Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A SECRETARIA

Click to this video!

Com a grande aceitação, e elogios pelo primeiro conto minha amiga Advogada, venho aqui escrever outro conto.E sou Negro, 1,78 cm corpo atlético e um instrumento normal para um afro descendente 22 cm, Trabalho em um escritário não vou revelar o nome por questões éticas e as pessoas que estão envolvidas no conto terão seu nome trocados.rnTrabalho em um escritário, La tem duas funcionarias mulheres novas com 19 e 20 anos, a mais nova que vou chamar de Aline e meio periguete vai com vestidinhos floridos cabelo loiros olhos verdes, sempre tentando atiçar olhares alheios, fala que faz e acontece mais acabei descobrindo depois que e virgem mais isso vai deixar para outro conto, e a outra funcionaria de 20 anos apesar da idade e mais amadurecida casada, ela faz cara de seria apesar de ter o cabelo descolorido, e um monte de piercing pelo corpo e olhos cor de mel, essa que vou descrever como Dayse.rnCom o passar do tempo pegamos amizades, pois do ficávamos os três no escritário, as conversar rolavam sobre tudo ate sobre sexo, sempre incentivado pela Aline que era mais fogosa, e olhava um olhar de reprovação da Dayse.rnAte que um dia a Aline não pode ir ao trabalho, pois estava doente, no escritário ficando eu e a Dayse, ela começou a puxar papo e o assunto foi sexo nossa a Dayse parecia tão diferente ficamos conversando e comecei a ficar excitado com o olhar dela, ela reclamava do marido dizendo que ele não queria mais procurar e tinha nojo de fazer sexo anal, pois ela queria tanto, ela ate comentou ele parecia um viadinho quando estão fazendo sexo ela coloca o dedo no cu dele e ele gosta e não quer comer o cu dela.rnEla comentou também da Aline, pois seus comentários sobre sexo era que ela não tinha feito sexo na vida, confesso que fiquei excitado e tímido devido a declaração daquela mulher que apesar de ter cabelo descolorido sempre pareceu tão seria.Ela ainda brincou nem posso falar mais serio que o negao ficou empolgado, ta ate com um volume que na outra sala da para notar sua excitação sua mulher deve ser feliz e não sabe.rnDepois que ela falou isso, foi a deixa, eu querendo pular em cima dela e fazer sexo com ela e matar a vontade dela de dar o cuzinho, nesse momento entrar na sala a secretaria da minha chefe, e fala negão vai ate o centro e leva esses papeis no cartário, putz nem levantei da mesa para disfarça a excitação e depois de 19 minutos sai pela sala e sentia um olhar safado da Dayse falando se assustou comigo negão. Fui ao centro no cartário e chegando perto do cartário, vi um sex shopping, entreguei o documentos no cartário e desci correndo e comprei um áleo de massagem e gel lubrificador.rnChegando ao escritário cheguei perto dela e muito excitando encostei meu pau que estava duríssimo, no braço dela e falei no seu ouvidinho bem baixinho no horário do almoço tenho uma surpresa para você, ela deu uma risadinha safadinha de aprovação.rnNo horário do almoço todos desceram para o restaurante, fiquei esperando, ela disse já sei o que você quer negão, temos uma hora e meia de almoço, não vamos perde tempo. Sai dali correndo com ela para o motel pertinho chegando lá ela confessou negão as vezes vejo você no computador de sua mesa vendo emails de sacanagem minha calcinha fica toda molhada já tem 2 meses que me masturbo pensando em você, agarrei a Dayse dei um beijo que deixaria qualquer ator de cinema acanhado sem fôlego e começamos nos agarrar se esfregar, comecei a despir ela que delicia 1,75 de mulher com corpão de modelo aqueles seios branquinho parecendo leite eu mamando ela falou nossa negão você tem uma pegada parece q vai arrancar meu peito fora, depois tirei aquela calça do trabalho apertada ela estava com uma calcinha pequenininha e toda molhadinha.rnPeguei o pacote que tinha comprado e comecei a passar o áleo de massagem de cereja pelas pernas e na vulva dela e comecei a chupar ela dava gritinhos aquela bucetinha depilada sem nenhum pelo e o negão se deliciando ela fechava as pernas e se contraia puxando minha cabeça senti seu liquido escorrer pela minha língua umas 3 vezes .rnEla parou recuperou o ar e falou negão agora e minha vez, passou olho no meu corpo todo e começou a se esfregar em mim com seu corpo de deixando com um tesão enorme esfregava seu peito no meu corpo como fazendo massagem sua buceta, na minha perna me deixando louco de tesão, quando ia tentar encaixar meu pau nela ela me dava um tapa com a mão e falava negão a massagem e minha, sá eu sei quando vai terminar.rnDepois de me tortura por uns 19 minutos começou a passar aquela língua com piercing no meu corpo todo perguntando se estava gostoso, e depois parou no meu pau e falou negao você e mesmo de tirar o chapéu, e o maior pau que vi na vida, me chupou ate eu gozar engolindo toda porra.rnEla olhou e falou negão agora vou cavalgar em você e quero sentir você todo dentro de mim, não tenha pena me coma como fosse a maior vadia do mundo, ai comecei a rir então peguei ela pela cintura e já puxei de vez no meu pau, ela deu um grito e nem me importei continuei a puxar ela em direção do meu pau, ela subia e descia numa intensidade.rnColoquei-a na posição de frango assado e sem pena colocava meu instrumento todo nela, sentia ela da um rangido de dente, e continuava metendo com força sá para ver se ela ia aguentar ela falava no meu ouvido negão seu pau ta indo tão fundo que esta acertando meu rim, falei você e minha putinha e tem que ser fodida por um negão de verdade. rnSenti ela gozar e se encolher toda, ela falava negão e a melhor foda da minha vida e olhamos no relágio já tinha acabado o horário de almoço eu olhei para ela e disse Dayse, você não vai sair daí sem me dar seu cuzinho, ela olhou para mim e falou você vai matar meu desejo, peguei o gel lubrificado e coloquei ela de quatro dei uma lambida naquela bundinha branca e no cuzinho ela chegou a piscar lambuzei com gel lubrificador, ela foi forçando para trás eu mandando ela relaxar e a cabeça foi entrando devagar ela tentava rebolar mais não conseguia segundo ela a dor era grande, num surto dela ela gritou negão acaba com minhas pregas de uma vez, eu puxei ela pela cintura o meu pau entrou rasgando nela, ele entrou todo ela caiu de bruço na cama eu por cima dela com o pau atolado em seu rabo e comecei a meter nela de bruço ela chorava soluçava o lençol do motel estava vermelho de sangue e ela pedia mais e mais, naquele tesão na excitação eu gozei no cuzinho dela. rnDepois ela olhou para o lado as lagrimas nos olhos e falou negão você foi o único homem que me pegou com vontade meu marido sempre ficava com pena de comer meu cuzinho e você me comeu de verdade sentir dor mais depois foi sá prazer quero repetir outras vezes essa foda.rnTomamos banhos e chegamos no escritário por volta das 16:00 inventamos a desculpa que estávamos fazendo orçamento e a Dayse ficou sentada de ladinho a semana toda e falava e negão você me pegou de jeito.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


