Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PROPAGANDA E A ALMA DO NEGOCIO.... PART 2/3

Click to this video!

Passou poucos dias, e a Ana me ligou, perguntou se a sobrinha dela tinha me pedido algum produto, eu disse que não, ela falou estranho ela disse que adorou vc, que iria te ligar na semana passada, eu disse que poderia estar viajando e meu cel poderia estar desligado, e ficou nisso, eu fiquei meio assustado, mas na minha, logo depois entrei no msn e ela estava la, perguntei com estava o salão, ela sempre animada me respondeu que estava bem, mas ansiosa, pq, vou conhecer uma pessoa, eu fiquei assustado com o assunto mas na maldade continuei, que pessoa,um rapaz qeu conheci na net, Ana e seu esposo? ele ta merecendo, eu fiquei na minha, não era hora de atacar.rn Passado uns dias, entrei no msn, contando em ver ela, e ela apareceu, e percebi que logo que eu entrava no msn ela trocava a foto do perfil para quela linda foto dos seus peitos, perguntei como foi com o rapaz da net? foi um fiasco, que fiasco?, eu marquei com ele no mercado central, onde dava pra eu ver ele e se eu não gostasse dava pra eu ir em bora, liguei pra ele perguntei como ele estava vestido ele disse, com boné na hora que ele disse isso percebi que os 32 anos que ele falou que tinha na internet iria se resumir para 17, perguntei das roupas ele foi falando e logo vi ele sentado em uma mesa de uma lanchonete, desliguei o telefone e sai do mercado, nossa que péssimo, péssimo foi que eu não podia volar pra casa, porque falei com minha filha que estaria fazendo um curso anoite e isso ainda não era 19:00 horas, como eu votaria pra casa, nessa hora percebi que a vagabunda da sobrinha dela tinha inventado a historia que elas erão safadas, juuntas, rsrs, mas fiquei na minha pq ela estava se mostrando safada agora, ela que nada, teve uma coisa boa depois, eu é, teve um jornal gostoso pra eu ler depois, me conta, vc gosta de sacanagem? oque vc acha? pelo oque eu estou sabendo vc é a sacanagem.... então vou te contar um pouquinho com detalhes pra ver se vc fica na vontade.... sai do mercado e estava chovendo eu corri pra uma marquiz, perto de uma banca de jornal e comecei a usar minha agenda telefônica, mas nada dava certo um não podia pq estava cedo outro não atendia, e olhei para o rapaz da banca de jornal um moreno, de 1,80 de altura, malhado, de uns 29 anos me olhando muito, mas tb eu estava de vestidinho preto, curto soltinho com um decote lindo, e batom vermelho, ae vc mata qualquer um, mato mesmo, ela colocou uma carinha no msn de lingua pra fora, vc sabe oque siguinifica essa carinha? não. Não? Então não vou te contar agora, continua me contando oque aconteceu de melhor pq eu estou adorando saber que vc anda igual uma cachorra no cio pela rua, ae adorei vc falar isso, vou te matar agora contando oque aconteceu....rn A chuva foi piorando e o rapaz começou a fechar a banca, e saiu deixando uma porta pela metade, eu fiquei na minha perto da porta, ele voltou com uma sacola de cerveja, mal intencionado, e sá estava eu mais um casal encostado mais a frente, ele passou por mim abril a porta colocou a cerveja em um isopor, olhou pra mim e me perguntou se eu queria um copo? olhei nos olhos dele, com a quela cara de safado, fiquei com um tesão na hora, não pensei e entrei, ele perguntou se poderia abaixar a porta para as pessoas não ficarem pedindo as coisas, pq já estava tarde, balancei a cabeça dizendo que sim, ele abaixou a porta eu estava virada para o balcão, e tinha muitas caixas no chão, não dava para me mexer direito, ele abaixou a porta, e se virou me rosando, na hora percebi um coisa dura ele forçou contra minha bundinha aquele pau duro, minha calcinha ficou emplastada, safado... deu a volta pra dentro do balcão serviu a cerveja me deu um copo, e me pergunto oque uma mulher tao gostosa e vestida daquele jeito fazia sozinha na quele lugar, contei pra ele que tinha me decepcionado com uma pessoa que conheci na internet, olhei para baixo e falei a pessoa que eu estava indo encontrar era muito novinho não iria me satisfazer, ele na mesma hora colocou a mão no pau deu pra ver pelos movimentos que ele fazia atrás do balcão, mesmo experiente fiquei com um frio na barriga, bebemos duas cervejas contando sobre a vida dele de casado que estava insatisfeito com a mulher, e