Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BRINCADEIRA DE CRIANCA

Click to Download this video!

vou contar o que aconteceu comigo a tempos atras, eu tinha 19 anos e brincava sempre de pique-esconde na minha rua e me escondia na casa de meus amigos, como eramos muitos brincando, as vezes ficavamos escondidos por 19 minutos, entao em uma dassas vezes, estava escondido com um vizinho bem mais velho que eu, devia ter uns 19 anos, nunca mais o vi,ele passava feria com seu pai, e fomos nos esconder nos fundos da casa do pai dele, ele morava com a mae em outro local, entao ele se colocou debaixo da escada e para eu me esconder teria que me encaixar de costas para ele, na sua frente, entao fiz, esfregando minha bunda em seu pau, como eu ja me punhetava e assistia filmes em video, ja tirava sarros com meninas, sabia sim o que estava fazendo, ele entao me segurou pela cintura e comecou a me sarrar, eu logo passei a sentir seu pau duro na minha bunda e sua respiracao ofegante em minha nuca e meu ouvido.

Isto aconteceu duas vezes, eu ja esperava ancioso o pique e ia direto para os fundos da casa, mas sem ninguem me ver e ficava esperando ele chegar, as vezes outros iam e nos nao podiamos tirar um sarro, na terceira ele colocou o pau duro para fora e pediu que eu segurasse, eu fiz que delicia, era grosso, muito duro e macio, toquei uma punheta ate ele gozar, nao quis chupar, apesar de ele ter pedido.

em outra oportunidade,o ultimo dia de ferias no colegio, combinamos que valia se esconder em mais duas ruas, eram dois procurando e 25 se escondendo, entao disfarsamos e fomos para o fundo da casa, sendo que ele deixou a janela do quarto de tras destrancada, era o quarto de sua irma, nao havia ninguem em casa, e me chamou para entrar e eu fui, com muito medo de ser descoberto, ele fechou a janela e me agarrou por tras, eu senti sua pica dura na minha bunda e quando ele beijou meu pescoco, eu me arrepiei todo, entao tirou o short, e pulou aquela pica linda e dura, a luz na penunbra pois o quarto estava apagado, a luz entrava pela janela,eu segurei nela ja melada, ele mandou eu sentar na cama de sua irma e ficou em pe na minha frente, me deu um beijo na boca e disse que me adorava e queria que eu desse um beijinho em seu pau, eu estava segurando seu pau na frente do meu rosto, nao resisti e beijei a cabeca, lambi seu liquido, olhei para cima e ele estava sorrindo e pediu, bota na boca menina, eu fechei os olhos e chupei a pica deliciosa, dura, macia, cheirosa, logo apos eu estava mamando ela, que delicia, meu pau estava esplodindo no meu short, ele entao pediu para eu parar e disse que queira me chupar tambem, nao entendi muito, mas aceitei e tirei meu short, ele se ajoelhou e deu varias chupadas e linguadas no meu saco, me deitou, me arreganhou e lambeu meu cu, fui ao delirio, agora eu sabia porque ele queria me chupar, so assim eu tiraria meu short.

