Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO FLAGRA

Click to this video!

Este verdadeiro conto, excitante e delicioso, vai te levar ao delírio.rnrnZé e Paula chegam em seu condomínio de casas por volta de meia noite, a casa em meia luz, sua filha deveria estar em casa assistindo filme com o namorado, era o combinado.rnrnZé ficou com preguiça de guardar o carro, e como o condomínio é seguro, fechado, sem riscos, deixou-o fora mesmo, pois ele e Paula haviam ido a restaurante novo, para comemorar seus 19 anos de casamento.rnrnEntraram abraçados, ouviram uma música que vinha da sala de TV, e deveria ser a filha com o namorado assistindo um filme, foram até lá para dar um olá, mas não encontraram ninguém, chamaram pela filha e nada, acharam estranho, mas como Paula estava apertada foi para seu quarto no banheiro, enquanto Zé encarregou-se de verificar onde estava sua filha.rnrnChegando na suite da filha, começou a ouvir gemidos que vinham do banheiro, a porta encostada, ele lentamente abriu, e se deparou com a filha e seu namorado no chuveiro.rnrnFicou perplexo com o corpo que sua filha, com pouco mais de 22 anos tinha, não sabia que nua, a filha era tão linda, e como tinha crescido.rnrnOs dois, mais pareciam um sá no chuveiro, nem deram bola para alguém na porta, o casal era liberal, mas nunca tinham presenciado tal cena. O pai fica ali, parado na porta, espiando aquela cena totalmente excitante e desconcertante, o Flávio, que Luana namorava há uns bons 8 meses, segurava a filha por trás, de pé, metendo seu pau profundamente na buceta da menina, o que a fazia gemer, pedir mais, enquanto rebolava para o namorado.rnrnFicaram nesta posição por mais uns 5 minutos, quando ela se vira de frente, com seus seios fartos, duros como rocha, oferecidos para a boca do companheiro, o que imediatamente, além de começar a sugar com volúpia, pega a perna esquerda de Luana, num processo circense, joga em seu ombro, deixando a mostra aquela xoxota coisa mais linda, os pelos devidamente depilados em formato de V, o que deixou Zé mais louco ainda com a visão da filha fodendo com seu namorado no banho.rnrnFlávio, o namorado sortudo da filha gostosa de Zé, sugando como um terneiro suas tetas maravilhosas de mamilos rosados e de tamanho bem avantajado, mas na medida, pega seu cacete, duro como rocha, de tanta excitação, e mete de uma sá vez na racha de Luana, muito molhada e cheia de tesão, naquele vai e vem, ficam por mais alguns minutos, quando Luana solta um grito e um urro de prazer, anunciando o gozo que chega, acompanhado de uma tremedeira, tendo que o namorado segurá-la para não cair no chão.rnrnApás esta elétrica gozada, Luana beija amorosamente e com muito tesão, lingua na lingua, e começa a baixar seus lábios, indo para o peito liso do moço, já com a intenção de ir descendo, pois sua mão direita já punhetava o rapaz, que não continha o tesão, tanto pela expressão de prazer em ser tocado, como que pela rigidez de seu mastro.rnrnQuando Luana passa pelo umbigo, Flávio se joga na parede, se encosta, levando o corpo pra frente, já esperando que os lábios de sua amada e gostosa namorada, toquem a cabeça de seu pau, o que ocorreu lentamente, com a água do chuveiro batendo em seus corpos, ela finalmente chega ao pau do namorado, puxa todo pra baixo, deixando a cabeça a mostra, e passando a lingua em toda extensão daquele pinto gostoso, segundo palavras dela ao namorado, descendo então até as bolas, sugando uma a uma, sem deixar de, com a mãos, manter o caralho duro, para logo logo engoliar tudo.rnrnEla suga deliciosamente cada bola, punheta e volta para a cabeça, passa a lingua, ele geme, ele se contorce, e ela, mais que depressa, coloca aquele cacete duro dentro da boca, vai e vem, engolindo toda a extensão, agarrando com a mão o saco de Flávio, fica assim por uns 5 minutos, quando percebe que seu amor está prestes a encher sua boca de porra, aumenta então o movimento de punhetar e sugar a cabeça, não esquecendo de agarrar as bolas com a mão que sobrou, mais que depressa, ele entra em êxtase, e começa a pulsar, vem o primeiro jato de porra, a primeira gozada, onde ela, adoradora de semen, não desperdiça nenhuma gota, engolindo tudo, na sequencia, vem os demais jatos, e olha, que o cara fazia 3 dias que não comia sua namorada, gozou muito, e ela continuou ali, mamando com gosto, até o pau do rapaz começar a amolecer.rnrnSe beijam longamente, se abraçam, e tomam o banho para esfriar os animos.rnrnZé, por sua vez, de pau duro, chega no quarto onde sua esposa o espera, e, surpresa, pergunta porque ele estava excitado.rnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


