Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUDENDO A MULHER E A FILHA PATRICIA DO CLIENTE

Click to Download this video!

Olá amigos, quero escrever um episádio maravilhoso que se passou comigo em Outubro deste ano de 2005.Eu Gustavo, trabalho com serviços de Despachante, conheço vários tipos de pessoas. Tinha um cliente o Andre, que estava enrolado com documentos de clientes e teve que viajar por um longo período cerca de 90 dias para solucinar os problemas.Nisto ficou sua mulher Cintia, uma loirinha de 1,60, cabelos nos ombros loiros, uma bunda gostosa, seios medios, uma gracinha de mulher, tomando conta de seus negácios, como era gastadeira acabou não sabendo administrar as coisas e me chamou pra ajuda-la. Os meus honorários estavam atrasados já a 02 meses, ela meio sem graça me pedia pra esperar. Certo dia a Cintia me chamou em sua casa, pra resolver uns problemas que tinha aparecido. Chegando lá perguntei se tinha alguem em casa com ela, me falou que estava sozinha sua filha tinha ido ao shopping. Na conversa perguntei como ela estava se virando sem marido, ela disse que estava levando mais ou menos os trabalhos a frente, então falei, não é disso que estou perguntado mas sim, como esta sua vida sentimental, sexual, ela meio sem graça, falou :deixa de ser safado Gustavo, olha eu falou pro André que você esta me cantando, eu disse: voce não tem coragem, alias ele deixou o dinho dos meus honorários e você gastou, ela gaquejou um pouquinho e ficou quieta, então foi minha vez de mandar. Olha Cintia eu tenho maior tesão em você, gostaria de beijar você, sentir você, ela ficou um pouco vermelha, então me aproximei, passei as mãos em suas coxas, ela estava de vestidinho curto, e puxei ela pra mim, ela relutou, não Gustavo por favor, o André pode ficar sabendo, insisti e beixei seu pescoço, ela se arrepiou toda, fui em direção sua boca e encontei meu labios, ela sem reação deixou que a beijasse experimentando sua lingua, dali pra frente foi um amasso sá, tirei meu pau pra fora, ela punhetava e eu apertava seus seios e bunda, por baixo do vestido, ela sentou no sofa e ficou com a cara na direção do meu piru, onde começou a punhetar e chupa-lo, virei a de costa levantei seu vestidinho, vi aquela bunda gostosa branca, dei um tapa forte. Ela gritou aiiiiiiiiiiiiiiiiii, abaxei sua calcinha que por sinal era minuscula, chamei a de puta e mandei abrir bem as pernas, fui por debaixo e passei a lingua bastante, sentia aquele cheiro de femea no cio, que delicia, coloquei o pau na entradinha e forcei pra dentro, ela choramingou, eu perguntei, seu marido não te come não, ela respondeu o pau dele é bem menor que o seu, segurei pela cintura e forcei, entrando tudo e ela gritando, aiiiiiiiiiii, seu viado, esta me machucando, novamente dei um tapa forte em sua bunda, e segurei pelo seu cabelo, num frenetico vaivem gostoso, ela urrava gozando, senti sua porra quente, descendo, pela perna e molhando me pau todo, então falei vou gozar, ela pediu, goza fora, eu respondi, de jeito nenhum, sua vagabunda, vou esporrar tudo dentro com meu pau pelado, o que fiz, inundei sua buceta rosada de porra.Neste instante a porta abre a sua filha leva maior susto, pegou ela de quatro e eu igual a um cachorro por cima.A filha dela diz, mamae que isto, o que voce tá fazendo com o Gustavo, ela começa a chorar e pedir desculpas, nisto peço que sentamos pra conversar, A Cintia se a calma e começa a explicar sua filha. Então pra minha e pra dela a surpresa maior, a filha pede que deixe ela tambem entrar na brincadeira, Cintia fica brava, não quer, então a filha diz que iria contar pros avôs e pro André. Cintia então olha pra mim e pra ela e aconselha a ela sá pegar no meu pau e chupar, pois eu iria machuca-la, a Yasmin, sua filha fala, eu quero fazer o que eu quiser, neste momento estava novamente com um tesão e tanto, Yasmim, era uma menina magrinha, estilo patricinha, peitinhos pequenos, nascendo ainda, tinha 19 anos, branquinha bucetinha rosadinha, cabelos cumpridos ate o meio das costas e toda perfumadinha. Cintia então pega no meu pau que estav muito duro novamente, chama sua filha e começa a ensinar como se chupa, e depois larga na mão de sua filha, que meio sem jeito, começa a chupar na cabeça e a me masturbar. Fica assim por 19 minutos mais ou menos, então a levanto, ponho sentada no sofá de barriga pra cima abro suas pernas e começo a chupar sua bucetinha novinha, que a poucos minutos seria arregaçada por mim, a menina começa a chupar os dedos, peço a Cintia que ofereça os seios, então ela começa a chupar os seios da mãe com vontade. Cintia talvés com muito tesão começa a se masturbar e agarrar sua filhinha beijando as duas descontroladamente.Peço a Yasmim que se levante, então sento com o pau pra cima, peço a Yasmim que sente, de frente pra mim, de pernas abertas, e peço a Cintia que coloque o meu pau na entradinha de sua buceta.Quando senti o calorzinho, puxei pela cintura, Yasmim, soltou um grito de aiiiiiiiiiiiiiii, tira,Cintia me pediu, por favor Gustavo tira,segurei Yasmim pela cintura e comeceia sacala e ao mesmo tempo com a boca em seus peitinhos chupava bem forte, eu dizia putinha gostosa, grita, é seu cabaço que tirei putinha, agora você vai querer fuder com todos os garotos,ela trocou o grito pelos gemidos, senti que ela estava gozando, então falei, isto goza e diz pra sua mãe que tá gostoso fala, ela dizia com voz tremula, ai mãe, como é gostoso, não me larga mete que tá gostoso, Cintia sentindo que iria gozar pediu que tirasse, segurei firme na cinturinha da garotinha, e balançava com força, foi quando expeli, um jato forte de porra tudo dentro da buceta da garotinha e fiquei agarrado sem se mexer por uns tres minutos, sentia me chamava de filha da puta, viadoe dizia se afilha engravisasse que ela me matava.Quando tirei o piru da buceta da ninfeta, estava arregaçada, meu pau saiu com um pouco de esperma misturado com o sangue do seu cabacinho, fomos tomar um banho e tive que ir embora, mas fiquei de voltar pra experimetar o cuzinho da Cintia,e quem sabe o da sua filhinha ninfeta, mas eu conto mais tarde...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


