Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E O PAI DO MEU NAMORADO.

Click to this video!

Olá. Meu nome é Barbara, tenho 19 anos e namoro. Nesse carnaval, eu e a família dele resolvemos descer para a praia.

A casa fica uns 19 minutos da praia e sempre íamos a pé, porém um dia o meu sogro o Roberto esqueceu a sacola de cervejas e resolveu voltar para buscá-las. “Esqueci as brejas em casa. Vou lá pra buscá-las” Eu tinha deixado o meu livro em casa também, não fazia questão dele, mas como ele estava volta pra casa, eu fui com ele. “Deixei o meu livro lá, vou com você pra casa e aproveito pra pega-lo.” E assim fomos.

Chegando em casa, eu fui no banheiro fazer xixi, depois eu sai, fui ao meu quarto, peguei o livro que estava na cabeceira da minha cama e passei em frente ao quarto do Roberto e da Ana (minha sogra) e porta estava entre aberta. Vi uns vultos e percebi que ele, o Roberto estava lá e fiquei espionando. Abri um pouco a porta e vi que ele estava nu e se olhando no espelho. Ele tem 40 anos e malha logo ele tem o corpo em dia. Moreno, tipo “urso”, tem peitos fortes e coxas largas, um tesão! Fiquei lá olhando aquele corpão e ai derrepente ele olha pra trás. Sai correndo, sentei no sofá da sala e fingi que nada aconteceu. Logo ele apareceu e se sentou ao meu lado e disse: “Eu vi que você estava me observando em quanto eu trocava de sunga...” “Ah, eu escutei um barulho e fui ver se era você mesmo...” – Não sabia o que responder. “E parou na porta e ficou me olhando...” retrucou ele. “Não! É que na hora que você olhou foi justamente a hora em que eu olhei também” tentei me esquivar. “Uhm, certo. Então porque antes de perceber que eu estava olhando, você estava se tocando e olhando pra minha bunda?”. Gelei na hora, não sabia o que responder. “Ah, é que...” tentei me explicar, mas ele me beijou (e que beijo), acariciou o meu cabelo e disse: “Fiquei excitado em ver você me olhando” pegando a minha mão e colocando sobre a sua bermuda.

O volume da calça dele era enorme e fiquei excitada também. Logo ele voltou a me beijar, desamarrando a parte de cima do meu biquíni, tirou e começou a passar a mão na minha perna. “Sempre te achei muito linda. Meu filho tirou sorte grande” e continuava a me beijar. Depois de alguns amaços, ele me deitou no sofá e se colocou sobre mim. Tirou o meu short e em seguida tirou o dele. Enquanto ele apertava os meus seios bem firme, ele esfregava o corpo dele no meu e eu podia sentir aquele pauzão sobre a sunga raspando na minha buceta escondida sobre a parte de baixo do biquíni. “Sempre te desejei e hoje você será minha!” – disse ele. “Toda sua, você vai poder fazer o que quiser comigo.” Depois dessas palavras, ele tirou a parte de baixo do biquíni e começou a lamber a minha buceta. Uhmm que língua gostosa. Ele sabia como fazer, hora lambia, hora chupava, hora dedava. Eu já estava toda excitada e quase gozando quando ele parou e eu o vi tirando a sunga. “Vem cá e faz uma chupetinha...” – mandou ele. Cai de boca. O pau dele devia ter mais ou menos uns 17,18cm muito bem cuidados. Comecei pela cabeça, desci pelo corpo e engolia até a metade. Repeti isso várias vezes, variando a velocidade e as vezes o punhetando. “Chupa as bolas também.” Obedeci e lambi o par de bolas dele, mas logo voltei para o que me interessava mais: o pênis. Chupava, punhetava e deixei bem molhado. Eu estava de quatro no sofá fazendo o boquete, então eu parei e me deitei, ficando deitada com a cabeça inclinada no braço do sofá e disse: “Me fode papai”. Pra que eu falei isso? O cara ficou louco. Deitou sobre mim e disse: “Vou fuder a minha filhinha bem gostoso.” E fez. Colocou o pau na minha buceta que entrou sem cerimônias. Como era gostoso. Ele começou metendo bem devagarzinho e depois foi acelerando o ritimo e depois bombava que nem um touro. Eu gemi e gemia muito. “Mete gostoso! Ai, ai, isso vai! Ai, ai...”. Então ele me pegou pelos braços, sem sair de dentro ele foi se inclinando pra trás e me puxando junto e então ele se deitou e eu fiquei sentada por cima dele. “Fode o pau do papai”. Nem precisava pedir. Cavalguei como uma puta naquele pau. Subia, descia e rebolava. Ele apertava meus seios e fazia expressão de tesão, enquanto eu cavalgava num ritimo frenético. Depois de uns minutos naquela posição, ele disse que queria me foder de quatro. Sai de cima e fiquei de quatro no chão da sala e disse: “Fode a sua cadelinha” balançando a bunda. “Sua puta gostosa!” Ele se posicionou atrás e diferente de antes, me fodeu sem dá. Metia muito forte, dava pra escutar de longe nossos corpos se batendo e foi ai que eu gozei soltando um “Aaaah”. Depois de alguns minutos ele anunciou o gozo. “Segura que lá vem porra!”. Depois de uns segundos senti o pau dele pulsando dentro de mim e o gozo quente percorrendo a minha vagina. Caímos para o lado todos suados. “Jamais pensei que isso fosse acontecer” – disse ele. “Nem eu” – Respondi. Ele me deu um longo beijo e ai começamos a nos trocar, pois já havia passado 20min desde a hora que tínhamos chegado. Pegamos as brejas, o meu livro e combinamos como iríamos justificar o atraso.

No caminho de volta a praia, ele disse: “Vai haver outra vez ou foi uma aventura dos dois?”. “Por mim haverá várias vezes e eu gosto de aventura. E você?” – Respondi. Dando um tapa na minha bunda, ele responde: “Beleza então. Faremos isso outras vezes, não abro mão de uma aventura também.

Chegando à praia, a Ana perguntou o motivo da demora e respondemos que ele não estava achando a sunga nova e paramos pra conversar com o vizinho. Abracei e beijei o meu namorado e tudo ficou normal.

Houve outras transas com o meu sogro. Ele chegou a meter no meu cuzinho e gozar na minha boca, mas foram apenas umas 2x. Ele trabalha bastante, é casado e eu estudo e tenho namorado, ai fica difícil né?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gay meu primo ensinoucontos eróticos de Pouhistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadacontos perdendo a virgindade dormindocontos eroticos pastorcontos-meu cuzinho contraindo no teu pauatolando pau grosso nas.vellinhascontos casada bunda com celulite fotos velhacontos de coroa com novinhoContos eroticos - me come vai, mete maninho.branca gordinha casada estrupada por maniaco no cutodos foderam ela contosdei pro meu genroirmã ver irmão peladinho com a picona com a glande cobertaconto sozinho com minha sogracontos minha esposa eu e mais 2 travestisestou ficando louco pela filha de minha mulher incestodei pro meu genrocontos eroticos o filho do pastorcasadas piranhudas e cornos submissoscontos eróticos trai meu marido numa rapidinhaboqueteira gaucha contozoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maeConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiraconto erotico de assaltomeu irnao mas velho dormiu bebado bitei i pau na bunda delecontos eróticos gay marombasmasturbando com as amigas contoContos filha fica de calcinha perto do paicomendo a tia dormindo contos eroticoscontos eroticos fudendo a mae travestifofinha putaria goiania contoscoroas ensaboando cacete do jovenfui apraia e levei a filinha da vizinha conto eroticoadoro menino sacudo contosContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadoconto erotico gay cuzinho rosinha tapas socaporno com amiga loira baixinha encorpadinhaconto de arrombando o cu do empregadosexo gostoso contoscontos eroticos de casadas traindo com sogroAguentei a rola enorme do papai contos eróticosContos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodemconto erótico corno de mendigoconto trai meu marido com meu filhoscontos eróticos de bebados e drogados gaysconto gay titio gayContos eroticos gay estuprado pelo paicontos amigas carentescontos eróticos de enteadacontos eroticos menina tomando.leite na colhercontos eróticos de bebados e drogados gaysconto o cachorro que fudia a vizinhaContos eróticos ele veio do interiorsempre dou uma escapadinha contosonto de encesto meu filho mora sosinhoContos eroticos estrupei minha filha renata por ver filmes porno de pai e filha no meu computadorpuxa agarra japinha cabelos pornogazar na vagina da sogra xvidiosvideo come meu cu e me batepor favorbranca gordinha casada estrupada por maniaco no cuconto gay xoxotao de garotoconto gay muleke do cuzinho raspadinhosogro saradosexo.pirralho.fode.a.sogra.do.irmaodando pro genro. contos eróticoscontos eróticos da viuvinha peludacontos eróticos crimecrescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticoscontos eu tenho um bar e dei o cu pro meu freguês minha novinha tarada contoCont erot a galinhameu tio arregacou minha esposinha casa dos contosxvidio.esfregando o pau so no short vermelinhoconto erotico ana mAria 49 anosContos eroticos feia mais com rabzo