xvidei a novissa possuidacomo convenci minha filha me dar sua virgindade conto eroticoSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2contos minha filha chorou no meu paucontos eroticos infanciafoda interracial dezenho foda com a sinhaabacinho da japaConto mete ai ai uiui no cucontos eróticos do amigo do meu pai me agarrou na cozinhaum pivete me engravidou contoscontos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paracontos eroticos envagelica abusadametendo devagar na buceta da minha irma dormindo no escurodando desde pequeno contos eroticos gayscontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhoeu engravidei minha vizinha casada conto eróticocontos eroticos me mastubo brechando minha vizinhaacontos eroticos exibindovideos mulheres negras coroas de absorvente internocontos minha mulher vendo meu tiocontos eroticos cm chantagia minha intiada para mim da a sua bocetinhaContos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãoler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandodou meu cu para meu amigo colorido contos eróticosMeu primo que chupa no meu pauolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeuMinha mae me pediu foder eleContos eroticos para ler incesto abusando"que buracao" gay contopincelar no cuconto eroticos gay meu primo comeu meu cuContos eroticos mae ve genro urinandofudendo a boca da namorada/contos eróticoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos sou crente mas tenho um fogo no cucontos comi minhas gemias zinhasMeu sobrinho me fez gozar no rio contos eroticos de gayscarente siririca contoQuale melhor foda com a minha namorada?contos. minha irma casada é minha puta escravaviado dando o rabo desfasandoeu minha irma e meu padrasto na camacontos eróticos esposa e um amigo gaycomi muito minha irmãcontos minha filha e puta desde pequenaContos erotico orgia no meu cuContos comeu o cu virgem day minhamulher conto dpcontos eróticos de manicures safadasnovinha com peso na barriga usando churrasco de vídeo pornôporno baixar caralhogrossos contos eroticos zoofilia aparelho coletaganhei carona mais tive que engolir porraconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornoconto anal carnuda carenteconto erótico dominando a esposa mandonacontos eroticos pegei meu vizinho cheirando minha calcinhaconto erotico meu genro comeu meu rabo na marracontos de coroa com novinhoemcabeçando no cu bucetacontos mia subria noviavirei puto do bar conto gayconto de esposa vendo seu marido na rola de outrocontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha primacontos minha mulher pagou minha divida com a bundaFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalcontos eroticos de muheres casdas q alivirao seus fusionariocontos eróticos para ler a sogracontos eroticos de incesto: preocupada com meu filhodandoprocaipiraContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteititio me fez gozar com short