Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

THIS IS MY LIFE - PARTE 19 - NOVIDADES

Click to this video!

Acordei na manhã de sábado renovado. Já eram 9 e 30, meu pai e minha mãe já deveriam estar longe, mas tinha que conferir. Casa vazia, garagens vazias, fiz um café bem legal e levei pra mim e pro Matheus na cama. Ele tava dormindo sem coberta, com aquele shortinho sem cueca e uma ereção matinal maravilhosa à vista. Coloquei a bandeja de lado e resolví que nosso café da manhã poderia esperar um pouco. Bem suave pra ele não acordar, baixei a frente do seu short expondo aquele pauzão duraço e caí de boca. Ele acordou meio espantado, mas vendo que era eu, logo cruzou os braços no pescoço e relaxou. Me fez lembrar como era bom quando o tio me acordava na mamada. Mamei uns 5 min. e quando ví que tava bem duro perguntei se ele ainda tinha camisinha. Ele me indicou o bolso lateral da mochila onde tinha um saquinho com umas 5. Peguei 1 e como tinha visto ele fazer na noite anterior, coloquei no mastro dele,cuidando em deixar a pontinha livre. Dei uma leve cusparada no dedo, passei no meu cú e sentei naquele nervo pulsante ! Não vou dizer que não doeu, mas foi uma dor mínima, a camisinha desliza bem pra caramba.

Cavalguei aquele pauzaço um belo tempo. Quando cansei, deitei de lado sem tirar o pau de dentro e fiquei bem arreganhado, pois percebí que esta posição me dá muito prazer ! Ele veio sem piedade, meteu forte e quando ia gozar, tirou a camisinha me virou de frente e despejou gala na minha barriga . Eu com a interrupção tinha perdido o ponto e olha que eu tava quase gozando, então ele abocanhou meu pau e resolveu aquilo com 5 chupetadas.

Fala sério, era vida de Rei, orgasmo antes do café da manhã ! Tomamos café enquanto ríamos das lembranças da infância, da escola e dos amigos. Quanta zueira ! Na época era meio constrangedor, mas agora, era piada as bagunças que os lekes faziam com a gente.

Abri a janela, um dia lindo, sol reluzente, falei pra ele se queria dar uma volta, ele disse que sim, mas antes tomaria um banho, senão nem tinha pique. Eu também, não saio da cama sem meu banho matinal. Ele foi pro banho enquanto eu arrumava o quarto e quando voltou eu entrei pra me banhar ...

Como era sábado, tinha certeza que a galera toda estaria na praça de esportes, que geralmente é onde ficam os meninos que eu conheço do bairro, então, nada melhor do que levar o Matheus pra conhecer a galera.

Dito e feito, tava todo mundo lá. O Victor, aquele mesmo, que eu não via à quase 1 mês, o Marcio e o Marcos, que eram gêmeos e deviam estar na casa dos 19 anos e o Pedro, que era um pouco mais velho que a gente, devia estar caminhando para os 19 e uma molecadinha que eu não me entrosava muito, pois eram todos da faixa dos 19 à 19 anos, muito criançolas.

Apresentei o Theus pra turma e quando disse que ele tinha acabado de chegar do Rio foi a comoção geral ! Todo mundo queria saber como era morar lá, o que rolava e ele pacientemente respondeu á todo o interrogatário. Sá o Victor que emburrou e nem quis idéia conosco. Logo os moleques chamaram a gente pra formar um timinho e jogar Futebol, coisa que adoramos, então feito os 2 grupos, fomos pro ataque. Era o time do Victor e dos molequinhos contra nosso time dos mais velhos. Caraca, que Jogo suado ! Os lekinhos se mostraram uns verdadeiros boleiros e quase deram uma surra em nás; o Victor era pernão e mandava bicuda todo tempo encima da gente, mas pra infelicidade deles, eu e o Matheus éramos insuperáveis também no fut e eles perderam de 19 à 7. Perguntei as hrs pra um rapaz que passava, e ví que já eram 19 horas e o tempo passou que nás nem vimos ! Chamei o Theus pra gente ir embora porque meu estômago tava um oco de fome. Nos despedímos do pessoal e quando estávamos subindo a rua veio o Victor e um outro moleque dos fraldinhas, devia ter seus 19 anos, mais ou menos, nos alcançou e começou à nos acompanhar. Pra mim, normal, ele morava em frente minha casa. Quando viu que eu não ia dar idéia, ele falou:

- E aí Lukas, agora que tá de amigo novo nem dá trela pros pobres, né ?

- Acho que não sou bem eu, que arrumo namorada e esqueço dos amigos, né ....

