Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O EMPREGO QUE MUDOU MINHA VIDA - PARTE 4

Click to this video!

Olá pessoal hoje vou contar para vocês o que meu senhor Daniel fez comigo no dia 01102011 dia do meu Aniversário.



No dia anterior que foi uma sexta feira o meu senhor Daniel não me procurou e nem me ligou o que achei estranho, pois desde que tudo isso começou não teve um dia se quer que ele deixou de me fuder, quando estava dando quase o horario de eu ir embora para casa, passar o final de semana com meu marido Fabio, o meu senhor Daniel me ligou e disse amanhã é seu aniversário né vadia ?, eu disse que sim meu senhor então ele disse hoje você não vai para sua casa pois amanhã vai ter uma supresa de aniversário.



Aquilo me deixou chateada pois queria passar meu aniver com meu marido fabio, então liguei para meu marido e inventei que não teria como ir para casa no sabado pois teria uma reunião no sabado e eu precisava estar presente, percebi que ele ficou meio chateado mais entendeu.



No dia do meu Aniver meu senhor disse que eu não poderia sair do meu quarto, somente quando ele manda-se, lá pelas 11:30 o meu senhor me trouxe um vestido lindo vermelho, disse que quando fosse perto das 15:00 para que eu toma-se um banho e fica-se pronta, eu tomei meu banho fiquei pronta me perfumei, coloquei o vestido sem calçinha e sem sutiem

por volta das 16:00 horas eu começei a escutar vozes parecia ter bastante pessoas no sagão da casa onde se organiza as festas.



As 17:00 horas o Meu senhor me ligou e disse que eu poderia sair do quarto, quando fui em direção ao sagão eu gelei, pois Meu marido fabio

estava lá, alguns amigos meus e outras pessoas que não conhecia, quando apareci cantaram parabens eu chorei claro e fomos nás sentar em uma mesa onde ficou, Eu meu marido o meu senhor Daniel e 4 caras que eu não conhecia, nossa mesa ficava em um canto do sogão perto e uma estante onde tinha um espelho enorme.



Em certo momento a secretaria do meu senhor Daniel apareceu chorando e me chamou para ir com ela até o escritorio, chegando lá ela abriu uma outra porta que sempre ficava trancada eu nunca havia entrado lá, andamos por um correador e chegamos em um sala, onde tinha um sofa e uma base na parede de marmore tipo uma mesa e uma cortina, a secretaria fez uma ligação e disse apenas esta pronto e desligou, em 5 minutos dois dos caras que estavam sentados na mesma mesa que eu e meu marido chegaram na mesma sala, a secretaria abriu a cortina e eu levei o maior susto, pois eu estva vendo meu marido e meu senhor Daniel conversando na mesa que eu estva sentada era aqueles espelhos magicos sabe quem ta atrás ve tudo que aocntece do outro lado, eu estava ali vendo meu marido de frente e ele não me via, então o Daniel ligou no meu celular e disse, oi filhinha trate de obedecer seus tios heim e desligou, nisso a secretaria pegou uma camera e começou a filmar e os caras vieram para cima de mim, hum chegou me encoxando ja subindo meu vestido tirando ele todinho apertava meus peitos, eu olhnado meu marido o cara tirou toda a roupa e por tras de mim penetrou minha buceta me fodendo com violencia me chamava de vadia puta, olha lá o corno do teu marido, o outro cara subiu na mesa de marmore e começei a chupar o pau dele bem gostoso em todo momento eles ficavam falando fica olhando para o corno do teu marido sua puta, aquela situação me deixou de um jeito um prazer que não sei ne como explicar invadiu meu corpo e gozei muito rapido, o cara que eu chupava gozou na minha boca e eu tive que engolir tudinho ele disse quando voltar para mesa beije seu marido de lingua entendeu sua vadia eu fiz que sim com a cabeça, o outro ficou me fodendo mais um 19 minutos até enher minha buceta com seu esperma quentinho e cheguei a ter orgasmos multipos com aquela situação, os dois se arrumaram e voltaram para mesa, eu ja ia colocar meu vestido quando a secretria do meu senhor disse ainda não vagabunda, fez outra ligação e mais 2 caras que tbm estavam na nossa mesa vieram ao meu encontro, eles chegaram ja me agarrando e me beijando o cara enfiou sua lingua dentro da minha boca nossa que beijo delicioso eu me arrepio sá de lembrar, eles me colocaram sobre a mesa um chupava meus seios o outro chupava minha buceta colocava a linga na entrada do meu cuzinho um se deitou no chão mandou e sentar no seu pau e cavalgar, fiz como ele pediu o pau dele era enorme me deixou todinha arregaçada o outro veio por trás cuspiu no meu cú varias vezes e veio me pentrando bem devagarinho aquela dor no começo e com o passar do tempo seu pau tava todo dentro do meu cú, não sentia mais dor, agora sá prazer eu cavalgava e rebolava, nossa foi demais nessa hora percebi que realmente eu era uma puta, uma vadia, uma vagabunda o meu senhor Daniel fez isso que estava adormecido em mim se despertar, fiquei sendo fudida ums 20 minutos primeiro gozou o cara que comei meu cú e depois o que comeia minha buceta que a essa altura ja tava até ardendo, apás terminaos ele se vestiram e voltaram para mesa, eu me recompus coloquei meu vestido arrumei meu cabelo, eu disse a secretaria que precisava ir ao banheiro me limpar pois escorria esperma da minha buceta e do meu cú, ela disse nada disso volta para mesa e não esquece beija seu marido de lingua, a secretaria pingou um calirio no olho dela voltamos para mesa com ele finjindo que chorava os 4 caras estavam lá sentei ao lado do meu marido e o beijei de lingua rezando para que ele não senti-se o gosto do esperma do cara, graças a deus ele não percebeu.



A festa transcorreu naturalmente sem ninguem perceber nada, todo bebemos bastante as pessoas começaram a ir embora no final ficou sá eu meu Marido fabio, o meu senhor Daniel e mais um gurpo de amigos do meu senhor na mesa ao lado 2 caras negros, 2 brancos e um moreno, quando eu e meu marido estavamos indo embora o meu senhor Danile disse nada disse vc não esta em condições de dirigir, vocês vão dormir aqui e realmente o fabio tinha bebido bastante tava meio bebado então aceitamos ficar, fomos até o quarto eu tive que ajudar o fabio a tomar banho, quando escuto baterem na porta quando abro é o meu senhor Daniel, ele me entegou um copo com agua e uma remedio e disse da isso para seu marido tomar é um calmante, ele vai dormir rapidinho, daqui a pouco volto.



Depois que terminei de dar banho no fabio falei para ele tomar o remedio para evitar que desse asia, ele tomou sem questionar, falei para ele me esperar na cama que eu iria tomar banho e teriamos a nossa festinha, fiquei no banho durante uns 40 minutos pois não sabia quanto tempo demorava o efeito do remedio, quando voltei ele ja tinha apagado, mexi nele cutuquei chamei por ele bem alto e nada, realmente tinha apagado.



Como eu sabia que o meu senhor Daniel voltaria fiquei nua mesmo a sua espera, quando bateu na porta fui atender, ele perguntou, ele ja apagou, eu disse que sim, então meu senhor Daniel entrou e quando eu ia fechar a porta vi que tinha mais gente, entraram no quarto todos aqueles caras que ainda não tinham ido embroa, os 2 negros, 2 brancos e 1 moreno, meu coração ficou acelerado nessa hora e se o fabio acorda e me pega com todos ali. O meu senhor mandou todos os caras ficarem pelados e disse ta aí sua puta meu presente de aniver, vai ser fudida por todos eles na mesma cama que o corno do seu marido dorme, então veio um negro primeiro ele tinha um pau enorme e muito grosso eu estava deitada na cama ele me beijou foi descendo pelo meu pescoço, chegou nos meus seios ele sugava mordia os bicos e puxava e soltava nossa que delicia, ele me mandou subir em cima do meu marido, eu fiquei olhando para o rosto do fabio aí o cara negro veio por trás e meteu na minha buceta entrou com muita dificuldade com certeza foi o maior pau que ja me fudeu até hoje, eu gemia como uma cadela no cio, rebolava que nem uma puta, o negão dava tapas na minha bunda cada vez mais forte aquilo me deixa-va mais exitada ainda até que gozei tive orgasmos multiplos foi maravilhos o negão não aguentou e gozou enchendo minha bucta com sua gozada, eu cai com meu corpo sobre o do fabio olhei para ele e disse ta vendo a putinha que vc tem em casa e nem sabe disso, foi quando senti alguem tocando com a mão na minha bunda e foi descendo e enfiou os dedos na minha buceta, ainda olhando para o fabio eu disse, nem vou olhar quem é porque puta de verdade da por prazer não por dinheiro, o cara que tava ali lambuzou meu cu com o esperma do cara negro que escorria pela minha buceta e começou a meter no meu cú, o pau não era grande mais era gorsso, esse gostava de me xingar de puta, prostituta, arrobada, cadela, ele não demorou muito quando foi gazar saiu do meu cú e trouxe para minha boca, ele gozou na minha boca e engoli quase tudo umas gotinhas escaparam pelo canto da boca nessa hora vi que era o moreno que tinha comido meu cú, aí beijei o meu marido para deixar o gosto do esperma na boca dele, antes de vir o proximo cara eu olhei para meu senhor e disse que queria fazer um pedido, ele disse o que vc quer sua vagabunda ? Eu disse meu senhor eu quero os três de uma vez, um no cú, um na buceta e um na boca, o meu senhor olhou para mim e disse sua vadia você esta se saindo melhor que a encomenda, e tive os três, eu sai de cima do meu marido e ali do lado dele o negro se deitou e eu me encaixei nequele que pau delicioso que entrou com facilidade na minha buceta toda melada e fudida, um dos caras branco enfiou seu pau no meu cú e o outro na minha boca, eu estava com todos meus buracos completos e começei a ser fodida por todos ao mesmo tempo, nossa dava a impressão que o pau que tava na buceta e o que tava no meu cú estavam juntos num buraco sá, eu mau consegui respirar direito, o que eu chupava gozou primeiro me fazendo beber todinha sua porra, os outros caras dava para perceber que eram experiente pois demoraram a gozar fiquei lá sendo fudida acho que durante uns 40 minutos sem parar nesse tempo eu gozei 3 vezes estava completamente exitada molhada depois o cara que comei meu cú gozou me encheu com sua porra quentinha e em seguida o negro gozou a minha buceta me puxou pelo pescoço me deu um beijo longo e delicioso, o meu senhor mandou todos sairem, eu me deitei na cama com meu corpo todo quebrado depois daque-la foda maravilhosa que tive, o meu senhor Daniel apenas me olhou nás olhos sorriu e saiu do quarto.



