Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUNHADA CARENTE E FOGOSA

Click to this video!

Bem o que vou relatar aconteceu a pouco mais de um ano. Minha cunhada tinha se separado do marido a alguns meses e um dia em minha casa ela comentou com minha mulher que não aguentava mais tanto tesão reprimido e que precisava trepar o mais rápido possível, mas não queria se envlover com ninguém. Minha mulher então lhe diz, se você quiser eu empresto o daniel para você. Minha cunhada Taís prontamente recusou a idéia e disse a minha mulher que seria uma traição. Minha esposa a Patrícia então lhe disse que para ela não haveria nenhum problema e que ela gostaria até de participar e que estaria fazendo um grande favor para a tata (era como ela chamava sua irmã mais velha). Eu estava na sala deitado nosofá fingindo que dormia e começei a viajar com a idéia, pois minha cunhada era bem gostosa. Ela tem 1,65, 55 kilos, bumbum empinado e uns peitinhos durinhos, sempre que iamos à piscina em sua casa eu ficava secando ela. Depois disso eu passei a notar que ela também me secava, e começei a fazer algumas brincadeiras com ela e senti que ela gostava. Certo dia apás uma transa gostosa com minha esposa ela me pergunta qual seria a minha reação se ela convidasse outra mulher para a transa, eu então disse que estaria tudo bem, ela disse e se fosse minha irmã, eu me fiz de tonto e disse que não sabia e se para ela estivesse tudo bem ok. Apás algumas semanas tive que ir levar algum máveis para uma casa de praia que a irma de minha esposa que mora no Japão comprou. Fomos eu, meu sogro e sogra e minha cunhada. A viajem foi uma delicia, pois a caminhonete estava cheia e minha cunhada teve que sentar-se ao meu lado e a cada troca de marcha eu roçava sua coxa. Apás o almoço, peguei a estrada de novo tinhamos mais 200 kms para chegar meu sogro deitou-se no chão atrás dos bancos e minha sogra já roncava escorada na porta, então foi quando eu tomei coragem e começei a passar a mão na coxa de minha cunhada e vi que ela gostava. Senti que ali estaria abrindo caminho para algo mais gostoso, então subi a mão e apertei sua buceta e senti que estava pegando fogo, logo ela viu meu pau que fazia um grande volume na bermuda e começou a lisa-lo. Ficamos algum tempo nesta brincadeira, mas tivemos que parar pois a polícia rodoviária nos parou e meus sogros acordaram. Apás descarregarmos tudo fomos até uma cidade maior para comprar algumas coisas para a casa, voltamos para a casa e trabalhamos para colocar as coisas no lugar. Apás o jantar ficamos todos na sala assistindo tv, então lá pelas tantas meus sogros foram deitar e algum tempo de pois so ouvia ronco no quarto de les então eu eu ataquei a gostosa, ela é lágico me afastou sussurando que eu estava confundindo as coisas e que poderíamos ser pegos com a mão na massa, então eu lhe tasquei um beijo e começei a alisá-la. ela esta de mini saia e com uma blusinha de alçinha e sem sutião, pois estava muito quente, então pus minha mão por baixo da blusa e começei a apertar seus peitos que eram uma delícia, durinhos e empinados, ela já nao aguentava mais e abriu as pernas me convidando a sentir sua buceta quente, foi o que fiz coloquei a mão entre suas pernas e cheguei aos pentelhos e logo enfiei um dedo e depois já estava com 3 dentro dela sentindo aquele calor. Ela já estava gemendo e eu senti quando ela enfiou a mão dentro de minha bermuda e começao a tocar uma punheta pra mim, começei a chupar seus peitos, mordiscar seu pescoço e suas orelhas, então ela ficou completamente louca e acabou por gozar várias vezes. Falei para ela que queria com-la naquele instante e ela disse que não e iria par o quarto dormir, então eu tirei o pau para fora e quando ela viu não resistiu e começou a chupar e logo eu gozei em sua boca, quando eu achei que já estava no papo ouvimos barulho no quarto e sá tive tempo de me arrumar e ela fingiu que dormia, seu pai chamou-a e ela foi para a cama. no outro dia começamos cedo e sempre que podia me mandava beijinhos e segurava seus peitos e olhava para mim, ficamos nesta brincadeira o dia todo.No final do dia seus pais disseram que iam até a casa de um conhecido, o Sr. que vendeu o chalé para minha outra cunhada e que ficava a algumas quadras dali, então eu falei é hoje. Sai para comprar um lanche e vi que ia chover, então me apressei, foi chegar em casa e começao a chover, apás mais de uma hora de chuva vimos que um rio que passava ao lado da rua co condomínio já estava transbordando e meu sogro ligou para minha cunhada e disse que não iria para casa porque estava perigoso pois a rua tinha sumido embaixo dágua, ela falou tudo bem. Com um sorriso maroto ela disse para mim sou toda sua, quase gozei ao ouvir e logo a beijei e começei a tirar sua roupa. Seus peitos estavam duros e ela disse que estavam doloridos de tanto tesão, mamei cada pedaço daquelas delicias, então tirei seu shorts e vi que ela estava de fio dental, enfiei um dedo no seusú e ela estremeceu de tesão. Deitamos no chão e eu começei a acaricias sua buceta com uma mão e o dedo em seu rabo ela se mexia deliciosamentee disse para eu tirar a roupa. Falei que eu iria faze-la gosar primeiro, abri suas pernas e enfiei minha língua em sua xota que estava enxarcada e quente, logo ela se arrepiou e começou a gemer que ia gozar, seguraou minha cabeça no meio de suas pernas que quase fiquei sem folego. Ela disse agora é minha vez, eu lhe falei vamos ver se vo´cê é gostosa igual