Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EMPRESÁRIO CASADO VIRA VADIA

Click to this video!

Em um desses sites de bate-papo eu entrei em uma manhã e coloquei o apelido de ativo19cm, era o apelido que eu precisava para conseguir um passivo puto do jeito que eu gosto. Entre muitos papos furados que nunca levam a nada conversei com um cara casado que se dizia empresário, com seus 36 anos, corpo normal, liso, branco. Ele me confessou que era casado e que tinha medo de ser descoberto mas precisava de um ativo para apagar o fogo do cu dele que estava louco pra levar uma vara grande. Apresentei-me passei minhas características, 1,70 altura corpo normal magro definido, 19cm de cacete envergado para cima, cabeça vermelha, babão, saco naturalmente peludo sem depilar. O cara ficou doido e disso que tudo que ele estava procurando era um cara macho e natural. Nos entendemos e por ser casado teríamos pouco tempo para uma boa e quente foda. Combinamos as 18h em casa que era mais tranquilo e discreto e os vizinhos não ficariam xeretando, e assim tudo ficaria no sigilo.



O puto chegou, nos apresentamos formalmente. Ele entrou fechei a porta e em silêncio, já passei logo a mão na bunda dele e apertei, senti que ele deu um gemidinho tímido. Ali eu já percebi que ele se sentiu uma puta. Ao entrar no quarto de cara já falei: _ Tira a roupa, pois temos que aproveitar o tempo. Ele prontamente obedeceu, ficou somente de cueca, eu estava usando calça de moletom marcando o volume de meu caralho já duro de tesão, fiz o puto ajoelhar pois puta tem que ajoelhar para macho, e mandei ele sentir o cheiro do macho dele. Ele cheirou, beijou ainda por cima da cueca e o puto começou a se soltar e virar uma vagabunda... abaixou minha cueca olhou o cabeção dele, já babando, passou a língua para aproveitar o gosto, e depois eu ordenei, engole tudo que teu macho ta com tesão. Ele de imediato atendeu e engoliu lentamente até quase engasgar pelo tamanho. Segurei a cabeça do puto e fiz ele sentir meu caralho pulsando dentro da boca dele.



Depois coloquei a vadia de quatro, mandei empinar bem o rabinho, perguntei se tinha lavado bem esse rabo, pois eu gosto de rabo limpinho, ele disse que sim, então eu disse: _ Agora abre essa bunda com as mãos minha puta, que eu quero ver esse cuzinho. Estava vermelhinho e piscando pedindo pra ser arrombado. Tão fechadinho, nem sabia ainda o que o esperava. Comecei a chupar aquele cuzinho feito um louco tarado, depois enfiava a língua, brincava com ele usando os dedos, para ir laceando o cuzinho que eu ia arrombar. A cada linguada a putinha gemia muito tive que mandar ela gemer baixinho para não chamar a atenção dos vizinhos. Até que o puto não aguentou mais e pediu para levar pau no cu. Eu mandei ele rebolar e abrir mais o cuzinho para seu macho, ele assim o fez. Coloquei a camisinha, dei uma cuspida no rabo do puto casado e empresário, passei um gel na portinha, apontei meu caralho na entrada, segurei na cintura do puto caso ele quisesse fugir da estocada. Antes de meter, perguntei: _ A putinha quer o que? Ele respondia: _ Quero a rola do meu macho, mete na sua putinha mete, eu to pedindo, me fode. Nem precisou repetir, so segurei pela cintura do puto e comecei a empurrar meu cacete naquele cuzinho apertadinho que foi aos poucos abrindo espaço . entrnado tudo segurei meu pau parado lá no fundo e pulsei ele dentro daquele cuzinho quente. Ele rebolou, gemeu baixinho, foi a deixa... tirei todo o meu caralho para fora, e enterrei de novo, dessa vez, com tudo até o fundo, e tirei mais uma vez e soquei tudo dentro de novo. E repeti esse movimento por 5 vezes, até ver o cuzão largo já aí então meti novamente no vai e vem so que dessa vez sem tirar... a putinha não aguentou deitou na cama, apás ter levado de quatro esse tempo todo, e meti, a putinha não aguentava mais, mas ainda assim pedia mais e mais.



Coloquei a putinha de frente olhando para ela de pernas para cima, meti olhando para a puta gemendo sentindo dor e tesão ao mesmo tempo... eu dizia: _ Sente teu macho te arrombando porra... macho mete assim, sem essa de ficar fazendo cena não... ele gemia mais ainda querendo gozar... eu falei nem pense em gozar, puta so goza depois do macho.



Um minuto depois eu falei eu vou gozar vadia... aumentei os movimentos e a força, meu pau inchava de tesão e de tanto leite que juntava quase a explodir, quando gozei e urrei, tentando abafar meu tesão por causa dos vizinhos. Depois de gozar continuei socando, e falava agora sim vadia, você pode gozar para seu macho, vai puta vai gozar para seu macho, eu falava e socava fundo sem diminuir o ritmo, sem demora a vadia de pauzinho pequeno gozou legal esporrando em sua barriga.



Isso vadia assim que puta faz. Goza para o macho.

Agora estou satisfeito, nosso tempo já acabou você tem que voltar para a sua esposa agora seu puto.

Nos despedimos ...



Até a práxima galera.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos erotico gay a rola surpresa do amigo nerdcontos xupo pau desde novinhoporno novinha pijama acorda com pinto na bocaContos eroticos de padrecontos velhas que traem maridosjato forte coroa vomitamulher e homem dançando bem agarradinho e funk sensualCasadoscontos-flagrei.contos eroticos a buceta da minha mae e a coisa mais gostosa do mundocorno safada do Pará corto eróticoscontos porno de madame recatada virando puta do seu empregadocontos eroticos minha sogra de calcinha rendaConto ui ui ta gozando filhacontos eroticos tia suruba com sobrinhoscontos eróticos de bebados e drogados gaysuma dp muita dor mais deliciosa conto.eu corno de putamae de causinha melada quado da de mama profilhoNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos dançando no meu paufudendo pra valer com tubo de gel no rabobaxinha no hotel com namoradocontos eróticos engravidei de um garotocontos de rasguei o cuzinho da minha avócontos colocando menina pra. mamarcontos eróticos irmão e irmãContos eu d travesti meu fazia eu pagar suas dividasviado corno humilhado e cuspido contosContos crossdressercantos eroticos muitapica no meu cuas meninas brincaram com meu pau contosfodas de esposas q gostam de ser curradasestuprado pelo pai na infancia gay contocontos eróticos f****** a mineirinha s*****contos de a gozada perfeitacontos de corno acampandocontos sexo estorando cu virgemscontos sem calcinhaConto erótico com neg contos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhoirmatezudacontos eroticos nifeta d loja rjcontos eroticos promessadepiladas muas na sauna contospornodoodo padrasto fobe enteada novinhaconto eróticos c afilhadaconto porno minha professora coroacontos eróticos a puta mal conseguia caminhar no saltoContos eroticos cu da negra madantacontos eroticos gay dei meu cu desde oito anos de idade e sou gayconto erótico "comeu meu marido "fui violentada por um travesti que deixou minha buceta toda meladacontos de cúrealizando sobrinho sensualpôrno pima maveliaMeu primo volume grosso enorme novinho contodou meu cu para meu amigo colorido contos eróticosContos eroticos pega a força por pmensinando a minha cunhada a dirigir contos eroticosconto pequena minha sobrinha vinha me visitar pra ser encoxadacontos eroticos fui obrigada a chupar pauConto erótico sexo com chefe forçadaWww loira casada gosta de negro dotado na casa dos contoscontos meus amigos estupraram a minha maecontos gay amigo do irm.aiContos eroticos mae inociando filho novinho conto realcontos eroticos meu tio me embebedou e me chupou eu dormimdocontos eroticos o muleque comeu meu raboconto incesto calçinha de bichinhocontos eroticos mais excitantes de casais