Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LUANA: A ALUNA SAFADINHA!

Click to Download this video!

Olá, meu nome é Luana e o que escrevo abaixo aconteceu realmente. Pedi ao meu DONO e SENHOR que escrevesse a forma que nosso relacionamento se verificou entre nás, sob a forma que eu senti e entendi. O melhor de minha foi encontrar DOM GRISALHO, este homem maravilhoso (palavras minhas).
Tenho 19 anos, resido em São Paulo-capital, falarei apenas isso, porque poderão reconhecer a mim e ao meu Senhor. Gosto demais de um professor chamado Srª Antonio, carinhosamente chamada de Prof. Antonio pelos alunos da escola. É um coroa muito bonito, charmoso e com uma voz firme que mexe com a gente, sonho com Ele direto me possuindo e acordo molhadinha acreditem.
Certo dia na escola eu estava de péssimo humor e o provoquei, acabando por discutir com o meu querido professor sem razão alguma, mas sei que o deixei uma “pilha de raiva”. Ficou muito furioso comigo, acho que se pudesse me daria uns tabefes na hora e, logo depois acabou indo embora. Isso ocorreu na quarta-feira logo de manhã. O resto da semana Ele ignorou-me, nem sequer olhava para mim, e eu estava totalmente aflita e não sabia como pedir perdão a Ele pela minha infantilidade.
No sábado práximo houve uma festa da faculdade, em que todos estavam presentes, o corpo docente: diretoria, professores e auxiliares dos diversos setores da faculdade e ainda nás, alunos. A festa transcorria normalmente, sem nada demais a acontecer, quando por volta da 01,00 hora da madrugada, Ele veio na minha direção, fiquei dura, não sabia como reagir e me puxou para perto DÂ’Ele com força e disse: “luana daqui a pouco vamos sair juntos, precisamos conversar e você vai dormir na minha casa hoje! Conversa bem séria”, eu perguntei: “porque”…. Ele respondeu: “não faça perguntas, apenas obedeça senão vou te “lascar” nas notasÂ….”. Senti um frio na coluna, um arrepio pelo corpo todo e foi o que fiz: obedeci, pois estava com medo que Ele desse mesmo uma nota baixa e acabasse ficando com a matéria novamente para o práximo ano, carregando em dependência e, fora isso achei que era uma boa oportunidade de resolvermos nossa situação que gerou briga e reatarmos a amizadeÂ…. Mas uma coisa tem que ser falado a vocês, quando Ele conversou comigo, falou de uma forma enérgica, bem autoritária e confesso que gostei de ter recebido ordensÂ… Não sei como, acabei ficando bem excitada, rsrsrsrsÂ….
Quando deu o horário Ele me chamou, fui até seu carro, e durante o caminho até sua casa não abriu a bocaÂ….estávamos um pouco alto pela bebida da festaÂ….Chegando em casa o professor foi subindo até seu quarto e eu fui na frente como me foi mandadoÂ…. Quando chegou à porta do quarto, outra vez enérgico, falou-me: “luana ajoelha! Aqui no meu quarto você é uma vadia e sá vai andar ajoelhadaÂ….”…Eu pensei que estivesse brincando e dei risadaÂ….Isso deixou-o irritado, em seguida pegou meu braço, torceu com força e que fez com que Eu ajoelhasse sozinhaÂ… então disse-me: ” Eu não estou brincando sua vadiaÂ….acho bom você fazer tudo que EU mandarÂ…será melhor pra vocêÂ….” Dizendo isto me deu um tapa na cara bem forteÂ….. Não esperava a reação que tive: comecei a sentir muito tesão e medo ao mesmo tempoÂ…. Eu estava gostando de ser dominada pelo meu professorÂ….
Mas resolvi obedecer tudo que Ele mandavaÂ…. Então fui andando ajoelhada até o lugar que Ele ordenou, onde ele me deu outro tapa na cara, desta vez bem mais forte e disse: “luana você é uma cadelinha!! Ta ouvindo?? Vadia Â….” Eu apenas respondi: “Sim, senhor”…
Então ele mandou-me ficar de quatro em frente à poltrona que ele sentou, Esticou os pés sobre minhas costas e ficou durante algum tempoÂ…. Que sensação maravilhosa, ser assim tratada!!! E continuei lá de quatro servindo de apoio para meu Senhor, apenas esperando a práxima ordem.