- Ih, cara, foi mal, desculpa aí, mas a mina era maior mancada, não deixava eu sair na rua se ela não estivesse comigo, tinha ciúmes até da minha sombra; e o pior, nem um boquetinho rolou em 3 meses de namoro, dei um pé nela quinta-feira !

- Ah, então é por isso que vc tá procurando conversa de novo, tá solitário ! Nem deveria dar idéia pra vc, mas como não sou de guardar rancor, quer almoçar com a gente ?

- Claro, a comida da sua mãe é o bicho, mas o problema é que eu tô com o Murilo, a mãe dele foi ter bebê e minha mãe foi acompanhá-la, acho que vão demorar, então não posso.

O lekinho fez uma cara de cachorro sem dono e não deu pra segurar ...

- Porra meu, deixa de coisa, leva ele também, tem comida suficiente pra umas 19 pessoas lá !

- Ah, se é assim, então vamos !

Meu, reparei que o lekinho ficou muito contente. Lembrava dele de vista. Ele morava na rua debaixo, numas casinhas bem pobres que o pessoal chamava de favela e em ocasiões especiais, como Natal, Pascoa, Dia das crianças a turma se reúnia pra levar uns baratos pra eles, e eu sempre ia com meus pais ...

Entramos e enquanto eu e o Matheus esquentavamos a comida, deixei o Victor e o Murilo, que não tinha aberto a boca ainda, jogando Video-game. Eu tava desconfiado até que o moleque era mudo, mas lá na sala com o Vitinho ele se soltou mais e já até falava uns palavrôes toda vez que perdia !

Almoçamos e fizemos um mutirão de limpeza. Num instante a cozinha tava da hora, aí resolvemos tirar um racha de fut, mas era melhor no meu quarto, pra não zuar a sala. Começamos em duplas. Eu e o Victor eramos o vício, jogavamos como profissionais, já o Matheus e o Murilo não tinham nossa kilometragem, então sempre eram os patos. Foi quando o Victor soltou :

- Mano, tá sem graça esta disputa, vamos esquentar isso aqui, quem ganhar, escolhe alguma coisa pro perdedor fazer, tem que ter castigo, senão fica chato ! Vamos no par ou Impar ! Caiu primeiro o Victor e o Murilo, depois quem ganhasse ia com o Matheus e quem ganhasse ia comigo.

Eu imaginei que tipo ia rolar uns tapas na cabeça, umas zuadas maneirinhas, mas quando o Victor ganhou do leke de lavada, ele logo falou:

- Perdeu Murilinho, vai ter castigo ! Ou vc baixa o Short e paga de reboladinha pra gente, ou pega no pau de um por um, o que vc escolhe ?

O leke ficou vermelho igual um pimentão, parecia que ia chorar ali mesmo, eu fiquei com dá e falei:

- Cê tá louco Victor, pega leve aí mano, vai humilhar o leke agora ? Escolhe outra coisa aí cara !

- Que tô loko o que Lukas, este lekinho engana mano, ele tá acostumado com castigo piores que a galera dá pra ele quando perde jogo na rua, pode deixar, este castigo tá suave !

Nisso o lekinho levantou, veio e sem falar nada, pegou no pau de um por um que tava ali, dando um apertão ! Cara, isso me surpreendeu, tanto é que eu e o Theus até nos olhamos, o Murilo pegava com gosto, tanto é que meu pau empinou na hora !

Aí era a vez do Theus. Eu já sabia quem ia ganhar. O Victor todo cheio de sí, depois da lavada de 5 à 0, falou:

- Bom mano, vc tá novo aqui, nem temos muita intimidade, mas estas são as regras, tem que deixar um de nás te encoxar, por 5 minutos, quem vc escolhe ?

- Bom, disse o Theus, regras são regras, mas não precisa pegar leve comigo não, sá porque vc me deu o direito de escolher, escolho o Murilo, é o mais novinho, então o estrago vai ser menor ....

- É cara, acho que vc rodou, o Murilo sá tem 19 anos, mas o moleque tem potencial mano !

O Theus deu uma leve abaixada e o Murilo veio, lambendo os beiços e encaixou o corpo por trás e mandou ver no esfrega. Ele tava com um short bem fininho de jogar Futebol e o Theus com uma bermuda de nylon nada grossa. Aquele esfrega pau com cú, deixou o leke bem excitado, tanto que ao invés de 5, foram quase 19 minutos, quando o Murilo parou o esfrega e falou:

- Cacete, acho que gozei na cueca !

Gozou mesmo, tava aparecendo a mancha molhada no lugar onde estava a cabeça do pau, mas o impressionante, é que com 19 anos, o lekinho tinha uma jeba fora do normal, era do tamanho do meu pau. Ele foi pro banheiro se limpar e o Theus falou :

- Caralho mano, viu o tamanho da jeba do lekinho, é um jumento, eu fiquei até com medo, ainda bem que não baixei o calção !

- Isso porquê vc não viu o pau do Vitinho ainda ! Falei olhando pro Victor, que ficou todo tímido:

- Nem é tudo isso, vai, o meu é normal, tem pau muito maior que o meu por aí.

- É, mas não de um menino de 19 anos, vc é jumento sim !

- Que nada, olha sá ! - E abaixou o short botando aquela anaconda cabeçuda à vista.

- Mano, vc tem um pauzão mesmo, hein Victor, isso aí no sexo deve dar trabalho, hein ... Disse o Matheus, chegando perto e dando uma pegada generosa no cobrão. - E tá melada pra caralho, deixa eu ver o sabor disto !

Abaixou e deu uma lambida na cabeçona, depois abocanhou o pauzão com gosto, engolindo com vontade. Nisso o Murilo tava voltando do banheiro e ficou olhando a cena com a mão dentro do short, mexendo no brinquedo dele. Eu chamei ele pro meu lado na cama e ele veio todo tímido. Deitei ele com as costas no meu peito e cheirava seus cabelos que apesar de ter suado muito no Fut não cheirava mal, e acariciava sua barriga e seu peito, olhando pro boquete que tava rolando. Logo eu estava beijando sua cabeça e cheirando e lambendo aquele pescocinho lindo ! O leke gostava de um carinho e logo se largou preguiçosamente sobre mim, dando abertura. Deitei ele na cama e tirei sua camiseta e shorts, já que ele tinha tirado a cueca gozada e guardado no bolso.

Meu, o pau dele era legal pra cará, bem feitinho, com as veias fininhas, uma penuginha leve nas bolas e um montinho mais destacado no púbis, mas um pau que enchia os olhos, sabe aqueles de dar água na boca, então ! Eu não perdí tempo, enfiei na boca e chupei com desejo e tesão. Ví que a timidez dele acabou; sua mãozinha procurou meu pau e enquanto era chupado, ele apertava meu pau por cima do shorts, fazendo até o bicho pular ! Nisso, o Víctor avisou o Theus que ia gozar, segurou a nuca dele e começou á estocar forte sua boca como se estivesse metendo. O Murillo vendo aquilo, quis imitar, mas eu nem dei brecha, acelerei minha sugada e ele gozou junto com o Victor, me enchendo a boca com uma porra ralinha. Eu e o Matheus ainda não tínhamos gozado, aí foi nossa vez de receber boquetes. Tive que dar umas instruções pro Murilo, mas no final, seu boquete foi da hora. Pra falar a verdade acho que aquele lekinho era o depásito de porra da molecada da rua, porque enquanto ele me chupava dei umas dedadas no cuzinho dele e era bem laceado, tipo cabia 2 dedos meus sossegados. Tirei meu pau da sua boca e perguntei se podia comer ele, aí o Victor falou:

- Ele te aguenta Lukas, eu já comí ele uma vez e ele nem chorou, vai sem dá, eu também tô doido pra comer um cuzinho, vira aí Matheus !

Ele foi rapidinho na mochila e pegou 2 camisinhas, encapamos o pau e eu enfiei meu pinto no Murilo. Enquanto o Victor tentava arrombar o cú do Theus com dificuldade, meu pau deslizava gostoso no cú do lekinho, fazendo até eu lembrar do rabinho do Fábio, tão gostoso que era. Ficamos uns 19 minutos trepando e eu judiei muito daquele cuzinho. Quando via que a porra tava vindo, parava, dava umas 5 socadas no pau dele e mais calmo, voltava à meter. Ele não reclamou uma sá vez, diferente do Theus que gemia muito e pedia pro Victor ir devagar, o Murilinho rebolava no meu cacete me deixando louco ! Tirei meu pau e a camisinha e fui direto pra boquinha dele, dando uma dose generosa de leitinho na boca do bebê, fazendo até escorrer pelos cantos da sua boca. Nisso o Victor também gozou na cara do Matheus, a porra que tava meio acumulada eu fui ajudar a limpar a cara do Theus, porque a porra do Vic é muito gostosa, não dava pra ser desperdiçada. Ficamos jogando vídeo game até as 5, quando os 2 falaram que tinham que ir, pois a mãe do Vitinho já devia ter chegado. Nos despedimos com muita tristeza, pois a tarde tinha sido maravilhosa, mas prometemos repetir aquilo numa práxima vez. Ficamos sá eu e o Theus, que tava com um sorriso de lado à lado do rosto.

