Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MINHA PRIMA ENGRAVIDOU DO MEU NAMORADO

Click to this video!

Tião abraçou-me por trás e eu fiquei ainda mais excitada. Corpos molhados roçando-se sob água quente. Esfreguei várias vezes meu bumbum liso e macio no corpo dele. Ele apalpava-me os seios, beijava-me o pescoço e orelhas. O calor de sua respiração sobre minha pele. Seu pênis cutucava-me o bumbum! Uau... Delícia! Minhas coxas macias deslizavam pelas suas pernas peludas. Eu adorava... Ficava toda arrepiada! O vapor preenchendo todos os cantos do banheiro, deixando um clima ainda mais romântico. Dois seres apaixonados! Eu me contorcia em seus braços fortes. Sentia-me segura... Protegida... Desejada! Nosso amor estava escrito nas estrelas!rnDeixei-o ainda mais louco... Joguei meu quadril para trás e me libertei de seus braços. Na parede, grudei meu corpo... Ficando de costas para ele! (eu adorava fazer drama) Rosto e seios amassavam-se sobre o azulejo frio e molhado. (eu gemia imaginando-o dentro de mim) Virei meu rosto para trás, olhando-o. Coloquei meu dedo indicador entre os dentes e o mordi. Empinei o quadril, sob a água quente que caía sobre meu bumbum. (chamando-o para me possuir) Sentia um calor dos pés à cabeça. Coração acelerado. Meus seios pesavam... Mamilos duros! O meu desejo era tanto que eu sentia os músculos da vagina se movimentando... Apertando-se! As contrações, dentro de minhas entranhas, não me deixavam pensar em outra coisa.rnSuspirei... Mordendo meus lábios inferiores da boca, assim que ele me agarrou por trás. Esfregou-se sobre meu corpo, mas não me penetrou! Fiquei louca! Ele desligou o chuveiro. Escutei gemidos. Olhei para ele. Tião me olhava no bumbum empinado e masturbava-se. Eu via seu pênis duro sendo agraciado por suas mãos. Másculas... Lindas! (fiquei doida) Sentia meu rosto quente. Minha vagina parecia dobrar de tamanho. A boca secou. Fechei meus olhos assim que senti suas mãos pegarem-me pela cintura. Ele passou seu pau gostoso pelo meu cuzinho e boceta. Várias vezes. Subia e descia pelo meu reguinho. Enfiou a cabeça do seu membro na minha xana. Tirou. Delícia! (me arrepia sá em lembrar) Bateu com ele no meu bumbum macio. Introduziu-o, lentamente, na xana. Quente e grosso. Entrou gostoso... Resistência não havia! Apenas um lago de prazer a esperar seu mergulho. Comecei a gemer alto... Gozando! rnCarinhosamente, ele mexia sem tirar de dentro. Gozei mais. Tião me chamava de cabritinha. Eu me molhava ainda mais. Fazia charmes. Brincava com ele dizendo em voz manhosa:rn- Come sua cabritinha... Come! Isso... Assim. Depois eu quero tomar leitinho!rnEle ficava ainda mais doido. (risos) Meu corpo balançava e meus seios roçavam o azulejo frio e molhado. Ele sabia me possuir como ninguém! Meu quadril tremia no seu pênis. As paredes da vagina apertavam o pinto entrão!rnEu tenho facilidade para brincar com os músculos de minha vagina. Isto é treino. Pompoarismo é uma técnica para fortalecer os músculos da vagina e aumentar o prazer durante o sexo. São contrações voluntárias que se assemelham muito às contrações involuntárias que ocorrem durante o orgasmo. Para isso, contraia os músculos da vagina como se apertasse algo dentro dela. Espere um pouco e relaxe. É um exercício que pode ser feito diariamente. Para ajudar, introduza dedos ou brinquedinhos, tipo vibrador ou pênis de silicone, devidamente lubrificados, e tente apertá-los contraindo a vagina. Contraia e segure... Depois