Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO PRO MEU IRMÃO MAIS VELHO

Click to Download this video!

Sempre tive um desejo pelo meu irmão mais velho, o Julio. Moreno jambo, alto, ele não fequentava academia, mas tinha um corpo lindo. Na época eu tinha 19 anos e ele 27. Eu não tinha um corpo definido de mulher como tenho hoje, mas meus seios, bunda e coxas já eram bem definidos. Julio havia brigado com a mulher dele, com que era casado há 2 anos e voltou pra casa dos meus pais, percebi que ele estava triste com a briga porem no deixava o bom humor típico dele cair. Semanas se passaram e meu pai precisou ir para uma viagem de negácios pelo Nordeste, aproveitando a ocasião convidou minha mãe para fazer a segunda lua-de-mel, minha mãe não pensou duas vezes e aceitou o pedido, ou seja, eu ia ficar sexta, sábado, domingo sozinha com meu irmão em casa era a chance que eu tinha de tentar algo com ele. Formos levar eles ao aeroporto e na volta pra casa viemos conversando no carro:

- Nanda?

- Oi Julio!

- Vai sair hoje à noite?

- Não, por quê?

- Por nada sá queria saber mesmo, pois agora quem tem que cuidar da bebezinha sou eu.

- Oh coitado ainda pensa que eu sou uma bebê ( dei uma risada maliciosa já atentando contra a curiosidade do meu irmão )

- Então minha maninha já é uma adulta? Será?

Foi ainda que minha risada maliciosa aumentou, coloquei minha mão no cabelo olhando pela janela pensando nas maneiras de demonstrar isso. Chegamos em casa, já era um pouco da noite, eu disse a ele que ia dormir no quarto do meus pais por causa do calor e que qualquer coisa ele chamasse. Fui ao meu quarto peguei uma camisolinha branca de algodão que tenho vesti totalmente sem calcinha e fui dormir no ar-condicionado. Peguei no sono facilmente, sá que acordei no meio da noite com uma mão grossa a passear na minha coxa e uma respiração ofegante no meu pescoço. Fiquei fingindo que estava dormindo, porém minha buchetinha já estava ficando molhadinha com aquela mão percorrendo meu corpo e subindo minha camisola deixando minha bundinha a mostrar. De repente sinto algo grosso roçando devagar na minha bundinha e a mesma mão indo em direção a minha buceta, automaticamente abri minha perna para que a mão sentisse o melzinho que melava toda minha buceta, ele pego forte a minha perto e a levantou mais ainda enquanto isso sentia a cabecinha de um pau a brincar na entradinha do meu cuzinho que já estava piscando loucamente pedindo aquela rola. Quando o pau começo a entrar no meu cuzinho foi ai que acordei e percebi que era sá mais um sonho dos vários que eu tenho quando vejo meu irmão. Quando olho no relágio é 2:47 da manhã de sábado resolvi levantar ir até a cozinha e tomar um pouco de água, sai do quatro vou em direção a cozinha quando passo pelo quatro do Julio vejo que a luz está acessa e a porta entre aberta quando olho pela brecha vejo ele nu punhetando forte vendo um filme pornô, fiquei em choque a ver aquela rola grossa, grande e totalmente dura pulsando de tesão, não êxito e fico tocando um siriri na mesma velocidade das punhetadas dele. Minhas pernas começam a ficar bambas de tanto tesão, fico soltando alguns gemidos baixos me controlando o possível para não chamar a atenção, mas não consegui quando ia gozar solte um grito alto e fino e gozei loucamente foi quando ele percebeu minha presença pro trás da porta ele correu e abriu, foi quando viu a cena que eu estava com a minha mão na bucetinha e chão molhadinho do meu gozo. Ele ficou me olhando sem reação ai foi quando passei meu dedos melados de mel na boca dele e chamei:

- Será que meu maninho que provar minha bucetinha?

Aquela cara de sem reação mudou totalmente para uma cara de safado. E sem mais me respondeu:

- Quero sim mana linda, deixa eu ver se essa bucetinha ta gostosa?

Foi quando ele me levou pra cama me deitou abriu minhas pernas deixando bem a mostra minha buceta. Passou 2 dedos nela pra conferir e os enfio com devagar, senti um prazer imenso que me controlei inteira, para me judiar mais ele foi com a língua e começo a me chupar. Descontrolei outra vez ao sentir sua língua quente em mim, segurei forte na cabeça dele fazendo pressão contra a minha buceta, não demorou muito e gozei novamente, ele safado limpou tudo com a língua de baixo pra cima.

- Que delicia de buceta mana... Agora quer sentir meu caralho?

- Quero seu puto, fode a irmã fode...

Ele pegou a cabeça e foi empurrando devagar, fui sentido um misto de dor e prazer imenso quando deu por mim a rola tinha entrado toda em mim, senti aquele caralho me rasgando por dentro, foi quando eu olhei pra ele e ele estava admirando o seu pau dentro de mim, foi quando começo a meter bem devagar pra que eu acostumasse, fazia um vai e vem gostoso que eu estava totalmente entregue a aquele macho. Depois de meter muito em mim tirou o caralho e ordenou que eu chupasse:

- Vem limpar maninha...

Como uma faminta cai de boca, chupava, lambia tudo e brincava com as bolas dele. Ele também estava fora de si, pois urrava gostoso e me chamando de puta. Depois deixar o pau dele todo babado ele novamente me jogou na cama agora pediu pra que eu ficasse de 4:

- Fica ai de 4 maninha, mostra teu cuzinho pra mim.

