Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI AS DUAS CUNHADAS

Click to this video!

Bem o que vou relatar agora é, de certa forma, uma continuação do conto "Esporrando a cunhadinha" no qual relato como começaram as minhas trepadas em miha deliciosa cunhadinha caçula.

Um belo dia fomos para a casa de praia eu, minha cunhadinha caçula e minha cunhada do meio, a qual chamarei aqui pelo nome fictício de Suzana, uma magrinha com o corpinho perfeito e com uma carinha linda e bastante sacana... Era um dia de terça feira, e minha noiva sá poderia ir no fim de semana, junto com seus pais... Assim me coube a deliciosa tarefa de "proteger" as duas naqueles dias...

Logo que chegamos, minha cunhada do meio, sugeriu que fôssemos à praia... Eu e a minha cunhadinha-amante gostosinha, recusamos alegando cansaço, sá para ficarmos sozinhos em casa...

Poucos minutos depois eu já estava todo enfiado (como sempre) na xoxotinha raspada da cunhadinha caçula, arrancando-lhe gostosos gemidos a cada empurrão da minha grande e grossa vara em sua grutinha careca e molhada. Ela, já bem sacaninha, pedia que eu metesse mais... e com força, o que eu fazia, xingando-a de putinha gostosa, vagabunda e dando-lhe gostosos tapas na cara, o que a deixa louquinha, e disposta a qualquer coisa...

De repente ouvi um barulho de algo caindo, e não tive dúvidas... Suzana estava nos observando...

Em vez de parar, aquilo foi me dando mais tesão... e quando já estava quase explodindo, mandei a cunhadinha abrir a boca e despejei uma enorme quantidade de esperma, que inundou sua boquinha, sua cara e seus deliciosos seios... A esta altura eu já tinha localizado Suzana... Ela estava no terraço da casa dos fundos, de onde dava para ver nitidamente o que acontecia no quarto, pois estava aberta a janela ...

Suzana estava com a mão dentro do seu shortinho branco tocando uma gostosa siririca... Mandei a minha cunhadinha amante limpar o meu pau com a boca... e, em seguida, passei a chupar o seu grelinho e seu cú... Sob os olhos atentos de Suzana...

Fiquei fodendo aquele cuzinho com os dedos e a língua... até que minha cunhadinha não aguentou e, ficando de quatro pediu que eu metesse nela bem gostoso... Posicionei-a com o cú bem virado para a janela, e ficando de pé na cama, fui enfiando-lhe, bem devagarinho, o pau na bunda... de cima para baixo, para a penetração ficar bem visível. Ela gemia alto, pensando que a maninha estava longe... e saber o contrário sá ia aumentando o meu tesão...

Eu perguntava em voz alta, se ela estava gostando do meu pau em seu bumbum e ela dizia que era bom... eu mandava ela pedir para e meter... ela pedia, e eu mandava pedir mais alto... Aquilo foi ficando mais e mais gostoso... e logo estávamos no mais louco orgasmo... Ela gozava como uma gata e eu detonei meus jatos de porra fervente em seu apertado rabinho, fazendo-a explodir o seu maravilhoso gozo plenamente, e aos gritos de tesão..

Deitei-a de lado e, ainda com o pau em seu buraquinho, fiquei beijando-a na boca e fazendo carinhos gostosos no corpo e nos lindos cabelos... em pouco tempo eu já a masturbava.. Com o pau já duro novamente ainda enfiado naquela linda bundinha, em pouco tempo ela gozou novamente. Preferi não buscar o meu orgasmo desta vez... Já que estava convencido que iria atacar Suzana assim que ficasse a sás com ela... Deixei minha cunhadinha-amante dormir um gostoso e pesado sono e desci para a sala de estar... Pouco tempo depois escuto a chave girar na porta ? Adivinha quem era... Suzana... toda molhadinha com a água do chuveiro do quintal, pois tinha se banhado, para simular que tinha, de fato, ido à praia e se banhado para tirar o sal...

Quando ela entrou, meu pau chegou a estalar dentro do short. Ela me vendo, e observando o volume(eu propositalmente estava sem cuecas), ficou completamente sem graça... Perguntei se ela tinha curtido a praia, e ela falou que sim... que a água estava morninha, e outras mentiras. Eu me levante do sofá e fui conferir aquela gatinha molhada de perto... O volume do pau no short estava indisfarçável e ela não sabia se olhava ou se fazia de bôba... Estava completamente atônita e frágil para o ataque que viria... Que saber como foi ? Vote neste relato que eu publico a sua segunda parte... Com todos os detalhes que aquela maravilhosa foda em família merece...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticoscontos de corno. bipassivoscontos de noiva putinha corninho safado titío caralhudoficou de short e foi chantageada contos eroticoConto eritico cunhada safada peituda veiacontos eroticos fudendo a mae travesticontos realizei o sonho do corno engravidei de outroconto erotico minha esposa era certinhapolicial peludo conto etoticocontos eroticos, dei a buceta pro traficantecontos eroticos de enteadasContos casado chorando na rola do ricardaoloira gostosa goza sozinha comtá um poko da sua safadadeconto erotico tia putaconto.erotico minha tia me pegou batendo punheta e faloupra sua amigaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos meu alunoContos eróticos que rola grande no meu cu zinho apertadinhohetero goza dentro ainda da im tapa contos porno sou putinha pra minha mae no puteiro da familiaconto erotico comi as duas sobrinhas da minha mulherconto erotico casada na picinaconto erotico comendo a massatorepeutacontos de sentadinha com o cuzinhocontoacordei opor sentir que estao a chupar os meus seiosgožano na buceta da irmancasada que engravidou do sogro conto eróticocontos eroticos casadas canalhasconto erotico gay meu dono convidou um negao pra me fodermarido realizando sonhos eroticos da esposafui fudida ainda de calcinhacontos eróticos lanchapivete de penes de fora e tocando puietade calcinha na frente do meu pai contosconto eróticos mendigo batendo punheta na rua da minha casaContos eroticos humilhada pelas minhas amigasContoseroticoscomsogrominha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contobebadas na piscina contoszoofilia cavalo violentos o dedãocontos com teens sentando na ro do pri com doze anosHistórias eróticas sobre estuproscontos eroticos casal e filhos bi passivoscontos eroticos exibicionismoPiroca de 25cm - conto eroticocontos eroticos minha sobrinha adorava mamar minha picaconto de filho dano o cu ao padastroQuero transa com minha prima que estar gravidaConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machosfudendo a sogra conto ingenuacontos eroticos aposta na escolaprimeira vez que dei cu pedreirocontos eroticos na paredemulheres casadas traições e chantageadas videos porno hentaicontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cucontos de homem com penis grosso que comeu sem camisinha a sogra con erot vendo meus amigos estoura esposinhacontos pono as pequeninaCasada viajando contoscontos de rasguei o cuzinho da minha avóconto:enrabadoContos monica putinhaContos minha nora enfiou o vibrador no meu cuconto enfiado tudo no rabinhocontos eroticos traindo o marido com pivetesContos tia de saia curtacontos eroticos esposa fumantefiz dupla penetração com colegas pois meu marido não quiz conto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoracontos manacontos colega de futebol pediu pra comer me cuzinhohistorias eroticas vovo come menima cunovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixocontos eróticos mendigo no ônibusContos comendo a mulher do amigoconto erótico irmão vomitou roupaprofessor de artes marciais me fudeu contos gay