Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SÉRIE - UM ATIVO A GOZAR – NO MATAGAL DO PRAZER.

Click to Download this video!

O sexo, o prazer, o desejo e tudo que uma noite nos deixa imaginar. Eu estava assim, sentia o prazer o e desejo fluir diante do sexo e das vontades.



Eu havia realizado meus desejos, fuder gostoso um menino novinho, o fazer gemer de prazer e de vontade, o fazer gritar na minha vara, o fazer mamar gostoso e tomar o leitinho quente.



Foi desta forma que desejei e realizei o Douglas. Ele novinho, corpo de menino e beijo de garoto, agora ele era meu, eu homem de 19 anos tinha realizado meu desejo, fuder, abrir e gozar em um rabinho de um menino, de jovem que aprendia a desfrutar do prazer do sexo, porem muito mais do que comer, enrabar e chupar todo este menino é o sonho de acreditar que sexo é um prazer mutuo.



Eu estava feliz, ia todos os dias ver Douglas e ficar com ele. Era nosso segredo, era nosso prazer, pois sua mãe a gostosa dona Sonia estava trabalhando, ela gostava e achava que eu era a melhor companhia para seu filho, que era por todos os dias beijado, abraçado, comido e arrombado por mim, ele era minha menininha, minha putinha novinha que descobria que dar cuzinho era bom, era prazeroso, gostoso.



Douglas era meu menino, porem via que sua mãe estava me dando bola, ela era bonita, gostosinha e tinha um rabo de dar gosto e super simpática apesar da idade dava pra comer, mas sabe eu tinha um caso com o filho dela, mas sentia que ela estava afim de mim.



Mas eu desejava e gozava com minha rola no rabinho de seu filho, em uma tarde de sol estava eu e ele passeando quando tivemos a idéia de entrar em um matagal para dar uma, logo adentramos em uma mata fechada e abaixei o calção e deixei ele saborear dos meus 19 cm de prazer, ele mamava gostoso, sentia sua língua deslizar diante da minha cabecinha e o prazer tomar conta, porem era de tarde e o medo de ser pego era grande, mas valia a pena. Era delirante ver aquele garoto saboreando minha vara, ele engolia tudinho e parecia estar aprendendo a cada dia mais como dar prazer a um homem, sua boca gostosa subia na direção da minha e seus lábios juntavam ao meu. O sol da tarde adentrava ao matagal e o nosso abraço se tornava mais delirante, sentir o prazer, o toque o desejo daquele que era um menino estava alem das somatárias da vida.



Ele era lindo, um olhar penetrante, uma boca gostosa e um rabinho novinho e gostoso. Ele era todo meu, e sabia fazer de uma tarde no mato algo diferente, pois sua boca, sua pele lisinha e seu corpo quente me faziam sentir prazer e desejo.



Eu tocava em seu corpo e abaixava minha mão forte diante daquele gostoso rabinho, o fazia desejar, respirar de prazer e fazia ainda aumentar minha vontade de naquele mato enrabar meu garoto.



O medo tomava conta do prazer e ele exatamente de quatro com seu short abaixados me fazia delirar, via seu buraquinho louco para ser atolado pela minha rola, o beijava na macega, passeava minha língua em seu anelzinho, e ele de repente estava pronto e sendo comido, pois minha vara começava a atolar aquele buraco gostoso, eu enfiava devagarzinho, mas loco estava metendo com força, ele gemia, gritava de prazer e eu com a mão tampava sua boca para não chamar a atenção de alguém, mas era gostoso, parecia que era a primeira vez que comia aquele rabinho, ele gostoso, novinho, gemia e gritava de prazer, uma putinha serena de prazer.



Um garoto que descobriu o prazer de dar o rabo em um mato urrava. Sentia os 19 cm de pica dentro seu cu. Era agora um viadinho formado e diplomado.



Eu gozava e enchia naquele mato em final de tarde seu cuzinho de porra, ele parecia delirar estar feliz e aberto. Eu gozava e tirava de dentro do seu anelzinho minha rola molhada de prazer.



Beijamos-nos, se abraçamos e realizamos uma fantasia, ele dava em um matagal e eu gozava e ensinava a ele que o prazer não tem limites.