http://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contoscomi minha comadre drogada contoContos Eróticos tamanho do pau de Meu sobrinho Na Praia De Nudismocoloquei minha sobrinha de quatro virgemPai filha mijando na praia contos eróticoscontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadascaminhando e disfarçadamente batendo uma ounhetinha pro namoradofeira conto heterocontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no colocontos eróticos n********* d********* para o cachorroComigo por um cachorro gay contosDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos de cornoscontosmeu marido quer fode meu cu mas to com medopivete de penes de fora e tocando puietacontos eróticos gay EMMO o maconheirocontos eroticos com mts mamadas nos peitos/sexo com o amigoconto gay sobrinho viro esposacontos saia sem calcinha escada engoli porrameu cao meu machocontos eróticos putinha na madrugada na ruaprimeira vez que fui chupada por um homem casado eu virgemcontos recentes incestos encoxados segredos flagradoscontos eroticos real engessadadividindo a cama conto biconto erotico eu peguei meu pai comendo cu da emprega na marracontos eróticos adicionei o menino e deicontos eroticos currada garganta profundaconto erótico dominando casada bravaenrabada pelo chefe contosencostou a bunda e pediu picatransa shopping Interlagos contoDeixando a novinha laceadaMulher deixado melar tudo encima da buceta peludahonme infinando a rola na bumda da molemae pede pro filho ajudar escolher a lingerie incestosou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhocontos minha mulher colocou bolinhas no meu cuconto eróticos a patinha da minha sograContos duas safadas com um machomulheres violadas contos eroticoscontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travesticontos eroticos morena na garupa da motocontos eróticos babá garotinhoconto arrombando namoradacontos eróticos de manicures safadascontos arrombei o cu dela no pique escondeContos.encestos.mae.no.campo.de.futebolultimo contos eróticos transando com tio aisso viadinho engole essa rola vou estrupar sua gargantacontos eroticos um negro me arrombandocontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me enrabou dormindo quando eu tinha dez anoscontos velha casada fudendocontos de casadas liberadapegado carona um casal com camionero contos eroticoContos de ninfetas que levantam com vontade de da o rabominha esposa me convenceu dedos no cu conto hormonal femininoscontos eroticos zt i: blackmailfiz ammor com minha irmaconto casal biContos gay banheirovideos de cornos que chuupamMe comerao quando eu era novinha conto pornoconto eroticos comi minha vizinha de 7aninhosmeu maridinho dormiu trepei rolonavideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhaContos Mulatinha do titioso mrninas na mastubando n causinha toda melada video mobilvideo porno de anos gozando dento e escorredoconto estrangeiro picudoconto etotico antebraco na vaginaConto erotico Seu Madruga gay. okinawan gélico pornôminha noiva com porra dos macho pra mim contostirou as pregas dela contosConto erotico gay rasgaran meu cume vinguei do meu irmao e me arrependi contos eroticoscontos d zoof de ferias na fazenda com meu maridoConto eu meu marido e nosso melhor amigoPULAVAAI XVIDEOhistorias de sexo eu e minha madrasta bia de rabo