Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTREIA COM ANIMAIS.

Click to this video!

Ola me chamo Rita, tenho 19 anos. Este conto aconteceu no ultimo fim de semana, mas antes de o contar quero dizer que gostei muito mas que nao aconcelho a ninguem fazer. Comigo correu bem tive alguma sorte tambem.rnrnBom vamos ao que interessa...rnrnNo passado fim de semana o meu namorado levou-me a uma quinta de um amigo dele, durante 2 dias estavamos so la os 3.rnrnQuando preparamos as coisas para a viagem, eu nao arrumei qualquer outra roupa alem do que tinha vestido, que era uma saia muito curta e um top e claro uns salatos de salto alto bem fininhos, nao vesti mais nada por baixo.rnrnSebuimos viagem e quando chegamos na quinta, o amigo dele estava nos esperando. Sai do carro mas como o a saia era muito curta deu para ver que eu tava sem calcinha o amigo dele viu tudinho.rnrnLevaram-me entao para umas arvores e reparei que tinham umas correntes penduradas. Prenderam entao minhas maos afastadas e para cima e depois prenderam os meus tornozenos fazendo com que ficasse de pernas abertas.rnO meu namorado ja me tinha dito que iria me dar uma surra de xicote e vara, por nao me ter portado muito bem na semana anterior.rnrnComeçaram com o chicote, um de couro, bem comprido e cada vez que o usavam ele enrolada no meu corpo. Usaram várias vezes que eu perdi a conta, doia muito a cada chicotada meu corpo foi ficando marcado e ate minha roupa se rasgou e acabei por ficar completamente nua amarrada às arvores.rnrnAs chicotadas terminaram e eles molharam o meu corpo com agua gelada e deixaram-me ali durante algum tempo ate k voltaram com uma vara cada um. O meu namorado ficou nas minhas costas e o amigo dele na minha frente e à vez foram dando com a vara no meu corpo ja castigado pelo chicote.rnrnTodo o meu corpo ardia e por fim soltaram-me, mal conseguia andar. Mas o meu namorado disse que o castinho ainda n tinha terminado e levou-me para um banco em que me amarrou deitada e afastou minhas pernas amarrando-as de forma a que eu nao conseguisse fechar deixanto a minha buceta totalmente exposta. Colocou entao um objecto metálico na minha buceta e foi alargando ate deixar a minha buceta bem aberta, podia ate caber uma maça. Saiu e deixou-me assim durante algum tempo.rnrnVoltaram entao os 2 trazendo uma caixa de plastico, e sentaram-se no meu lado. Vi entao o que saia da caixa.... Uma minhoca da terra bem comprida e meteram na minha buceta, bem la dentro. Comecei a sentir a minhoca a mexer-se dentro de mim, uma sensação muito estranha, confeço que me incomodava. Ele perguntou como eu me estava a sentir e eu disse-lhe que me estava a incomudar um pouco. ele sorriu e disse, "otimo, temos aqui mais" e colocou mais minhocas, uma a uma foi contanto, 19 no total dentro da minha buceta. Eles ainda ficaram um pouco a observar as minhocas na minha buceta aberta.rnA sensação era estranha, eu estava com medo que algo corresse mal, mas ao mesmo tempo aquele movimento dentro de mim excitava-me.rnEntao entrei em panico, eles retiraram o objecto que me abria, deixando as minhocas presas no meu interior e taparam minha buceta com fita e depois me soltaram. Como era ora do almoço fomos entao comer. Sentamos nuns banco de madeira no jardim. Eu nao conseguia para quita por causa do movimento das minhocas e o meu namorado decidiu amarrar-me ao banco, mas antes foi buscar um plug e meteu no meu cu deixando ainda menos espaço para elas. Fiquei amarrada sentada durante todo o almoço.rnSenti algumas picadas dentro de mim, acho que eram algumas mordidelas das minhocas.A sensação começou a tornar-se desconfortavel.rnrnNessa altura decidiram, entao retirar as minhocas, fiquei de pé com as pernas abertas e eles meteram os dedos na minha buceta para a abrir e uma a uma la foram saido, eles contaram as 19 para garantir que tinham saido todas.rnrnMas como eu nao tinha aguentado mais, eles castigaram-me e me colocaram no canil. Era um canil amplo e disseram eu qeu iria passa o resto da tarde e noite la dentro.rnNao foi preciso mt tempo para perceber que haviam 5 caes la dentro, nao sei dizer as raças mas eram grandes, embora meigos começaram apenas por me cheirar e ate lamber a buceta.rnrnO meu namora e o amigo foram embora e eu fiquei sozinha com os caes. Um dele se agarrou na minha perna e vi o pinto dele de fora ate k os outros começaram a ficar agitados e a andar em minha volta. Eu tentei me afastar mas eles me seguiam e ao tentar fugir tropecei e cai de 4 no chao e num instante um deles saltou nas minhas costas e tentou me penetrar, ainda tentei reagir mas sem sucesso até que ele encontrou minha buceta e penetrou bem fundo. Ele bombou com força dentro de mim até gozar e fazer uma bola enorme e ficamos presos um 19 minutos. eu estava meia sem forças quando ele saiu de dentro de mim e nao me levantei logo e quando me aprecebi ja era tarde... ja tinha outro cao em cima de mim. Desta vez meteu de primeira mas no meu cuzinho arrombando-o e bombou tambem com força, fazendo bola la dentro e provocando bastande dor. Enquanto estava amarrada a esse cão outros 2 iam lambendo a porra que escorria ainda da minha buceta e confeço que a sensação foi demais de boa. Nessa altura desisti de resistir e o resultado foi que todos os outros caes me violaram tambem. Fiquei toda arrombada na buceta e no cuzinho e agora nao pareceia mais cuzinho.rnrnMesmo durante a noite eles iam-me procurando e eu nao recusava, perdi a conta as vezes que eles me penetraram.rnrnNo dia seguinte de manha