Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ORGASMOS MÚLTIPLOS COM MEU PADRINHO

Click to Download this video!

Tenho 19 anos, paulista, 1,65, 53 kg. Cabelos castanhos claros, olhos verdes e um corpinho que, modéstia a parte chama atenção de muita gente (homens e mulheres). Meu padrinho é o melhor amigo do meu pai e nossas famílias são muito unidas. Assim, todos os finais de semana todos se encontravam (em nossa casa ou na dele) para almoçarmos. Os adultos ficavam bebendo até tarde enquanto as crianças (eu, meu irmão e nossos “primos” – filhos do meu padrinho e da mulher dele) ficavamos brincando pela casa. Sempre muito afetuoso, meu padrinho adorava me encher de presentes, me dar beijos e abraços e me mimar bastante. Claro, eu adorava! O tempo foi passando e eu fui crescendo, comecei a namorar e mal ficava em casa, de modo que minha presença nos almoços entre as famílias eram cada vez mais raras. Passei um tempão sem encontrar direito meus padrinhos... até o Reveillon de 2011.
Como tinha aprontado muito durante o ano (minhas notas não estavam baixas, as baladas constantes e o término do meu namoro) resolvi passar o ano novo com meu pais em nossa casa de campo. A família do meu padrinho também estava lá. Eu estava realmente com muitas saudades deles e aproveitei bastante a viagem (eu nem imaginava o quanto!). Logo no primeiro dia, depois de tomar algumas cervejas, conversando com meu padrinho, ele ficou falando que eu estava muito bonita, que tinha me tornado uma mulher muito atraente. Percebi que seu olhar era mais maliciosos do que aparentava. Enquanto eu tomava sol, o via me observando, secando meu corpo todo. Procurava ficar sempre ao meu lado, puxar assunto e me tocar o máximo que podia. Fui ficando excitada com esse joguinho e resolvi entrar na brincadeira. Comecei a provocá-lo o tempo todo. Rebolava para andar quando ele estava por perto, mostrava a marquinha do meu bronzeado abaixando a lateral do biquíni. Pegava em suas coxas quando ia falar com ele e lançava olhares provocativos o tempo todo! Aquilo estava ficando muito excitante e eu percebi onde iríamos parar.
Na noite do dia 30 de dezembro ficamos (todos que estavam na casa) fazendo vários drinks diferentes. Meu primo é barman e não parava de preparar caipirinhas deliciosas para todos. Conversando até tarde, um a um foi nos dando Boa-noite e se recolhendo aos seus quartos. Estava tão envolvida na consversa com o meu padrinho que nem percebi que já eram quase 3:00h da manhã, quando a minha prima, última a se retirar foi dormir. Agora estava sá ele e eu, se fosse acontecer alguma coisa, não teria como escapar. Ia ser agora!
Meu padrinho me olhava fundo nos olhos, com carinho e desejo. Mexia nos meus cabelos retribuindo o olhar. Sua fala foi ficando mais mole e seus olhos percorriam meu corpo todo. Subi sutilmente a saia do meu vestido, como um sinal verde para que ele colocasse a mão em minhas pernas. E foi isso que ele fez. Uma mão na minha coxa e outra acariciando meu rosto, disse o quanto eu era linda, que ele era meu padrinho e ia cuidar de mim. “Você sempre cuidou de mim, né Cuco (apelido dele)”, “mas eu quero cuidar mais, agora vc é grande e precisa de outros cuidados” Sua mão enorme ia subindo pelas minhas pernas, acariciou a bunda e foi entrando para encontrar minnha xoxota. Como não fiz menção de abrir as pernas, ele perguntou: “Você não quer que o Cuco cuide de vc? Eu sei que vc quer. Está me provocando a viagem interia. Deixa eu cuidar de vc meu amor!”. Nisso olhei para sua bermuda. Seu pau estava tão grande e duro que fazia uma cabana nos shorts larguinho. De repente ele puxou minha cabeça ao seu encontro e me deu o beijo mais apaixonado e quente que eu já recebi. Não tinha como voltar atrás. Eu já estava louca de tesão e pulei no colo dele, o abraçando com as minhas pernas. Ele passava a mão no meu corpo todo, sem parar de me beijar. Ele levantou da cadeira e comigo agarrada em seu corpo fomos até um quarto anexo à casa que estava vazio. O padrinho me colocou sentada em cima de uma cômoda, e arrancou o meu vestido. Eu estava sem sutiãi e ele deu um gemido quando viu meus seios. Foi beijando meu pescoço e colo até chegar aos bicos já duros de tesão e mordicá-los, lamber, chupar. “Como vc é gostosa, linda! Que coisa maravilhosa.” Arrancou minha calcinha e me jogou na cama. Tirei a bermuda dele e dei de cara com o maior pinto que já vi na minha vida. Cai de boca. Aquela cabeça enorme, grossa e firme, latejava em minha boca, soltando um líquido doce e quente. Seu pau mal cabia na minha boca e quase engasguei várias vezes tentando chupá-lo até o fim. Passando a mão em meus cabelos meu padrinho gemia de prazer. Deu pra perceber que ele queria isso a muito tempo. Seu pau foi ficando mais duro e latejante, percebi que ele ia gozar e fiz com que ele fizesse isso em meus seios. Ficamos nos esfregando com a toda