Depois de uns trinta minutos nesta posição, mandou-me ficar de joelhos e disse: “luana agora você vai chupar meu pau, como uma vadiaÂ….!Â….” Tirou-o para fora e que delícia que era: grande e grosso!! E muiiito bonitooÂ… A essa altura meu tesão era enormeÂ…. Estava sendo a putinha do professor e ainda iria chupar seu pau delicioso, que sonhava há tanto tempoÂ….Antes de chupar, ele me deu uma surra com uma régua de madeira, dolorida - batia forte na minha bunda e na cara e, xingava-me de tudo quanto era nome, entre eles: putinha, vadia, safada, cadela, etc.... e sabem que estou gostando e muito, rsrsrsrs.
Em seguida mandou-me suplicar pelo seu pau: eu o fizÂ…implorei que ele deixasse chupar aquele belo exemplar.. Que delícia de pauÂ…. ele me segurava pelo cabelo e enfiava-o inteiro na minha bocaÂ…e me deixava quase engasgarÂ….Ele que coordenava o que eu faziaÂ…. Eu era apenas a sua escravaÂ….. Ele começou a foder minha boca com forçaÂ…..Tirou o pau e gozou muito no chão do quartoÂ….e disse: “luana agora você vai limpar tudinho com a língua!! Se ficar uma gota no chão vai apanhar, sua putinha” e dizendo isso me deu outro tapa forte na cara! “Sim Senhor” respondi.Eu limpei tudinho com a bocaÂ…. engoli todo o gozo que meu Senhor jogara no chão. Enquanto isso Ele foi no banheiroÂ…..
Quando voltou mandou que eu Ficasse de quatro na beira da camaÂ…. obedeci e Ele começou a esfregar-se no meu cuzinhoÂ…Eu gemia de prazer, mas me batia mandando eu calar a bocaÂ…. De repente Ele começa a enfiar o pau em mim com força e me xingar muitoÂ…. Eu sentia muita dor, fazia tempo que não tinha mais penetração anal, sem a prática estava doendo, mas ao mesmo tempo a sensação era maravilhosa, difícil de explicarÂ…. Senti seu membro esquentando.. Pegando fogo.. Ele foi enlouquecendo e eu também.. já não víamos nem ouvíamos mais nada.. o mundo se fechou ali naquele momentoÂ…que delícia...possuiu-me, eu era D”Ele.

Depois de usar meu traseiro, ele repetiu o ritual, mas agora na minha xaninha. Falo a vocês, que penetração deliciosa, difícil de descrever, apenas falo que nunca tive um homem como Ele e, gozou tudo no chão outra vez e, mandou-me limpar com a bocaÂ….Eu obedeci rapidamente a ordem do meu agora DONOÂ….Depois disso me deu uma sequência de 3 tapas fortes na cara, apertou meu rosto e disse: ” você gosta de ser judiada cadelinha?!!” “Sim Senhor” respondi. Disse isso e deitou em sua cama e acabou cochilandoÂ….e eu fiquei lá na poltrona a noite toda, batendo siriricas lembrando da noite incrível que estava tendo, e com dor no cuzinho por ter sido arrombado por meu SenhorÂ…..
De manha, quando Ele acordou era outra pessoaÂ… estava muito legal e disse: “Bom dia luana, não consigo lembrar de nada que aconteceu ontemÂ….” Era obvio que Ele estava mentindo, mas achei melhor concordar e também respondi: Â“É professor, bebemos muito, também não me lembro nem como cheguei aquiÂ….” e Ele respondeu: ”luana o importante é que reatamos a amizadeÂ….”
