Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMEÇOU NO METRO DE BH

Click to Download this video!

As vezes tinha uma fantasia em fazer sexo com outro homem, mas faltava coragem e também uma ocasião que favorecesse a situação, sou muito discreto e me considero hetero apesar de ter essas fantasias. Tudo começou dentro do metro, tinha costume de sempre pegar a mesma composição e ficar no mesmo lugar. Tinha um cara que sempre estava por perto, as vezes dava umas encostadas, mas coisa natural. Uma vez com a greve dos ônibus o metro ficou lotado e inevitavelmente esse mesmo cara ficou bem atrás e não dava para ele sair nem se mexer. Eu fiquei imável para ver até onde a coisa ia, e já na segunda parada sentia o volume bem no meio e com o vai e vem a coisa começou a tomar outras proporções. Percebi que ele já estava aproveitando e não sabia ao certo o que fazer, fiquei imável e deixei a coisa acontecer. Quando estava práximo a estação que eu descia, fui me projetando em direção a porta e ele veio também para descer. No saguão ele me perguntou as horas, eu prontamente respondi sem comentar nada, ai ele me disse se tava afim de ir ao banheiro no segundo piso, fiquei com a boca seca na hora e sem ter certeza do que queria resolvi balançar a cabeça positivamente. O local era mais afastado ele me disse que estaria na ultima baia, entrou e eu fiquei lá fora por alguns minutos tomando coragem. Entrei e fui direto, sabia que a porta estaria somente encostada então não pestanejei e entrei e travei o trinco. Ele pediu para eu sentar na tampa do vaso, em seguida desceu as calças até o joelho, pegou minha mão e colocou por cima da sua cueca, fiquei massageando até que ele mesmo tirou para fora, e depois conduziu até minha boca. Naquele momento estava mais preocupado em ninguém ver, mas o tesão me fez não perder tempo. Aos poucos senti crescendo na minha boca e sabia que teria que decidir o que fazer. Ele logo colocou a mão na minha cabeça e a outra começou a se masturbar, sentir que ele ia gozar e continuei mamando. Ele foi até o fim e eu sentir aquele caldo quente na minha boca, levantei sem dar nenhuma palavra, e deixei ele lá dentro e fui trabalhar pensando naquilo.rnNa volta para casa, ele já estava no metro e eu não sabia se me escondia ou ficava esperando no que ia dar. Ele veio até mim e mais uma vez perguntou as horas, respondi e ele perguntou se tinha gostado. Não respondi mas ele sabia que tinha gostado da experiência e daquela fantasia. Voltamos sem conversar, mas ao descer na ultima estação, no saguão me perguntou se queria ir a outro lugar mais tranquilo, me pediu uns minutos para ir pegar o carro. Resolvi esperar, e logo apareceu me pegou e fomos para um drive-in há uns 19 minutos da estação. Chegando lá ele me pediu para sentar em uma cama de alvenaria e mais uma vez me pediu para fazer o mesmo que tinha feito pela manhã, mas dessa vez mais devagar pois tínhamos tempo. Ali eu senti que a coisa ia terminar de outra maneira, e logo me pediu para deixar de barriga para baixo sem as roupas, fiz o que ele pediu e ele se sentou na minha frente e continuei o que estava fazendo. Ele começou a passar a mão em mim e logo chegou no meu anel, mas para a surpresa dele disse que nunca tinha tido relações com homens e não sabia se eu ia me sentir confortável. Mas ele logo passou uma coisa gelada e melada, ele disse que era gel e era para eu relaxar, ele ficou colocando e tirando o dedo e disse que queria que fosse bom para os dois, senão não valia a pena.rnMe colocou de pé ao lado do carro, e logo senti ele me abraçando e roçando no meu rego, quando senti seu membro justo no lugar, dei uma empinada natural e senti ele me pressionando junto ao capu do carro. Confesso que estava um pouco desconfortável mas queria ter aquela fantasia completada. Apás uns 19 minutos de muita calma e tentativas ele tirou e passou mais gel e colocou tudo, sentia os pelos dele bem encostado em mim. daí em diante foi uma