Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUDENDO GOSTOSO NO CARRO

Click to this video!

Ola caros leitores e leitoras dos contos, sempre li estes contos e com costume resolvi escrever uma situação que aconteceu comigo em 2011, sou da cidade de S J do Rio Preto, meu nome é Junior, tenho 30 anos, 1,70, branco, 68 Kg e 19 Cm.rn Fui em um festa de confraternização da faculdade, lembrando que já terminei a faculdade em 2010, mas por ter muita amizade com os calouros fui convidado, a festa era em um rancho em uma cidade aqui proxima, a festa começou umas 9:00 horas, assim festa vai, festa vem, encontrei Valeria (nome ficticio), uma Morena de 39 anos, 1,75 aproximado de altura, com uma bunda empinada e seios pequenos do tamanho certo para colocarmos dentro da boca e chupar, estava com um vestido preto, com um decote que senhores e senhoras era de parar o transito, que bunda que aparecia sobre o vestido todo durinho, deixando meu cacete cada vez mais duro e querendo aquela bundinha, começamos a conversar, sobre a faculdade, e conversa vai, conversa vem, resolvi chamar ela para ir dar uma volta lá fora, encostamos em um carro e em um impulso beijei sua boca com tanta força e imediatamente fui retribuido, com um beijo mais gostoso ainda, ela chupava minha lingua e me deixava louco, pensando nela com essa boquinha chupando meu cacete, com essa vontade, conforme estava dentro da calça, estourando para sair para fora, com todo esse movimento comecei a passar as mão pelo seu corpo e falar no seu ouvido que eu queria tirar sua roupa e morder seu corpo inteiro, dos pés a cabeça, ela delirou e me mordeu, assim comecei a levantar seu vestido e enfiar as mão em sua bunda empinadinha, ela meio receiosa pois estavamos do lado de fora da festa, porem na porta.rn Pegamos meu carro e famos um pouco mais a baixo lembrando que estavamos em um rancho ou seja ali não tinha ninguem, parei e dentro do carro comecei a beijar Valeria, e passar as mão por baixo de seu vestido, apertando sua bundinha, passando as mão em sua xaninha por cima da calcinha, comecei a chupar seus seios, que delicia, eram tão durinhos e e tão macios que dava cada vez mais vontade de chupar, e com o meu pau duro cheio de tesão, ela pegou sua mão e levou em meu cacete por cima da calça e acariciando suspirava me beijando, começou a baixa e me beijando no escoço, barriga e quando vi estava abrindo o ziper da minha calça e tirando meu pau super duro para fora e começou a passar a mão na cabecinha, nas bolas do meu saco, e baixou a cabeça mais um pouco e caros amigos abocanhou com toda euforia, pense vocês que boca, ela chupava sá a cabecinha me deixando em delírios, começou a engolir todinho meu cacete dentro de sua boquinha toda aveludada, que boca macia, agora engolindo todo meu pau, ela fazia um boquete enlouquecedor e com tanta vontade que parecia uma bezerrinha começando a mamar nas tetas da vaca, chegava a dar ate uma cabeçadinha para dar mais tesão, que boquete, que experiencia, em chupar vara, falei para ela parar que se não ia gozar dentro de sua boca, porem estava louco para encher de porra aquela sua bocetinha que comeceia a acariciar e colocando sua calcinha de lado comecei a morder devagarzinho, ela foi abrindo cada vez mais as pernas levantando uma delas em cima do porta-luvas para ficar mais gostoso, levantando gemidos de Valeria e com vontade comecei a chupar sua xaninha que já estava toda molhadinha, ela disse em delirios, chupa vai...vai, que delicia, e gemendo jogou aquele nectar dos deuses em minha boca, porque não tem nada melhor que uma mulher jogando todo seu liquido em sua boca, e logo ergui sua saia, e colocando ela de quatro no banco, com o rosto virado para encosto de cabeça, me apoiei no porta-luvas, e abrindo aquela bucetinha que estava em chamas, fui enfiando meu cacete com todo geitinho e deixando ela cada vez mais delirante dizia, vai enfia, come essa cachorra qeu está louca pra levar essecacete, enfia....enfia, e com furia, empurrei com toda força, ela deu um grito de prazer e dor, falando nossa que cacete delicioso, e comecei a bombar olhanda aquela vara entrando dentro de sua bucetinha toda molhada de tesão e com um fogo, quanto mais eu bombava, mais ela gritava de prazer, e falava tantas coisas, e aquela bunda rebolando e aquela buceta engolindo minha vara com veracidade, pensei em uma mulher que rebolava na vara, comecei a sentir que meu cacete estava a ponto de explodir, e ela já havia gozado, então bombei bem mais forte paecia que ia atravessar ela pelo meio de tanto tesão, enlouquecido, comecei a gozar e ela gritando, enche essa buceta de porra, que delicia vai fode, explode, goza, vai gostoso, fode, e ela começou a rebolar na minha vara e me deixava ainda mais louco e gozando dentro daquela vadia, neste momento estava vindo um carro em nossa direção, os vidros todo embaçado de suspiros, suor e sexo, transparecia a luz do carro, então nos vestimos e fomos embora com aquelo gosto de sexo, e a lembrança daquela foda inusitada.rn Me desculpem qualquer coisa pois é meu primeiro conto de sexo que escrevo, espero que vocês tenha gostado da minha trepada dentro do carro, pois sempre gostei de meter no carro, na verdade sempre gostei de meter em qualquer lugar, caso vocês mulheres solteiras ou casadas que queiram experimentar esse sexo gostoso junto comigo, meu email é [email protected], estou louco para fuder com alguma leitora ou escritora dessaes contos, que desejo louco. rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Danadinha sapeca contoscontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos de travestis comendo os patroessoquei a pica na boca da sogra e chupei os peitos dela contocontos eróticos comi a bunda da minha tia enquanto meu tio dormircontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosContos eroticos estupradaxvideos minha matrasdo nu meu quato sexomulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeosmulher transando com dog contosContos gays estrupados na obracontos eróticos minha mulher foi f***** por um travestienrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticosempregada me masturbando nu contosfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoxvidio travesti ta duendo contos erotico o coroa me fudeu em cima da sua lanchacasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticosa mulher do meu irmao putinhacontos eroticos a coroa mulher do sr antonioeu gordinha arregacada por um roludo contosPorno de corno com mae e filha gemeno e gritanoela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com eleconto arrombando namoradadei para o comedor do bairro filhos contoesporra encorpada na bocaconto erotico quando era pequenaa esposa baiana do meu amigo contos eroticosContos eroticos casal vendo pintudo urinarConto comi a mãe da minha namoradapeguei a x*** virgemconto eonico de sexo analcon erot vendo meus amigos estoura esposinhaPrazer Gay:Contos sobre Valentão da minha vidacontos o cheiro da rola do papaiminha sogra submissa contovideos contos despedida solteira punheta chupadacontos de corno acampandoBuceta cabeluda em contoscontos eroticos vizinha curiando por cima do muronao tira papai deixa que eu vo gozarseios da esposasaindo fora da blusa no sexoMoleque fez minha esposa nojenta mama sua rola historias eroticasContos eroticos... Cunhada usando um vestidinho curto  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  Contos eroticos meu comeu meu rabocontos gays ordenhando papaicontos porno gratis evangelicas submissas e chantageadasdeixando um corno manso contoscontos eroticos de enteadasmeu marido sempre pedia pra eu me depilar yodinha contosempregada carente de um trato na camaa gozada mais rapida da estoria pornodoidolego na dano a buceta dormindocontos eroticos me exibi nua pra elasempre dou uma escapadinha contosvelhos peludos gay contosConto erotico gay rasgaran meu cucache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html video porno gay de garoto com o calção com o fundo rasgado de parnas areganhada na casa do amigo tarado do pau gande e grosocontos eróticos angolanopapai me ensinado mamar contoscontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anoscontos eroticos chantagem na escolao cuzao da titia contocontos eroticos e minha mulher e uma amiga convencida a chupar bucetacontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadecontos eroticos (homens que pagam as dividas com a mulher)contos de incestoMinha mãe e eu no carro 2Comtos namorada fodida para pagar dividas do namoradorodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico contos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anosContos d uma menina estrupada por taxistacontos eroticos a1. vez da bichinhacumi a bucrtina contos eroticoscontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetacontos fidi minha cunhadinha de onze anossem explicação safadinha contosajudando a netinha com dever de casa ninfetacontos eroticos real novinhacontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casaescrava do meu namorado contocontoseroticos comendo sebo e bebendomijo de picacache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html conto erótico da b******** Doeu muitocontos eroticos a travesti segurou em minhas bolas e empurrou 23cm no meu cuContos erotico Minhas mamas doem muitosou uma mulher casada mais adoro trai meu marido adoro da minha bucetinha meu cuzinho a outro homem e tambem adoro chupaFui obrigada a da a bucetacontos pagando aposta com um boquetecontos meu espooso come minha buceta e outro come meu cucontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamcontos eroticos cadelacontos eroticos sou viuva tenho um sobrinho novinhona bunda arde contosContos erroticos de prinos e prinas sexoMEU CORNOEU QUERO ESSA PICA TODA DENTRO DE MIM, SEM CAMISINHA QUERO SENTIR ELA GOZANDO BEM NO FUNDO