Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SÉRIE - UM ATIVO A GOZAR – NO MATAGAL DO PRAZER.

Click to this video!

O sexo, o prazer, o desejo e tudo que uma noite nos deixa imaginar. Eu estava assim, sentia o prazer o e desejo fluir diante do sexo e das vontades.



Eu havia realizado meus desejos, fuder gostoso um menino novinho, o fazer gemer de prazer e de vontade, o fazer gritar na minha vara, o fazer mamar gostoso e tomar o leitinho quente.



Foi desta forma que desejei e realizei o Douglas. Ele novinho, corpo de menino e beijo de garoto, agora ele era meu, eu homem de 19 anos tinha realizado meu desejo, fuder, abrir e gozar em um rabinho de um menino, de jovem que aprendia a desfrutar do prazer do sexo, porem muito mais do que comer, enrabar e chupar todo este menino é o sonho de acreditar que sexo é um prazer mutuo.



Eu estava feliz, ia todos os dias ver Douglas e ficar com ele. Era nosso segredo, era nosso prazer, pois sua mãe a gostosa dona Sonia estava trabalhando, ela gostava e achava que eu era a melhor companhia para seu filho, que era por todos os dias beijado, abraçado, comido e arrombado por mim, ele era minha menininha, minha putinha novinha que descobria que dar cuzinho era bom, era prazeroso, gostoso.



Douglas era meu menino, porem via que sua mãe estava me dando bola, ela era bonita, gostosinha e tinha um rabo de dar gosto e super simpática apesar da idade dava pra comer, mas sabe eu tinha um caso com o filho dela, mas sentia que ela estava afim de mim.



Mas eu desejava e gozava com minha rola no rabinho de seu filho, em uma tarde de sol estava eu e ele passeando quando tivemos a idéia de entrar em um matagal para dar uma, logo adentramos em uma mata fechada e abaixei o calção e deixei ele saborear dos meus 19 cm de prazer, ele mamava gostoso, sentia sua língua deslizar diante da minha cabecinha e o prazer tomar conta, porem era de tarde e o medo de ser pego era grande, mas valia a pena. Era delirante ver aquele garoto saboreando minha vara, ele engolia tudinho e parecia estar aprendendo a cada dia mais como dar prazer a um homem, sua boca gostosa subia na direção da minha e seus lábios juntavam ao meu. O sol da tarde adentrava ao matagal e o nosso abraço se tornava mais delirante, sentir o prazer, o toque o desejo daquele que era um menino estava alem das somatárias da vida.



Ele era lindo, um olhar penetrante, uma boca gostosa e um rabinho novinho e gostoso. Ele era todo meu, e sabia fazer de uma tarde no mato algo diferente, pois sua boca, sua pele lisinha e seu corpo quente me faziam sentir prazer e desejo.



Eu tocava em seu corpo e abaixava minha mão forte diante daquele gostoso rabinho, o fazia desejar, respirar de prazer e fazia ainda aumentar minha vontade de naquele mato enrabar meu garoto.



O medo tomava conta do prazer e ele exatamente de quatro com seu short abaixados me fazia delirar, via seu buraquinho louco para ser atolado pela minha rola, o beijava na macega, passeava minha língua em seu anelzinho, e ele de repente estava pronto e sendo comido, pois minha vara começava a atolar aquele buraco gostoso, eu enfiava devagarzinho, mas loco estava metendo com força, ele gemia, gritava de prazer e eu com a mão tampava sua boca para não chamar a atenção de alguém, mas era gostoso, parecia que era a primeira vez que comia aquele rabinho, ele gostoso, novinho, gemia e gritava de prazer, uma putinha serena de prazer.



Um garoto que descobriu o prazer de dar o rabo em um mato urrava. Sentia os 19 cm de pica dentro seu cu. Era agora um viadinho formado e diplomado.



Eu gozava e enchia naquele mato em final de tarde seu cuzinho de porra, ele parecia delirar estar feliz e aberto. Eu gozava e tirava de dentro do seu anelzinho minha rola molhada de prazer.



Beijamos-nos, se abraçamos e realizamos uma fantasia, ele dava em um matagal e eu gozava e ensinava a ele que o prazer não tem limites.



Porem depois de tudo isto algo diferente estava por acontecer, ao chegar à casa de Douglas fui surpreendido por sua mãe, fui seduzido e comido por ela, mas esta foda com a velha eu conto no práximo episádio.



Continua...



-



ASS – ThyAggo



MSN:



[email protected]



---------------------------------------------------------------------------------------------------------



Acesse:



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sexo contos amigas e irmao a 3contos eroticos sou casada realizei os desejos do meninocontos eroticos 19cmContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos eroticos gay problemas mentaiscontos eróticos ônibusContos eroticos eu e minha familiaeu sou casada e amo zoofiliacontoseroticoscommaridoContos implando porra na bocaconto o sarado e a gordinhafui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos minha mae viu meu rolao no bamhoporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredesconto erótico o Enfermeiro da rola de jumentomeu policial chupou meus seiosmulhe chupa caserte do jegueconto programa de putacomi minha tia conto realistacontos minha filha viciada em porraDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gayscontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazsegurei a pica estranhosobrinha sapeca tomou no cu contocontos eroticos com meninas novinhascontos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetase eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caracontos eroticos tenho 23 cmrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaprimeira vez que comi meu amigoo tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"empregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhoPasseio de lancha com um coroa conto erotico No cu da minha namorada amigo contos relatoscontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingcolo do velho. contocoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaisCrossdressing contos eroticoFui violada por pirocao contos eroticosConto ertico. Minha adrasta. Bebiasambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu mauContos Marido virou viado na lua de melporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandoContos eroticos humilhadapunheta na infancia com amigominha iniciação gay contosconto fiquei pelado na frente da médicaxoxotao capusaominha tia querida bota roupas curtas e eu fico com tesão doido pra comer ela mais tenho vergonha o q façocontos eroticos de afilhadas novinhas.contos eróticos coni minha filha e seu amigo gayrelato erótico real- a visitaConto erotico o cu da minha enteadaconto mulher casada rabuda dei pedreirocontos eroticos cornos que nao desconfiacontos virei femea na republica gayContos erotico dei pro meu amigo ra comer a namorada deleContos De maridos q empresto a esposabia cadela contoscontos eróticos comi minha amiga skatistacontos eroticos casadas canalhasContos eróticos padrastocuzinho de entiada contos veridicocontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarcontos eroticos, o bispo me comeu gostosoConto erotico apoata insanaSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininocontos eroticos trave x hIncesto com meu irmao casado eu confessominhas tias chupavao meu penis de 10cmcontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosdei leitinho na boca de uma novinha de contagem contos eroticosContos : namorada dando pra passarv¨ªdeo porno pai enfia o dedo na bucetinha?