Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO A SANDALINHA DA NINFETA

Click to this video!

DIÁRIO DE UM TARADO POR PÉS

03 de Dezembro de 2011 – Ontem uma amiguinha de minha filha veio visitá-la. Amanda tem 19 anos e é uma garotinha linda, morena-clara, baixinha, peitinhos salientes e bundinha arrebitada. Mas são seus pés que mais chamam atenção para um tarado pedálatra como eu: perfeitos, lindos, sexies... Quando encontro Amanda procuro fingir naturalidade, mas não consigo parar de olhar seus pés que ela sempre mostra, calçando sandalinhas tipo havaianas.

Não foi diferente ontem. Mandinha estava quase nua num shortinho que sumia enterrado na bunda e uma miniblusa que deixava sua barriguinha lisa de fora. Ela havia deixado a sandalinha na porta e estava descalça. Tentei não dar bandeira de meu tesão, mas quando olhei seus pés descalços, meio bronzeados pelo sol forte e com a marquinha clara das tiras da sandália, quase fiquei sem ar e tive que fazer um esforço para desviar o olhar. Cumprimentei-a formalmente e corri até meu quarto para esconder a ereção por causa daquele pezinho delicado.

Saquei o pau pra fora e comecei a me masturbar, mas aquilo não me satisfazia. Lembrei da havaiana branca de tirinhas vermelhas que ela havia deixado na porta e tive uma idéia. Apurei os ouvidos e escutei as meninas conversando no quarto de minha filha. Saí em silêncio pelos fundos da casa e dei a volta até a frente.

Minha casa tem muro alto e ninguém podia me ver da rua. A sandália de borracha estava na porta, lembrando a forma do pé que calçava. Pequei o pé esquerdo e levei ao nariz, aspirando aquele perfume mágico, mistura de borracha e um leve chulezinho de garota. Meu pênis ficou duro novamente. Peguei o outro pé e meti o pau entre as tirinhas, fodendo a sandália como se fosse a bocetinha apertada de Amanda. Eu lambia e cheirava uma enquanto “comia” a outra com uma tara que é difícil de imaginar. Acelerei os movimentos enquanto imaginava que metia em Amanda ao mesmo tempo que lambia seu pezinho. Gozei forte entre as tirinhas, melando a sandália com minha porra grossa.

Ainda meio zonzo do orgasmo, me dei conta do que estava fazendo e do risco que corria quando ouvi um ruído atrás da porta. Alguém me observava? Depressa limpei e pus as sandalinhas no lugar e corri para os fundos da casa, onde dei um tempo me recompondo.

Amanda foi embora logo depois. Tive que disfarçar outra ereção quando a vi calçando a sandalinha que há pouco eu havia esporrado. Estranhamente, a ninfeta hesitou um pouco antes de calçar o pé direito, mas terminou enfiando as tirinhas entre os dedos. Era um tesão ver aquele pezinho lindo pisando o meu esperma.

Quando ela estava no portão, se virou e me lançou um olhar malicioso. Será que viu alguma coisa? Ainda fico de pau duro toda vez que me lembro dessa tarde maluca. Será que Mandinha vai demorar a voltar?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


coroa se***** cagou no pau de Natáliacontos eroticos e minha mulher e uma amiga convencida a chupar bucetacontos eroticos vizinha de camizola curtinhaConto erotico meu marido so na puneta o pal dele nao endureseConto comi minha mae no celeirocontoscomi minha cunhadinha dormindoporno baixar caralhogrossos Conto porno de estuprada por pai da mim amigamae short filho conto incestocontoesposanuacontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossocomeu a tia da bunda grande contocontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadoTennis zelenograd contocontos eróticos crenteconto de sexo em estrada desertavideo como eragotosaminha irma seu cu cheiroso contossardentinhas ninfetasprato negra castigando a empregadacontos lesbico meus pais viajaramcontos tio no carrocontos eroticos.o tio da borracharia me mostrou o paucontos eroticos curiosacontos-vem foder sua putinhacontos eroticos cadelacontos eroticos virgem se masturbandocontos eroticos traindo marido na Sala ao ladoconto de arrebentando o meu cu com a pica grandecontoseroticos homemque gosta de cuspe,sebo de pau e mijocontos dopei minha namorada novinha e arrombei com consolocontos eroticos de fui comido pelo meu tiocontos genro me comeuconto erotico barzinho depois servicocomo brexar a cunhada no banheiro dei o cu pra varios homenscontos eróticos FortalezaContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaCONTOS EROTICOS MAMAE METEU COMIGOmeus amigos me comeram sem do gay contos eroticosputinha submissa do tioela gritou dizendo q seu cu tava doendo contoscontos eróticos cuzinho da mamãegays alisando os sCosconto eróticos professor de biologiaminha iniciacao na zoofiliarelatos de casadas que treparam vom suas cunhadsscontos siririca com docecontos eroticos possuida por uma estranha gostosaContos eróticos entrou no cuminha cunhada quis que eu a visse nuaconto erotico gay tv a cabocontos ela e feia e gostosapapai enfia no meu cuzinhoconto ele me comeu pelo buraco da paredecontos erticos/meus doi primos revesaran em minContos eroticos seduzindo meu sobrinho com roupas provocantescontos eroticos brincando escondido infanciaconto erotico de o amigo de meu namorado me comeu na casa dele e ele nao viucontos minha tia viuva sua amiguinhaContos gays vestido de mulher a noite na borrachariacontos eróticos fui Penha a força por doisler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada e dando cuzinho pra dotadoscontos eroticos titio na praiacomi uma contodeixei minha filhinha brincar com meu pau coltos mulher amarrada no curral para o pone com elacontos o pau do enteadocasa dos contos eróticos jogo mamãeliberei minha noiva loira pra dois contosler historia de sexo entre cunhada e subrinhas com tiocontos eróticos esposo.foi jogar futebolsou casada sedusi meu sobrinho contos