Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MULHER DO MEU AMIGO

Click to Download this video!

Eram nove da manhã de hoje, domingo, 19 de janeiro, quando o telefone tocou. Fazia sol, tava um dia lindo. O Gerson me chamava para uma partida de sinuca em sua casa. Isso era comum. Ele mora aqui em Goiania, numa bela casa num condomínio fechado. Enquanto ele tomava a cerveja e cuidava do churrasquinho eu me deliciava com um suco feito por Neuzinha, sua mulher, que sempre nos acompanhava, visto que era super fã de sinuca.
A piscina era desfrutada por nás quatro, pois conosco também estava o Nelson, irmão da Neuza. Sua mulher estava na casa da mae, ele foi sozinho.
Tudo ia bem, se não fosse o celular do Gerson ter tocado. Por ser médico e estar de plantão, chamavam por ele no pronto socorro. Tinha acontecido um acidente de carro e precisavam que ele fosse imediatamente para proceder uma cirurgia, que era sua especialidade. Meio chateado, mas como era responsável, apenas comunicou que teria que ir ao hospital, mas que ficássemos à vontade que assim que terminasse viria correndo para continuar. Claro que não íamos deixar de aproveitar aquele resto de manha e a tarde deliciosa. Em quinze minutos saiu para o hospital.
Se era para ficar à vontade, como ele mesmo disse, fui direto à piscina e dei um delicioso e demorado mergulho. Sair do outro lado fui ver a pequena horta, que ele mesmo faz questão de cuidar. Seu hobby e prazer. Se orgulha e gosta de mostrar a quem o visita em casa.
Quando to voltando olho em direção ao galpão onde fica a churrasqueira e mesas o Nelson está abraçando a irmã por trás. Nada de mais se não fosse os carinhos que ele fazia e não se incomodou com minha presença. Ele alisava a barriga da irmã e beijava as orelhas dela, que afastava o cabelo e derreava a cabeça para o lado para melhor receber os carinhos do irmão. Ele quando me viu não se espantou e continuou até intensificando a esfregação na bunda linda que Neuzinha tem. Suas mãos passaram da barriga para os seus da irmã por ciima do biquíni, mas logo passaram a entrar por baixo, alisando diretamente os seios. Ela já gemia bem baixinho e vez ou outra me olhava como que pedindo a minha participação. Ainda tentei consertar a situação e sugeri que parassem, pois tavam me provocando. – não quero apenas te provocar, quero que ajude o Nelsinho. Brincou ela. Entendi, meio surpreso, não sabia que eles tinha tanta intimidade, que depois soube que eles transavam desde criança, mas que ninguém sabia disso.
Me aproximei pela sua frente e beijei sua boca sendo muito bem recebido. Lambi seu rosto e ela novamente procurou minha boca, enquanto seu irmão continuava alisando seus seios e beijando as laterais do rosto. Desci minha cabeça para chupar os seios. Levantei o biquíni e chupei com delicadeza. Minha outra mão foi para a xana, não quis atrapalhar seu irmão que mantinha-se ocupado esfregando a bunda com o cacete já fora da cueca. Desci mais para chupar agora a buceta doce e arranquei fortes gemidos dela, acho que foi o primeiro gozo. Esfreguei a a língua ao longo da racha da xoxota indo e vindo la dentro. Ela estava super lubrificada e colocou as mãos atrás da minha cabeça forçando para que eu afundasse ainda mais dentro de sua xaninha.
Nelson cortou o momento para nos chamar para uma espreguiçadeira ao lado. Ela foi como uma cadela com dois cachorros atrás. Ao invés de deitar-se de barriga pra ciima, ela com toda a tara do mundo foi ficando de quatro na cadeira e pediu: FODAM SEUS FILHOS DA PUTA. PONHAM CHIFRES NO CORNINHO, ENQUANTO ELE TÁ CORTANDO ALGUEM COM O BISTURI. Aquilo foi o bastante para meu pau doer de tão duro e me coloquei por trás. Já que ela dava a bastante tempo para seu irmão eu seria o primeiro a comer naquele momento e enfiei sem do, com ela pedindo para ir mais fundo. Meu cacete é comprido e grosso e ela parece que não se satisfazia nunca mas gozava e chorava. Praticamente gritava pedindo pica. E eu enfiava com gosto. Fazia uma cadencia rápida de vai-e-vem, cada vez entrando mais. Foram momentos que ainda não tinha imaginado. Nem mesmo de um dia fode-la, mesmo porque era esposa de um grande amigo, apesar de linda não me despertava tesão. Mas ela e seu irmão acharam por bem que eu participasse, pois to recém separado e sem ninguém,, no momento. Me deram esse presente. Ficamos mais de vinte minutos até que o meu gozo veio e veio com força. Foram jatos retesados devido ao tempo sem fuder. Uma porra quente, grossa e pastosa saiu junto com meu pau de sua xoxota. Tirei ainda sob protestos. Estava cansado, mas não tenho mais a vitalidade e energia de um garoto. Tenho que dá espaço de tempo de uma trepada a outra e hoje, foram três. Até o momento minhas pernas estão tremendo (risos). Foi muito gostoso. Sair antes que o meu amigo voltasse, mas tem uns dez minutos ele me ligou e marcou novo encontro para a semana que vem. Claro que eu vou. Provavelmente não vou poder foder sua mulher, mas na primeira oportunidade, ela vai gemer de novo na minha pica. Ela deve me ligar antes para marcar. Assim ficou combinado.