- Tá vendo maninho? Ele ta piscando querendo você. Vem se o primeiro a comer meu cuzinho.

Ele chegou mais perto começo a passar a cabeça do pau na entrada do meu cuzinho que piscava loucamente, foi com os dedos e pegou um pouco do meu mel que saia na minha buceta e passou lá, logo em seguida abriu meu cu e cuspiu dentro dele. Ele colocou as minhas duas mãos na minha bunda pedindo pra que eu abrisse mais. Foi quando eu sinto uma enorme dor, ele tinha botado tudo de uma vez por maldade e ficou bombando com força, chorei de dor em sentir aquele caralho em mim. Ele metia e dava umas tapas e ainda falava:

- Chora puta, pra você aprender ...

Eu gritava de dor e prazer, ele lá bombando com força sem parar, mas eu gostava até cheguei a rebolar com ele dentro de mim ele por sua vez dava uns puxões de cabelo e metia mais e mais. Até que ouço ele gritar e um jato quente dentro de mim. Ele tinha gozado muito, senti meu cuzinho todo cheio de porrinha não aguentei e deitei na cama cansada e ele sentou do lado perto da minha cabeça.

- Ai Julio, você acabou comigo to fraca.

- Vem tomar leitinho que sá tu fica boa.

- Seu safado .. ( dei uma risada maliciosa )

- Quem mandou mexer comigo? Agora vou querer te comer sempre.

Voltei a chupar o resto de leitinho que saia dele ficamos assim até amanhecer o dia, quando dormimos de conchinha, foi bom dormir sentindo finalmente aquele caralho roçando na minha bunda.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos teen chuvaassistimos porno comi gostoso contojogo de carta em aposta conto incestonovinha de 13com peitinhocontos de aluciando pela buceta peluda da maedeixei meu irmão exitado conto.incestomulher compra cachorro pra fudelacom perdi minha virgindade com um policial contocontos,tentei botar um pau de um cavalo na minha buceta para ver se entrava.contos esposa rebolou para,amigoContos eróticos Gay, Dei o cu pro vizinho no terreno baldiofazendo swing sem meu marido saBer contosconto erotico iatecontos minha mulher pagou minha divida com a bundaContos eróticos - nao aguento mais vou estruparnegao paenorme f mulhewww.porndoido.com.be/tio esfregando cabeça do pau na buceta novinha dormindocontos eróticos comi minha filhadepois de casado entrei na piroca grossa e viciei contoschupando rola ate goza e dando a bucetacontos eroticosmeu patrão me pegou mastubando e chantageia conto eróticominha mulher foi viajar e eu fiquei com minha entiada que queria sai eu falei para ela ela so sai se mede o cuzinho e goza na boca delacache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"Melhor amiga da minha mulher na minha rolacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html garotinha contoschorei no cacete conto homocontos erotico .ru garotinhoContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelme comeu gostosinho contoscontos eroticos mae fazendo podolatria com o filhomulher sendo brexada em um banho demorado pornomeninas piranhas de calcinha fio dentalPorn contos eroticos o mulato amigo doo filhocontos eroticos fui aronbada pelo melhor amigo do meu noivotravestiszoofiliafotoscontos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhofuder com padrasto contosContos eróticos rabudinha chorou na picagritei de dor contos eróticoscontos eróticos tenho 31 anos e tirei a virgindade da buceta da minha noiva de 19 anosver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.minha mae e filhos conto eroticocontos porno papai e a fama de pirocudoConto erotico o cu da minha enteadana balada dois negros fuderam minha esposa no escuro contos eroticostoda loira gosta de um negão contos eroticoscontos meu neto me fez putaCasada viajando contoscache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html Meu padrastro negro fodeu minha cona. Conto erótico heterossexual.contos eroticos de pivetescontos eroticos exibindo pra piralhoscontos eroticos 19cmMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos eroticos guei meu colega de quarto me fes sua femeacontos o moleque safado e dotado me provocava usando sungacontos eroticos dei para o compadre da minha filhacontos de incestos mae puta e filho espertocontos eróticos comi alineamiga lésbica tira a calcinha da amiga com StateMeu namorado virou corno contos teenSou casada Minhas filhas me viram sendo fodida contoContos eróticos Bebêcontos eroticos dando o cu numa apostacontos eroticos cachoeiraContos eroticos de safada sendo estrupada por venhos barrigudoswild thermas conto eroticofotos derabudas na academia roupa brancaContos eróticos de lésbicas transando na casa da amiga de muitos anospaquerei ex nanorada do neu primo é pau?conto erotico gay casado drogadocontos de cú por medocontos eróticos para ler a sogratravesti do pau vermelho cabeça g****** jato sexomenina na punheta contoscasas dos contos patroa chipou minha bicetaconto erotico o filho da vizinhajovem mostrando os pelinhis fino ds bucetacontos eróticos tio f****** sobrinha casadaporno conto erotico depois de malhar fui fodida na academiaConto acho que minha mulher deu pra outro chegou em casa com a buceta machucadahistoria erotica gay perdeu virgidade anal pelo pau de 30cmcontos eróticos peguei ela se masturbandocontos de sexo minha irma me enganouConto papai mg fudeu de jeitoprimeira mulher a fazer zoofilia.no cinemaConto erotico viuva carentecontoseroticos.esposa abudada no onibuscrossdresser marquinha de biquini contosContos eroticos de podolatria com fotos de primas pedindo massagem nos pezinhos bonitosmeu padrasto me fudeo todAcontoerotico.com/mudinha