Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VENDIDA PELO MARIDO E TRANSFORMADA EM CADELA

Click to Download this video!

Tenho 30 anos e aos 23 me casei com um homem que logo descobri era viciado em jogo. Isso sempre foi motivo de brigas, mas eu nunca achava que ele chegasse ao extremo que chegou. Há um ano, depois de nao ter mais o q apostar num jogo de pocker, ele resolveu me apostar. Se ele perdesse, o adversário dele poderia me levar embora e fazer comigo o que quisesse. E foi isso o que aconteceu: ele perdeu e fui levada por um mestre sádico, que me buscou no meio da noite e me levou para uma fazenda distante da cidade, onde me fez ser escrava e cadela dele. Já na chegada da fazenda, já amanhecendo o dia, ele me fez descer do carro, tirou minha roupa e me colocou numa carroça, onde fui amarrada até a casa, q era bem grande e toda preparada p a prática do sadomasoquismo. Ao chegarmos lá ele me avisou q dali pra frente eu seria escrava dele e q ele me usaria como quisesse, q eu nao teria mais vontade propria e q deveria obedece-lo incondicionalmente. As lagrimas desceram pelos meus olhos ao ouvir aquilo e logo levei um tapa no rosto por isso. Fui levada a um quarto escuro e ali me colocaram um cinto bem apertado, no qual prenderam minhas maos p tras c correntes e os pes tb foram presos um ao outro, depois fui amordaçada e ali deixada por algumas horas. Adormeci e fui acordada c chibatadas nas costas e na bunda e por isso tb fui castigada. Meu mestre me levantou e colocou meus seios entre dois pedaços de madeira q se ajustam c parafusos e apertou-os bastante, até me fazer chorar, dizendo q toda vez q eu fizesse algo q ele nao gostasse eu seria castigada. Eu ainda nao estava acostumada c aquilo, estava atordoada e nem acreditava no q meu marido havia feito, mas começava a perceber q meus dias ali nao seriam faceis e q era melhor eu cooperar. Em seguida, ele me colocou de joelhos, ainda c os seios presos e amarrou minhas maos aos meus pés, de modo q fiquei inclinada p tras e daquele jeito ele comecou a apertar meu clitoris e pegou um prendedor q aplicava pequenos choques e comecou a usa-lo em mim, nos seios e no clitoris. Foi uma tortura interminável, principalmente p uma iniciante como eu. Qd eu ja estava bem exausta ele meee soltou e mandou ficar de 4, colocou uma coleira e disse q eu ia ser mesmo era cadela. Me puxou por uma guia até os fundos da casa, colocou uma ball-gag na minha boca, um rabo de cadela no meu cu e meu deixou ali, amarrada num canil. Foi muita humilhação p mim, mas o pior foi qd ele trouxe 3 empregados p me ver, p conhecer o mais novo animal da fazenda e pediu q eles me levassem p ser adestrada. Fui levada p um gramado e obrigada a agir como cadela (sentar, deitar, correr, pular...), sempre levando chibatadas qd fazia algo errado. No fim, comi e bebi numa vazilha de cachorro e fui levada p uma espécie de estábulo, onde fui colocada de 4 num cavalete e amarrada fortemente c as pernas bem abertas. Ali me colocaram ordenhas (dessas q usam em vacas) nos seios e no clitoris, além do rabo, q continuava lá o tempo todo, e de um consolo na buceta. Disseram q eu era cadela, mas q queriam ver se eu tb era uma vaca, entao ligaram a ordenha, q doeu muito, e deixaram por cerca de meia hora. Meus seios pareciam q iam ser arrancados e meu clitoris ja estava inchado qd eles voltaram e me mandaram gozar daquele jeito, me chamando de vadia e tudo mais. Demorei, mas gozei (sabia q se nao gozasse seria mais castigada ainda) e eles ficaram dizendo q eu era mesmo uma cadela vadia. Me soltaram e me levaram, ainda c os consolos, p um tronco de madeira na frente da casa, onde fui amarrada e amordaçada, além de me colocarem prendedores nos seios, e me deixaram passar a noite ali, com frio, sede e fome, me sentindo a pior de todas. Os consolos me deixaram excitada, apesar de tudo, mexi os quadris até gozar. De manha, viram q eu havia gozado sem autorizaçao e os castigos foram retomados, ainda mais severos. Mas isso conto depois...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Eu roberto o cachorro conto erotico gaytenho 70 anos e sou tarada ando com minha boceta toda meladinhaporno conto erotico novinhacontos fodendo a namorada de todo jeitoContos eroticos cunhada safada jeovacomi minha criada boazudaquero ver contos eróticos de garoto com a pica enorme come garota nova e madamecontos eroticos de meninas abusadas pelo padrastocontos comendo esposa do valentaoEu roberto o cachorro conto erotico gaycontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos eroticos maduras tias bundastravesti tomou banho com amiga e comeu bucetinha delacontos de 115 cm de quadrilconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuconto erotico gay no nordesteconto erótico sentada melcontos eróticos Nilza A esposa do meu amigo xvideos suspreendendo o filhoesposa amiga escrava conto eroticocontos o corno senpre finge estar bebadocontos de coroa com novinho quando passo o dedinho no meu cu fico com abuceta toda babadadoutoras bundudas sem calcinha de mini saia dando a xaninha no contos eroticos contos de sexo com viuvaru cdzinhahistoria quadrinho eroticos de sexo na chuva bicontos eroticos a amiga da minha irmacontos eroticos sou puta os preto me comeram no matocache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html eu conto sou casado meu cunhado fica passando um pau em mimcontos eroticos peguei minha namorada com outro e participei chupandoconto erotico gay o marido da minha irmacontos porno chupetinho para um adultocontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandomeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machobolinei minha cunhada por baicho da mesa videoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de mulheres desconhecidascachorros rendidos gozando pornoxvidio puta arreganha as perna p leva rola no.fundocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos exoticos meu vizinho tarado me fode todo dia eu seduzi ele me faz deputa safada adorrocontos eroticos minha filha de fio dentalconto erotico dei pro amigo do meu marido e ele nao sabemalhando bundundameu amigo cumeu minha mãe e minha tia 2. conto eroticoCasei com um cornocontos porno.vendeu o cucontos eroticos fudendo a mae travesticontos eróticos de bebados e drogados gaysmeu intiado me come eu e a minha finlha contos eroticoscontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandoconto de mulher casada crente com filhocontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadoconto gay dopeirelato erotico meu filho me secava doisenfiando a perna da capeira na bucetacontos eroticos vovô e netinhoscontos filha foi pescar com pai e foi arrombada na barraca no escurocontos eroticos minha sobrinha bucetudaa maninha me chomo pra tomar banho com ela minha primeira vezChantageada e comida contoscontos de vovo me comeu com seiss anoscu delicioaofrancisca coroa ruiva contos eroticoscontos eróticos para ler a sogracontos filho fudendo com a maerabo gigante de velha de 55anos transar com netofizemos sexo bi com um estranho contover contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionários