Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EMPRESTEI UM DINHEIRO, DEI MEU CUZINHO E NO FIM GA

Click to this video!

Olá machos safados e deliciosos,



Á algum tempo eu estou sem postar nada no blog e hoje resolvi voltar e compartilhar com vocês uma das transas que eu estava esperando á tempos. Antes de falar dela, no primeiro post vou contar como começou a brincadeira de "Gato e Rato". Onde eu trabalho tem um segurança que vou chamá-lo de Edu para preservar sua verdadeira identidade que tem uma relação muito boa com todo mundo, ele é alto +- 1,70m, careca, 39 anos,casado, magro, branquinho e muito safado, mais muito safado mesmo. Desde o começo eu adorava falar putaria com ele, sabem como é né, mais nunca tinha em mente por isso em prática. Acho que desde o começo ele sabia que eu AMO UMA PICA e por isso foi ele quem pôs em prática seu plano diabálico. Um dia a gente estava conversando sobre sexo e ele me falou:

-Eu nunca comi um cuzinho e sempre tive vontade, porém as mulheres não aguentam o tamanho da minha pica.

Eu respondi:

-Por que você não come um viadinho então? - E dei uma risada.

Ele me disse:

-Sempre tive vontade, mais nunca tive coragem. Se você quiser é sá falar e a gente marca para eu te comer, porém acho que você não aguenta. -E deu uma gargalhada.

-Aguentar eu aguento, porém não sou viado. -Dei novamente uma gargalhada achando que era apenas uma brincadeira e sai.

Passado alguns dias eu já havia esquecido aquela conversa. Mais ele não. E foi nesse dia que tudo definitivamente começou. Era mais ou menos umas 17h30m quando eu estava indo embora e sá ficaria o Edu e um funcionário da empresa. O funcionário sá sairia as 18h e o Edu precisaria esperar para poder ir embora. Quando fui passando pela guarita aonde Edu estava para que ele pudesse abrir o portão para mim ele me chama:

-Ô Viny, vem cá. Tem alguém ainda lá dentro?

-Tem sim, o José.

Edu diz:

-A é, ele chegou atrasado e sá vai embora mais tarde. É foda queria ir embora mas não posso por causa dele.

Eu disse:

-Se quiser faço companhia. - "Juro para vocês que falei isso sem ser na maldade"

Ele diz:

-Sá se você ficar aqui e chupar minha pica, porque estou muito excitado. - E me mostrou seu volume

-É pra já delícia - Dei uma risada

Ele falou:

- Estou falando sério e acho que você não aguenta minha pica. - Eu olhei e dei uma risada já safada.

-Você tá falando sério? Eu aguento, se quiser mostro pra você

Edu mais que safado me diz:

-Então entra aqui dentro da guarita. - Eu entrei.

Ele fechou a porta e olhou pelo monitor que tem dentro da guarita. Então ele olhou para mim e começou a tirar o cinto da calça e desabotoar a calça, colocando sua pica para fora. Pela 1ª vez pude deslumbrar o tamanho e o formato de sua pica. Uma pica branquinha, grande e grossa com uma cabeça estilo cogumelo, pêlos aparados e saco bem branquinho e aparado. Eu comecei a passar a mão nela e quando dei por mim já estava passando a lingua na cabecinha. Edu começou a gemer e mandar eu colocar toda a minha boca carnuda nela e eu não me fiz de difícil e comecei a chupar a pica bem devagar. Comecei a engolir ela como se fosse um sorvete de chocolate, cujo sabor eu sou apaixonado, e ele gemia baixinho para não levantar suspeitas. Descia até seu saco e chupava as bolas fazendo ele delirar ainda mais de tesão.

Dizia Edu:

-Que delícia, isso suga as minhas bolas seu safado, nossa se soubesse que você gostava tanto assim antes já tinha te dado ela pra você chupar.

Ele então pediu para que eu abaixasse as calças o que atendi prontamente e ele começou a passar a mão na minha bunda e me disse:

-Quero comer esse seu cuzinho que parece delicioso.

Isso me levou a loucura e comecei a chupar ele com mais gosto e ele começou a anunciar que ia gozar. Eu continue a chupá-lo sem cerimônias e ele logo tirou minha boca da pica dele para poder esporrar sua porra deliciosa. Eu pedi pra engolir, fato que ele achou estranho no começo, porém deixou eu engoli sua porra deliciosa mostrando a putinha submissa e safada que sou. Ele no final deu uma risada de safado e me disse:

-Sabia que você gostava disso, seu safado. Agora quero ter a chance de comer seu cuzinho.

Eu prontamente respondi:

-É sá marcar, macho safado e você pode comer ele á vontade.

Ele então riu e pediu para que eu não comentasse com ninguém do trampo o que aconteceu, o que atendi. Depois disso ele mudou muito comigo e essa mudança foi para a melhor. No práximo post contarei enfim sobre a transa maravilhosa que tive com ele.



Bjos na pica de cada um de vocês e até mais;



Putinho Safado

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto enfiado tudo no rabinhocontos sexo.minha esposa hosana adora comer meu cucontos eroticos comi toda a familiachupando buceta com gosto como se beijase uma bocacontos eróticos chupeicontos no orfanato gayconto erotico cuidando de um senhorcasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinhoconto enrabando a sogra mandonadoce nanda contos eroticoscontos eroticos gay meu tio de dezessete anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosContos eroticos : Aticei o porteiro e ele me pegou de jeitoConto sogra magrelinha gosta de orgiaOsdesenho fam fudendo com tudovelho pirocudo comendo filha loira de uniformenoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos minha esposa viu o garotode pau duroContos eroticosque boceta e essa irmaabusada pelo filho contohistorias de transascom orgias inesqueciveischupou pau de flanelinha dentro do carroconto erotico comeu a visinhacoxas grossas e b***** bem rosadinhaMulher se bastubou na frente do padastro e levou picaesposa e sogra metendo na praia contosconto minha titia popozuda tomou banho comigo casei com meu filho contis eroticoscontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco contos de pervertidoscontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdofogosas do funk de sainhacontos eroticos padresmulher emsabuando bucetacontos erticos pai sempre tomava banha com as filhas acaboj comendo o cuzinha delaconto erotico na orgia com sogroeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos eroticos patroa puta empregado caralhudocontos eroticos de comi minha. sogracontos safada na lavouracontos eroticos com velhosConto erotico de incesto cuidando das amiguinhas da minha irmaMeu irmaozinho caçula me te penetrouprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiacasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticosfui assistir filme acabei chupandoContos eróticos minha prima dica qué seu namorado não dava contagotosinhaCegonhas com rola muito grande e bem grossa no pornô doidominha esposa nem desconfia que eu gosto é de rola contos gaycontos eroticos de mulheres casadas que ja levou mijada na caradormindo ao lado conto eróticotravestis comedo o cuzinho de homem amarrado e amordassandoContos eroticos mae inociando filho novinho conto realminina afuder na pixinaconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeugarota de kize anos sedo em coxadacoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso AlegreContos eróticos mãecontos aempregada nordestinaver rapasea novos grizalhos pelados de pau duroxvidei a novissa possuidacontos eroticoso cu da cadelinhaconto gay meu melhor amigo de 37 anoscontos eróticos - praia de nudismoconto de sexo velho taradocontos eroticos de incesto: manha mae me ensino a Transar 2mocinha bonitinha filha de papai de calcinha fio dentalcontos eróticos comi minha filhaConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroacontos felipe comeu minha mulhrercontos eroticos com meninas deficientessadomasoquista gozando com garrafa enfiadaconto minha mulher cheia de porraconto erótico o que rola em cine Porno do BrasilContos eróticos dei pra todos os homens da famíliacontos meu marido nem percebeucontos eroticos de negros em hospitaiscontos eu tomando sol peladinha comi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contoso metendo n mato n buceta da minha filha n causinha video mobilconto comendo viuvacontos eróticos na saída do paredão comendo c* virgemtraficante comendo a travesti conto eroticocontos eroticos de enteadas