Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ANDRE DO ESTACIONAMENTO - PARTE 6

Click to Download this video!

Thiago não parava de falar, bem típico de quem já estava tomado pela bebida. Aproveitei o momento e dos carinhos nas coxas segurei a toalha que o envolvia e puxei de uma vez, deixando a mostra aquela pica linda e dura que nem ferro apontando para cima.rnContinuando...rnAquilo me deixou com um tesão incontrolável, puxei toda a toalha e enquanto Thiago continuava tagarelando baixei minha cabeça em direção a sua pica e antes que ele tivesse qualquer reação de repulsa cai de boca enfiando o máximo que podia daquele mastro pra dentro.rnQuando eu tirava a pica de dentro da boca me concentrava na cabecinha linda daquele instrumento e passava a língua, beijava e sorvia como quem chupa um picolé.rnAndré observava tudo à distância e atento ao primeiro vacilo do primo para começar a executar nosso plano.rnAgora já totalmente pelado ele já se mostrava integrado de vez naquela situação, gemia muito com minhas chupadas e socava sua pica como quem fode um cuzinho ou uma buceta.rnQuando a situação chegou neste ponto de entrega de Thiago, parei de chupar na certeza que sua reação seria a de pedir que eu continuasse.rnNão deu outra, com voz choramingosa, olhou para mim e disse: rn- Para não, agora que a coisa tá ficando boa você vai parar?rnPronto, era tudo o que eu queria ouvir. Levantei peguei Thiago pelas mãos e o conduzi até a cama no quarto. Sentei na beirada da cama, abri minha boca e ele, já entregue a situação, não se fez de rogado segurando meus cabelos e voltando a fuder a minha boca agora com mais tesão ainda.rnEnquanto mamava aquela maravilha fui me livrando do pouco de roupa que usava até ficarmos os dois totalmente pelados e já prontos para mais uma transa gostosa.rnUma coisa tenho que confessar: rn-Que apesar daquela situação toda ser armada para salvar o André, carinha pelo qual eu já me sentia apaixonado e por isso, não pretendia magoar jamais, o Thiago era tão tesudo, bonito e gostoso que eu já estava me envolvendo naquela hora de forma tão incontrolável que por determinados momentos nem me lembrava que o objetivo maior era o de fazer com que André comesse aquele garoto e acabasse com todas as chances dele vir contar pra alguém que seu primo tinha como amante um homem.rnO envolvimento provocado pelo tesão acaba fazendo com que a gente perca a razão lágica das coisas e acabe se envolvendo em determinadas situações sem medir as consequências. Quem já vivenciou isso, sabe do que estou falando.rnAquela situação foi me deixando doidinho de tesão e me envolvendo de tal forma que acabei por um momento esquecendo completamente o porquê de tudo aquilo.rnPuxei o Thiago para a cama, e continuei chupando aquela pica com tanta vontade que quase ele gosa na minha boca estragando todo um planejamento feito antes.rnColoquei Thiago de joelhos na cama e com as pernas bem abertas, me posicionei de quatro na sua frente e fui me chegando com meu cuzinho aos poucos na cabeça de sua pica que a esta altura estava toda babada de minha saliva e do liquido que escorria muito da cabecinha daquele monumento.rnFui chegando de ré até que a cabeça de seu membro encostasse na entrada de meu cuzinho que piscava querendo aquilo dentro logo. rnQuando senti a cabeça entrando não me controlei mais, empurrei minha bunda, contudo para trás e seu pau, mesmo causando uma dorzinha chata, entrou todo até eu sentir seus pelos me roçando.rnEu movimentava para trás e Thiago para frente. Ele metia, e ia me dizendo coisas como: que tesão, que cuzinho gostoso, mexe seu putinho, agasalha minha pica toda, como é quentinho seu cú. Toma vagabundo, não era minha pica que você queria de novo? Então rebola, senti-aela arregaçando esse rabo.rnEu estava em êxtase como aquela foda. Como o carinha metia bem, como estava me sentindo totalmente preenchido. rnQuando estava quase gosando e ele também, percebo André pelado com a pica duríssima olhando a cena, batendo uma punheta e fazendo um sinal com a cabeça como quem questiona. E ai, cadê o plano?rnTentei colocar a cabeça no lugar, se é que se pode conseguir ter alguma consciência de algo naquele momento de prazer?rnDei um salto pra frente e tratei de mudar de posição, mesmo com Thiago reclamando que não era pra mudar já que tava gostoso demais.rnDeitei de costas para a cama, coloquei um travesseiro debaixo da minha bunda, levantei bem as pernas me arreganhando todo com o cuzinho bem a mostra e falei: - Vem gatinho, me fode assim que quero ver sua carinha de tesão quando gosar dentro de mim.rnThiago cheio de tesão colocou sua pica na entrada e empurrou tudo pra dentro numa estocada sá.rnFiz sinal para o André com a mão indicando que ele deveria entrar em ação, à hora era aquela.rnAndré foi rápido. Agarrou o primo por trás, beijou o pescoço, esfregava a pica de leve naquela bunda linda e com carinhos tão tesudos que Thiago ao invés de reclamar virou a cabeça para trás pedindo para ser beijado na boca. rnAndré é muito tesão, ninguém resistiria, nem mesmo um hétero, que dirá um cara que estava a ponto de se tornar um bi como a gente.rnPara terem uma idéia o André é muito parecido com esse garoto abaixo. O corpo é bem igual, mas André é mais gatinho e além de tudo o meu amorzinho.rnPassava já meia hora e Thiago não aparecia, ficamos preocupados e falei para André ira até o banheiro para ver se estava tudo bem com ele.rnAndré voltou dizendo que tinha encontrado o primo já de banho tomado, sá de cuecas sentado em uma cadeira, muito triste, chorando e dizendo que estava arrependido de ter feito toda aquela orgia sexual.rnQuando olhei no relágio já passava das 4 horas da manhã, fui colocando minhas roupas