Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI PRO MEU IRMÃO GOSTOSO

Click to Download this video!

O que vou contar agora aconteceu quando eu tinha apenas 19 anos, hoje tenho 22 e tenho saudade daquela época. Eu tenho um irmao mais velho que na epoca tinha 19 anos, ele e um moreno alto de olhos claros e corpo definido, o que sempre me irritou pois as garptas da escola caiam matando em cima dele. Eu sou loira de olhos azuis, cabelo quase na cintura liso, tenho seios medios,bumbum firme coxas grossas e cintura bem fina daquelas de dar inveja, sempre gostei de manter o corpo em forma afinal é disso que os homens gostam. Certo dia eu estava estudando na sala e meu irmao veio ate mim suado apenas de bermuda

- eai chatona tem refri na geladera?

Nunca tinha reparado no meu irmao e meu deus como era gostoso

- te... Tem sim Gustavo, soo... Pega la

falei meio gaguejando. Eu estava com um shots jeans e uma regata bem colada que realsava meus seios. Percebi que ele me obseevou por alguns segundos e voltou pro seu quarto. Eu continuei estudando quando tocou a campainha, abri a porta e era a ex dele, uma morena magricela de voz fina, ela foi entrando ja no quarto do meu irmao nem dei bole e continuei na sala. Tudo estava quieto quando ouvi uns barulhos, vinha do quarto do gu ele parecia sussurrar algo, olhei pela brexinha da porta e vi que ele estava com a mao por dentro da calça da garota, fazendo movimentos na buceta dela enquanto dizia besteiras no ouvido dela

- voce gosta ne safada?

- ai que..... Hmmmmm delicia, mais rapido gu aaaaaah

- assim ta bom cachorra?

De primeira me assustei com a cena, nao sabia que meu irmao era tao safado mais aquilo começou a me excitar ele parecia ter muita habilidade no que estava fazendo. Sai dali antes que eles percebessem, fui para o banheiro tomar um banho. Enquanto a agua quente caia sobre meu corpo comecei a imaginar meu irmao brincando comigo, me deixando louca, imaginei aquela mao no meio das minhas pernas me fazendo gemer, imaginei ele metendo na minha bucetinha... Quando me dei conta ja estava me tocandp e totalmente melada, sai do banho e fui pro quarto. A imagem do gustavo nao me saia da cabeça eu o queria, e logo. Resolvi provoca-lo afinal se ele e safado nao resistiria. No dia seguinte meus pais foram pra casa da praia com meus tios, so ficamos eu e gustavo na casa, chance perfeita pra botar meu plano em açao. Acordei cedo e fui ate o quarto dele, ele ja estava acordado emm frente o computador, vi que ele estava assistindo filmes pornô, fiquei sem reaçao, aquele cacete era enorme e parecia delicioso, ele gemia baixinho e fazia movimentos precisos de repente ele viu que eu o observava

- ALICE! O QU.... CALM... ACORDADA AGORA? ESQUECE ISSO QUE VOCE VIU TA? NAO VAI ACONTECE DENOVO

ele dizia sem jeito enrrolado colocando a roupa.

- relaxa chatao, eu sei que isso e normal, foi mal atrapalha.

Sai de la correndo antes que ele pudesse responde. Passamos o dia sem nos falarmos ele provavelmente ainda se sentia eenvergonhado, a tarde ele avisou que ia na padaria e ja voltava. Aproveitei para me satisfazer, eu estava com um baby doll curtissimo e sem sutiã, deitei em minha cama e fui colocando a mao dentro da calcinha, comecei a pensar em gustavo nao mais como irmao, mais como meu homem. Enfiei um dedo na minha buceta qie ja estava totalmente meladinha, como eu era virgem doeu um pouquinho mais foi ficando gostoso, eu soltava pequenos gemidos abafados e quando me dei conta ja estava me masturbando com dois dedos, eu estava qiase chegando a um orgasmo quando meu irmao abriu a porta e se deparou com a cena.

- GUSTAVO! PORQUE... NAO.. AVISO QUE CHEGO? EU.... EU...

Ele nao se mexia apenas fixou o olho na minha bucetinha que estava totalmente exposta e meus seios que estavam durinhos de tesao.

- porra alice como tu cresceu. Ta gostosa e...

Eu fiquei um pouco timida e ele veio em direçao a mim apenas apreciando meu corpo, parecia que ia me devora ali mesmo. Pensei em vestir minhas roupas correndo mais meu corpo implorava por ele e ao inves disso me levantei na frente dele e tirei tudo o que vestia

- voce gosta?

Disse com cara de safada. Percebi um enorme volume em sua bermuda. Ele me agarrou com força me segurando pela bunda e sussurrou no meu ouvido "safadinha entao? Lembro quando voce ainda brincava de bonecas agora olha so, ta gostosa, ta me excitando ja faz um tempo garota." delirei com o que ele dizia, ele tirou a camisa e pude ver aquele abdomen definido, senti sua mao sair da minha bunda em direçao a minha bucetinha e meu deus QUE HABILIDADE! ele me masturbava de uma forma tao deliciosa, aqueles dedos grossos na entradinha da minha buceta me faziam gemer e cada vez mais ele aumentava os movimentos ate que atingi o orgasmo. Ele me pediu que deitasse na cama e obedeci sem reclamar, ele ficou observando meu corpo nu por algum tempo

- nossa que cinturinha em alice, e pra deixar qualquer homem louco.

Eu sorri moliciosamente, abrindo um pouquinho minhas pernas ele retirou a bermuda e a cueca libertando aquele magnifico cacete que ja estava totalmente duro, naquele momento me levantei e o joguei na cama, comecei a bater uma punheta deliciosa pra ele, que gemia baixinho entao coloquei aquele cacete enorme na minha boquinha

- isso irmazinha... ahhhh assim, chupa seu irmaozinho aaaaaah

ouvir ele gemer me levava a loucura, comecei a chupa-lo mais rapido e punheta-lo ao mesmo tempo, seus olhos reviravam ate que ele gozou na minhq boca, engoli tudo com gosto. Depois ele me colocou sentada no colo dele de costas pra ele sem me penetrar ainda nao sabia o que ele queria fazer mais ele disse pra eu apenas relaxar, ele sussurrava "minha gostosa", " vo te fazer mulher" baixinho no meu ouvido enquanto ia abrindo minhas pernas com as maos, depois começou a acariciar meus seios com força, dai foi descendo pela minha barriga e foi pras coxas, passava a mao pertinho da minha buceta so pra provocar

- para de torturar maninho

peguei uma de suas maos e coloquei aonde eu queria. Ele entao sem dá enfiou com tudo 2 daqueles dedos grossos na minha bucetinha, dei um leve gritinho de dor porem ele começou com um movimento vai e vem delicioso, eu rebolava em seus dedos e sua outra mao hora apertava meus seios, hora apertava minha fina cintura

- agora deita que eu vo te mostra uma coisa muito maos gostosa

obedeci, e ele se colocou por cima de mim, pensei que finalmente ele ia me penetrar. Ele foi beijando meu pescoço ate chegar em meus seios, parecia uma criança quando ganha um brinquedo novo, ele os apretava e me olhava com cara de safado, ele passou a lingua no biquinho rosado do meu seio e começou a mamar com gosto, ele alternava os seios e eu me deliciqva com aquilo. Ele foi descendo os beijos ate chegar na minha virilha, entao ele me olhou com um olhar extremamente sedutor e foi passando a lingua no meu grelinho, masturbaçao nenhuma jamais tinha me proporcionado tal prazer, ele sugava meu grelo enquanto enfia um dedo e fazia movimentos circulares com ele. Ele me fez delirar. Que homem

- aaai guu.... Hmmmmm que gostoso aiin

- ta gostoso? Ta so começando maninha

ele dava linguadas fortes ate de foi dando aquela vontade de gozar.

- vai gostosa, goza na minha boca, quero chupa seu melzinho.

- ainnnn ahhh isso gu, mais rapido

ele acelerou os movimentos da lingua e gozei em sua boca. Ele sugou tudinho e depois beijou a minha boca. Senti que seu pal ja estava explodindo de tesao

- gu me faz mulher maninho? Quero ser so tua

disse isso abrindo as pernas pra ele poder me penetrar. Ele por algum motivo nao quis fazer aquilo, dizia que era perigoso e que eramos irmaos, ele se levantou e pegou suas roupas. Tinhamos ido mt longe pra terminar ali, entao enfiei 2 dedos em minha buceta e gemia o nome dele

- aah gustavo... ummmm veem me come gustavo aaaaah... Minha bucetinha quer voce aaaaaainnn

me masturbava mais rapido e apertava meus seios ele ficou vendo e como eu previa nao resistiu.

- seu pedido é uma ordem, vo ti fude gostoso

Disse ele deitando sobre mim, acariciei seu belo cacete ate que ele começou a brincar com a cabecinha na entrada da minha buceta

- so vo mete se vc implora

disse ele mechendo a cabeça do pal quase me penetrando

- vem, mete em mim agora eu nao aguento mais maninho

- pede com gosto cachorra

- ME FODE GOSTOSO GU, METE ESSA PICA DURA NA MINHA BUCETINHA

depois de ouvir isso posicionou o seu cacete certinho e me penetrou tudo de uma vez so, senti uma dor mais o tesao era bem maior, ele fazia movimentos vai e vem devagarzinho e eu gemia como uma cadela no cio

- aaah iss... uuui hmmmmm mais rapid... Aaaaah gostoso

ele fazia movimentos mais bruscos e voltou a mamar em meus seios, meu deus que homem. Eu gemia deliciosamente ao pe do seu ouvido enquanto entre gemidos ele me dizia safadezas, ah como era gostoso. Ele me segurou pela cintura e me colocou por cima eu comecei a rebolar naquelaa pica maravilhosa

- rebola safada, agora pula um pouquinho

sem demora comecei a cavalgar, subindo e descendo sentindo cada centimetro daquele cacete dentro de mim

- aaah mais rapido safada..... Hmmm

Quiquei mais rapido e ele gritava

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


novinha safadinha dormindo com dedinho no cuzinho Fredpezinhos perfeitos contos eroticoContos gay pinto pequenoFoderam gente contos tennsinquilino viu as minhas calcinhas contos eroticoconto flagrei minha mãe pagando o alugueiconto erotico menina de shortinho marcando a bucetaFio dental conto erotico gaysendo dominada por uma lesbica conto erotico contos gozando pelo cubobadinho condo o priminho gayfala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristaa nossa primeira vez no intimidades club contoSexxu videu erica cazada jua da baiamknha tia pediu pra passar protetor solar contos contos eroticos jingridcontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realContos eroticos tia morado na minha casaconto erotico um arpertadinha sofredo e chorando contos eróticos da casa da irmã queridacontos eroticos de enteadassou crente casada mais sou putavideornposshistoria erotica casadas puta dos negros no trabalhocontos eroticos cegocuzinhopiscanocontos eroticos sou casada ,eu sobrinho pedrinho parte 4meu namorado me pega lanbuzada de outro contocontos eroticos sou viuva tenho um sobrinho novinhoconto zoofilia o pone me quando cai estrupouvideo travesti comeu amiguinha virgem de chortinho sozinha na casa delacontos lesbico radguei as calcinhas de minha maeTrasando com atiaContios dormi na casa do amigocontos eroticos mamae comeu meu cuzinhomeu tio me comeu meu cucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos/meu primeiro broche e fodaconto bricano com o primho de esconderMeu namorado virou corno contos teenespiando a prima ce troca pornoaregasando a b da ncontos de cú de madrinhacontos eróticos sobre tia bucetudaspu casado comi minha sobrinha na praia contoscontos recebendo chupada na buceta e falando putariaporno irma assalto contoconto enrabei sogra humilhada frente filhatanguinhas molhadas contos eroticos reaisnatasha gostosa contos eroticosContos eroticos ninfetas no tremconto erotico gay cuzinho cagando piscando matocontos reais eroticos na formatura casaisaravando as pregas do cu virgem fa espozacontos ninfeta lesbica fodde casada hererotransando com minha cunhada ela chupando meu pau aquela boca vermelha de batomPuta desde novinha contoscontos bdsm escrava virtual virtualmulheres damdo a nisetamasturbei minha amiga dormindo conto eroticoTia o briga o subino a supa sua bucetahttp://tennis-zelenograd.ru/conto_12485_meu-qdo-sobrinho-bem-dotado.htmlcontoseroticosbernardocontos eróticos fui arrombada pelo começoconto erotico chantagiei a esposa do meu funcionáriohomens com pau instiganteMe comeram ao lado do meu namoradocontos eroticos fiz megane com meu maridocontos eroticos gay - minha irma me preparoucontos.eroticos.so.taradinhas.de.seis.aninhosassustei com apica do meu melhor amigo contoseu i a neguingo do pornofortisinhoJá trai meu marido e dei o raboconto erótico irmão vomitou roupaCasada viajando contosminhas duas primas me chupando o palcontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetafotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarcoroa deito e pediu pa enfia devagarsinho nu.seu.cueu marquei um encontro com a esposa linda e gostosa do meu sobrinho ela entrou no meu carro eu levei ela pro motel conto eróticodei para um cavalo contos eroticoComtoerotico profesorinhaconto com irma pegando na rola por debaixo da mesacontos eroticos sobre voyeur de esposacontos eroticos primeira vez que dei o cucontos gay cunhado barracaxporno tia marta amiga lambeno meu greloContos Eroticos de rabudas porno Angolanotravestiszoofiliafotospassei a mao na menina conto erticoconto erotico provoquei e fui estrupadaconto mulher.pagando a conts no barContos como foi a primeira punhetinhaconto minha tia so anda de calcinhacontos eróticos o gringo roludoconto gay paguei enfiei pregascontos comendo a mae e a avóeu amante xe um dog alemao conto