Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PRIMEIRA VEZ COM UM PASTOR ALEMÃO.

Click to Download this video!


Oi, meu nome é Kathy tenho 20 anos, tenho 1,73m de altura e peso 60 kg bem distribuídos, tenho longos cabelos castanhos e olhos cor de mel.
Tudo começou uma tarde, estava em casa traquila, esperando meu marido chegar em casa do trabalho. Fiu no canil nos fundos de casa alimentar meu cahorro, um pastor alemão, de dois anos e meio de idade.
Ele sempre foi muito brincalhão, e quando me abaixei para colocar a ração na vasilha ele pulou nas minhas costas e me derrubou de quatro no chão, na hora achei engraçado e comecei a rir. Foi então, que ele subiu em mim e senti a ponta do seu pênis na estrada de minha vagina (sempre fico nua e casa), quando tentei levantar ele investiu fortemente e me penetrou até a base, eu prendi a respiração com o susto.
Ele começou a investir freneticamente, cada vez mais forte, eu comecei a gemer prestes a chegar no orgasmos, ele me fudia cada vez mais forte, suas mãos estavam firmemente me segurando pelos quadris, suas unhas entrando na minha pele, a dor foi se mesclando com o prazer e a sensação foi ficando insuportável.
Seu pênis era descomunal, tanto de tamanho quanto de grossura, eu gemia como uma louca, as sensações estavam me matando, de repente ele investiu violentamente e enfiou na minha vagina o ná de seu pênis do tamanho de uma bola de tênis. Urrei de dor e prazer mesclados, e nesse momento cheguei ao orgasmo, que me rasgou em duas, o prazer foi violento e nem bem este orgasmo tinha acabado outro já começava a se formar no meu ventre, quando senti ele começar a gosar isso me levou ao ápice e fez com que eu chegasse novamente ao orgasmo e este com uma intensidade ainda maior que o primeiro.
Ele ficou gosando durante sem parar durante alguns minutos, seu sêmen enchendo meu utero e logo comeou a escorrer quente pelas minhas pernas, então ele se virou e ficamos de bunda com bunda, depois de um tempo senti seu pênis começar a diminuir de tamanho, logo ele o puxou e este saiu de mim com um som oco.
Eu estava tremendo, então ele começou a lanber seu sêmen das minhas pernas e logoda minha vagina, me dixando exitada novamente, ele ficou lambendo minha vagina e ânus durante alguns minutos, eu já começava a me contorcer de tesão, foi quando vi que seu pênis começava a endurecer novamente.
Ele subiu em mim de novo, e investiu fortemente, me pentrando com apenas uma estocada, ele começou a me comer com força e logo enfiou o ná na minha vagina. Eu gritei, gosando intensamente.
Me sentia como se fosse a sua cadela no cio, eu queria que ele me comece a tarde inteira, eu gemia e rebolava no pau dele querendo mais e mais, ele me agarrava forte pela cintura e metia com cada ve mais força. Eu coloquei o rosto no chão e comecei a fazer movimentos circulares sobre meu clítoris, cada vez mais rápido e gosei forte com um grito.
Depois comecei a massagear as bolas do meu cachorro, nesse momento ele começou a gosar e eu gosei novamente, fiquei com o corpo tremente e mole. Mintuos depois quando ele se desgrudou de mim, eu desabei no chão, exausta virei de barriga para cima e abri bem as prenas para ele me lamber.
Apás algum tempo ele veio pra cima de mim querendo mais, quando eu não fiz nenhum movimento para ficar na posição de quatro novamente, ele mostrou os dentes e começou a rosnar, fiquei com medo dele e briguei com ele mandando ele parar.
Isso sá serviu para irritá-lo mais, ele arrepiou os pelos das costas e rosnou mais alto, eu resolvi fazer o que ele queria, fiquei de quatro e ele me montou novamente.
Transamos mais quatro vezes, até que ele ficou satisfeito, sá depois pude entrar em casa, tomei um banho deitei na cama e dormi. Meu marido chegou algum tempo depois, acordei amarrada na cama com os braços e pernas bem abertos e ele estava observando minha vagina bem de perto. E esta estava bem vermelha e inchada de tento o nosso cachorro fodê-la durante a tarde.
Eu prendi a respiração de medo nesse momento, ele desviou o olhar de mim e olhou para a parede oa nosso lado, segui seu olhar e soltei fortemente a respiração que estava contendo. Na pare haviam pendurados vários chicotes e pás de maeira de diversos modelos e tamanhos...
Mais essa é uma outra histária que contarei em breve a vocês!
Bjão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos ônibuscontos gay fetiche em gordinhoconto de encesto sou filho unico meus pais viajarom e eu fui com elesbrincadeiras no escurinho conto eroticoconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhacontos eróticos vizinho pagou a dívida dando sua menininhacomo meu marido virou corno kellycontos eroticos duplamente penetradoconto novinha amigos do papaicontos eroticos casais falando putaria fantasiando outrocontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigofotos e videos de mulheres tomando banho etrocando de roupasContos eroticos como chantagieiContos: estou espirrando dentro da bucetinha da minha filhinha pequenagordinho tetudo conto eroticoconto lesbica humilhei minha amigaconto erotico virei cadela barcontos eróticos relatados por mulheresContos eroticos de casadas safadas que traitesao chefe quero elecontos eclxado a tia de sainhacontos foi sem quere comi a cunhada coroaContos engoli porra grossa grudentacasada recebe proposta indecente contosconto erorico eu era cadela do meu macho ele me fudia segurando minha coleraContos eróticos: menininha da a buceta pro camioneiro bem dotadomendiga pedindo pra comer seu cu apos o dela era vigemestou sendo chantageada mas não posso contar meu marido quantos eróticostia travesti contosconto comi cliente da minha mulhercantos erótico só dei do Forró Bombadoconto erotico fodendo madrinha rola enormeContos eroticos homens estuprano gravidascontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigomulher ver pica no carro e fc com o cu piscado de tenzaomulheres que dao cu no primeiro encontro contoContos eroticos incesto casos reais pag 170disvirginei a minha professora contos erodicosContos erotico me exibicontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eroticos louco por seios procadocomi a gostosa olhos castanhos contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaporno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhaninfeta chupa buceta e cospe a goza com nojosafadinha du papai da ate o cuzinho pra agradar o papaicontos de incestos mae puta e filho espertocontos eroticos, venerava meus mamiloscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaxvidio minha mina sai para tranpa e eu como Minha sogra xvidioGozei no pau do meu irmão contosvideos porno gays me pegou no flagra no poraomDei a buceta e o cu,para um roludo e chorrei muito conto eroticocontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissomarido realizando sonhos eroticos da esposaminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façocasa dos contos eróticos joguinhos com a mamãeconto novinha gravida do tiofoi com marido pra praia mas deu uma escapada prafuder com estranhocontos.eroticos.fui arrombada por um velho bem dotadogaroto malandro pega tia dormindo e meti nelaesposa vou o sitio e dei o cazeiro contoPMS contos eróticosmulher sendo brexada em um banho demorado pornohomens velho gay contosconto erotico tia pediu para medir penisconto erotico so novinha a prendedo na varaconto tara crente bundudawww.contoseroticos eu e a minha vovócom.br/conto_4323_tudo-em-casa-real-mae-e-filho.html o tesão falou mais alto e fui corno contos eroticos sou tarado na sua bundonahomens com pau instigantecontos eroticos garotas na escolacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casa