ele entao, quando viu que eu estava delirando proximo ao gozo, parou e disse que queria me sarrar, eu desgovernado aceitei, fiquei de 4 em um sofa que ficava debaixo da janela e arreganhei a bunda, ele entao deu varias linguadas em meu cu, e dizia pra mim, fica olhando pra janela e ve se vem alguem, so que a janela estava fechada, eu apenas veria vultos, entao ele se posicionou atras de mim, me agarrando por tras, e tentando se encaixar, falava ao meu ouvido que adorava minha bundinha, beijava meu pescoco me arrancando gemidos de femea, eu estava entregue, ele entao tirou a camisa dele e a minha, me abracando novamente, senti seu corpo suado em minhas costas, eu estava nas nuvens, ele entao cuspiu na mao me penetrando com 1 e depois 2 dedos, me preparando para ser comido, apos cuspiu na sua piroca e colocou na portinha e devagar foi metendo, me abracando e beijando meu pescoco, disse que me adorava, e me falava ao ouvido, que putinha cheirosa, neste momento eu empinei minha bunda e forcei-a para tras, ajudando a penetracao delicada, pronto tudo dentro de mim, ele entao abracado, engatado, disse que ia meter gostoso, eu sem querer disse, mete meu macho,mete na sua putinha, ele entao comecou a tirar e botar a pica no meu cu, eu todo arraganhado, me sentindo femea, seu suor pingava nas minhas costas, eu virava o rosto para tras e via ele me comendo, ele me beijava a boca e meu pescoco, entao senti que iria gozar sem tocar em meu pau, e comecei a gemer, apertando meu cu, ele percebeu e disse, goza putinha, aperta minha pica, aumentando o vai e vem e me segurou pela cintura e meteu forte, eu ainda estava alucinado apertando sua pica com meu cu, quando ele disse, vou gozar no seu cu, eu disse goza na sua putinha, goza,entao eu senti sua pica inchar e me sentindo quente por dentro, me empinei mais ainda, era seu gozo me preenchendo, por incrivel eu ainda estava gozando sem mesmo tocar em meu pau, ele ficou me beijando o pescoco, eu me virava e beijava sua boca, isso sem ele sair de dentro de mim, ficamos ali uns 5 minutos, nos amando, que delicia, ja nao lembrava de nada, esqueci de tudo e todos, ele ainda pegou no meu pau que ficou duro novamente e punhetava, me fazendo contarir meu cu, apertando sua pica, que ficou dura tambem, entao ele tirou o pau, me levantou e sentou no sofa pedindo que eu sentesse nele de frente, eu estava com seu gozo escorrendo pelas pernas, e nao pensei e sentei em sua pica ja totalmente dura, que desta vem entrou direto ate o fim, ele entao segurou em minha cintura e me ensinou como cavalgar, mandava eu empinar a bunda, jogando meu corpo para frente, ele entao comecou a sugar e beijar meus peitos, que delicia, eu ja nao tinha mais vergonha, me aceitava como mulher naquele momento, ele falava, cavalga putinha, rebola na pica do seu macho, eu segurava no encosto do sofa e rebolava de olhos abertos, subindo e descendo, vendo seu sorriso e falava para ele, que delicia, come sua puta, come, eu estou rebolando para voce, comecei entao e aumentar o ritmo, meu pau estava rocando em sua barriga e logo comecei a gemer, vou gozar, ai ai ai ai ai, que delicia, sem parar de pular, apertando meu cu, beijei sua boca, ele me pegou, me levou para a cama me deitou de frango assado e comecou a meter, eu estava todo arreganhado e dizia para ele mete na sua putinha, mete, goza pra mim, ficamos mais uns 19 minutos com ele metendo e eu apertando meu cu, ele dizia, so mais um pouquinho minha putinha, eu vou gozar gostoso, eu falava, mete meu macho, mete....senti entao seu pau inchar novamente e ele gozou denovo...que delicia....nos beijamos muito e facamos engatados ate o pau dele amolecer........ terminar-mos ele pegou uma pano, nos limpamos, deixei ele la e fui para casa, fiquei com minha bunda doendo uns 5 dias,...apos este dia, ele nao passou mais as ferias com seu pai e eu nunca mais o vi......tambem parei com estas aventuras, me casei tive filhos.....hoje vivo so de recordacoes........



espero que tenha gostado deste conto,

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


irma feiz sexo comigo eu gozei na boca delaFoderam gente contos tennsconto gay levando leitadacomto erotico minha mulher ea visimhaConto erotico com furia comi o arrigante ate ele chorawww.xconto.com/encestocontos mulher x travesticontos erótico foderam minha namoradaconto erotico dogcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos erotico Minhas mamas doem muitocontos coroas minha chefecoloquei ela de bruços contos de travestiContos eroticos gays o consolo de borracha no cu do meu paiconto erotico mulher dando para o vizinhocontos eróticos amigas passando a mão na bunda umas das outrascontos eróticos família de naturista filho fica de p******* em casasento desde cedo gay contoContos eroticos sem camisinha cdzinha gostosacontos eróticos comendo vizinha sueli coroaRelatos de casada puta esfregando a bunda gozada na cara do corno otariocontos as gemeas putinhas seu papaisexo.pirralho.fode.a.sogra.do.irmaocontos eroticos incesto fode meu cu mnconto eroticos maduras e filhas na putaria caralhudosnegao lingerie conto eroticocontos nao tinha camisinhacontos eroticos enrabada a forca pelo padre dentro da igrejacontos tomei no cu gostosocontos tava de vestido i fui comidaCamila minha enteada Tirei o c***** dela bem gostosoconto erotico colegial virgem sentindo desejocomendo cu da geizieliIncesto com meu irmao casado eu confessoCoroas casadas trepando com novinhos contosconto gay fodi o namorado da minha irmacontos eroticos titio na praiapincelar no cuporno mamei micreporno quando o home empura o cacete no egua ela gozaconto erotico enteadaninfetinha virgem contoscontos eroticos mendiga negracontos eroticos de enteadasboa f*** travesti orgiacontos nora e sograContos gay me iludiu e me comeuPorno de corno com mae e filha gemeno e gritanoEstourei o cu da crente na viagem contosmamae e eu na praia de mudismo contocontoseroticos comendo sebo e bebendomijo de picaconto erotico da ivone uma coroa casada e seu sobrinho negrocontos eróticos meu pai comeu meu amigo gay ilustradocontos metendo casada da padariacondos erodicos2paus nu mesmu buracucorninho esposa picudo frouxo contocontos eróticos mulheres casada adoram pau grandeConto meu marido me devorou na madrugadaconto etotico minha esposa fudendo com meu pai e meu irmaocontos eroticos de enteadasPor causa da zoofilia virei escrava 3Contos eroticos de solteiras rabudasminha mulher e o filho do jumento contos eroticospraia guaratuba contos sexocontos eroticos amigos heterosconto erotico debaixo das cobertascontos-vem foder sua putinhaconto erotico sequestroassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçacontos erotico meu primeiro emprego fodida e humilhadacontos eroticos lesbicas vi a buceta da minha amiga grande e greluda