Porem depois de tudo isto algo diferente estava por acontecer, ao chegar à casa de Douglas fui surpreendido por sua mãe, fui seduzido e comido por ela, mas esta foda com a velha eu conto no práximo episádio.



Continua...



-



ASS – ThyAggo



MSN:



[email protected]



---------------------------------------------------------------------------------------------------------



Acesse:



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu amante xe um dog alemao contoesposa fogosa casa dos contos erotico 3capituloContos erótico lutinhacontos eróticos o menino e o negao velholouco pelo bumbum da minha irma contos eroticosvelhotaradocontosDesvirginando a sobrinha de 18 anosesposa santinha liberando o cuzinho para o sogrocontos de incestos e surubas com minha irma e minha mulher nudismo na piscinafudendo com a benga do vovô contosrelato de gêmeos que acabou torando sua sogracontos eroticos de quata feira de cinzacontos de coroa com novinhocontoseroticoscomendo a baba e minha sograpeguei minha sobrinha do interior matutinhaSequestrei e estrupei conto eroticoConto eu e esposa banho amigo bebadomamei no peito até ficar vermelhoe produzir leite contoscontos bdsm erposas escrava submissacheirando os sapatos da minha irman podolatria contos eroticosconto gay viciei na rola do negÃoIncesto de contos eroticos sou agora mulher do meu ex primo viuvocontos eroticos gay game apostadeixo penetrar sem camisinhacontos erotico a casada virou minha femeazinhaMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhoscontos feminino vacilei e me entregueinegao pegando a velha no mato conto eróticoconto erotico minha mae chupava minha bucetianha deus de pequenacontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhocomi minha sograegozei na bocar delacontos eroticos vingancquero ler conto erótico sogro f****** com a noraquero verq minha sobrinha viu meu pau duro enquanto eu dirmiacomendoagatinhada farmáciaConto erotico minha namorada gostosa no asiloNovinha Bebi porra do meu amigo contoMeninas virgem estuprads pela zeladorconto gay amigos do papaiesposa devoradora de garotinhosincesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largocontos de mulheres viciadas em dar o cu so para o cunhadocontos eróticos um cavaloconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludocomtos eroticos o velho tarado do elevadorso contos de travesti dando o cu varias vezes ate ficar bem aronbado bem largo que cabe a mào dentroconto amasso proibidomarido fas esposa virar puta e comer bota contos eroticosxxvidios defisieticache:P48YiJM5RGkJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_orgias.html ao meus 19 anos cumi um cuziho bricando d esconde esconde contosgaycontos eroticos fiz megane com meu maridoContos entiadas apanhando para submeter ao sexoarrombada e feliz contosconto erótico meu filho pediu uma espanholaconto erotico dominando mãe e filhacontos "olha como * meu cuzinho"contos de surubas inesperadas com esposa e travestisImagem Carla danada na zoofoliahomen dando cu para a gradeucomtos dei.pro pastor alemaoconto gay brincando de ser mulhercontos eróticos pai passando pomada no c****** da filhaContos eróticos minha mulher no acampamentopedreiro enfia fode buceta pra nao conta segredotinha perder sua coroa no seu pau do negrãocontos eróticos de garotas f****** com negãoconto porno mulher putasou amante do bundao da minha maecontos de crosdresseresdeixei minha filhinha brincar com meu pau coltos contos gay me montei pra elecontos reais mulher casada no cine porno arouchecontos eroticos de incesto: viajando com a mamae popozudaconto erotico sou viado e vendi meu cucontos pisando na cara e comendo cuCornos by contosNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos ex namoradaconto erotico gay comido por dois estranho para volta para casachortinho q deixa as magrasgostosasDesvirginando a sobrinha de 18 anoscheiro calcinha mar massagem conyocontos pisando na cara e comendo cudeitou com a tia e foi estrupado sexualmentecontos eroticos eu e minha filha somos as putas do bairro e meu marido sabecontos de coroa com novinhoUi ui meu cu contoMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contoscontos eroticos fui comida por varios homendContos eroticos comeu o cu da irmã q estava entalada debaixo da camacontos eroticos mae viuva