aquela porra entre nossos corpos e não demorou para ele começar a me beijar interia de novo. Parecia que queria conhecer e beijar cada pedacinho do meu corpo e quando ele chegou na minha buceta eu já estava tapo molhada e excitada que foi a melhor chupada de todas. Padrinho lambia e mordiscava meu clitáris, ao mesmo tempo, colocava o dedo na minha xaninha e eu estava louca de tesão. Foi o orgasmo mais longo que eu já tive. Meu corpo formigava e mal conseguia enxergar. Meu padrinho finalizou com um beijotão gostoso quanto o primeiro e eu queria mais. “Me come Cuco, estou louca de tesão e tá td uma delícia. Cuida de mim cuida”. Meu padrinhopegou minhas mãos e colocou acima do meu corpo, segurando-as como se estivesse me prendendo. Meteu seu pau dentro de mim com tudo que entrou facilmente de tão molhada que eu estava. Começou num ritmo devagar, me olhando nos olhos, beijando meu pescoaço e esfregando seu peito com o meu. A velocidade foi aumentando e logo estávamos metendo como dois. Animais. Fiquei de quatro, depois por cima, por baixo e transamos por quase uma hora. Quando eu estava por cima dele, posição que gozo com mais facilidade, não aguente. Estremeci toda e comecei a cavalgar num ritmo forte, metendo todo o pau dele na minha boceta, gemendo alto. Vi que ele ia gozar junto comigo. Segurei em suas mãos e calvaguei mais forte ainda. Desabei emcima de seu corpo depois de um êxtase tamanho que ficamos mudos por um bom tempo, sentindo a respiração um do outro, se alisando e relaxando. Quase pegando do sono, dissemos que tínhamos que ir cada um para o seu quarto e prometemos repetir a dose mais vezes, na surdina... 2012 promete, não vejo a hora de ser dele novamente!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto cu afrouxadoComi meu amigo jogando pley contos eroticoera virgem e minha liberou pro marido da minha tia contofudida pelo irmaocontoeroticotexto mae cuida filjo asidentado filho fodeu bucetaContos de sogras velhas crentes rabudas dando o cucontos eróticos casal ônibusesposa se deliciando com pau 30centimetros na frente maridocontos eróticos arrumando macho para a esposaconto flagrado com a calcinha enrolada no paucontos femininos reais encoxadas e zoofiliacanto erotico comi professoracontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidatia peruca gosta de chupar pau e a buceta sai muita gozaContos eroticoa transei cm um aduto na infanciaconto erotico viadinho de shortinho e calcinha com mendingom primoporno gay contos ocumadrecavalacontos amigo so folho pintudoContos eroticos curtos com detalhes por detalhes falas e falas eu era uma menina virge de 12aninhos e um tarado me comeFui bolinada por debaixo da mesa na presença do meu marido. conto eróticoO amigo dele me comeu contoscontos erotico troca de casais fiz um churrasco incestodormi com meu irmao contosminha tia travesti contoscontos eróticos punheta da primapapai - contos eroticosenquanto meu marido assiste o jogo da seleção o porteiro me dá piroca grossa contoshomem teve coragem e deu cu travesti contosSodomizada no incesto contosas calcinha. da empregadinha contocontos eroticos tia abusocontos eroticos medico cinquentao tem sua primeira transa gayconto erotico na piscinacanto erótico meu marido viajou ficou em casa eu e minha filhacontos eroticos na arrombada noite de nupsiadei minha filha p meu amante pauzudo desvirginar contoscontos de pervertidosfui dormir na casa da tia e comeu o Helenaconto comi cliente da minha mulherconto erotico joga quem peder tira a roupas tinha uma supezagotosinhacache:NCvA3Q684K4J:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria-mais-lidos_4_10_incesto.htmlFoderam gente contos tennsconto engravideu minh sobrinhabissexual contocontos eroticos colegiomulheres gemendo metendo em baixo do cobertorPeguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetaSafadinho aaa uuuLiberei minha esposa só pRa negrão contoscontos eroticos chatagiada a beber espermascontos eroticos sobre voyeur de esposamarido veda olho da esposa e genro tranza com elacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casavovô lubrifica o pau come o cú da netinhacoroas ensaboando cacete do jovenContos eroticos de padredopando a tia bunduda contoconto virei meu marido viadoConto de casada nao resistiu a pica do vizinhocontos ela conseguio aguentar com o meu caralhão de 30cm dentro do cuContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhaComo posso acaricialo com tesaoconto erotico gay viado tem que tomar no cu sem reclamarcontos sado marido violentosconto porno mulher adora novinhocada dos contos eroticos abracei mamae e dei trrs beijo mamae carenteContos vamos comer o cabacinho delaminha mulher de fio dental num posto de gasolina eu confessocontos eroticos d filhotes mando mulheresContos safada desde novinhaconto erotico de minha titia rabuda la em casa na cosinhaConto erotico agachamento no pau