Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODI A MAE DO MEU AMIGO

Click to Download this video!

Comi a mãe do meu amigo:

Meu nome Ivandro sou angolano, tenho 23 anos sou negro, tenho 1,75 cm de altura e tenho um corpo muito defenido porque pratico esporte como judo, karate e futebol.

Tudo começou quando o Mario meu amigo ligou e disse que a mãe dele vinha para Namibia e perguntou se ela poderia ficar na minha casa, eu obviamente disse que sim e ele me passou todas as informacoes necessárias incluindo a data e hora do voo.

Dois dias depois ela chega e vou pega-la no aeroporto (detalhe eu não a conhecia), apenas me foi dito como ela estaria vestida.

Quando avistei-a quase que cai para tras, aproximadamente 1,70 de altura, labios carnudos, uma bunda descomunal, seios fartos e coxas grossas e definidas, uma tremenda cavalona. Fui ter com ela me apresentei, peguei a mala dela e fomos para o carro.

Pelo caminho a gente conversou um pouco sobre a cidade e outras amenidades.

Chegamos em casa eu fui logo mostrando o quarto em que ela ia ficar, disse que poderia ficar a vontade, ela foi descansar e eu fui visitar a minha namoradaÂ…

Quando voltei ela ja estava bem a vontande julgando pela a camisolinha que ela tinha vestido e pelo facto dela ja ter cozinhado, eu ja tinha comprado alguma coisa para gente comer então o jeito foi guarder o que tinha comprado e comermos o que ela cozinhou, durante o jantar dei varias olhadas indiscretas nela e acho que ela percebeu. Quanto mais tempo passava mais o meu tesão por ela aumentava mas nada podia fazer porque afinal ela era mae do meu amigo e quando eu ate ja nem pensava muito em comer ela e disse para mim mesmo desencana que nao vai rolarÂ…

Ai numa sexta-feira ela me diz que ia sair com um pessoal que ela tinha conhecido no voo e nao tinha hora para voltar eu aproveitei e lhe disse que iria ver minha namorada mas voltaria cedo.

Fui a casa da minha namorada ela muito linda 1,67 de altura, uma carinha de anjo, seios medios, bunda empinada e safada para caralho. Ficamos um tempo se curtindo de forma bem light porque ela estava com os sobrinho s dela na sala, passando um tempinho disse que tinha que ir la diz está bem e me acompanha ate ao quintal, no quintal ela me tasca um beijo daqueles e fiquei ja todo doida e fui logo empurrando ela contra parede, beijando-a com o maior tesão, dei alguns beijinhos no seu pescoco e logo fui descendo para os peitinhos delas beijando, sugando-os vorazmente e alternando com mordidas de leve nos biquinhos dos seios, ela foi a loucura arrancou minha blusa foi beijando e dando mordidinhas em todo meu peito e de repente ela se ajoelha na minha frente e tira o meu pau para for a e abocanhou de forma voraz nossa ela chupava, mordia e lambia tudo num ritmo muito frenetico nao aguentei e peguei ela no colo e levei ela para garagem e deitei-a no chão mesmo, tirei a calca dela e literalmente arranquei a calcinha dela e cai de boca naquela buceta chupei e quando eu ia colocando o dedo nela ela comecou a se contorcer toda, puxou a minha cabeça contra a sua buceta e gozou na minha boca, depois de ter se recuperado ela disse que os sobrinhos dela estavam provalvelmente apavorados procurando por ela e disse que amanhã ela ia para minha casa terminar o que ela comecou, deu-me um beijo e nos despedimos.

Cheguei a casa e notei que aquele monumento que eu tinha como hospede ainda nao tinha voltado, bom no tesão em que eu estava decidi tomar um banho e no banheiro mesmo toquei uma punheta gostosa fantasiando com a mae do meu amigo. Terminei o banho e fui para cama, nao muito tempo depois a Sara (mãe do meu amigo que estava hospedada na minha casa) chega e vem directo para minha cama meio bebada e disse:

- Hoje eu vou dormir aqui.

- Uhmmm está bom mas tem alguma coisa errada com a sua cama?

- Nao apenas quero dormir aqui.

- Esta bem eu vou para o sofa então.

- Porque está com medo? Relaxa nao vai acontecer nada.

- Nao! Imagina eu com medo de mulher.

E nisso ela foi para o banheiro e voltou numa camisola rosa nossa que espectaculo meu pau ficou duro na mesma hora, ela deitou-se em frente de mim e empurrou a bunda para tras, para mim aquilo foi um convite e fui logo rocando o meu pau naquela bunda maravilhosa eela comecou a reboolar e ai eu levantei a camisole dela e comecei a alisar a bunda dela e ao mesmo tempo rocando meu pau nela, ela virou quase me olhou bem nos olhos e eu tasquei logo um beijao nela, enquanto a minha lingua passeiava naquela boca gostosa ela comecou a alisar o meu pau sob a cueca e estava alisando a bucetinha dela sob a calcinha, tirei a camisole dela e cai de boca naqueles peitos que delícia, desci pela barriga dela e cheguei ate a calcinha, dei uns beijinhos na buceta por cima da calcinha e logo depois tirei-a, beijei as coxas delas pela parte interior e lentamente fui subindo ate dar de cara com aquela bucetona que estava pingando de tao molhada que estava, passei a lingua sobre o grelo e ela estremeceu, cai de boca naquela buceta e me lambuzei enfei dois dedos nela e fiquei fodendo ela por alguns segundos ela suspirava fundo e so conseguia dizer me fode vai me fode.

Tirei o meu pau super duro e fiquei brincando com ele na entrada da buceta dela e ela a loucura e me puxeou para dentro dela, deslisei naquela buceta de tao lubrificada que ela estava, ela estava com muito tesão e cruzou seus pes sob a minha cintura e foi rebolando que nem doida na minha rola eu dizia isso vadia está gostando neh? Ela esto adorando, desde que cheguei estava querendo muito a tua pica na minha cona ai me fode vai, me fode me fode me fode seu filha da puta, nao demorou muito e ela comecou a se contorcer e gozo abundantemente, deitei-me no chão e ela sentou na minha pica e comecar a cavalgar bem devagarzinho e depois foi aumentando o ritmo e eu isso minha gostosa da essa coninha para mim da! A gente ficou nisso um tempo e depois pedi que ela ficasse de quarto e a visao daquele bunda foi maravilhosa, me encachei por tras dela e soltei o cacete naquela buceta denovo mas agora com o dedo no cu dela e gemia que nem doida e ela rebolava que nem uma cadela no cio, acelerei o ritmo e fui dando uns tapas naquela bunda e ja estava quase gozando quando ela comecou a se contorcer denovo ai eu puxei o cabelo dela e fodi mais forte ela deu um grito e estava gozando denovo com aquilo eu também gozei tudo dentro dela e cai pro lado. Acordamos com o meu celular tocando, era a minha namorada dizendo para me prepar porque ela vinha mais tarde e estava muito fogosa.

Depois daquele noite a gente fodia todos dias e todo dia, era so um pequeno toque para comecar a foda ate quando ela voltou para Angola.



Se quiser entrar em contacto esse e o meu email: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gay estrada calcinhacontos reais de mulher que deixou cachorro emgatar na bucetacontos eróticos minha amifa na escolacontos eroticos testemunha de jeovavesti as roupa feminina e dei meu rabinhoposso dilatar a porta do meu anus todo dia?aventuras com travesti Portugal contocontos eróticos de famílias pela primeira vez participando da praia de nudismocontos eroticos ajudando uma amiga e suas duas filhas adolecenteconto eroticos gay. baile de carnaval c. tiaoorgia sem pudor contosContos eroticos fudendo a passageiracomendo as duas filhar contosContos eroticos sou madura vadia e filhomarido chama primo pra tranzar com sua espozahomem colocou sua picA ENORME NA XOTA DA CABRITA ENFIO TUDOcontos eróticos sogra pega mulher metendo na camacontos eróticos meu patrão assinou um contrato comigoarrombado; contos gaycontos eroticos de motoboypunheta para sogra contoscontos eróticos casado com amigo casadocontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elacontos eroticos meninos de ruasconto eróticos gozei na boca da bahianinhaContos eroticos... Toda gostosuracontos porno de velhos caipira comendo viadoFui estuprada com penis de borracha contocontoseroticos sem quereContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos heroticos fez de escrava sexualesposa perdeu aposta e encarou duas rolas conto eroticocontos eroticos dei p meu clientebucetas carnudas grandes beicos casadas cornoscontos eroticos fudendo a mae ño campismocontos eroticos o escravo seduz a.minha patroaCasada viajando contosdoutor esporreando muito no travedtiComtos mae fodida pelo filho e sobrinhopeluda coroa estuprada p gangsContos eroticos gozando até chorarcontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2contos/esposa na rola do meu amigogostosa e muito branca maz mete muitocontos de lambidas gostosacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos cara comeu minha mulher devaga pra mim nao ver contoscanto erotico de homem de calcinhaconto erotico sexo pepinoconto erotico real meu marido me liberou dar o meu rabocontos eroticos comi minha espetorawww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comhistorias eroticas com saúnas masculinasprovoquei o velho e fui fudidacontos eroticos eu e minha amigagorda fomos arrombada com fotospintinho sobrinho contos eroticosCasada viajando contosbaxinho do pau gigante impresiona casadamenina vizinha pau bucett conto relatocontos eroticos velho na praia de nudismocontos filha peituda provoca seu pai de baby doll ele fudeu elatracei minha irmã contoscontos eróticos sobre sobrinhabucetudacontos eróticos eu e minha mãe na praiacontos gay fetiche em gordinhocontos comi meu irmao com o meu consolo grandao virou minha mulherzinhacachorro pastor alemão tirou a virgindade de minha irmã- contos de zoofiliaconto erotico sogra nao querComendo a filhas gemeas contocontosdesexopicantescontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casamalhando bundundazoofilia bruda com mininas