o meu namorado e o amigo viram me buscar e voltaram a amarrar-me nas arvores mas desta vez para me dar banho.rnrnMe soltaram e vi o amigo dele chegar novamente com a caixa das minhocas. Era algo que nao queria repetir, mas nao iria desobedecer, entao deitei-me no chao abri minhas pernas e com os meus dedos abri minha buceta. O meu namorado, sorriu e disse "A escrava ja aprendeu a lição nao é preciso mais castigo" e eles levaram a caixa embora.rnrnFomos até à entrada da casa e o meu namorado me nadou ajoelhar e o amigo dele chegou. ele disse-me "Vamos embora despede-te do meu amigo e agradece-lhe a hospitalidade".rnEu percebi o que ele queria dizer e desapertei as calças dele coloquei o pinto dele para fora e chupei, chupei até ele gozar na minha boca.rnFomos entao até ao carro e como eu estava completamente nua e nao tinha trazido roupa entrei na mala e fizemos a viagem para casa.rnrnQuando chegamos a casa o meu namorado disse que tinha gostado muito do meu comportamento e qua iria combinar nova visita à quinta e que da proxima vez iria-mos andar a cavalo. Sorriu, meteu a mao na minha buceta e disse "Vamos rasgar-te isto".rnEu percebi o que ele queria dizer, sorri e disse-lhe ao ouvido. "Amarra-me debaixo de um cavalo enquanto andas pelo campo com ele"rnrnMas isso agora será outra historia, acho que fiquei viciada.rnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos, minha tia e meu cavalo senti o pauzao dele no fundo da minha buceta/derramando muita porracontos eróticos soco sacome seguraram e um jegue me arregaçou contos eróticoscontos eróticos a f*** deconto erotico mihna mulher disse que o meu negocio exupa piçatranso com meu cachorro todos os diasbucetinha virgem bem pequenininho viscosaRealizei a fantasia do meu colega e eu virei cornocontos eroticos vi minha esposa me traindocontos eroticos iniciei meu marido a da o cuconto erotico chantageada pelo deficientehestoria erotica o grandi fatasia do meu marido e c cornoquero ver contos eróticos de garoto com a pica enorme come garota nova e madameeu e a amiga da esposa contoMinha namorada ela mandou minha cunhada abri bem suas pernas ela disse pra eu tirar o cabaço da buceta da minha cunhada conto eroticoContos.eroticos.enfiando.cu.da.maeSou um corno mansocontos feminino vacilei e me entregueiconto de moçinhas inocentesCONTOS EROTICOS DE.BUCETAS ARROMBADASbaixa vidio mulher esfrega buceta na boca homem e solta porra na barriga deleconto erotico machucando o esfínctercontos eróticosde lésbicasrelatos eroticos forçadoconto erotico mae,filha e fazendaminha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreicontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos eroticos titio na praiafizemos sexo bi com um estranho contomulher rebolando de costa para o espelho de fio dentalcontos eu minha esposa e a empregada na praia de nudismoconto xota cu irmãzinhaContoseroticosnafazendapuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestoviajei e transei no onibus marido corno assumidopornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elacontos eróticos gay tio me comeumete mais. contoscontos eroticos traindo marido na viajandocontos exoticos comi minh minha irma detalhcontos eroticos de enteadascontos meu vaqueiro me comeu na marraContos de sexo sogro acima de 70 anos e noracontos gay meu paiesposafoi.encoxadacontos eroticos meu alunocontos eróticos ele me pegouconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãomeu grelo est louco de tesaocontoseroticos presidiocontos eroticos gay problemas mentaiscontos eróticos bucetas pequeninasconto erotico me mentiu e me comeucontos eroticos peluda fedidaconto ela deu e se fudeuContos filha de 7 com papailouco pela minha prima contocontos eróticos quentes minha namorada em dp reaisContos eróticos de incesto filhinha caçulinha dando em cima do paiMoleque fez minha esposa nojenta mama sua rola historias eroticasconto transei com borracheirocontos eroticos de urologista e pacientecontos eróticos traindo o rexcontos meu pai comeu o'cuzinho na marra eu adoreicontoerotico quase corri negrinho caralhudowww.contoerotico.pai e flha na chacaraminha priminha titio contos eróticosjogo de carta em aposta conto incestodeu o c* não aguentou o cilindroconto erotico a gorda pagabdo a apostaconto erotico na piscinacontos eroticos swingticos bem greludosn aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contosincentivanda pelo marido contos pornocontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona contos eroticos familia bi passivaconto erótico comendo o passivo de calcinhacontos eroticos embriaguei meu marido e dei o cuzinho do lado deleAteliê dos contos eróticoDeixei meu irmão de pau duro quando sentei no colo dele contos eróticoscontos eroticos-melhores amigoscontos de homem que teve relacoes sexuais com a mae com buceta raspadaminha irma uma pretinh que adora trepa comigo pornomamei até os bicoes dela incharem contosConto de machos arregacando os buracos da putaConto erotico gostosao fas cuceta gay calcinhaConto erotico sou vadia maduraconto como foi que eu chupei a bucetinha de uma loirinha de cinco aninhoscontos eroticos ninfeta detalhadocontos eroticos meu cachorro e minha primahttps://idlestates.ru/m/conto_18200_meu-sobrinho-gosta-de-me-ver-completo.htmlcontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhoconto - ela fez massagem nos testiculos dele Comtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu colocontos eroticos cu maconheiracontos porno chupetinho para um adultoboqueteira gaucha conto