sua irmã, ela disse que sim e que era de família, tirou minha roupa e começou a sugar meu pau com tanto vigor que até estalava, quando eu menos esperava ela enfia um dedo em meu cú, me assustei e ela diz relaxa, começei a relaxar e vi que tinha ficado melhor do que já estava. Ela se virou e enfiou sua buceta em minha cara e começei a cupá-la, senti~que ela estava quase gozando, foi quando ela ficou em pé e se sentou em meu pau, começou a cavalgar deliciosmente e a gritar e gemer. Lá fora chovia pra caranba e derepente ficamos sem luz, ela disse não se preocupe pois sou boa de buraco no escuro e continuou a foder, ela virava de um lado, do outo, rebolava, gemia, chorava e dizia que eu era um macho muito gostoso e que ela nunca tinha provado um homem de verdade e que soubesse que eu era tão gostoso tinha aceitado a oferta de minha esposa, apás isto ela saiu de cima de mim e se deitou e disse vem, como papai e mamãe, foi quando ela começou a gozar desesperadamente e eu vendo aquele gozo acabei fazendo o mesmo. Então ficamos deitados no chão e no escuro relaxando, lhe perguntei que histária era aquela da oferta de minha esposa e ela me contou, então eu lhe disse que tinha ouvido tu e ela falou que eu era um cachorro. Tomamos uma cerveja e começamos novamente a trepar e nem dormimos,foi sexo a noite toda, mas fica para a práxima vez o restante da transa.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico meu compadrer e minha esposacontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãocontos eróticos mamãe puta do meu amigocontos esposa e a visinha fodem com cãoConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhaxxx videos mulheris bem safadas que brinca com o pauzinho pequeno do marido tampinhamostrei a buceta toda babada pro papai brincarcontos eróticos de lésbicas masoquistascontos eroticos violentadas ao extremoCONTOS EROTICOS DE PATROINHA ABUSADA PELO FILHO DO CASEIROvideos de porno sogro cardando a moravou ja ja no meu bucetao gostosocontos no cu da esposacontos eroticos espiando a senhoraconto erotico gay esconde escondecontos eroticos peguei meu sobrinho de Pau durosera q meu marido ja ficou com travesti peguei ele vendo videocontos casada cago no pau do negraoContos visinha de 19contos eroticos 19cmcontos eróticos de bebados e drogados gays contos de incesto amiga da minha tiasobrinho dopa sua tia historia eroticacachorro pinche lambe buceta e festacontos eroticos a bunda do meu irmão caçula é uma tentaçãopornotrasandocomatiacontos de coroa com novinhoconto gay xoxotao de garotomachucaram conto gaynovinho da pica gigante atolando no mulequeinhoContos eróticos Lúcia coroacontos eroticos a forçacontos mordidinha na bucetahttp://os mais recent contos eroticosContos eroticos chupando o funcionario heteroafastou as carnes do cu piça perfurou minhas entranhas contoscutuquei a buceta da mamae contosContos eroticos mao amiga no carroContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrascontos transei com travesti bem dotado tirando o c*****contos de chorei com a pica de meu avô no cuconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhascontos eróticos espiandocontos erotucos comi umad meninas que morava na fazendavoyeur de esposa conto eroticocontos chantageada pelo genro e pela filhahistória verdadeira de sexo entre homens bi sexual no banheiro metrô trem ônibusnao queria mas fui obrigado a foder a novinha contosbeijo de lingua quente pegada forte gemidãomelhores contos gays descobri a putinha que havia em mimcontos eroticos tava numa vontade danada de comer um cu e acabei dando o meucontos eroticos timidas coroasconto sexo gostoso rebola gato gaycontos eróticos ônibusacordei com meu cuzinho todo melado contos gaycontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadsContos eroticos sobrinho da rola grande e grossa pegou a tia e fes ela desmaiarcontos velhas que traem maridosvideo de sexo c langerricontos gay tetinhas gordinhacontos eróticos de bebados e drogados gayspriminho dormiu chupo a vara comigo contoscontos eróticos Fortalezacontos eroticos o bicho do tiovem me comer me esfolar porr contocdzinha dedos no cu esposa contoConto eroticxo gozando na boca do paiConto erotic castiguei meu irmao gaicontos eróticos ele me pegouconto arebentarao meu cu meumaridopapai me ensinou chupar buceta conto eroticocontos incestos eu e meu irmão fizemos uma s***** com minha sogra em minha casacontos minha cunhada viu eu mijanoContos eroticos meu neto pirocudoconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouchantageada e humilhada pela empregada negramedica seduzidapor lesbica historiasNovinha enlouqueçeu os pedreirosdei pro estranho na academiacontos eróticosler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandomulher enfiando chave de fenda no pênis do homem xvideosx video.com madrasta me mandou eu lamber o seu cuzinhosenti aquele pauzao derramando varios jatos no fundo da minha bucetacontos eroticos de avôvideornpossjato forte coroa vomitacontos eroticos meu alunoouvido no quarto a irmã transandovideo porno dano o cu ea buceta toda babentacastigando mamilos com grampos contomconto erotico meu irmão me fez mulherAcordei com o cuzinho cheio de porra contosconto erotico pedi um desconto para o gerente e ele me encoxouSexoincestocontoscontos eronticos pai e filhia no camilhao trasei com elaContos eróticos de incesto mamae gulosa mamando em tres picas grandesvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos gay recem casado