Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADA MAL COMIDA

Click to Download this video!

rnOlá pessoal, sou um leitor assíduo do site e acho que muitos contos são sim reais e outros é muita ficção, mas não estou aqui pra dar a minha opinião e sim relatar o que aconteceu comigo.rnrnVivo um pouco na internet quando tenho tempo e nisso vou fazendo amizades, tanto com mulher quanto com homens, afinal, você nunca sabe quando vai precisar de alguém pra te ajudar em alguma coisa e é sempre bom ter amigos.rnrnEstava no msn e há muito tempo não conversava com a minha amiga virtual casada. Vou descrever ela: Morena claro, cabelos um pouco abaixo dos ombros, uma voz encantadora, casada a pouco tempo, tem 40 anos e um fogo que o marido não consegue apagar.rnrnEstava no nsm conversando com a casada num domingo na hora do almoço, ainda não tínhamos nem falado sacanagem um para o outro, era uma amizade de respeito mesmo, pq quando a conheci ela foi sincera dizendo que namorava e ia casar. Então nem investi nada.rnrnNo domingo quando estávamos tc no msn, no meio da conversa a casada começou a falar sobre o casamento, dizendo que estava infeliz, que o marido na hora do sexo não xingava ela, que sá sabia dizer ?eu te amo?, que gozava rapidinho, que não fodia o cuzinho dela pois sempre dizia que era pecado, que tudo que ela dizia, ele respondia amem. Um homem de 30 anos, religioso e trabalhador, que passa a semana toda fora. Essa conversa foi me excitando, me deixando louco e imaginando que poderia comer essa loba mal comida.rnNa segunda ela me ligou e ficou falando besteiras no telefone. Fomos por msn e ficamos ate 1 da manhã na putaria. Aquilo me deixou louco, excitado, tarado e com muito tesão.rnrnNa terça marcamos e eu fui pra casa dela depois que sai da faculdade. Uma chuva que caia e eu de moto indo pra casa dela, naquela excitação toda. Cheguei à casa dela e ela veio abrir o portão de shortinho de dormir sem calcinha e uma blusinha preta. Que delicia. Desci da moto, tirei o capacete e já fui beijando ela, acariciando aonde podia. Que tesão que estávamos.rnrnTirei a roupa molhada e sentei no sofá, ela veio por cima e começamos a nos beijar como loucos, aquele tesão no ar. De repente o celular dela toca e era o marido, ligando pra desejar boa noite. Nisso ela já tinha colocado meu pau pra fora e ficou punhetando enquanto estava no celular. Desligou o celular e me disse: ?Nossa, em relação ao tamanho você não mentiu mesmo, realmente tem uns 19 cm e é grosso. Não estou acostumada com tudo isso. Fode devagar a bucetinha da sua putinha ta.?rnrnDeitamos no colchão no chão e comecei a chupar a buceta dela, raspadinha, cheirosa e toda melada. Ela pegou no meu pau e já foi colocando na entradinha da buceta. Que buceta apertada, fui enfiando devagar e batendo na cara dela e xingando ela tudo que eu podia. Quando já tava no talo, comecei a bombar com vontade e a estapear a cara dela e chamando de putinha, vadia, vaca, biscate casada. Ela gozou gostoso e apertou com força o meu pau com a buceta, isso me deixou louco e quase gozei. rnComeçou a implorar pra fuder ela de 4, eu não aguentei, coloquei ela de 4, segurei com força o cabelo dela e já enfiei meu pau com força na buceta e essa mulher começou a gritar, a gemer e estou puxava o cabelo e batia bunda e trocava, xingando ela no ouvido e batendo na cara. Tratei essa loba no cio como uma puta de quinta categoria. Perdi as contas de quantas vezes essa mulher gozou. Fui até o limite e gozei gostoso na buceta dela.rnrnFicaram os dois estendidos no chão. Eu levantei e fui pro sofá, ficamos um bom tempo conversando sobre a vida alheia. Contamos sobre nossas aventuras amorosas.rnrnNos animamos e fomos pro segundo tempo, ela caiu de boca e chupou gostoso meu pau, sá conseguia chupar menos que a metade e eu fiquei desafiando ela pra chupar tudo, mas ela dizia que não conseguia. Até tentou mas engasgou. Fomos pro colchão e eu comecei a fuder ela de 4, e a bater com mais vontade na bunda dela e a biscate casada gozou como uma cadela no cio, e eu continue a bombar, fui ao delírio dessa mulher gemendo alto e gritando a cada estocada. Deitou de bruços no colchão e eu aproveitei pra cutucar o cuzinho dela, dei umas lambidas e ela quis resistir, mas o tesão falava mais alto e pediu pra colocar no cuzinho. Na hora tirei da buceta e fui enfiando no cuzinho, que por sinal é bem mais apertado que a buceta. Sá consegui enfiar ate a metade, não tinha lubrificante, e assim fiquei brincando com o cuzinho dela. Que tesão. Tirei do cuzinho dela e ela veio cavalgar ate gozar mais uma vez, depois tirou da buceta e começou a chupar as minhas bolas e eu fui tocando uma punheta ate gozar.rnrnColoquei a minha roupa, nos despedimos e ela me disse que valeu a pena trair o marido. Vou esperar ela ligar pra mim fuder o rabo dela.rnrnMeu e-mail é [email protected], quem tiver interesse em fazer amizades ou alguma aventura é so entrar em contato.