Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PERDI MINHA VIRGINDADE

Click to Download this video!

Me Chamo Nelma Tenho tenho 28 anos Branquinha, cabelos natural castanhos (costumo tingilos de loiro) minhas medidas exatas: 1,62 metro, 50 quilos, 60 cm de cintura, 84 de busto e um quadril de 92 cm. Pretendo relata a maioria das minhas aventuras e experiencias sexuais mais a principio quero falar de como foi que perdi minha virgindade.rnrnEu havia conhecido o Sergio ao qual tive minha primeira relacao sexual e passei a semana toda me acabando na ciririca quando chegava do colegio ja estava ficando uma viciada. Mais a minha amiga de confianca havia me falado que ele havia viajado e nao sabia quando retornaria e pra ter certeza liguei para o telefone dele e ate cheguei a ligar pro hotel mais nada.rnrnNessa mesma epoca eu tinha um namoradinho mais nao era nada serio e ate tentei a ter uma relacao sexual com ele sendo que me faltava algo a mais que me preenche-se, resumindo eu queria um homem de verdade. Pasou 2 semanas e fui com uns amigo pra uma festa junina em outro bairro e nessa comecei a flertar com um carinha que nao tirava o olho de mim e ate acabei ficando com ele tinha uns 19 anos e se chamava Caio.rnrnNos beijavamos e percebi que ele queria algo a mais sendo que eu nao tinha como deixar os meus amigos, entao como uma amiga minha estava ficando com um amigo dele e o chato do irmao dela estava tambem resolvemos no final leva-los a pe ate a casa deles que era numa vila a umas 5 quadras da festa. o irmao dessa minha amiga ficou do lado de fora e nos duas entramos sendo que a casa do carinha que ela pegou era logo no inicio e ja o meu era a ultima casa.rnrnFicamos nos dois atraz de um muro aos beijos e como eu estava de saia, ai ja sabe mao la e mao ca, ele comecou a pertar minha bunda e peitinhos e eu ja com a mao dentro da calca dele e apertando aquele cacete que nao era muito grande mais chuto que tinha uns 19 a 14cm. Entao tirei ele da calca eu ia ate chupar mais como estava todo melecado resolvi ficar de costa pra ele e deixar ele esfregar aquele cacete na minha bunda com a parte da saia de traz levantada. Eu dava umas apertada com a bunda no pau dele.rnrnE nisso minha amiga ja havia terminado de se despedir do carinha dela e pediu pra eu vir logo. Entao eu falei pra ele que era virgem mais que poderia dar outra coisa pra ele. O sorriso dele foi de orelha a orelha.Ele pegou uma camisinha e colocou no cacete e abri bem minhas pernas e conduzi aquele cacete no meu cuzinho que entrou facil, porque a camisinha tinha uma boa lubrificacao. Entao ele comecou a bombar e o calor comecou a tomar meu corpo e ate cheguei a pensar e dar minha buceta pra ele mais quando vi ele ja havia gozado me deixando na mao.Fiquei puta com ele, dei mais uns beijos nele e pra nunca mais, e fui pra casa com meus amigo e chegando em casa me acabei na ciririca.rnrnDepois de um mes num Sabado eu nao tendo nada pra fazer resolvi ligar pra o Sergio pra ver se tinha alguma noticiais dele e nao e que, quem me atende era o proprio, pulei de alegria e ele me falou que estava em SP e que estaria no RJ a noite, mais ficaria no apartamento de um amigo e so ficaria dois dias e depois voltaria para Espanha. Pensei comigo que tinha que arrumar um plano e falei pra os meus pais que dormiria na casa de uma amiga.rnrnMe arrumei na casa de uma amiga coloquei um vestido preto e salto alto e pedi tambem que ela fizese o meu cabelo, fiquei toda pronta, parecia que iria pra uma festa chic. Liguei pra ele e ele ja havia chegado no rio e iria pedir algo pra jantar. Cheguei no apartamento que na verdade era um Flat com 30 minutos de atrazo e ele me recebeu com um sorrisso e alegria me elogiando que eu estava linda uma linda mulher trocamos uns estalinho e comecamos a conversar e nisso eu por dentro louca pra gritar pra ele ME COMA rsrsrsr. Ele preparou uma caipirinha pois ele amava, Depois me venho com uma sacola com alguns presente, dois perfumes de marca e um jogo de espartilho e sinta liga preto com bordados dourado, pois eu nunca havia usado e ele me falou que eu poderia usar por debaixo do vestido que eu estava usando. Entao corri pra o banheiro e experimente e nao e que eu fiquei bem mais gostosa de corpo.rnrnAi sai primeira mente do banheiro vestida so com o presente dele e fiz aquele desfile na sua frente e e claro dando uma reboladinha e ele me chamou e comecou a passar a mao em todo meu corpo, achei que ele queria tranzar naquele momento mais nao ele me mandou colocar o vestido por cima e voltar, entao o fiz. E voltando ele teve a mesma reacao comecou a me alizar e a me tocar todinha com aquelas maos e eu comecei a ficar molhadinha. Ai ele sentou no sofa e tirou o pau pra fora que como da ultima vez nao sei porque eu achei ele maior, mais duro e com a cabeca toda vermelha e me pediu pra comecar a chupa-lo, nao pensei duas vezes me ajoelhei e na mesma hora dei um banho de ligua nele e ate coloquei seu saco inteiro dentro da minha boca e ele gemia de tezao, eu queria que ele gozase na minha boca mais nao ele segurava o gozo. Me levantei e ele continuando sentado levantou ate a barriga meu vestido e comecou a dar uma banho de lingua na minha bunda e eu rebolando em sua cara.rnrnEle depois me levou ate o quarto me jogou na cama de roupa e tudo e ele o mesmo so com o cacete pra fora me deitou de bruso na beira da cama abaixou minha calcinha e sem dor e piedade enfiou aquele cacete todinho no meu cuzinho, nossa cheguei a ver estrelas, Ele socava com uma fome pois ele me falou que nao tranzava com ninguem des da nossa ultima tranza e nisso socando com muita forca que chegamos a parar do outro lado da cama nossa gente uma loucura so, mais mesmo assim ele nao estava conseguindo gozar.rnrnEntao me levantei descidida e falei pra ele que hoje ele comeria minha bucetinha, nossa pra que eu fui falar, Sergio tremeu na hora. Tirei toda roupa e fiquei so de meia e espartilho e ele todo peladinho na minha frente e voltei a chupar aquele cacete e a me masturbar. Detei na cama de barriga para cima e ele por cima comecou a chupar minha bucetinha deixando ela mais do que molhada, eu tremia que nem vara verde pois aquela seria o meu descabacamento. ele foi subindo e comecou a me beijar entao ficou pincelando a cabeca do pau na minha portinha. Eu queria ver mais ele nao parava de me beijar, entao fechei os olhos e deixei tudo com ele, fui sentindo a ponta entrando e eu sendo rasgada ao meio com dor e ardencia e eu na mesma hora peguei uma fronha e comecei a morder por causa da dor e nessa ele ficou so com a cabeca dentro da minha bucetinha.rnrnPedi pra ele parar um pouco e ele tirou, e fui dar uma olhada na minha bucetinha que estava inchada e voltamos a onde paramos, ele meteu a cabeca pela segunda vez e nisso pra tentar quebrar o desconforto ele comecou a pincelar meu grelinho. Demorou um tempo pra eu comecar a sentir prazer pois a ardencia era muito, ainda mais com um cacete daquele so com a cabecinha, Sergio foi me acalmando e eu quase cheguei a querer descidir pois pra mim estava desconfortante e doia. Entao ele comecou a falar um monte d sacanagem no meu ouvido me chamando de tudo que era nome de puta, piranha e dai vai, e nessa comecei a sentir prazer e ele forcando e me rasgando ao meio, levou um tempinho e aquele cacete todo ja estava dentro de mim e parei pra ver se havia saindo sangue mais para meu espanto nao tinha nada.rnrnComecamos um vai e vem bem de vagar e quando me dei conta ele ja estava tirando e colocando todo dento de mim entrando com facilidade. Nossa comecei a sentir tezao e pronto minha primeira gozada com um pau dentro da minha bucetinha, me mijei toda e nisso ele foi cada vez mais metendo e quando me dei conta ja estava trepando com aquele homem como uns loucos, entao descidi ficar de quatro e nessa que vi o sangue escorrer pelas minhas pernas, nao liguei e continuamos a fuder, dei aquela empinadinha pra ele e ele falando pra eu gozar que ele tambem iria junto comingo entao falei segura minha mao que vamos juntos.Gente gozei tao forte que pensei que iria morrer e nisso ele me encheu de porra. Vimos que a cama estava toda baguncada meu sangue no pau dele entao fomos ate o box nos limpar e continuamos a trepar nao so la mais em tudo que era canto.rnrnDepois ele voltou a espanha, mantivemos contato por email mais dai ele sumiu e nunca maisnos falamos, entao fica os bons momento com o Sergio que me descabacournNessa e no outro dia tranzamos tando e por mim ja me sentia uma mulher realizada e uma nova putinha na area para quem quizer.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


