Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O DIRETOR DA ONG

Click to this video!



Olá pessoal do conto erático. Hoje vou relatar a experiência mais gostosa que pode acontecer com qualquer pessoa.



Faz um mês que entrei em um curso profissionalizante do estado, onde eu fui convocado para ser o segundo secretário na ONG. No primeiro dia de reunião, um homem bruto, cheio de potencia, gritava e berrava, dizendo que a secretária não sabia trabalhar. Pois bem, dois dias depois fui ao escritário no centro da cidade para entregar a declaração dos cursando. Chegando lá, comecei a tremer, pois em minha mente achei que ia me tratar mal. Chegando ao escritário, fui atendido por uma secretária, que disse que já seria atendido.

Depois de uns 19 minutos esperando fui entregar o documento, e pegar o protocolo e o malote para voltar. Quando me levantei para sair, ele falou: Espere ai! Gelei na hora. Ele me rondou, o que me fez ficar sem reação, e esperando o que de pior iria me acontecer. Quando ele disse: Até que você é jeitoso. Fiquei sem o que dizer. Também com 1,85 de altura, olhos claros, e uma boca sedutora, que não iria se seduzir por um homem gostoso?

Estava tremendo por dentro, e esperando o que poderia vir. Quando ele disse: Hm, você deve ser um daqueles que deve ser capacho de qualquer macho.

Dei uma encarada, no qual me arrependi logo depois, pois ele me pegou pelo gola da minha camiseta. Com os olhos fechado esperei o pior. Foi quando ele disse: Hm, que cheiro de putinha, que perfume de puta é esse? Foi quando ele deu uma cuspida na minha cara. Hm mas é uma puta mesmo do jeito que eu gosto. Levou-me até a mesa, de onde tirou um consolo enorme de uma gaveta. E me fez chupar aquilo. Tentei recusar educadamente, no qual o deixou irritado. Cuspiu novamente depois forçou boca para abrir e cuspiu dentro da minha boca, e cuspia cada vez mais. E começou a colocar aquele consono na minha boca.

Vendo minha boca no consolo, ficou com um tesão que disse: Esquece esse borrachão e vem chupar um de verdade.

Tirou uma pica na mesma espessura do consolo. Quando coloque sua rola na boca. Ele se delirou. Hmmmmm que puta boa de boca, nossa quem te ensinou a chupar desse jeito. Caralho. E começou a bombear na minha boca.

E alternava entre cuspidas no meu rosto e na boca, até que disse: Deixa eu ver esse corpinho puta, deixa. Quando viu que eu iria recusar, veio feito um leão feroz pra cima de mim e rasgou a minha camiseta. Deixando-me sá de calça jeans. Que rapidamente, pois a mão na boca de admiração, pois eu tenho um corpo cuidado.

Depois que se fez da admiração do meu corpo, disse: Nossa que corpo, você deve ser uma fera na cama. Fiquei sem reação. Como vou sair dali? A sorte é que eu tinha uma camisetinha de malha na minha bolsa.

Quando ele disse: Você deve ser uma fera na cama. E me pagou novamente me colocou de bruços em sua mesa e passou o consolo no meu rego e disse: Esta gostando sua puta? Tentei não reagir, foi quando ele desabotoou o botão da minha calça e abriu o zíper, expondo minha bundinha.

E começou a passar a mão nas minhas nadegas. E logo começou uma seção de tapas na minha bunda. Como viu que eu não reagia, deu um tapa mais forte no qual doeu de verdade e disse: Hm era isso o que eu estava querendo ouvir. E deu mais outros até deixar minha bundinha meio vermelha. Que não ficou satisfeito e mandou mamar mais a rola dele

Mamei, sem reagir, mas viu que eu mamava sem gemer sem nada, me deu um tapa na cara com a rola dele na minha boca, no qual gemi: é isso puta geme na rola. Não queria embolsar nenhuma reação, mas quando comecei a mamar eu gemia feito um menino manhoso.

Isso puta, mama seu macho. Novamente me pôs de bruços na mesa, e pegou o consolo e tentou enfiar no meu cú. Gelei na hora, por que disse que não iria aguentar, pelo tamanho e grossura.

começou a cuspir no meu cú dano uns tapas também.

E disse: è você num vai aguentar é? Você que pensa? E começou a língua meu cú.

Nossa quando lingam meu cú fico muito fácil, Gemia feito um loco de tesão, e começou a forçar em enfiar o borrachão no meu cú. Que logo comecei a gritar, mas ele não ligava, era isso o que ele queria ouvir meus gritos de dor. Logo pedi para ele tirar. Viu que não iria entrar, pôs uma fita na minha boca, e começou a colocar a rola dele dentro. Começou por a cabeça no meu cú, e foi escorregando devagar. Mas logo estocou com uma violência no qual eu comecei a gritar e me contorcer de dor. No qual ele ficou num tesão loco. E esperando eu me acalmar.

Viu que eu lagrimejei de dor, disse no meu ouvido: Nossa você é uma delicia puta. Que cuzinho maravilhoso e apertadinho que você tem viado. Pegou o borrachão que estava de lado e pôs na minha boca, no qual me fez mamar e engasgar. Que logo disse: Haaa se eu tivesse sorte de ter você na práxima reunião onde sá haverá machos. Você é que teria sorte ser cortejado por homens.

Logo depois começou a bombear meu cú sem dá. No qual comecei a gritar de dor, e logo ele começou a berrar de tezão. Dizendo: Vou gozar. Vou gozar viado: Vou gozar puta. Haaa. Me deu um tapa na minha cara. Haaannn, hummmm, puta vadia. Cuzinho gostoso do caralho. Logo depois disso, com a rola dele entalado no cú ainda, me virou, e começou a me punhetar.

Vai vadia, mostra aqui pro teu macho, goza puta. Me punhetava, freneticamente. Logo também gozei, melando o carpete todo. Que se admirou: Nossa que puta do caralho. Vem que vou te lavar. Entramos num banheiro que tinha em seu escritário com a rola ainda entalada no meu cú.

Tirou com força, no qual eu gritei, e quase cai dentro do box: no qual o deixou mais loco de tesão. Mandou eu sentar no chão, e disse: Vou te dar um banho, mas um banho que você jamais se esquecerá.

Começou a mijar em mim. Mandou abrir a boca e mijou dentro também.

fiquei com o mijo dele no meu corpo. E disse: você vai fedendo daqui até o seu barraco puta. Viu que fiquei assustado, pegou o borrachão e enfiou no meu cú adentro. Disse que eu iria ficar arrombado por ele. E que ele seria o meu dono.

No fim tomamos banho. Vesti-me, pus a minha camiseta de malha e voltei para a ONG. Logo depois ele liga para ONG e disse se eu já havia chegado. Logo depois pediu meu telefone para novas trepadas.







Se você leitor gostou desse fato e gostaria de ser mamado estou aqui para te atender.

Meu msn é : [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


patricinha safadas se lambendocontos eroticos possuida por uma estranha gostosaeu e minha namorada senpre transamos logo que acordamos contos eróticoscontos eroticos dono de mercearia comendo a casadacontos gay afeminadosconto de estupro de colegiaiscontos eroticos de enteadasContos eroticos chiando na fodacontos eróticos incesto/dava por dinheirocontos eróticos de bebados e drogados gaystransando com a namorada mais perfeitacontos de encoxadascontos eróticos fiz tesoura ate doer a bucetaconto primeiro boqueteContos de ninfetas sem calcinhaconto erotico encesto.meu pequeno entiado mim comendo enquanto eu dormiadei pro estranho na academiacontos eróticosconto atochada corno xxxContos dormindo com juninhoconto zoofilia neroconto eróticos menina pobrecontos de cú por dinheiroEu fui trabalhar numa empresa eu comi minha patroa japonesa no motel conto eroticocomi minha comadre drogada contocontos de professor e alunaContos porno minha noiva bebadacdzinha na madrugada excitante conto eroticoConto comi minha mae no celeirocontos eroticos comi a velha beataeu gordinha arregacada por um roludo contoscontos fui acampa e virei cornochorei mas dei o cu contosamo ser rasgada fisting contocontos porno de velhos caipira comendo viadoNunca desconfiei do primo da minha namorada. ContosEscravo de minhas cruéis donas (conto )contos coroas primas do interiorcontos meu filho adora minha bundaatolando nas cachora no ciobotou tudo nela bebadacontos eróticos vítimanovos relatos eróticos com fotos de corno minha esposa andando na rua toda gozadaconto morador de rua roludo comei gpstos minha esposaconto comendo a coroa gostosaContos eroticosmenina de dez anos fazendo sexovizinha novinha da obra contoconto estrangeiro picudoconto erotico eu e os meu colegas comemos o cuzinho do guri a forçameu pai tem ciumes de mim contos eroticosporno gey pegando priminho adolesente e jovem tanbemcasado contos eróticoscontos eróticos o gringo roludocontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoesconto erotico sou bem extrovertido e acabei comendo uma mulher muito bonita e bem gostosacontosminha enteada gosta de dar a bundscontos eroticos prima cavala ingenuaconto erotico fui sentada no colo do vovocontos eróticos cantada na rua não resisti e traísou puta do meu enteado contocontos minha filha tem mega grelaoconto uma viagem muito gostosaContos e fotos de sexo no carnaval mtaputariacontos eróticos traindo rexver conto veridico minha baba abusado por minha babaesposa no motel com amigos contoconto minha esposa me trocou por um negãoconto a tia da piruacomi minha sogra rabuda q meu sogro nao comeconto de quarentona a fuder com desconhecidocontos eroticos exibindo pra piralhoscontos eroticos entre camioneirosContos.encestos.mae.no.campo.de.futebolporno doido costureiro medindo os seioscontos eróticos, cuzinhocontos presenciei minha irmã fudendo com um dogprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotascontos em ilhabela com minha mulherminha filha piranha foi me visitar contocontos eroticos.de coroa.de 47anos.fudendo com gordinh.de.20contos de coroa com novinhoMinha prima me falou que tem vontade de chupa no meu penisContos na lua de mel o corno lambeuminha xana piscavacontos eróticos meu filhoconto erotico chantagieimeu sogro me escravizou contos erotiçoscaminhando e disfarçadamente batendo uma ounhetinha pro namorado