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos madrasta empurra dedo nu meu cucontos eróticos com marido tratado me estupandoconto sexo meu cunhado meu donocontos assistindo minha mae com neguinho novinhovideo para baixa de porno home com olho vexadocontos erotico transai com uma negona vizinhacontos erotico de putinha fudendo na ruaConto erotico sogra peituda 70 anosvidios pornu mulhe qUe gota de trasa vetida com fataziaConto erotico numa festa de anos todos a foderem a que fez anos conto incesto fodendo no onibus cheio minha tianaturismo contoscontos eroticos brincando com a primaputa para pretos contoArrombei meu amigo - contoContos esposa liberada para o patrãoconto erotico chupei uma sobrinha de nove anos q fez xixi na camacontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motocontos eroticos chupo pica desde novinhacontos eroticos casadas canalhasdei na infacia e não me arrependo contos gaysmetendo devagar na buceta da minha irma dormindo no escurocontos gozei na bunda da velha no tremcontos eróticos mulheres da b***** grandeminha vó puta contosquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no rabobofe escandalo na punhetaCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradosContos menininha pequena deixou homem comer seu cuzinho por doceconto erotico femino loira paty 2conto erotico tia gostosa calcinha atolada no regocontos ela sentou no meu colo sem calcinhaconto herético gay iniciação com meu amigo nerdsexo meu irmao quer fazercusudalesbicacontos traindoconto erotico gay pai ensinando o filho a beijarcontos lesb bati meu grelo no delaEliana experimentando calcinha fio-dentalconto picante com colegahttp://tennis-zelenograd.ru/conto_5560_masturbando-minha-vizinha-enquanto-ela-dorme.htmlContos gay minha primeira vezpapai voce me acha bonita contos eroticoscontos passei a mao nela dormindocontos eroticos, o bispo me comeu gostosoCasada viajando contossou casada meti com o marido da minha melhor amiga contoscontos gays/sendo chantageado e levando ferro a forçacontos eroticos submisso gaycontos eroticos mamae de top lesspau cheiroso contocontos eroticos minha mulher me fez subimisoconto casada na academiacache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"conto.minha esposa deu para 5ensinei o meu enteado a bater punheta : contos eróticoscontos eroticos-fui malhar com minha tia e acabei comendo o cu delacontos eróticos chantagem cunhadaEu e mamãe fudendo com papai contoseroticoscasada dando pra cinco contoscontos encoxada com o maridocontos: sentei no colo do velhoConto meu marido me obrigou a trepar com o mendigoconto coroa n**** pediu gay namoroContos eroticos galeracontos eroticos infanciaconto erotico de minha esposa e minha filha com meus amigosconto erotico casada biquínicontos eróticos com guardas Florestaisfoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1trai meu marido bebado com seu amigo bebado na sala contosdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoxoxota doce contoscontos porno autoriza por no cu delacontos eroticos de vadia boqueteirasdei para meu genrocontos eroticos chantagei meu padrinhonamorada de calnsinha centou na picagazar na vagina da sogra xvidiosconto de irma que viciou em dar o cuzinhocontos caralho grande baixinhaconto erotico mae na escolaesposa safada e bebada liberando na festa de confraternizacao contoPuta desde novinha contosconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos eróticos de insesto meu irmão comeu eu e minha amigacontos eroticos infancia cidade pequenaeu e a tia evangelica casada da minha esposa conto eroticoidade da loba contosPeguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticos