Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA SOGRA

Click to Download this video!

MINHA SOGRA
Bom tudo começou no dia em que minha esposa teve que passar uma semana na casa de sua tia pois a tia estava doente, moro na casa acima a da da minha sogra, voltando do trabalho, ela me chama e me pergunta se não poderia dormi lá está noite, pois minha cunhada que mora com ela, iria dormir na casa da minha outra cunhada, digo que sim pois tambem estaria sozinho, chego em casa pego algumas coisas e desço, ela pergunta se eu já jantei, falei que não, mais tambem não estava com fome, fiz um lanche, e falei que iria tomar banho, neste momento pergunto se posso dormir de short, pois estava muito calor, ela disse que não tem problema, tomo um banho e volto, estava vendo tv, ela me chama pra conversar, pois eatava sá e ela gosta de falar, bem minha sogra e magrinha, tem o cabelo curto, morena, não muito baixa, na sua juventude foi muito bonita pelas fotos se ver, hoje já e uma senhora, mais muito elegante, ela deitada na cama e eu sentado ficamos conversando, conversa vai conversa vem, digo que ela era muito bonita e que muitos caras queria ficar com ela na sua juventude, ela fica vaidosa, diz que não havia namorado muito, mais que casada, meu falacido sogro não à aguentava, papo vai papo vem, sempre ficando mais intimo, até que ela me pergunta se era verdade que eu era avantajado, eu falo como assim, ela me falou que em conversas das mulheres sobre os maridos (cunhados) minha esposa havia falado que quase não aguentava, que sá com lublificante e que conseguiamos transar, falei que era verdade que usavamos um lublificante, mais achava normal, pois na verdade meu penis não tão grande, ele e muito grosso, por isso as mulheres tem dificuldade na relação sexual, senti que minha sogra estava exitada, falei pra ela que já era tarde e amanhã tenho que trabalhar, começei a prepara minha cama na sala, mais ela não deixou, pois queria que eu dormisse no quarto dela, trago minha cama pro quarto dela, mas mais uma vez ela naõ deixa e diz que eu poderia muito bem dormir na cama dela, que mesmo a cama sendo de solteiro daria nás dois, ela com a cabeça de um lado e eu do outro, tudo bem aceito, deitamos e nos cobrimos com o lençou, mais não consigo dormir, ela vira de costa pra mim, quando ela vai vira encosta a mão no meu pau, que sinti começar a ficar duro, ela encosta mais, até sentir mau pau duro em suas costas, ela bota a mão e diz que isso, isso e uma arma, com isso você mata qualquer mulher, falei dusculpe mais não consegui evitar, ela falou deixa eu ver isso.., não acredito.., ela tinha razão.., deixa eu ver..,, falei não, pois eatava com medo, mais ela disse pode ficar despreucupado, ninguem vai saber, falei ta bem, tirei ele pra fora, os olhos dela brilharam, ela falou caramba posso tocar dele.., deixei.., ela começou e me tocar a fazer ele ficar mais duro ela falou: acho que ela não cabe em minha boca! Posso ver se cabe.., estava exitado disse pode.., ela começou a chupar mais não consegui engolir ele todo.., subia e descia.., passava a lingua na cabeça vermelha.., até que ela disse: sera que eu aguento.., nisso deitoiu na cama e me chamou vem.., tirou a camisola e a calcinha, pude ver sua buceta não estava totalmente raspada.., quando cologuei meu pau que entrava com dificuldade.., sentir ela germer.., ela disse devegar já faz muito tempo.., mais quero ele todo em mim.., começei a bombar.., sentir que ela já estava gostando.., ela pedia, fode.., hum gostoso..., mais..., seu safado.., me come...hu! Gostoso..., enfia tudo.., eu derepente cologueia de quatro e meti em sua buceta.., que estava muito molhada, ela gemia e pedia mais.., falava que sentia falta de dar gostoso daquele jeito.., eu estava quase gozando quando ela falou pra eu não gozar.., não goza espera... ela abre a caveta da mesinha e pega um oleo acho que de passar criança, começa a passar em todo meu pau, e me pegunta será que eu aguento atrás, eu falo como! Ela disse, Eu quero ele.., ja foi ficando de quatro e colocando da entrada do seu cuzinho.., como disse no começo ela é muito magrinha, por isso achei que não iria aguentar.., mais que nada, quando cologuei a cabeça e forçei um pouco sentir que apesar de viuva, aquele rabo não era mais virgem! Pois apesar de sentir um pouco de dor e dificuldade no começo.., pouco depois ela falava pra eu enpurar com força que estava gostando.., que pudia meter sem dá.., queria tudo no rabo.., eu não acredita como meu pau entrava todo naquele rabo, muitas mulheres até se negavam a dar o rabo pra mim, mais minha sogra estava adorando!..eu bombava forte como ele pedia.., ela dizia me come forte.., enfia tudo.., come meu rabo meu genro..., eu botei forte naquela magrinha.., mais ela aguentava.., acelerei o ritmo.., eu estava quase gozando e falei pra ela, ela não deixou eu tira e disse que queria sentir todo meu gozo.., pra mim gozar dentro do rabo dela.., disse ta bem, acererei o ritmo, quando comecei a gozar senti sua bunda engoli todo meu pau, ela disse, goza tudo.., dentro.., dentro.., meu pau explodia, ela rebolava, não aguentamos e caimos na cama, ficamos ali deitados, depois coversamos e ela me falou que adorou, mais tambem me chantageou, disse eu teria que