Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU GENRO ME FISTOU

Click to this video!

Olá,estou aqui de novo para lhes relatar uma nova aventura minha com meu genro que é meu amante á 3 anos.rnFomos nma viagem de negácios à São Paulo, alugamos dois quartos num hotel no centro, deixamos nossa bagagem e saímos para comer. No restaurante ele me disse:rn- Amorzinho, to cheio de tesão. Vamos dar uma antes de começarmos a trabalhar?rnConcordei prontamente e fomos pro hotel.rnLá chegando ele foi logo tirando a roupa, ficou de cueca, branca, de lycra. Fiquei louca de tesão quando vi aquele pauzão já duro. Cai de boca nele. Mamava com uma terneira. Que delícia aquele pauzão, grade, duro e grosso.rnEle então tirou minha roupa e começou a xupar minha buceta melada de tesão. Num 69 nos xupamos or quase meia hora. Gosei em sua boca umas 3 vezes. Ele me colocou de quatro e passou a cabeça do pau no meu cuzinho, de leve, suavemete. Me bolinava a bceta e ia enfiando o pau no meu cu. A dor foi grande, sem gel, sem nada, ele foi forçando e foi enfiando e eu gemendo de dor e prazer.rn-Nossa minha puta,entrou tudo...rn-Delícia meu anjo amado. Fode tua sogrinha querida fode.rnFudendo devagar ele foi mexendo; num vai e vem delicioso, ele ia aumentando o ritmo das enfiadas.rnDe repente senti que ele já estava prestes a gosar e pedi para que parasse de fuder meu cu por que eu queria fuder mais.rnEle nao parou e fortemente me fudeu o cu. Metia com tanta força que eu até nem conseguia falar. Ele fudia muito forte. O pau ia até o fundo de meu cu.rnEle disse:rn-Puta do caralho, vou arregaçar teu cu sua vadia.rn-Arregaça meu amor, arregaça tudo. Me arromba toda.rnEle percebemdo meu tesão, tirou o au de dentro do meu cu e foi até a mala dele e tirou um pote. Chegou perto de mim e me disse:rn-Sabe o que é isso puta?rnOlhei pro pote e li "gel líquido anestesiante".rn-É gel. Faleirn-Sim gel pra eu colocar no teu cu.rn-Mas pra que gelno meu cu,perguntei.rn-Pra eu enfiar a mão nele.rnMe arrepiei.......... de tesão....rsrsrn-Mesmo meu amor? Vai me fistar o cu?rn-Sim, hoje te arregaço.rnEle então abriu o pote,colocou o gel namão e espalhou.rnMe mandou ficar de pernas pra cima, obedeci,claro.rnEle veio com a mão toda lambusada de gel e começou a enfiar os dedos na minha buceta enqto alisava o cu com a outra.rnGosei....rnMe botou de 4 e começou a alisar meu cu com a mão cheia de gel. Senti que entrou os dedos; não sei quantos,mas doeu. Pedi p ir devagar.rn-Vou devagar sim mas vou te arrombar. Disso não escapas.rnNo início me deu medo mas relaxei logo que ele me fez gosar no grelo.rnQuando ouvi ele dizerrn-Já entrou 4 dedos no teu cu, puta,piranha.rn-Isso me xinga mais, pedirnEle não xingou e começou a enfiar mais fundo no meu cu. A dor era quase insuportável.rn-Viu vaca, os 5 dedos estão lá dentro do teu cu. Fica quieta que vou enfiar mais.rnNão suportei a dor e pedi pra ele tirar. Foi em vão. Ele estava determinado a arrombar meu cu. Nem deu bola aos meus pedidos e suplicas.rn-Para por favor,ta doendo muito. AAAIIIIIII meu cu, que dor horrivel...rn-É isso sua puta,isso mesmo. Quero que sintas dor. Pra quando eu for te fuder o cu e implores pela mão nele.rnDepos de algunsminutos ele disse:rn- Vagaba, agoravou enfiar mais umpouco.rn-Não,por favor... pedirn-Cala a boca puta, vou enfiar simrnObistinado a isso ele foi enfiando e eu suplicando para ele parar.rnEle ria e dizia;rn-Paro não sua vaca. Vou te arrombar o cu.rnE assim ele fez, enfiou devagar e foi até que os dedos sumiram dentro de meu cu.rnCom um espelhinho ele disse:rn-Olha teu cu sua safada, vaca.rnOlhei e vi os dedos todos enfiados em meu cu. Confesso, deu um tesão louco.rnMeu cu já estava anestesiado do gel, nem doia mais; exceto quando ele enfiava um pouco mais. Meu isfincter já era; as pregas do cu não tinha mais...rsrs Estava amando.rnEle mexeu mais um pouco e foi retirando a mão de meu cu. Voltou a doer. Tirou a mão e me mostrou ela toda suja. Me deu nojo. Ele foi avar a mão,voltou e disse que a noite teríamos mais.rnTomou um banho, me disse que tínhamos que sair. Tomei meu banho, ele me fudeu a buceta de novo antes de sairmos.rnNa reunião, qdo fui sentar na cadeira a frentedo diretor da multinacional medoeu o cu, lembrei do ocorrido no hotel.rnDisfarcei, ele percebeu que senti a dor ao senar e riu.rnNa saída da reunião ele cochichou ao meu ouvido:rn-Tá doendo puta? Vais ver quando chegarmos ao hotel o que te espera....rnNo hotel, tomamos banho, fudemos no chuveiro e saímos para jantar.rnNa volta ao hotel, quando íamos para o quarto econtramos uma funcionária. Ele disfarçou, me deu boa noitee rumou para o quarto dele e eu para o meu. Lá em meu quarto, sentindo dor no cu,pqguei um espelho, fiquei de cácoras e vi meu cu... Tava aberto...rnEle bateu na porta, abri e ele veio logo pra cima de mim.rnMe jogou na cama, mexeu na minha buceta e foi até o cu.rn-Nossa, ta abertinho ainda sogrinha...rn-Tá sim meu genro amado.rnFudemos a noite toda, de todas as formas.rnPela manhã nem tive coragem de me levantar pro café da manhã. Pedi no quarto.rnEle já havia saído. Disse que eu estava indisposta e que pedia desculpas pela falta na reunião.rnDormi o dia todo.rnA noite ele chegou, me beijou, me disse que estava cansado. Me fudeu e dormimos.rnNo outro dia voltamos. Meu cu ardeu por uns3 dias....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos cavalo24 cm contos paucontos gay cunhado barracacontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhogeovana tira a calcinha e da a bucetaconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotadocontos eroticos exibi minha mulherconto pernas fechadasgostosa de shorte mostrando as beiras da bucetaContos eróticos a baixinha gostosonapassando a mao no grelhotava de sunga gozada no clube contosprono irmão comeno a irman branquinho cabelo pretonovos contos eróticos entre namorados dpcondos erodicos perdendo virgindadecoroa pede gisa pra mim safadoconto erotico de orientadoras gorads dando cuvirei puta assumida eu confessomandei a rola na minha enteadinha de seis anosconto erotico cuzinho virgemesposa e amigos na cervejada em casa contoContos eroticos fudendo baixinhameu padrasto tirou minha calcinha e comeu meu cuzinhomarido libera esposa para pagar o aluguel contocontos pornos mamae carinhosaputa incotrado afuder cm amante vidiocontos eroticos pica grandeconto eles gozaram na minha mulhercontos eroticos de prima puta safada e com um rabo de puta que foi fazer uma visitinha pra tiaContos gravida de outro marido adoroufui comer acabei dandoencesto mae envagelicamulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormeminhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duascontos comeu a amiga e o amigobucetiha tihocontos de no dedinho do padrinhoAteliê dos contos eróticopornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elacontos inserto fatos reais gayconto eurotico namorada chupeteiracontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaoconto só uso fio dental sou gaúchacontos eroticos vestido colado e curtogostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticosgostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticossentando na rola do meu pai contos. eróticosContos : namorada dando pra passararrumei um carA pra me comer contosConto comendo a gorda casadaxvideos preneditadomulher dando a buceta no salao da foliacontos eroticos praia de nudismopura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradaContos como foi a primeira punhetinhacontos eroticos de casadas traindo com sogroconto abusei da minha sobrinhaeu fui arrombadoxvideo mobile meu pai me castigoucontis eroticos gay policial Chapadofala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristaconto porn insetuosocontos de i****** f****** minha sobrinhaconto erótico vesti cinta liga pro meu filhofomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contofoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delacontos buceta completamente peluda irmã de calcinha pela casadelicia conto heteroconto nao aguentei e fudi minha sobrinha de oito anosmae de causinha melada quado da de mama profilhocontos gay transformado em putabelas picas brancas rosinha gozando gaysmeu policial chupou meus seios gostosocontos eróticos gay cuidando do cachorrão do vizinhoTreinamento de cachorros para zoofilia