Eu fiquei na cama pensando no que tinha acontecido desde que consegui esse emprego, eu que casei vergim sá tinha transado com o Fabio meu marido em 3 meses ja tinha dado para treze caras diferentes que eu nem conhecia e com todos transei sem camisinha varios gozarem dentro da minha buceta, que loucura que eu estava fazendo, mas como meu senhor Daniel dizia o meu corpo pertence a ele e eu vou fazer tudo que ele mandar sem me importar com as consequências.



Continuação. . .



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos mae desnaturada 2contos dando no banheiroconto espiando transa do tioconto erótico esposa foi parar no hospital com a buceta sangrandocontos minha filha olhou em dandozoio filme antigo erótico animalescocontos eroticos de quata feira de cinzacontos eróticos de mulher encarando um pau gigante e não aguentaminha novinha tarada contominha tia andando nua contocontos eroticos padastro com indiadaquero sentir sua porra quente dentro no cuComigo por um cachorro gay contosela gritou dizendo q seu cu tava doendo contoscontos eroticos de homens com taras chupar bucetas caninas zoofiliacontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elacontos horoticos verdadeiras pelotastransando com a interna contosmeu sogro me comeu contos eroticosmulher gozando a um metro de distansia e mijandocontos comi o cu da mamãeconto gay filho ve o pai com o pau duro e perguta o que a quinlocontos fodendo a namorada de todo jeitocontos coxudas de saiaconto erotico com sogrocaralho anaconda destruindo cufui consola a cunhada contoscache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos eroticos arrombada pelo empregadocontos eroticos eu e a minha filha somos putameu padrasto fica excitado comigocontos eroticos primo da esposacontos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavanovinha safadinha dormindo com dedinho no cuzinho Fredcomiminha filja lauraDesvirginando a sobrinha de 18 anossenti aquele pauzao derramando varios jatos no fundo da minha bucetacotos heroticos gay neguinho me comeua irma dela dorme conosco de calcinhaconto erótico eu e meus primos nu no lagocontos eroticos de irmans cavalomascomo enraba uma colega. de trabalhoComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delacontos de machos que experimentou um boqueteconto policial comeu.minha mulherestoria de cantos erotico novinha sentou no colo do Homem dentro do ônibus na viagemxvideo subril comedo atinacontos eróticos mãe e filho de araraquraPiru grande p titia contoscontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogocomendo na.chantagem contoszoofilia tesouravideos de casais namorando muitoogostosonao contar para ninguem da familia. Quando eu achei que o papo ia terminar ali, ela me fez a pergunta que levou a tudo: perguntou porque eu tinha tanta coisa sobre lésbicas incestuosas no pc? Quando ela me perguntou isso, confesso que pensei em desconversar, mas aí pensei também que ela não faria essa pergunta à toa. Aí comecei a falar que aquilo me excitava muito, que gostava de ler sobre aquilo. Sem brincadeira, acho que a gente deve ter ficado uns 10 segundos em silencio ali na cama, depois que eu falei isso. Uma olhando para a outra. Aí, ainda bem, ela tomou a iniciativa, colocou a mão na minha perna e perguntou: Você pensa em mim?  cavalo pampo aregasano a boceta da mulherraparam minha buceta a força contos.fotos.e.contos.de.homem.cazado.que.ama.chetar.pau.pintoconto erótico "Um dia minha familia ia fazer um churrasco em casa, e minha mãe chamou "conto de incesto iniciando os filhos a arte do.incestoponei arrombando morena com tesaomulher transando com dog contosdei o cu no campig homoxesuaisDeixei meu irmão de pau duro quando sentei no colo dele contos eróticoscontos eroticos a bunda do meu irmão caçula é uma tentaçãomeu padrasto fou no meu quarto vcontosContos eroticos mulher cuzeiraporno com amiga loira baixinha encorpadinhaConto erotico bigodecontos eróticos minha mãe no esconde escondeminha sogra/contoinfância;contos eróticos;enrabadocontos eroticos apanhandocontos de crentisinha cusuda