Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A MINHA CUNHADA COROA

Click to Download this video!

Estava em casa sozinho. Meus filhos trabalhando e minha esposa havia saído para visitar uma amiga hospitalizada. Tenho 52 anos e gosto muito da fruta.



Tocou o interfone era a minha cunhada que vinha retirar uma sacola com roupas que a irmã havia deixado para ela.



Pedi para subir.



Sempre quis comer a minha cunhada. Quando moça ela era um tesão. Agora, cinquentona, ainda está bem gostosa. 1,70 m de altura, olhos claros, corpo bem feito, em boa forma.



Ela estava bonita, maquiada, bem vestida, perfumada (perfume francês), salto alto. Ao nos cumprimentarmos o meu pau já latejou.



Eu estava em casa à vontade, de bermuda sem cueca. Sentamos no sofá em frente à televisão, olhei para as pernas dela e o pau cresceu, vi que ela disfarçou o olhar, mas eu mesmo fiquei sem graça com o volume.



Perguntei, onde ela ia tão bonita, respondeu-me que voltava de um festa ali perto e que não sabia que a minha mulher não estava.



Disse que demoraria para chegar pois o hospital era distante. Reparando no seu corpo verifiquei que os seus seios estavam rijos e empinados e lembrei-me que ela havia colocado silicone há pouco tempo.



Perguntei como tinha sido a operação plástica e ela respondeu que tudo bem. Quis saber se tinha ficado bom, quando ela me surpreendeu com o oferecimento:

- Quer ver?”



-Sim, claro, respondi. Ela se levantou ficou à minha frente, abriu a blusa e soltou o sutiã pelas costas . Explodiram aqueles peitos firmes. Fiquei encantado. Ela disse:

- pode apalpar. Não tive dúvida.



-Que delícia, disse a ela. E parecem terem ficado proporcionais com o restante do corpo. Deixa eu verificar... e fui logo abaixando a sua saia. Ela estava com uma calcinha mínima, linda, vermelha como o sutiã, depilada uma delícia.



Não tive dúvida. Levantei-me e abracei-a encostando o meu pau rijo nela. Em seguida trocamos um delicioso beijo de língua. Que boca! grade, sorriso lindo. Sempre imaginei aquela boca me chupando. A lenda diz que a boca é do tamanho da buceta . Boca grande, buceta grande.



Mamei freneticamente aqueles peitos siliconados e quando tirei a calcinha, vi que a lenda era verdadeira. Que bucetão! Carnuda ! Gostosa! Molhada! Quente e Cheirosa. Cheiro de buceta perfumada, bem tratada com cremes caros.



Joguei-a no sofá e cai de boca naquele bucetão maravilhoso. Apás lambê-la de fio a pavio, mordiscar os grandes lábios, detive-me em seu clitoris. Ela estava adorando. Arreganhei as suas pernas e comecei a lamber o cuzinho docinho. Enfiei um dedo, dois dedos e ela gemia de prazer. Voltei à buceta, mandando a língua.



Quando parei para tomar fôlego, ela se sentou e pediu-me para levantar. Abaixou a minha bermunda e o meu sonho se realizou, aquela bocona cheia de baton, passou a engolir o meu cacete, enfatizando a cabeça que chupava como uma bola de sorvete. Fui às nuvens e o caralho ficou vermelho de baton.



Hora de meter. Ergui as suas pernas na posição de frango assado e enterrei em sua buceta. Que delícia! Quente, Molhada . Ela gemia muito e estava eufárica no vai e vem.



-Não, não para, não para, disse ela.



Mas era o momento do cuzinho.



Coloqueia de quatro e penetrei a buceta molhada e, em seguida, pressionei a cabeça do caralho em seu cuzinho, sem forçar muito para não machucar. Mas o cu já estava piscando. Pedi a ela que fizesse força como se fosse fazer cocô. Quando o cu se abriu empurrei quase metade. Fiquei imável para não doer, daí uns instantes ela prápria começou o vai e vem, e foi até o saco. Em seguida ela me empurrou para trás e sentou em cima do meu mastro cavalgando freneticamente com ele no cu. Enquanto isso, com o dedo, eu esfregava o seu clitoris com agilidade. Ela gozou . Eu com o pau duro ainda, coloquei-a de quatro novamente e dei início à movimentação. Ela já estava mole, frouxa. Sá ouvia o seu gemido. Acelerei e gozei como nunca.



Ela se recompôs, vestiu-se e disse que precisava ir embora.



Uma hora mais tarde, a minha esposa chegou e eu comentei:

- a sua irmã passou por aqui

Quando ela perguntou

-ela levou a sacola?

- Ah levou... (respondi), levou tudo ( pensei).





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhoContos porno dei cu p me sogro por chantagemdei o cu no campig homoxesuaisminha tia andando nua contoConto erotico dei leite na boca da filhingaamo cheirar a boceta da minha esposa pela calçacu todo cheio de manteigagays chupando cu de macho caretaenquanto meu marido assiste o jogo da seleção o porteiro me dá piroca grossa contosContos eroticos primo do pau grande engravidei minha prima peitudacontos eroticos travesti me rouboucontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos de estrupamendoconto fudir cuzinho da minha maecomtos eroticos minha esposa nao queria ir na casa de swingContos eroticoseus.filhoscontos eroticos nanycontos eroticos menino de calcinhatava dormindo minha irmã do ritual de conchinha comigo só de fio-dentalconto erotico bi comendo o cunhado e a irmãsadomasoquista gozando com garrafa enfiadameu tio me chupou e eu não aguentei e pedi pra ele tirar meu cabacinhocontos eróticos primeira vez travesticontos eroticos "coisa enorme"contos eróticos de pai fudendo filha no carroconto erotico emprestando a noivaconto erotico A NINFETINHA AMIGA DA MINHA SOBRINHA 3seios tezudos de gravida fotoWww.contoseroticosvirgindade.comTennis zelenograd contoCasada viajando contosconto sou corno felizcontos eróticos com mulataspau grande do meu filho contosconto eRotico os piralhoS m comeraomulheres damdo a nisetamulher poe seu cachorro dormir com ela e acaba deixando ele lember sua bucetacontos eróticos de bebados e drogados gaysmelhores contos gays descobri a putinha que havia em mimCamila minha enteada com a b********é bom chupar pau cheio de sebo contos eroticosDesvirginando a subrinha de 18 anoscontos eroticos espadinho com o pau conto anal raimunda carnudasou casada.meu. Visinho novinho. Contos com fotosencoxei e dedei minha sobrinhacontos eroticos sadomasoquismo com putascontos eroticos minha esposa mi deu de presente a sua sobrinhave porno com viadinho reganhado escorreno porracontos sexo cabaso samgrandoCasa dos Conto a beira de uma suruba esposa casadaconto erotico mae zangadaContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhaconto erotico vi meu tio velho coroa grisalho peladomeu pai me comeu contos eroticosrelatos eroticos de traicao consentidacontos erotico eu meu marido e velho do fundo de casaContos mulher casada com lesbicasp*** do tio contosconto erotico minha irma mim pegou fundedo com minha namoradanoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos foi sem quere comi a cunhada coroaconto gay ganhei a aposta e ele teve que me comer cheirinho.gostoso da bucetinha contosmeus tios uma historia real 1contos eroticos de enteadasContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontoseroticos minha sobrinha novinha gosava em silêncioconto erótico de padrasto tiracontos eróticos esposa disfarçadorelatos eróticos dei aos novecontos adorei a lingua no meu cuzinhocontos eróticos João o velho comedorler conto erotico fodendo mh maecontos meu marido dxou o amigo dele me massagiarmamae beija filhinha contosanão transando com jamaisminha prima mim pegou dando uns amassos na minha namorada conto eroticoconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouarregaçando, chorando e gozou contoscontos eroticos de cornos e veiascontos eroticos sobre voyeur de esposaconto gay "punheta pro seu macho"Fernanda jeitim nuasobrinha gosta de sentar no colo do seu tio so de vestidocontos nora e sograconto erótico peguie minha mãe no flacra tocando siririca lésbicasvideo travesti comeu amiguinha virgem de chortinho sozinha na casa delaConto erotico contando minhas tranzas para meu pai e acabou me comendocontos eroticos gay o namorado da minha irmaComtos professoras novas casadas fodidas na sala de aula pelos alunosConto marido deixou traficante comer cu da mulhervidio de mulheres sendo emcochada ela fica de calcinha toda molladacontos eróticos meu marido me dividiu com meu paicontos vi meus pais transadoxvidei a novissa possuida