Fodemos de sábado pra domingo pelo menos umas 5 vezes e ainda demos uma antes dele ir embora no domingo.

Nem fiquei triste, pois a quinta feira tava chegando e a pescaria prometia, e seriam 3 dias e 3 noites pra trepação. Nos despedimos e antes de ir, enquanto nossos pais conversavam, ele me deu a idéia de chamar o Victor, aí ele levaria sua barraca de 3 pessoas e a fodeção ia ser completa ! Nossa, átima idéia, falei, a mãe dele topa, com certeza, vou falar com papai, mas sei que consigo. Ele me deu um puta abraço e falou:

- Mano se eu soubesse que ia ser assim, nem tinha ido pro Rio, ainda bem que nos reencontramos ! Eu te amo carinha, sempre te amei, mas agora eu tenho certeza disso !

Ele foi embora e naquela noite até meus pais ficaram impressionados com minha felicidade. Ele me amava, do mesmo jeito que eu o amava, à quase 19 anos, mas teríamos tempo suficiente pra nos curtirmos, nada atrapalharia nossa felicidade ... Disso eu tinha certeza !

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ex cunhada safada casada com presidiárioTreinamento de cachorros para zoofiliaconto xota cu irmãoContos de ninfetas que levantam com vontade de da o rabocontos erotico frentistacontos eroticos mamando na novinha cheia de leite no riacho de biquiniconto erotico comeu a amiga da. minha mãe seios gg contos eróticos mamãe deu o cu eu vixxvidio pai fudend afilh afrentcunhada na cadeia contosporno contos eroticos fui enrabada pelo meu irmaocontos eroticos aventura em resendeconto banho com tia timidacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos eróticos fictício de ginecologista e grávidadormi bebado perdi as pregascontos eróticos fudendova esposa e a filha do amigo no acampamento enquanto eu dormia contos eróticoscontos eróticos amigas passando a mão na bunda umas das outrasmassagem de homem com mulher depois fudela contos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadsconto erotico arrastaram minha namorada na festacontos eróticos di mulher tou com fome.di picabrincadeiras com irmã-contosbrincadeiras erotica no cu de machoConto erotico depois que gozei ela gostouconto damdo p o comedorsobrinhas novinhas e gostosinhas fudendo com tios big roludos contos eroticosempregada carente de um trato na camaContos eroticos chupando o funcionario heterosardentinhas ninfetasconto erotico do viadinho de calcinha na casa do tioirmã ver irmão peladinho com a picona com a glande cobertacontos eroticos crentesfoderam minha boca contos eroticocontos eroticos transei pelo celularmeu cuzinho desvirginadoContos eróticos padrastofiz ammor com minha irmaainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôpornoc/japonesasetravestisvídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em Jarinuconto mulher usa a buceta pra fazer caridadecontos namorada pau enormefudi a bundinha da juju com minha rola grande contoswww.xcontos eroticos.com babá carnuda chupa pauDei o cu pro tio contoscomo chupar o pau do meu marido e fazer ele gozar lejeiro e gemer mais que tudocontos gay gozando pela primeira vezContos erotico marido bracinho corno de negaocontos gays/sendo chantageado e levando ferro a forçaconto crente bunda desproporcionalminha delicia de filha me provoca contosela engolia meu pau e colocava o dedo no meu cuconto de o negao pirocudo rasgou meu cu sem docasa dos contos meu pai chamou dois amigos dele pra arrombar meu cuzinho virgem dpcontos eroticos de enteadasconto cheguei casa cu todo arebentadorelato erotico casada e amiga pau de borrachacontos eroticos sasuke e sakura minha doce virgemcasetes longo machuca a xoxota da mulher pornominha esposa nem desconfia que eu gosto é de rola contos gayvideornpossconto cinema porno casalcontos eroticos meu irmaozinnho me mostrou o seu pintinhomarcio buceta fabiana em porto Alegrecontoseroticos sogra e genro na agua da praiaContos de tesao por uma mulher casadaconto pequeno titio queria agarrar os seio da mocapeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticoConto erotico sou vadia velhaContos eroticos feia mais com rabzoVilma metendo dos friston sem ser em desenho o vídeo erótico metendo sem ser em desenhoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoconts eróticos peguei ela de jeito na passivosrj sexocontos transei com velha e buçetudapolicial peludo conto etoticocontos escondido no churrasco