Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRAZERES E PAIXÃO EM PARCERIA (CONTINUAÇÃO DE \"SEQ

Click to this video!

Há quatro dias que o sequestro havia sido feito e o resgate pedido à família de Alfredo. Também a empresa recebera uma carta pedindo um pequeno montante para reaver Susana. A polícia tentava localizar os reféns e a quadrilha mas não havia rasto. Sem resposta, Pedro (o chefe dos sequestradores) já estava decidido à execução de Alfredo, mas não sabia como proteger a jovem Susana dos abusos sexuais; proibira tais práticas mas não havia como controlá-las quando se ausentava da moradia. Embora atordoada, a moça notando a compaixão de Miguel, pedira-lhe que comprasse pílula anti-conceptional logo no segundo dia pois não a trouxera de casa; mas o jovem bandido não podia sair do local pois estava encarregue de Alfredo, uma vez que Beto, Óscar e Quim dividiam a vigilância da moça e tratavam da compra de mantimentos para todos.rnAlfredo foi executado mas Susana foi poupada por mais algum tempo, por decisão de Pedro. A moça desesperada e revoltada, não querendo engravidar de tão execráveis homens e sedenta de vingança pelos estupros, tentou seduzir Miguel propondo-lhe uma fuga em parceria. Ele, antevendo que não receberia dinheiro pelo sequestro, e já farto dos fracassos como bandido, aceitou. Na ausência do chefe, pegou numa arma com silenciador e abateu sucessivamente Beto e Óscar. Preparava-se para matar Quim, quando Susana o felava ajoelhada. Mal Quim ergueu as mãos, rendido, a jovem trincou-lhe os testículos impiedosamente até à inconsciência e pediu a Miguel que o poupasse antes de a libertar. Assim foi e Susana disparou finalmente sobre Quim, sentindo o gosto da vingança. Levaram armas, dinheiro do cofre e fugiram no carro mais caro de Pedro.rn Alojaram-se num motel a mais de 300km. Susana sentia-se mudada: por um lado de consciência pesada pelas mortes que provocara, por outro excitada pela parceria que acabava de iniciar com Miguel, um jovem bem parecido e de bons sentimentos, apesar da delinquência a que se via obrigada a partir de então. E mais aliviada: um teste comprado na farmácia negou-lhe a temida gravidez, e motivou-a a comprar pílula anticoncepcional uns quilámetros mais adiante. A meio da viagem maquilhara-se e comprara roupas sensuais. Não seria reconhecida na nova aparência. Com palavras sedutoras, abria o decote e expunha as pernas para o parceiro, ao parar o carro práximo duma loja envidraçada de vestuário feminino.rn - Querido, que tal assaltarmos esse lugar? Precisámos de prevenir o futuro...rn - Não sei, linda... Neste local é arriscado e podemos deixar rasto.rn - Mas parece haver poucas pessoas. Não te será difícil virares toda a gente para a parede, depois de eu usar os meus dotes para seduzir o caixa ? disse-lhe pulando os lustrosos e oscilantes seios para fora.rn Miguel não resistiu e caiu de boca neles. Sentia-se apaixonado e inspirado para novos assaltos. A excitação e a erecção apoderavam-se dele, mas Susana riu e interrompeu-o:rn - Já vi que queres, amor! Vamos ao trabalho: eu tento levar o caixa para me mostrar artigos do último corredor, depois tu apareces encapuçado, neutralizas quem estiver encostando as pessoas à parede junto a nás, sacas o dinheiro e finges que me raptas.rn Miguel encantado pela genialidade de Susana, concordou. Passados minutos já estava ela exibindo-se para o caixa que dava ideia de ser o dono da loja. A mulher ao balcão (presumivelmente a esposa do caixa) olhava a situação desconfiada. O plano estava a resultar na perfeição: Susana afastara o caixa para o corredor junto à parede e a mulher fora atrás deles. Com os corredores na perpendicular dos vidros, via-se tudo: havia duas clientes num corredor e uma em cada um dos outros dois. Miguel entrou em acção e tudo resultou como planeado. Fugiram. Tinham sacado mais de três mil dálares! Excitadíssimos alojaram-se num motel a mais de 100km dali. O noticiário da TV dava conta das mortes de Alfredo, Quim, Beto e Óscar e do desaparecimento de Susana; o assalto à loja foi também relatado, mas num outro contexto. Nada impediu Susana e Miguel duma noite de sexo tárrido e apaixonado. Miguel era bom amante e sabia controlar o orgasmo, mas Susana permitiu-lhe que ejaculasse sem preservativo dentro dela.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


surra vaginal amordaçada contoEu fudi toda a familia do meu amigo fudi a filha dele fudia a esposa dele fudi a cunhada dele contos eroticoscontos eroticos dominou toda a minha familiacontos eróticos de bebados e drogados gaysMenina da pracinha, contovidio porno enchada qualculadao pai da minha amoginha me comeu contosconto nao queria mais dar mas o negaocomeufudeno a amanda e nanda duas gostosinha mobilecontos amigo dorme em casa esposacontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2contos eróticos novinha gostosa d********* para o primo gordinhocontos fudendo minhas primas peitudascontos eroticos gay na boleia de caminhãofilha esposa de papai pintudo contosele fodeu na minha frenteele arreganhava minha bucetaconto travesti me enganouconto cavala loca por sexoVer buceta mulhere mas buntuda do mundo zoofilia googleweblight.comContos de esposa abriu o cu ao máximocontos eroticos provocando no barinspetora viu meu pau contoscontos eroticos fudendo a mae travestiswing tio com sobrinhas flagrante historias contosvidio porno mulher enloquede ao ve um pau grossocontos eróticos gays metroContos eróticos estreiando á xaninhafetiche mulher atola cueca no rabo do caracontos erotis orgia bimulher crente traindo o marido conto eróticoconto viado muito taradovideo come meu cu e me batepor favorfiz amor com minha irmaputinhos seduzidos contosmamada gay contoputinhasinocentecontos eroticos comi minha prima no rodeiopornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaletewww condos erotiscos garotas mastubandocontos eroticos meu sobrinhomulher madura em casa fazendo faxina bem à vontade sem roupa ou com roupa calcinha transparentea primeira f*** com travesticonto erotico doce bruninha novinha no colocontos nao tinha camisinhaContos tarados por cu de bundudaContos ajudei o meu amigo a comer minha filhacontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãomeu amigo falou que quer comerminha esposaconto ela apostou o cuzinho e perdeutravesti Juliana de primo metendoCornos by contosContos de tesao por uma mulher casadaconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadocontos eroticos. traiconto tia gostosa de microcalcinhacontos erotico, dei pro dois amigos do meu filhovideo sexe etiado pauzudo emadrastaPolicial famenina dando a buceta pra seu cachorro em contospunhetabdo no hospitalum cavalo fudeu minha buceta contoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Pega minha xerequinha tio contos eroticosnamorada deixou cara de pau duro contoscontos/meu primeiro broche e fodareal conto cunhadoA briga do casal contoscontos eróticos de bebados e drogados gaysCrossdressing contos eroticovideo porno miss bubum da o cu e chora com o cuzinho doendoComendo cu de mulher dormindo conto eroticofalei pro meu amigo que queria ver ele fodendo a minha esposacontos eróticos em cima do carroComtos casadas fodidas em cima da mesa por desconhecidossou casada mas sou fissurada em pauno parquinho contosprofessor de artes marciais me fudeu contos gayMinha namorada deu a bucetanovinho delirando na primeira gozada