e dizendo para o André ir cuidar do primo que eu iria embora dormir em minha casa, falei ainda para ele dizer ao Thiago que ele deveria encarar aquilo como uma coisa natural, que não era o fim do mundo e ainda pedi para dizer que estava mandando um beijo pra ele, agradecendo por ele ser uma pessoa legal e amável. rnDespedi-me dizendo que daria um jeito de voltar no domingo à tardinha para uma visita a eles, onde poderíamos conversar mais tranquilamente sobre o ocorrido.rnFui embora com uns pensamentos que insistiam em não me saírem da cabeça: Será que tudo aquilo valeu a pena, será que André não ficou com ciúmes tanto como parece que ficou na hora que eu transava com Thiago?rnE o Thiago, teria valido a pena proteger tanto o segredo do André e por consequência ter causado um prejuízo psicolágico irreparável nele?rnComo comentei, na hora do tesão a gente acaba não medindo as consequencias de nossos atos e não dimensionando o perigo.rnPorém não foi sá o tesão, a gente articulou e armou toda a trama para que Thiago ficasse de bico calado e não contasse principalmente aos familiares de André sobre o nosso caso.rnResolvi ir descansar e deixar essas questões todas para conversar com eles no domingo.rnE assim eu fiz quando retornei para o estacionamento por volta das 19 h.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contons eriticos sobre estrupocontos de sexo chupadascontos eroticos com acordei com meu cachorro me penetrandoFoderam gente contos tennsencharcou minha bucetinha contoscontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos velho nojentos no onibuscontos lesb bati meu grelo no delaconto erotico virgem colegialconto erotico com tio amigo velho coroa grisalho peludoContos eroticos gay olixeirominha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticoscontos eroticos fudi todas as minhas filhasas gostosas passando bronzeador no seu corpinho nadamete tudopapai contosContos de Velhos chupadorcomtos eroticos masturbando cavalofilho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmocontos eroticos com menina de 07anos na praiacontos crossdress desde infância abusado pelo vizinhocontos eroticos q bocA e essa desse baianofilmadora dentro da vagina enquanto gozamulheres peitudas contos eroticoseu fui arrombadoConto érotic sentado no colocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casasua buceta me pertenceConto troquei o oleo com meu patraocontos eroticos cadelacontos a punheteira do papaiminha vizinha poliana muito gostosa contosconto erotico de mulher casada socando o pepino na bucetaDotado arronbando garota 19 aninhosconto incesto gay o pauzinho do meu filhoteTransei com meu pai contos eroticodopando a tia bunduda contoCasada viajando contosgordinho nerd gay contoskeslia bucetacontos inocente casadaler conto erotico dando a xota na cabano pro tiocontos mulher do primo lesbicascontos eroticos incesto bate com a pica/na cara/da cunhafacontos veridico de desejo realizadoconto eroticos gay meu primo comeu meu cuconto sozinho com minha sograconto erotico com amigo velho coroa grisalho peludobeijo de lingua quente pegada forte gemidãocontoseróticos encoxadas na casadawww.filha caçula da cu pro pai pauzudodou para o meu irmao contoscontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos betinha vendo a irma sendo fodidagarotinha bucetinha estufada contoscontos eroticos subrinhas virgemArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticoperdi a virgindade na escola contos eróticoscontos minha mulher foi fodida na praça por estranhosFotos de surubas com comtosmeu irmão mim fudeu sem camisinha e eu fiquei gravidaComtos filha fodida pelo pai e amigos delecontos eroticos de humilhaçãoContos.encesto.so.com.mae.cu.com.batatapinto duro pra tu noivaEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticocontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra elecontos de vizinho taradowww.contos eroticos de tias soteironas com sobrinhos.comporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande contos eroticos negao estuprou eu e meu maridocontos eroticos raboConto porno filha apanha de cintocontos eroticos casais falando putaria fantasiando outrocontos forçada a ser a puta da empresaContos eróticos - estuprei minha cunhadinha pequenadei para um cavalo contos eroticocontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissocontos eroticos me fizerao meninaTennis zelenogradconto erotico amigas chupei cunhadanegao e o seu caralhomconto erotico meu irmão me fez mulherProfessora de shortinho partindo a bucetacontos eroticos "foi me abrindo"conto ante de comer minha boceta papai lambeu ate meu cuconto erotico chatageada pot um senhorconto erotico gay viado fica com medo da piroca do coroa e e fudido a forcaContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhaminha sogra viúva linda e gostosa ela mora sozinha eu fui na sua casa minha sogra ela conversando comigo no sofa ela me disse que minha esposa disse pra ela que eu adoro fuder o cu dela eu disse pra minha sogra eu adoro fuder o cu da minha esposa minha sogra disse pra mim meu genro eu nunca eu dei meu cu virgem pro meu finado marido minha sogra ela me perguntou pra mim meu genro você que fuder minha buceta e meu cu virgem eu disse pra ela eu quero minha sogra fuder sua buceta e seu cu virgem minha sogra ela me levou pro seu quarto conto eróticoTrai meu marido com mais de 60 anos ate o cu eu deicontos de chorei com a pica grande no meu cuzinho apertadoconto de cunhada depilando o cu para levar varaconto erotico de esposa de bunda grande com o gordoconto erotico cara caralhudo pintudao ficou louco fuder minha esposaFilinha chupa pau do papaiapornoxota video casada fudendo com serventeputaria todos diss conto