relaxe. Repita este procedimento várias vezes. Ao longo do tempo, perceberá significativa melhora no seu prazer sexual. Auxilia no tratamento do vaginismo, ou seja, distúrbio sexual no qual a vagina permanece contraída durante a penetração, provocando dor.rnApoiei meus braços e distanciei-me da parede. Ficou melhor. (meu rosto esfregava o azulejo) Meus gemidos eram intensos. Tião abria as bandas de meu bumbum e estocava-me, sem tirar de dentro. (tava uma delícia) Eu adorava fazer graça... Gemia como uma gata manhosa! (risos) Minhas pernas ficaram moles. Tremiam! Gozei de novo. Ai. Ai. Ai.rnAfastei meu quadril, contraindo o bumbum. Suspirei. Ele também. Respiração acelerada. Eu sentia minha vagina pulsando, frente contrações. Virei meu corpo e nos beijamos loucamente. (seu pênis cutucava-me a barriga) Agachei-me na sua frente. Minha vagina ficou entreaberta. Tremia. Eu queria mais! Olhei para ele, enquanto masturbava-o. O cheiro de minha vagina era marcante naquele pintão gostoso. Passei, de leve, a ponta da língua na cabeçona. Olhei para cima... Tião gemia! (queria que eu enfiasse tudo na boca) Judiei-o. Enfiei a metade do seu pau na minha boca. Chupei meu gozo impresso nele. Bom! Sabor? Picante... Salgadinho! (adoro) Chupei mais. Enfiei tudo na boca. Até a garganta! (quase engasguei ? risos) Tirei-o, todo lambuzado de salivas. Olhava para seus lindos olhos a me vigiar. Fiquei punhetando-o. As veias do seu pau estavam marcantes. Lindo! Parecia crescer ainda mais sobre minha língua molhada. rnO cheiro e sabor de esperma davam o toque às minhas chupadas. Quente... Grosso... Gostoso! Chupei seu saco. As bolas. Tudo. Suguei-lhe a cabeça. Tirei da boca e o apertei. Uma gota de líquido saiu... Lambi! Fiquei passando a ponta da língua na fenda de sua cabeça. (eu queria mais, direto da fonte!) Consegui! Tião acarinhava-me os cabelos molhados e meu rosto angelical. Depois os seios. (eu adorava) Com uma das mãos, acarinhei meu clitáris inchado. Enfiei meu dedo médio na xana. Mexia do jeitinho que eu mais sinto prazer. (tem um lugar, dentro de minha vagina, que quando eu mexo, gozo bem gostoso. Sá eu sei onde é!) Foi isso que eu fiz... Enquanto batia punheta para ele na minha boca! Gozei! Bão demais.rnNão aguentando mais, pedi a ele que se deitasse sobre o chão, de barriga para cima. Agachei-me sobre seu rosto barbeado. Esfreguei meu sexo no rosto dele. (eu sentia meus lábios da vagina abraçar seu nariz e envolver toda sua boca gulosa) Sua língua entrou gostoso na minha fenda molhada de gozo. Seu nariz cheirava-me o buraquinho. (Tião adorava cheirar meu cu) Comecei a tocar meu clitáris... As contrações faziam-me gemer como uma cadela! Olhei aquele membro apontado para o alto. Peguei-o. Duro. Apertei-o. Masturbei-o, enquanto sentia a língua dentro de mim. (quase fiz xixi na boca dele gozando)rnEu estava insaciável aquele dia. Inclinei-me sobre ele e apoiei meus joelhos no chão frio do banheiro. Abocanhei-o! Delicioso estava. Empinei meu quadril e ele lambeu meu cu, enfiando seu dedo indicador. Via estrelas... Mas foi gostoso! Meus joelhos doíam. Levantei-me, girei-me sobre ele e encaixei minha vagina, com as mãos, na cabeça do seu pau. Escorregou para dentro! Rebolei em cima dele. Muito bom! (eu sentia seu pênis tremer dentro de mim, frente contrações dele) Cavalguei-o. Ele segurava no meu quadril. Olhava-me. Beijamo-nos de língua. Estávamos suados. As minhas coxas lisas sendo pinicadas pelas suas coxas