delicia, mais prazer do que desconforto. rnEsse cena durou uns 5 minutos, foi quando eu senti ele me segurando mais forte, gemendo na minha orelha e o pau dele parecia estar inchando... foi quando senti aquele calor nas minhas entranhas, e ele já estava gozando. Comecei a me masturbar e ele continuou metendo por mais alguns minutos até eu gozar também. Foi minha primeira experiência, e confesso que foi mais fantasia do que vontade e sempre quando dá, voltamos ao mesmo drive-in, da via [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico barzinho depois servicode calcinha pros amigos do marido contosconto iniciando bucetaContoesposaficouconto erotico um padre me come e eu sou homemcontos de incesto comendo a irma separadachorei mas dei o cu contoscontos eróticos bebadaFoderam gente contos tennsbdsm fita boca contoscontos eróticos verídico com mulheres na punheta no maridoContos eroticos chiando na fodatitio me estuprou. tinha 7 aninhos incesto. analcontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadowww.contoencoxada/tioContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de professoras na escolaVem amor segure a rola dele para eu sentar em cima, vem meu corninhoContos eróticos de novinha gravida do irmaovideo de sexo fetiche mastubaram a buceta dela com varios consodos grandescarona contos eroticos tenniscontos eroticos fudendo a mae travestiDelirando na pica do irmão contosconto erótico com minha irmã depois da bebedeiraminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façoContos eróticos fodo e como minha mae e irmaconto de sexo agrentou duas pica no cucheguei em casa vi minha esposa se masturbando Aproveitei transei com elaMe comeram ao lado do meu namoradoAdoro usar shortinho feminino e calcinha fio dental afeminado contosconto erotico rosadinho troca trocaContos eroticos ajudando meu tiu acudentado e vi o pau delemeu marido quis ser corno confessoTroca de cuzinho entre amigos - conto eróticosou uma putinha gostosa da familiacontos/dp na esposinha na lua de melconto eróticos com velhinhamalhando bundundaconto emrabada casada nao pelo marido sim p amantecontos eroticos de manha dava pro meu sogro e a noite pro meu maridoputa para pretos contoFotos erótico padratos e entiadaContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhbaba com menino contos eroticoscunhanada carente deita no colo do cunhado e ele fas ela fazer um boqueti gostosoele implorou e eu engoli sua porraO amigo do meu namorado me comeucontos eróticos casado com amigo casadomulher com contracionar peladadei para o comedor do bairro filhos contoa massagista negao contoscontos eroticospica grossa rasgando bucetaMe comeram ao lado do meu namoradoSou escrava sexual do meu filho ences,contos erot.contos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparvistorias eroticas de zoofiliacontos eróticos mulher gostosa fazendo um gangbang com molecadacheguei em casa vi minha esposa se masturbando Aproveitei transei com elaconto minha namorada ficou cu arebentado nao pode sentarcontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos vovô coloca mão na minha bucetinhaoutro chupando os peitos da minha mulher. contosconto sexo fred passa vara barnyенцеси с зоофилыxoxxota da magrinha nao aqutou a tora todacontos eróticos vi meu vizinho transandotetudaCaidaos meninos ficaram loucos contoContos eroticos menininhaconto heroticom .quero te darcasa dos contos seduzi meu cunhadomolhar buceta da patroa enquanto pega no sonocontossexotravesticontos eroticos de coronel de rola grande e grossacoroa c rabo deflorado contosfui estrupada e acabei virando puta contos eroticosCasada viajando contoscontos comer cu sogra e filhacontos gay o deflorador de bundinhascontos erotico defrorado pelo irmão mas velhosempre fui safadinha contos cunhadinha de 10 sem calcinha conto eroticoFoderam gente contos tennsconto gay o negao comeu meu cuConto erotic castiguei meu irmao gaiporno doido sumindo um emorme prinquedo na puseta