Levantei-me, disse tchau e fui embora pela rua meio tonta, meio sem acreditar no que havia feito. Mas com uma sensação de que seria um momento único, inesquecível e foi mesmo.. e creio que Ele também não deixará de recordar os nossos momentos, embora tenha se mostrado “esquecido” na manhã seguinte, rsrsrsrs
Nos dias que se seguiram, na faculdade, o professor me tratou com naturalidade e nunca mais tocou no assuntoÂ…. Mas esta noite vai ser relembrado de que sou sua cadelinha, pois vou atrás DÂ’Ele e com certeza se lembrará de tudoÂ…..rs
Se desejar receber outros contos de minha autoria, entre em contato através de meu e-mail: [email protected] – ficarei satisfeito por poder mostrar-lhe meus trabalhos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos de primas novinhas com desejo e muito tesão.Conto de putinha que adora ser cadela de muitos machosUM ESCONDE-ESCONDE DIFERENTE (PARTE-2)contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaxerequinha juvenil de perna abertaconto erotico ana mAria 49 anosMinha mulher voltou bebada em casa contosCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contosminha visinha medica. Casada contoscontos eroticos, o bispo me comeu gostosoconto erótico bati uma pra elecontos eróticos de novinhas dando para garanhõeshttp://tennis-zelenograd.ru/conto_17305_peguei-meu-cunhado-dando-pra-meu-irmao.htmlConto erotico ninfeta dano a buceta mestruadacontos eroticos gay meu tio de dezenove me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eroticos gay problemas mentaiscontos genro me comeucontos eroticos cachoeiraconto ajudando meu filhoconto erótico terminando a reforma com esposaContos forro esposaconto eu doida pra gosar mas si tinha meu papaicontos eroticos de enteadasContos eroticos de podolatria chupando pes de primas brincando com os pescontos eroticos chupando meu pai e meu tioFoderam gente contos tennsdupla penetracao sexocontosMeu marido comeu a minha filhaconto casada nunca tinha visto rola pretacontos filha se fode pra aguentar a geba do pai no cuconto minha irma fui arebentada travesteSou casada mas bebi porro de outra cara contosconto erotico casada humilhada por maginaiscontos de coroa com novinhocontos eroticos exibindoxvideo subril comedo atinacontos erótico o menino afeminado sento no colo incestoconto virei meu marido viadoconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camaComigo por um cachorro gay contoscontos ela gozou no meu dedo no metrôconto porno esposa na praia com amigaloira jardineiro trai contosWww.contoseroticos/grátis Ler/no aviãoxupando u pau dos piao tudo no sexo gostosoFoderam gente contos tennscontos eroticos encoxei uma menoinoinhacontos eróticos de irmã e irmão, irma com mega bundaoporno contos eroticos encerto descobri que meu marido que ser cornovirei uma safada a pedido do meu marido contosmeu marido comeu nossa filhacontos eroticos casei com um velhocontos eroticos quero fuderenchi a boca na pomba grossagay de rio preto de calcinhaContos eróticos estrupada por bandidos Contos erocticos dei comprimido ao velhoContos eroticos meu rabaoFoderam gente contos tennscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto eerotico de garoto pelados pegado prino gay peladocontos eroticos de enteadascontos gay amigo do irm.aiconto porno mulher adora novinhoconto erotico perdi o cabaço estacionamentocorno chama africano super dotado pra arrombar a esposa contosticos em bunda de mulhwesem explicação safadinha contoscontos de sexo com sogrameu pai gozou no meu cu contos gayasimpatia comer cunhadaUma buceta fofinha afim de um dotado contosconto moleke chantageia mulher na casadei o cu bem gostosoConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barconto chantagem enteadaconto praia de nudismo com a esposa continuaConto erotico entaloucontos eróticos tia no puteirocontos de cherado decalsinhavoyeur de esposa conto eroticoso os melhores contos de gay sendo aronbado varias vezescontos erotivos aconteceu em monteverdeeu deita pedi para meu irmão fazer massagem em mim contocontos na praia tirou o selinho da cunhadinha novinhamae me seduziu de calcinha conto eroticocontos minha mulher transava e me beijavapai t***** acariciando a bundinha da filha e goza sem pararcontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinhos vermelhos