Mulheres ou casais de goiania que tiverem a fim de um coroa de cinquenta anos, que adora uma boa e discreta relação, é sá me escrever ou me adicionar no msn. Maridos que gostam de entregar sua mulher a outro será bem vindo. [email protected] . celular eu mando no primeiro contato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto mamae fode com filho aniversarianteContos mão dentro do ônibuscontos di mulheris que ralaram pela primeira vezentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosoconto casal bifodi com velho por dinheiro conto eroticoo p****** do metrô mulher relata conto eróticoamiga gostosa quebrando o galho me mostra a bucetinha pra eu mastubarconto erotico meu compadrer e minha esposadescabaçando um hetero contobeixei meu sobrinho contoscontos eróticos meu filho meu amante conto erotico amiga propaganda curiosacontos cadado da cu pro gerente em aposta entre homensmarido viado hormonios femininos conto eroticoContos de mulheres, fudendo com seu avôcontos levei uma rolada do meu filhocontos eróticos bumbum grande no ônibusdividindo a cama conto biconto erotico trabalho sala reuniaorelatos de casadas com filhos que traem com porteiros zelador pedreiroscontos eroticos verdadeiro primo bem dotado da minha mulher pasa ferias em casarelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhascontos eroticos primeira pulada de cercacontos erotico com foto de mulhe trasado gozado gostosocontos fui adotadacontos eroticos de marido corno bebedor de porrarelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasconto erotico madrinha pediufotos de coroas branvas.dr sutian e.causinha na camsSou novinha e putinha boqueteirá do papai contoseroticoscontos eroticos, dei a buceta na escola de sambaconto erotico chupando pau desde cedocontos eróticos minha mulher foi f***** por um travesticontos eroticos lesbica chineladasConto erotico sou vadia velhacontos gay meu primo ensinouconto erótico estrupada no cinema porno sadomasoquismo contos eróticos dei ele chupar meu seio no meio da pista de uma boatecunhado homem no dia do casamento come a bunda do cunhadinho homem novo no quartopelado amarrado contosPorn contos eroticos o mulato amigo doo filhocontos eroticos comendo uma carcereiravvidos de muler co casoro. fudemotacou a piroca na vizinhacontos mostrando o piru para a vizinhaconvidando o amigo para arromba o cu da namoradaEu tirei o cabaço da buceta da minha filha eu fiz um plano com ela era pra ela arranjar um namorado no colegio dela pra ela levar ele em casa pra ela fazer ele fuder a buceta dela pra ele achar que a buceta dela era cabaço conto eroticoContos de sexo... A mini saia mal cobria a bunda delacontos comeu a inquilina separada do maridorasgando um cu virgem da freira- contossocando muita manteiga no cu e na bunda todaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos enrabada no trabalhadoconto erotico afeminado esposa dedos no cu consoloContos eroticos danadinha no colo velhocontos necessitava de rolaContos dormi na casa do amigoosono no cu das duas safadasSou casada mas bebi porro de outra cara contosmeu namorado masturbou me na descoteca contosConto eroico comendo as primihasconnto de zzoofilias iniaram mimha mulhercontos de casadas liberadacontos eroticos minha esposa mi deu de presente a sua sobrinhaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoso desejo de minha mae e tia ter 26 8m no cu contos eroticoscontos eroticod minha vo sento e me deucontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhacontos eroticos quero fudereu deita pedi para meu irmão fazer massagem em mim contogarotinha contos eróticosconto erotici curioda de senrtir im vibradorpiroquinha despertando contoscontos eroyicoa muito rabudaComto lesbico fragante fazendaCasada viajando contostransei gostoso com minha aVò insertosconto gay viciei na rola do negÃoSexoincestocontoscontos eroticos amigas ci pegandocontos eroticos gays dei pro porteirode calcinhaContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrascontos enterra tudo devagarinho no meu cuzinhoDedo na xoxota contoscontos meu marido nem percebeuMinha mulher foi iniciada por um negão contos eróticoscontos estuprada por um estranhoconto erotico eu e sil sua mae contos gays comessado pelo primoconto a tia da piruacontos eróticos entiada meu volumeO negrão ganhou minha esposa casasdocontoscontos erotico, quatro travesti me estruparamfobtos trasado com as duastias gostoscontos erótico amiga da escolaminha enteada novinha dormindo.contos eroticosconto narceja vadiaconto piao gostoso. no cavaloconto eroticos/comeu minha mulher no mato