fazer sexo com ela de vez enquando do mesmo jeito.., eu perguentei, que jeito?, ela disse, comendo sua buceta, mais gozando no cú, nisso abro sua bunda pude ver havia aberto aquele cú e escoria porra dele, falei a ela que teria meu pau de novo pra ela colocar onde ela quiser, ela me disse que gostou e queria mais no cú, como? Ela pegou minha mão e famos pro banheiro, enquanto eu e ela tomavamos banho ela começou a me chupa novamente meu pau começou a endurece e ficar duro como pedra, ela vira de costa e coloca a mão na parede e me pede vem come meu rabo outra vez, pega meu pau com a mão e coloca no buraquinho que já estava aberto, começo a meter, devegar sentindo ele entra a sair daquele cuzinho magrinho, mais que aguenta pica, ela pedia me come forte..., me enraba que eu gosto..., nessa hora eu pensei! como uma senhora que parecia calma, que eu nem imaginasse fazer mais sexo, era uma safada e gostava muito de sexo, principalmente atrás!.., ela rebolava.., sentia meu pau duro entrar e sair daquele rabo.., me come safado.., deste jeito que eu gosto..., eu mordia seu pescoço.., sua orelha..,ela tremia toda pedia me come.., me come por atrás que eu adoro.., adoro isso.., goza..,, goza pra mim.., goza dentro.., goza dentro do meu rabo.., por favor.., goza.., começei a meter com força, falei que ia gozar, neste momento sinto que ela empura meu pau com seu rabo como se seguisse receber minha porra lá no fundo., gozo de novo dentro daquele rabo. Ela pede pra eu ainda não tirar e continuo metendo agora todo melado pela minha porra, tomamos um banho e famos dormir, de manhã acordo bem cedo e vou trabalhar, mais a noite quando volto...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos na construçãoContos eroticos caseiro entre irmaos na infanciacontos eroticos homem casado dando para o primoConto erotico e familha tio pega a sobrinha peladinhaconto programa de putaPutinhas mamando contoseroticoscontos meu tio dedava minha xaninhacontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos erótico ginecoligista e novinhaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindoAgostozas trazano contos meu tio caminhonriro socou a rola no meu cuzinhocontos erotico quando pequena chupei cacetecontos fui numa contrucao e acabei cedo comido meu cusinhocontos safadinhoscontos dando pra um sessentãocontos eróticos minha mulher vai à igreja e no confessionáriocontos eroticos aventuras com minha namoradaconto travesti com menina virgemmeninas no colo contos eroticoscorno cu veado negao conto erotico esposa dedos no cu consolocontos eroticos eu e mamãe putas do capatazconto erótico ensinada pequenacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html g conto erotico esposa timidacontos eroticos sobre voyeur de esposacomo fazer para sua vizinha casada gostosa safada seder o raboporno aniverssrio do sobrinho a tia fudet com elecontos eróticos sexo no carnavalmeu marido me flagrou conto eroticoContos de travestis pauzudosconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocontos de incesto dez anosRelatoeu meu amigo comeu minha esposa e eu mim dei mauconto erotico minha esteada gravidaenfiaram sorvete no meu cuzinho contos erroticosContos vi a berada da buceta da mimha entiada saindo pelo seu shorte nao aguentei quis come ela de qualquer jeito so que ela era virjemcontos a novinha comadre carentecontos eroticos diversos safadeza e assanhamentocontos eroticos cu virgemcontos vou te estruparRejane gosando na siriricacontoseroticos sogra e genro na agua da praiacandidato comeu a buceta da eleitora safada contos eróticossentei no colo do meu colega no onivus e ele ficou muito excitado contos de mulherconto corno calcinhaminha nora adora dar o cu conto eroticoconto erotico do garoto ricardo fodendo titiorelatos menage com a empregadacontos eroticos com a princesinha do bairrocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos de cú de irmà da igrejaluizagozou no analContos comida pelo garotocontos eroticos a religiosa casada sou envagelhica e me comeram a buceta a força contos eroticosconto picante incesto gay discretamente passivo e ativos incesto gayConto dona celiadei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casapai enche a rachina da filha de leite videos pornocontos filha se fode pra aguentar a geba do pai no cucontos de cú de irmà da igrejacontos eróticos salvando as aparênciasconto erotico dei gostoso pro vovôcontos erótico eu confesso minha filha casada e uma loucura na camaconto fiquei pelado na frente da médicacanto erotico levei rola do meu amigocontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcaconto minha esposa me trocou por um negãocontos eróticos marido cornoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas deliciosas fingindo que esta dormindocontos eroticos bv e virgindadecontos eróticos na cada de um casal de amigos conto amigo taradoshistorias de afilhdas trepano com padrinhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos meu filhocache:QP2ANkb3QuYJ:tennis-zelenograd.ru/m/conto_272_banhinho-com-a-mamae.html contos eróticos comendo vizinha sueli coroamalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contocontos de homem que teve relacoes sexuais com a mae com buceta raspadacomi minha mae na varanda contos