video fui enrabado no acampamentoContos dei para meu filho roludotrepando com nosso cachorrinhocontosContos eróticos e excitantes com primoconto o Pastor me comeuContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar pes de primascontos de crosdresseresMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhosContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadesou casada e adoro rolas negras no meu cu .contosfalei pro meu amigo que queria ver ele fodendo a minha esposaconto erótico os melhores contos pai fod a filha maeContos de coroa chantagiada pelo genro e gostandocontos erotico eu sou filho adotivo comi minha tiacont erot minha mulher acabou vendo o pintao do meu amigo negaocontos eroticos sentei no hugo"anelzinho aberto" gay contominha sogra minha esposa duas vadia contos eroticoscontos de sexo com animais rasgando com forçacontos safada na lavouraconvencir minha mulher zoofiliairma feiz sexo comigo eu gozei na boca delacontos Eróticos o macho dominanteMinha mulher e o cavalo na fazenda contos erotcosMae brincadeira bunda conto eróticocontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendocontos eroticos tia abusodou para o meu irmao contoswww.xconto.com/encestocontos erótico de lésbicas tarada pela irmão penis pequeno me fodeu bem contoscuzao frouxo da mamae contos fotomenina chorando para o professor contos eroticoscontos não acreditei que meu sogro ia fazer aquiloConto de Uma dívida com meu genro e teve que dar o c* para elecontos no orfanato gayComi minha mae a forca contos eroticoscontos eróticos com tia perdendo apostaContos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicourelato eróticos violênciaporno fudendo o cu da estavanevideo de namoradosendo cornoele me comeu a xana sem medo contos eroticoscontos eroticos de sogra carentecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casapodendo com a sograveati roupa de menina e dei para um coroa contoscontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos encoxei mae no tremcontos eroticos.comprei um consolo por curiosida e virei viado da familiacontos.eroticos.so.taradinhas.de.seis.aninhoscontos erotico gay negro dando pra brancocontos comeu a inquilina separada do maridominha sogra negra de mini sai cumii elaContos eroticos de sexo na infancia safadinha des de me nininhacontos eróticos eu batendo por baixo das cobertascontos de cú de madrinhacontos eróticos pai e amigosconto comi minha sobrinha na pescariaComtos professoras novas casadas fodidas na sala de aula pelos alunosConto erotico o velho me chupavacontos eroticos estou chifrando meu marido tomando porra do cunhadorasgando um cu virgem da freira- contoscontos-você vai devagar no meu cuzinhoContos eroticos caseiro entre irmaos na infanciacontos travestis emgravidou minha mulherconto erotico minha prina rafaelacontos de sexo pau e pau mais eu prefiro grande e grosso no cuzinhocontos eróticos fudeu meu cuzinhocontos gays- sexta do chaveirominha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façocontos eroticos esposas na praiacontos eroticos mamae de top lessminhas sobrinhas conto eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaporno idoido na purberdadeEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DE CALCINHA FETICHE OLHANDO ESPELHO MINH BUNDAContos podolatria empregadasou casada quero homem pra micomeConto casada com cornoconto eroticos de velhos pendido pra mama e novinhas e fuderem a bucetas delascontos eroticos incesto com afolescentesdei a bunda para o torcedor contoscomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titicontos de sexo fisting objetosfudi gostoso no volleyconto erotico fui pra fazer um teste pra trabalhar e voltei pra casa cm a buceta ardendo de tanto darfoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1historias eroticas de amigo hetero e como eu fiz pra pegar elecontos eróticos com mulher vizinhaala pediu eu gosei no cu delaContos de putas fogosas co.tados por mulheres