Valmir me levou para um quarto onde ficamos sá nás dois e uma câmera de vídeo direcionada para uma cama, ele me pediu para sentar na beirada da cama de frente para a câmera, e disse: “Hoje filmaremos a primeira parte, que será uma entrevista sobre um pouco da sua vida, amanhã você fará uma cena de sexo completa com um de nossos atores!”, confirmei dizendo que estava tudo bem, Valmir ligou a câmera e começou as filmagens, ele me fazia às perguntas e eu ia respondendo, a entrevista foi a seguinte: “Qual seu nome e idade?” – “Kiara e tenho19 anos!”, “Tem namorado, é casada ou coisa do tipo?” – “Tenho sá algumas paqueras!”, “Gosta de sexo?” – “Gosto muito, adoro transar!”, “Que idade tinha na primeira vez que fez sexo?” – “Tinha 19 anos”, “Foi com algum namorado?” – “Não, foi com um primo!”, ele deu uma risadinha e disse: “às vezes aconteceu com primos ou irmãos, isso é muito comum hoje em dia!”, “Perdeu a virgindade também aos 19 anos?” – “Não, perdi aos 15, dos 19 anos até os meus 19 anos, ficamos sá curtindo sexo oral!”, “Então você é bem experiente no sexo oral?” – “Digamos que sim, tenho bastante experiência!”, “Gosta mais de chupar ou de ser chupada?” – “Gosto dos dois, mas prefiro chupar!”, “Tem algum preconceito do esperma, deixa gozar dentro da boca?” – “Não tenho nenhum preconceito, adoro o esperma na minha boca!”, “Gosta de engolir?” – “Adoro engolir, sinto muito tesão e já até gozei engolindo esperma!”, “Pratica qualquer tipo de sexo?” – “Sim, pratico, adoro qualquer tipo de sexo!”, “Sente tesão com o sexo anal?” – “Gosto muito do sexo anal, quando fico muito tempo sem fazer anal, acabo sentindo falta!”, “Já fez Dupla Penetração?”, “Já, a primeira foi um pouco dolorida, as outras já foram mais prazerosas!”, “Qual a sua posição preferida para sexo oral?” – “Gosto de ficar de joelhos, com o homem em pé metendo na minha boca!”, “E para o sexo vaginal e anal?” – “Gosto muito de cavalgar, adoro ficar por cima controlando a penetração, também adoro ser penetrada de 4!”, “Transa com mulheres?” – “Transo, não tenho nenhum preconceito!”, logo que terminou as perguntas ele disse: “Vamos agora ver o seu corpo, fica em pé e vai tirando peça por peça aos poucos!”, fiquei de pé em frente à câmera e fui começando a tirar a minha roupa, tirei primeiro a minha blusa, exibindo para as câmeras os meus seios, logo Valmir disse: “Belos seios, médios e bem durinhos, adorei os biquinhos!”, fiz uma carinha de safada e continuei a me despir, fui tirando a minha sandália e tirei a minha calça, ficando sá de calcinha, logo Valmir disse: “As suas pernas são muito bonitas, quero que fique com o bumbum virado para a câmera e vai tirando a calcinha aos poucos!”, virei de costas para a câmera e fui tirando a minha calcinha aos poucos, até que fiquei completamente nua, me virei de frente e Valmir disse: “Bela buceta você tem, gosta dela sempre assim raspadinha?”, olhando para a câmera respondi: “Gosto sempre da minha buceta raspada, a penetração fica mais gostosa!”, Valmir logo me pediu: “Dê uma voltinha bem devagar para as câmeras e depois fique de 4 na cama com o bumbum virado para a câmera e com as duas mãos abra bem o seu bumbum exibindo a buceta para a câmera!”, dei uma voltinha bem devagar exibindo as curvas do meu corpo e fiquei de 4 na beirada da cama com o meu bumbum virado para a câmera e com as minhas duas mãos, abri bem o meu bumbum exibindo a minha buceta todinha, logo Valmir disse: “Agora olhe para a câmera e dê um sorriso!”, fiz o que ele me pediu e voltei a ficar sentada na cama, sá que agora todinha nua, Valmir continuou as perguntas: “Gostaria de fazer uma cena em vídeo com dois homens?” – “Gostaria sim, vai ser legal fazer uma Dupla Penetração!”, nesse momento ele parou de filmar e começou a me explicar como seria a filmagem no dia seguinte, ele logo me apresentou aos dois rapazes que iriam transar comigo na cena e me simpatizei muito com ambos, eram dois rapazes um de 23 anos chamado Paulo e o outro de 40 anos chamado Denis, terminando esta primeira etapa, fui para o hotel pago pela agência e fiquei esperando pelo dia seguinte.