peludas. Minhas mãos apoiadas sobre seu tárax. Tião gemia. Apertava-me os mamilos duros. Seus olhos abriam e fechavam. Contraí as paredes da vagina, apertando-o dentro de mim, sem machucá-lo! Tadinho... Gemeu alto! Eu relaxei... (risos) Comecei a gozar novamente! Deitei-me sobre ele, vencida pelo tesão!rnMeus joelhos queimavam. Eu não aguentava me mexer. Ele me ajudou. Com carinho, tirou seu pênis de dentro do forno. Ficamos namorando. Beijos e trocas de carícias. Adorava o sabor e aroma de suas salivas na minha boca e sobre minha pele macia. Sentei-me, confortavelmente, sobre o chão frio e molhado. Tião levantou-se. Aproximou seu pinto de meu rosto. Olhei-o e voltei a saborear aquele pau com sabor de boceta gozada. Ele sempre dava um jeitinho de acarinhar-me os cabelos lisos e molhados. Depois os seios. (eu me sentia tão valorizada!) Punhetei seu pau até sentir as últimas gotas de esperma sair. Esguichou sêmen dentro de minha boca. Todo. Quase engasguei sentindo aquela porra quente sobre minha língua e escorrendo pela garganta. Um pouco escorreu pelo canto da boca e caiu sobre meus seios. Tião gemia saciado. Lindo! Sentou-se ao meu lado. Recepcionei-o em meus braços femininos. Dei aconchegou ao meu macho! Sorríamos felizes com nosso amor.rnLogo, Tião ligou o chuveiro. Permanecemos sentados. O banho foi de chuveirinho. Que delícia era fazer amor com ele. Sempre tão carinhoso. Foi eterno enquanto durou! rnO que eu relatei aconteceu entre eu um antigo namorado, há 21 anos. Amei-o por demais. Quando completamos três anos e meio de relacionamento, fomos para o casamento de uma amiga minha. Na festa, apresentei-lhe Suzana, uma prima distante. A partir deste momento, tudo mudou! E não é que ele deu em cima dela enquanto eu conversava com minhas amigas e familiares? Pois é... (cachorro!) Suzana entrou na dele. (cadela!) Tiveram um caso às escondidas. A minha prima engravidou do meu namorado. Imagine a minha cabeça quando soube que ele me traía com ela? Quase pirei... Tive vontade de morrer! Ele era galinha, isto eu já sabia. A minha prima envolver-se com ele? Foi uma baita surpresa... Traíram minha confiança. Dois filhos da puta. Um relacionamento jogado no lixo. Eu não esperava isto dele. Nem dela. Aliás, esperamos de ninguém, não é? Fazemos ilusões... Castelinhos de areia!rnEu terminei o relacionamento com Tião. Eles seguiram ficando juntos. Casaram-se. O bebê nasceu. Confesso que o menino era lindinho como o papai. Pelo o que eu sei, Suzana e ele são felizes. Eu também sou! Não tenho raiva dos dois. Ao longo do tempo, perdoei-os... Superei as mágoas dentro de mim! Quando perdoamos alguém, nos libertamos. É tão bom. Graças a Deus. Na vida tudo passa... Até uva-passa! (risos)rnUm ano depois, encontrei um homem maravilhoso. Namoramos, casamos e constituímos família. Amo meu marido Oscar. Estamos casados há 19 anos. Meu nome é Claudete. Mamãe de duas filhas lindas. Tenho 46 anos, 1,57, 71,0Kg, pele branca, seios médios, quadril largo, coxas grossas, olhos e cabelos pretos. Vivemos bem. Sou uma mulher realizada... Na vida e na cama! Não posso reclamar. Meu marido me satisfaz. Sempre! Existe muita química, cumplicidade e intimidade entre nás. Juntos, brincamos até com mulheres. Tão gostoso! (um dia escrevo para lhe contar)rnNão sei o que acontece, mas meu antigo namorado vem sempre em meus pensamentos quando me masturbo. Mesmo quando estou me tocando na frente do meu marido. Por favor, eles nem sonham com isso. Ai, ai... Socorro! Que coisa! (risos) Por isso, resolvi escrever e dividir minhas lembranças com você. Espero que tenha gostado. Escrevi com carinho.rnLendo este meu relato, do que você se lembrou? Amores antigos? Momentos íntimos? Com quem? Conte-me... Escreva também! Aposto que você deve ter uma histária picante ainda não revelada.rnPessoal, por hoje é sá! Fique em paz e obrigado pela leitura. Beijos.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos de ninfetas que gostam de andarem nuascontos insesto comi minha irma e mae duas gostosas com fotosbuceta chupar elaeleconto o Pastor me comeufotos da minha mulher gulosaContos gay novinho que foi rasgado por varios homens  Minha vontade era de explodir de tesão quando ela me perguntou isso. Mas me controlei e falei só que sim, que pensava muito nela!! Aí foi meio automático, a gente já estava bem próxima mesmo. Ela se aproximou, eu me aproximei. Não sei bem quem tomou a iniciativa, mas o nosso primeiro beijo rolou ali mesmo. Foi maravilhoso. A lí  sobrinha sapeca tomou no cu contoGay passiva com dois negoes contoscontos de coroa com novinhomulher transando com dog contosconto de mulher transando com meninos novinhoscondos erodicoscontos fui estudar a noite que professoracontos eróticos de bebados e drogados gayscomeu a tia da bunda grande contocontos eroticos cuspe punhetaMulher trepano so com caralhudoszoofilia mobile ticas pornowww.mulatanua.comContos sogra medindo o tamanho do paucontoseroticos.esposa abudada no onibusconto gay titio gayContos eroticos comeu o cu da irmã q estava entalada debaixo da camaCasada narra conto dando o cucontos necessitava de rolacarnavaldeputariascomo mama um pau o bofe reclamo que eu tava sucandoinquilino viu as minhas calcinhas contos eroticocontos esposa e visinha dando o cu juntas pro cãominha cunhadinha e virgens peguei a forcacontos eroticos de maridosenrabado na cadeia contoscontos de coroa com novinhoContos eróticos de rabudas casadasContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos meu cu tesudoconto eroticos troca troca com amiguinhocoloquei minha sobrinha de quatro virgemmulher depravadaContos eroticos fudendo o cu da casadacoroa pede gisa pra mim safadocontos eroticos de novinhos madrinhascontos em ilhabela com minha mulhercontos de incesto minha filha sendo comidacontos eroticos tirando virgindade de netinhacontos eroticos fudendo minha bisavovidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delacriola no cuinho nao e nao guentopeladas com cu e a bunda melada de manteigaMinha prima viu-me a mastucontos eroticos sou uma mulher coroa e adoro tira a virgindade das mulecadacontos eróticos de mulher encarando um pau gigante e não aguentaFeirao big foto penetrando no cuzinhocasada da bunda maior de todas contosamiga coloca a cabeça dela ensima da xana delaconto porno teen gay free mulato favelamorando sozinho com irman gostosa contoesposa soltinha e seria com amigos em casa contocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoseu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticosnovinhos fodeno apremira veizconto erotico bolinada na infanciaContos eroticos .eu usava uma sortinho indescente sou o tesaozinho do papaiconto coroa chupando piroquinhacontos comendo a sograo p****** do metrô mulher relata conto eróticozoofilia cadelagozouComtos eroticos com cumada novinhalongos contos eroticos estupros dpContos eroticos fudendo a passageiraContos gay encontro com o estranho da rola grossa