loiras fudendoconto eróticoMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosconto guarda roupa da lingerieconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhocontos eroticos de tarados em onibusconto erotico meu tio fez virar putacontos de menina crentecontos eroticos gay game apostaporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cedermeninas deixando gozar nos seus chinelinhos havaianasminha sogra viúva ela tava comigo no meu carro ela disse pra meu genro vamos pro motel conto eróticoler contos eroticos de bucetinhas virgenscontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .contos carona q virei cornocontoseritico padrasto contos porno de velhos com viadoconto erotico bundinha de garotoSexo no consultorio medico contosContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardoprguei a tia na ciririca contoscontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calourarelatos verídicos de aventuras eróticas com mendigocasadoscontos estrupada por pivetes sogra gorda dormindo jerro prega rolaconto erotico sogra AlzheimerContos erocticos dei comprimido ao velhocontos eroticos meu tio meu amante casa de vovofui enrabadacontos eroticos hetero casado fui dominado pelo coroaconto erotico bucetinha colo dindinhocontos eróticos meu sobrinho punheteiroconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotadocomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15O amigo do meu namorado me comeuSexo anal "nunca mais fui a mesma"conto cunhada metroconto faco o que quiser corno perdoacontos eroticos meu amante adora me agredirconto meu amor meu sobrinhocontos chantageada pelo genro e pela filhaesposa perdeu a aposta contosviadinho boquete na escola contoCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORAcontos eroticos puta vadia safadacontos eroticos arrependidacontos erotico, quatro travesti me estruparamcontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erotico defia um diero comi ela pornocontos eróticos frio inverno geladoCont erot a galinhasou crente casada mais sou putaconto veridico gozada dentro xoxota recifeconto erotic pegand a calsinha da sogratroca troca no orfanato contos eróticos gayconto erotico fodendo a michelecontos eroticos trai meu marido com meu chefecontos dei o cu e saiu merdacontos eroticos padastro com indiadaContos, Armaram pra mim pra cumerem a minha mulherfui me encontra com o cara ele tinha um pau deliciosocontos eroticos incesto lesbicas zoofilia eu, minha mae e o cavalocontos dormiu e tomou no cu fodidaconto erotico meu filho me chapoucontos eróticos menina de 25 anos 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com as unhas vermelhascontos incesto mechia no meu bumbumSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos eroticos armadilha sexualconto gay ensinando amigo fuderconto escrito ese ano cavalono nuaatolando nas cachora no ciocontos eroticos de casal sendo forcado mulher virar puta e homem viado em festas sadomazoquismoeu e meu marido na nossa noite de núpcias eu disse pra ele mete seu pau bem devagar na minha buceta virgem conto eróticocontos eróticos de bebados e drogados gayshomem colocou sua picA ENORME NA XOTA DA CABRITA ENFIO TUDOconto erótico comida por varios homenscontos eróticos esposa com sonocontos eroticos gays bem recentes ocorridos no rio de janeiroconto com fui esplorada gostoso n sexoConto erotico advogada enrabadaLindas esposas morenas turbinadada contos eroticoscontos bem quente de casada e sua intida lesbicacontos de coroa com novinhosexo.sobrinho.engravidou.a.tia.casadacontos eróticos infânciacontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elaGozar nos pés contocontos eroticos calcinha mijadapezinhos da minha sobrinha contos eroticosContos quanto o cu quentaComi mimha prima no velorio contos