Logo cedinho apás o café, partimos para a agência novamente, onde em uma sala me preparei colocando a roupa da cena do filme e fomos para uma sala onde tinham 3 câmeras e lá começaria a cena. Eu iria fazer o papel de uma empregada novinha que era a todo o momento cobiçada pelo filho do patrão, o filho interpretado por Paulo na histária já transava com a emprega desde os primeiros dias de trabalho dela na casa, sem que o pai, interpretado por Denis soubesse, a cena começa no momento que eu saio do banho de roupão e passo na sala achando que não tinha ninguém em casa, logo vejo Paulo que diz: “Vem que eu seco o seu corpinho fofo todinho para você!”, ele me secou todinha e começou a me beijar bem gostoso na boca, fui tirando toda a sua roupa e disse: “Mete esse caralho gostoso na minha boca, quero saboreá-lo todinho!”, o filme tinha algumas falas pronta e outras eram de improviso mesmo, Paulo me disse: “Fique de joelhos e abra bem a boca, quando eu mete todo o meu caralho em sua boca, você pode fechar chupando o meu cacete!”, fiquei de joelhos e abri bem a boca, percebi que um dos câmeras fechou o zoom todinho na minha boca, no momento que Paulo penetrava o cacete todinho nela, assim que Paulo penetrou todo o cacete na minha boca ele disse: “Fecha a boca e chupa bem gostoso este cacete que você tanto adora!”, eu já estava entrando no clima do filme e adorando as cenas, o caralho de Paulo estava bem gostoso na minha boca, era um caralho bem grandinho e grosso, às vezes ele tirava e deixava sá a cabecinha na minha boca e ficava se masturbando, me deixando com mais tesão, fiquei uns 3 minutos me deliciando com o caralho de Paulo na minha boca, até que ele me deitou no sofá e começou a chupar a minha bucetinha, eu estava muito excitada e sentindo muito prazer com aquela transa, Paulo me chupava muito gostoso, às vezes ele lambia até o meu cuzinho, deixando ele todinho molhado com a sua saliva, Paulo ficou me chupando até eu gozar bem gostoso dizendo: “Chupa a minha bucetinha, ela está gozando na sua boca, você chupa muito gostoso, mete o seu caralho novamente na minha boca, quero também sentir você gozando!”, eu estava sentada no sofá e Paulo subiu no sofá ficando de pé e bem devagar foi penetrando novamente o cacete todinho na minha boca, como eu havia acabo de gozar, eu estava muito tarada e chupei o cacete de Paulo como ele nunca tinha sido chupado antes.



No momento que ele penetrava o cacete todinho na minha boca, o pai chega em cena e nos pega transando e diz: “Mas que emprega gostosa!”, Denis caminhou até o sofá e começou a me chupar, enquanto eu mamava gostoso o cacete do filho, o pai me chupava me deixando mais tarada a cada segundo, ficamos nesta posição até eu gozar pela segunda vez e logo disse: “Denis, mete o seu caralho bem gostoso na minha buceta!”, logo saímos daquela posição, e Paulo ficou sentado no braço do sofá e eu fiquei de 4, com a boca bem no cacete de Paulo, deixando a minha buceta todinha exposta para Denis penetrá-la, aos poucos fui sentindo o caralho entrando e abrindo a minha bucetinha por inteira, era um caralho enorme e Denis fez questão de enterrá-lo por inteiro dentro de mim, enquanto eu engolia todinho com a boca o cacete de Paulo, ao mesmo tempo engolia todinho com a buceta o cacete de Denis, estava adorando aquela posição, eles ficaram me fodendo por uns 5 minutos e Paulo disse: “Deixa-me meter no seu cuzinho, enquanto meu pai mete na sua bucetinha!”, saímos daquela posição e Denis sentou-se no sofá e eu vim de frente por cima dele, penetrei o cacete de Denis todinho na minha buceta, deixando o meu cuzinho todo exposto, Paulo que estava com o cacete todo molhado da minha saliva, começou a penetrar em meu cuzinho, a cabeça demorou um pouco para entrar, e depois que entrou o resto foi delicioso, eu estava adorando ter dois caralhos dentro de mim, lamentei não ter um terceiro para preencher a minha boquinha faminta, eles ficaram me fodendo naquela posição por uns 19 minutos, até que Paulo disse: “Como eu sei que você adoro beber sempre toda a minha porra, hoje você vai beber a minha, misturada com a do meu pai!”, Denis olhando para mim e metendo o cacete todinho na minha bucetinha me perguntou: “Quer beber a nossa porra misturada?”, cheia de tesão respondi: “Quero sim, vou engolir tudo bem gostoso!”, Paulo tirou o cacete do meu cuzinho e foi até uma mesa buscar uma taça de cristal, tirei o caralho de Denis da minha buceta.



Logo que Paulo voltou, fiquei sentada no chão encostada no sofá com a taça de cristal na mão, Paulo ficou a minha esquerda e Denis a minha direita, ambos se masturbando, em pouco tempo Paulo anunciou o seu gozo dizendo: “Vou gozar bem gostoso para você, coloca a taça na cabeça do meu pau!”, fiz o que ele me pediu e Paulo gozou tudinho dentro da taça, era uma quantidade boa de porra, assim que ele terminou de gozar, ele disse: “Chupa o meu caralho, lambe o restinho de porra que está nele!”, Paulo colocou a cabecinha em minha boca e fui passando a minha linguinha e lambendo o restinho de porra que estava nela, quando terminei, Paulo enterrou o cacete todinho em minha boca dizendo: “Você é muito gostosa e muito putinha também!”, logo Denis também anunciou o seu gozo também dizendo: “Estou gozando, coloca a taça na cabeça do meu pau!”, fiz o que ele me pediu e Denis também gozou tudinho dentro da taça, a porra de Denis era bem grossinha e em muita quantidade, juntando com a porra de Paulo que já estava na taça, a taça de cristal ficou bem cheinha, Denis também me pediu: “Chupa o meu caralho, bebe o restinho de porra que está nele!”, fui chupando o caralho de Denis e deixei ele todinho limpinho, neste momento Denis disse: “Agora bebe bem devagar toda a nossa porra!”, com os dois em pé ao meu lado, eu me levantei do chão e fiquei sentada no sofá, depois que todas a câmeras se viraram para mim eu comecei a beber bem devagar toda a porra que estava na taça, virei a taça em minha boca, deixando ela cheinha de porra e engoli tudo bem gostoso, em seguida virei a taça novamente deixando a minha boca cheinha de porra e engoli tudo com carinha de putinha, na taça ainda tinha um último restinho, que virei todinho dentro da minha boca, saboreando tudo deliciosamente.



Terminando a cena, fomos tomar um banho e nos trocar, em dois dias eu recebi uma cápia do filme todo editado e recebi também o meu cachê, voltei para casa toda satisfeita e cheia de tesão para repetir tudo novamente.



Bom pessoal, foi muito excitante para mim, transar e ser filmada, é muito gostoso depois da transa, assistir a cada momento de puro prazer, adorei ver bem de pertinho o caralho penetrando a minha bucetinha e a minha boca saboreando bem gostoso uma taça cheia de porra.



Querendo trocar experiências e saber mais sobre mim me escrevam e se tiver alguma mulher que também adora ser filmada trepando, adoraria trocar mails. Anotem o meu mail e me escrevam: [email protected] - [email protected] - Beijos com carinho Kiara!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


quero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anoscache:QMYWc_LAcUAJ:idlestates.ru/conto-categoria-mais-lidos_1_18_fetiches.html tirei o cabaço delecontoseroticos assaltocontos erotico gay quando mim focaraocintos eróticos ! pra todos... meu nome é Carlos. vou contar como foi a minha priimeiraconto erotico meu filho me chapoucontos gay meu paimeu avo aquele tarado comeu eu e amigas no riachoConto erotico apoata insanacontos eroticos mulher testemunha de jeováaiiao taradocontos eróticos no cu com cachorrosContos o comedor da madrugada do soniferodeixei minha filhinha brincar com meu pau coltos Netinhas mamando pica contoseroticosrabinho da filha da vizinha com doze anos loca pra fude contos eroticoscontos eu era enrabada toda noite pelo taradoMaduras babando na rola dos novinhos contoseroticosnoite fria com titia contos eróticoscontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestiContos de incesto minha mae fugiu com outro e eu fiquei com o meu paicontos eroticos esposas na praiacontos eróticos esperava o meus dormir eia na cama do papaicontos erotico eu sou filho adotivo comi minha tiacontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travesticontos eróticos professor japonêscontos eroticos de corno depois que voltaramfilho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmoprimas contos eróticocasada reclamando do vizinho contos eroticosConto de mulhe minha esposa na festacontos de coroa com novinhoeu sei que ele quer um pau, contoscontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhaFoto nega por cenoura no cu e gozou gostosocontos eróticos irmazinhaminha mulher e travesti contos eroticoseu confesso sou puta desde novinhamulher massagista escorregar o dedo na xota da clientecontos eroticos rabocontos porno de corno compartilha esposinha branquinha na viagem de onibus com negros hiper dotadosCacetudos batendo punheta no alimentose bom de maismete na minha vizinha gordinhacontos eroticos dominou toda a minha familialouca por pica.contosEngolindo a piroca do irmozinho contoseroticostraindo no hotel contosminha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandodei de perna abertaconto de incesto de pastor estrupadoviciadopor bundas super rabudaszoofilia dssasconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamentegozando dentro do tamanco contoscontos/o dia em que esfolei a cona da minha filhaeu confesso sou puta desde novinhaconto chupei a coroaamiga da minha filha tezudinhaminha sogra trepo com ela contosmulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetasou uma putinha gostosa da familiacontos de mecânicos casadoscontos eroticos esposa fumantebundinha com calcinha sensual da virgemContos eroticos casada na excursãoDei o cuzinho quando já era coroa contos eróticoscontos eroticos estuprada no cine porno com o maridoeu quero ver Chiquinha revelando a bundacontos com fotos travesti xexo com a mae da sua amigacontos eroticos "sou casada" "me respeite"video sexe etiado pauzudo emadrastacontos de coroas safadas no cacetaoContos porno de mulheres casada que traem com pau grande e choramesposa e meu amigo contos pornosconto erotico onibus