Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PREDADOR CONTA COMO ME ARROMBOU

Click to this video!

Contactei com Mayron pela sala de bate-papo da Uol. Tinha o nick . Ainda não tinha imaginado arrombar um koroa. Já tinha experiencia com muitos lek, viadinhos desbrochando sua feminilidade e loucos por alguém que lhes estourasse as preguinhas virgens... Durante quase dez anos, me dividia entre as gatinhas e os viadinhos adoradores de pica. Mayron é baixinha, gordinha, tinha 1.51, uma bunda aparentemente pequena e uma cucetinha apertada, embora não virgem e acostumada a levar caralhada, apertadinha. Marcamos para nos conhecer numa sexy-shop, usamos a cabine e ele estabeleceu o primeiro contato intimo com meu caralho, mamando como uma cabritinha sedenta por leitinho... Chupou gostoso, mamou como um neném até sugar todo o meu leite. Passamos a nos encontrar duas tres vezes por semana, para eu amamantá-lo. Aquele boca gulosa merecia meu leitinho e eu não ia fazer a maldade de não dar leitinho por meu koroazinho. Ele é simpático e convincente. Por isso não foi dificil, ele me fazer aceitar - já que sou casado e não posso dar bandeira entrando em sauna gays - a ir para um club privé para avançarmos em nossa intimidade. Eu já estava louco para meter naquele cu, que é o que mais gosto de fazer com minhas gatinhas e viadinhos. rnrnMal entramos na sauna, propriamente, dita, com o pau totalmente duro, sentei, abri a toalha, e sem qualquer ordem, o viadinho abocalhou meu caralho, com a avidez de uma cadela no cio... Não deixei por menos, firmei sua cabeça contra meu pau e forcei até a caceta se alojar no fundo da sua garganta, fazendo-o engasgar... Senti que o caralho inteiro não ia caber em sua boca, dei uma trégua para o viado respirar e voltar à amamentação... Pensei vou tentar mais uma vez, pra ver se esse viado engole essa pica toda. Nem uma gatinha ou viadinho tinha conseguido..embora tenha apenas 23cm é muito grosso e isso dificulta a respíração de quem mama. Novamente segurei a cabeça de Mayron por táas - dei-lhe dois tapas firmes na cara e disse que se ele machucasse meu caralho ia levar porrada até eu cansar de bater... pra ter certeza de que ele tinha entendido a mensagem apliquei outro bofetão nos cornos do viadinho, Não peguei o viadinho desprevido. Ele estava esperando levar umas porradas, ate´porque disse que era submissa e queria um Dom... em seguida forcei seu rosto contra meu pau... outra socada ate´a garganta. Balançou a cabeça ajeitando para que meu pau entrasse mais ainda...senti seus lábios encostarem na minha pelvis, afinal meus 23cm de membro musculoso tinha entrado por inteiro naquela boca gulosa do viado...apenas ele não podia chupar...soquei com força -para ele sentir que estava sob o dominio de um macho leiteiro de verdade, pronto para encher sua gulosa de leitinho quente, cremoso e delicioso... Em menos de dois minutos, uma avalanche veio vindo, vindo, atravessou a uretra e invadiu a garganta de Mayron... Seu rosto tinha uma expressão de total felicidade... Fui retirando o caralho devagarinho da sua boca...na verdade, na medida em que ele permitia, porque Mayron não queria largar a mamadeira sem deixá-la limpinha...o que fez com a mestria de uma puta, com o desejo de uma fêmea e gratidão de uma escrava. rnrnAssim que chegamos à cabine, Mayron ficou de quatro, com a cara mergulhada no colchonete, o bumbum empinado e as pernas bem abertas exposto aquele cuzinho piscando de desejos. Enfiei a língua e pincelei seu anelzinho e ele começou a gemer e começou a dizer palavras desconexas... Entre os murmurios algumas frases eram bem claras "fode tua putinha, meu macho",,, "meu cuzinho da carente,,,pedindo pica...Vem meu gostoso, me arromba.... A cada frase mais tesão eu tinha e mais eu enfiava a língua na sua olhota... estava com muito tesão e falei pra ele "hoje vou arregaçar esse cú, como vc quer, seu viadinho"... Percebi um sussurro de agradecimento do viadinho...que murmurou "vem meu macho...vem com tudo..." Ensopei seu cu de saliva e me aprumei ´para enterrar o caralho naquele cu faminto... Colei a cabeça do cacete no anelzinho de Mayron e dei a primeira estocada, firme e forte... mas meu pau que não entrou de jeito algum... O viado sentiu o que estava por vir e tentou tirar o cu da reta... Peguei firme suas ancas e dei a segunda estocada... o viado gemeu e choromingou dizendo que estava "doendo"... Aquilo me irritou, e enfiei uns tapas com muita força na sua cara e mandei ficar quieto senão ia apanhar mais ainda... o viado soluçou e se preparou para o encontro do seu cu com a felicidade....rnrn Coloquei novamente o meu pau no seu anel, dei um, duas estocadas e a cabeçorra não conseguia romper a barreira das pregas... o viado gritava a cada estocada e ao mesmo tempo dizia "devagar meu macho..." Na quarta ou quinta estocada, depois de muito forçar a cabeçorra foi engolida por aquele cu apertado... um grito ensurdecedor tomou conta da cabine... Mayron gemia, choromingava e sussurrava... "vem meu macho...quero ser tua puta...quero ser tua... Dei um tempo e comecei o entra e sai naquele cuzinho que ia cedendo, cedendo até meu caralho mergulhar pár inteiro nas profundesas do seu reto... quando percebi que seu cu estava acostumado, comecei a tirar ele inteiro e recolocá-lo com força até o talo... eu bombava com muita violência... o viadinho fazia jus dei alguns tapinhas carinhosos no seu rosto ..."não disse que Vc ia gostar, sua puta.. Não era isso que Vc queria, viado?" esse sussurrava... "É meu gostoso, meu macho, meu dono... Continuei bombando com força até sentir vontade de gozar... tirei do seu cu e mandei ele virar rapido o corpo para eu gozar na sua boca... Mayron abocanhou e sugou para garantir que não iria perder nem uma gota. Bati com o caralho no seu rosto, que ele pegava para beijar como agradecimento... mas eu ainda não estava saciado...aquele cuzinho havia despertado novamente o mais primitiva formas de fuder uma mulher ou um homem: arregaçar o cu a pirocada....rnrnFalei p'ra Mayron lubrificar bem meu caralho para nova foda... Ele abocalhou novamente meu cacete...levou até o final da garganta, forçando, engasgando... eu tirei e o caralho está completamente lambuzado de baba, que é um lubrificante maravilhoso para besuntar um cu guloso...pincelei seu rabo e ajustei o caralho na entradinha que já estava piscando, deixei uns segundos pra ver seu cu mordiscar meu caralho... Acertei a respiração e dei uma estocada firme e forte enterrando até os bagos... o viado gemeu alto e foi relaxando quando percebeu que está todos os 23cm atolados no seu bumbum... então segurei suas ancas e fiz um vai e vem numa velocidade e força no seu rabo, até meu caralho renovar sua gala para cuspir bem no fundo daquele cu delicioso... Gozei já exausto e ele virando a cabeça pra trás para eu ver a felicidade estampada no seu rosto... Decidi que Mayron seria minha escrava sexual, que teria que ordenhar, beber meu leitinho e agasalhar meu caralho sempre que eu o chamar. ([email protected]). rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


batendo uma punhenta para o marido sem calcinhacontos eróticos de bebados e drogados gaysminha prima mim pegou dando uns amassos na minha namorada conto eroticocontos eroticos perigoconto familia da esposa nudistamulher querendo contos eroticospaucache:http://okinawa-ufa.ru/conto_20940_assalto-no-condominio.htmlconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhaflaguei minha esposa varias veses se masturbanoconto vendo cunhada casada peladinhaconro erotico gay meu tio alopradoContos gay pinto pequenosó não doidão priminha gostosaTrepadas no caminhao cabinecontos eroticos comendo o cuzinho da minha esposawww.rabudasnapraia comcontos eroticos esposa e primocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eróticos com homens de pinto muito muito grande fora do normalvideo di japonesas e travestis dorminoTreinamento de cachorros para zoofiliaesposa rapaziada contosContos eroticos sem camisinha cdzinha gostosapornô mobili com coroa e vamos até gozarjato forte coroa vomitaColocou dentro contos eroticoscontos de mulheres viuvas sendo pelo penis grandeTive q dar contos eroticoscontos fui passear com minha esposa na casa de um amigo e virei cornocontos erotica de estrupamento de ninfetoscontos eróticos de gay e picudo pedreiroscontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos padastro com indiadacontos de meninos putinhosContos eróticos.com/Enrabei a FloraComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigover coroas no baile de Carnaval chupando pau passando a língua no sacoarregaçado pelo cachorro contoscontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangcasa dos contos eroticos com piscineiro taradocontos a minha prima Caçulacontos eroticos segredos de familia parte 4contos negras visinhas gostosaspai quero atencao contos eroticosbaixo forte troncudo e pau grosso gayporno com amiga loira baixinha encorpadinhacontos eroticos gay recem casadofudi cm tds na praia contosconto erotico mae negra coroa dando cuconto erotico raquel morena deliciosacontos virei a cachorrinha do meu amigocontos eroticos cornosandava só de cueca no carro. conto gay teenvizinha conto realconto erotico gay sobrinhocaregando no colo pornodoidoconto erótico fui chantageada pelo meu primo Fernando que comeu a minha mulherconto ela estava no quarto nua e o sobrinho na salaa travesty gordinha me fez gozar sem tocar no pau comtos eroticoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anostem homem on line dar telefne pra foda com mulher casada chupa seu pau deixa chup bucetavideos de mulheres mamandoleitee no peito da outraestrupada contoscontos eroticos vizinha de camizola curtinhamurhler.abusada.estrupradomadame currada no mato contocontos de coroa com novinhocontos eroticos de casais realizando fantasia com comedorvou gozar na frente não contoTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anoscontos eroticos sou crente mas tenho um fogo no cu