Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUERIA MASSAGEM MAS LEVOU VARA

Click to Download this video!

Foi a mulher dele quem lhe disse que eu poderia lhe dar uma massagem antistress. Estava mesmo com o pescoço tenso e duro, precisando de pronto atendimento.

Não me perguntou se sou fisioterapeuta, foi mais é chegando e pedindo pelo amor de Deus um alívio.

Sempre coloco música suave, converso baixo com a pessoa, uso um grau de serenidade que nem tenho em tão alto grau, mas acontece.

Ele conversava sonolento comigo, fazia de conta que adormecia e acordava. Numa certa altura perguntou-me se nunca havia rolado uma transa durante a massagem. Dei uma de João sem braço respondendo: poderia ter rolado sim, mas eu sou aquele cara que, estando no trabalho, sá mesmo se a pessoa se declarar cem por cento, porque não posso vacilar. Não rolou mas poderia ter rolado, porque cantadinhas despistadas sempre ocorrem, mas ninguém rasgou o verbo até hoje. Perguntei-lhe: porque você fez a pergunta?

Ele disse que era curiosidade, pois ele práprio se sentia tipo entregue, nas minhas mãos, e acha que os profissionais sempre aproveitam esse poder sobre o paciente para seduzi-lo, para avançar o sinal.

Respondi-lhe: eu não sou fisioterapeuta. Faço massagem nos meus familiares e sá para alguns poucos amigos. Mas eu não saberia usar disso para uma transa gostosa se a pessoa não tivesse iniciativa, não estivesse motivada para tanto.

Aí ele foi ficando molenguinho, enquanto eu massageava um braço, pousou o outro em minha perna; depois, quando trabalhava pescoço e homoplatas, por trás, ele foi se encostando mais que o necessário. Não tive como me controlar. Quando lhe daria um trato na face, ele percebeu meu volume, levou a mão dizendo: que coisa mais gostosa você deve esconder por aqui, meu senhor! Cheguei mais práximo, ele cheirou por cima da calça, depois mordiscou, depois retirou minha pistola dura pra fora e mamou como bezerro faminto.

Eu gemia de prazer, enquanto ele mamava, deslizava a lingua da cabeça até o talo, abocanhava meus ovos e me fazia gemer ainda mais.

Eu o detei de costas, lambi os peitinhos dele, mordisquei, fui até as orelhas e lhe dei suspiros, beijos e mordidinhas gostosas. Depois o coloquei de bruços e deslizava as mãos sobre as costas dele das pernas até o pescoço, pincelando o botãozinho do meu gostoso rapaz, até que ele elevou a bunda e interrompeu o movimento fazendo com que a cabeça da pica se encaixasse no seu buraco rosado.

Dali até o talo foi sá questão de minutos. O cara metia gostoso demais, meu amigo. Gemia, chorava, fazia vai-vem. Depois me pediu que o penetrasse de frango assado que era para a gente fozar se beijando. Deu tudo certinho como ele queria e a gente transou uma tarde toda. Mamou mais e mais minha pistola no banho, depois me pediu para comê-lo em beira de cama, depois na cadeira, com ele sentado no meu colo agasalhando a malvada.

Nada me fizera mais delirar que quando ele pedia: vai, meu senhor, atola tudo, me bate na bunda pra eu gozar chorando, bate! E quando sentia porra quente esguichando lá no fundo, fazia estardalhaço, berrava, dizia palavrão e apanhava mais enquanto sentia prazer, chuva de porra e vara dura atochada.

Temos encontrado pouco por falta de oportunidade, porque ambos somos casados. Estou super saudoso de traçar aquele material. Ele é tesudinho.

Espero casados, com mais de 40 anos e mais enrustidos que liberados. Mas todos podem enviar mensagem, sem restrição. Estou batendo uma gloriosa enquanto releio este conto. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha cadelinha zoofilia contoscontoscontos eroricos de menina virgens que adorou ser estuprada pelo opadrasto e seus amigosmulheres com dhorte branquinho com cuzaoconto erotico gay coroa cavalao faz viadinho chorarTo ferrada fiquei.arrombada contos eroticoscontos eroticos de menininhaspelado com uma travesti contos eróticosbudao fudida por varios brutoscontos.por curiosidade virei viadinhooo dos padresconto erotico gay comido por dois estranho para volta para casacomtos bdsm de empregadaSou gay e tranzei com um travest contos eroticoContos eróticos gay comeu menininhoxvidio cu mas floxo e da peidicontos sexo esposa e maecontos de mulheres viciadas em dar o cu so para o cunhadocontos eróticos minha mãe no esconde escondecontobucetavirgemMinha mulher me fez um viadinho contos eroticoshomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarcontos sexo cabaso samgrandocontos eroticos tia feiaConto mete tudo papailevou boquete da irmã caçula dis que gosta de chupareu eminha sogra no hotel conto eroticonegao paenorme f mulhecache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContor eroticos de sexo chupada dapererecazueiras mais gostosas e fogosas da bunda grande e pernas grossasconto cu esconde-escondesobrinha sapeca tomou no cu contoContos eróticos reais de Angolacontos eroticos esposa bebadaSou gay e tranzei com um travest contos eroticoFILHA EMPRESTA ROLA PRA MAE CONTOContos enteada inocente sentada sofame comeram contos teencomi uma contoirmão roludo cone urmã dormindocontos casada bunda com celulite fotos velhaesposa fogosa casa dos contos erotico 3capituloLoira de itanhaem mostrando os peitosContos erotico gay amigo da minha irmacontos eroticos o estuprador me fudeu covardimentecontos sou crente mais ja trairEsposa sendo fudida na chacara contoMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscunhadinha de 10 sem calcinha conto eroticogaviao do progama malucos molhado pelado de rola duravideornposscontos reais eroticos na formatura casaisxnxx de imtiado estrupa a sua sobrinha rasgamdo a ropa delafoto de travestis arreganhadas de frenteConto eroticoesposa d vizinboFoderam gente contos tennscontos de professor e alunacontos achei uma inpregadinhacontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemconto gay hetero em exame de prostatacontos eroticos testanta a esposaporni contos mae da namorada na picinacontos eroticos incestos primeiro foi o meu irmão agora e meu paino motel eu tirei o cabaço da buceta da minha cunhada ninfeta loirinha conto eróticocoloquei uma calcinha da minha mulher e me exibi pro meu amigo contocontos meu comedor de cucontos erótico- fui estuprada e gosteiconto erotico fui fragada pela minha filinha chupano.o pau do seu irmaoContos eroticos gay primeira vez traumaticacontos gays ordenhando papaifodida na escola contoscontos com letras grandes , a rabuda e os dois travecosconto erotico comendo a obesacontos cenoura no cuzinho