foi ficando abafado dentro daquela banca, fui sentindo calor com aquela cerveja que me deixa com muita vontade de dá, ele percebeu que eu estava soprando o meu decote, ele veio ate mim, e disse - Esta um calor aqui dentro vou tirar minha camisa, vc se incomoda? não eu estou quase e tirando o meu vestido, virei para olhar como estava a chuva la fora por uma greta na porta, quando senti ele chegando por trás, quer ajuda com o vestido, fiquei quieta para ver oque ele iria fazer, colocou as mãos na minha cintura, enquanto uma subia nas minhas costa em direção o meu cabelo a outra ea descendo pela minha bundinha empinada chegando as minhas pernas, passou do vestido e começou a subir, minha calcinha estava enxarcada como nunca ficou, que tesão, um homem forte me segurando com força tudo que eu queria, minha perna começou a ficar mole e levei a mão rápido na porta para não cair, ele na mesma hora levou a mão com força no meu cabelo puxou e falou no meu ouvido, ta com as pernas bambas cachorra... vc ainda não viu o tamanho do meu pau, entrou aqui agora vai ter que pagar, me virou ainda puxando meu cabelo foi me beijando o rosto e arranhando com o dente ao mesmo tempo, eu levei a mão no pau dele, já tava louca pra sentir aquele pau que parecia ser enorme, ele apertou minha bunda, tira pra fora que eu sei que vc ta doida pra chupar, desabotoei a calça dele, e fui abaixando a calça e a cueca junto e o pau não aparecia ele estava puxando meu rosto para traz beijando meu ombro descendo pro meus peitos que estava apontando, e chegou para traz e aquela giboia negra pulou da cueca, levei um susto, levava a mão e não tinha fim, ele falou no meu ouvido quero que vc engole ela ta! sá tem 24 cm, aproveita enquanto ainda não esta toda dura, pensei e sair correndo, mas com aquela pegada vi que teria que encarrar, ele me soltou, olhei para aquela pica, meia engorda gigante, passei a mão nas bolas dele que fez ele dar uma levantadinha, vi que não seria difícil controlar a situação, ele foi tirando o resto da calça, arrancou o meu vestido desabotoou meu sutiã, entrou beijando meus peitos que estava com os bicos duro, vc e muito gostosa... que corpo lindo... já que queria pau tinha que ter passado aqui antes delicia, agora chupa esse pau que eu to doido pra te comer, obedeci ele com prazer me abaixei beijando a barriga dele descendo estava todo raspado, foi quando eu senti seu cheiro de homem, ele havia jogado perfume perto do pau, pensei que divia ser comum achar cachorras como eu pra comer no resto do dia, fui lambendo aquele pau que ficava mais duro a cada minuto com uma mão nas bolas e a outra punhetando ele se contorcia segurando o meu cabelo, chupa sua piranha eu sei que isso que vc quer cachorra..... fica com mais tesão a cada minuto com ele me xingando, que homem gostoso que pau gostoso... coloquei a cabeça na boca que não cabia direito sou toda pequena boca pequena buceta pequena, imaginei que se não entrava na minha boca iria rasgar minha bucetinha inteira, forçava pra entrar mais na minha boca, e babava nele todinho segurei com as duas mãos que pau grande, ele respirava fundo, dava pra escutar os seus suspiros, me puxou, vou gozar desse jeito vagabunda, vc e profissional, vira pra eu ver essa bunda, desceu mordendo minha bunda, eu estava nas pontas dos pés, que tesão, ele arrancou minha calcinha, colocou minha perna em cima de uma caixa e veio com aquele pau imenso encostando na minha bucetinha, me largou foi a traz do balcão eu olhei de cabeça baixa ele colocando uma camisinha que nessa altura eu já nem me lembrava de tanta vontade sentir aquele pau grande, voutou empurrou meu corpo pra frete, falou agora vai tomar pau do jeito que vc estava procurando... pincelou ele pra baixo e pra cima vinha ate meu cuzinho que contraia de medo, encostou o pau na minha bucetinha foi forçando que estava tao melado entrou rápido, quanto mais ele emporrava mais eu fazia força de tesao, comecei da uns gritinhos ele levou os dedos na minha boca eu chupei e ele enfiou fundo, nossa que dor e tesão a mesmo tempo, foi bombando sentia no meu útero e não sentia as bolas bater em mim, que pau grande, não demorei e gozei de ficar com as pernas bambas, que puto eu estava gemendo alto pedi ele pra bater, me deu um tapa e falou que iria gozar, senti aquele pau latejando dentro de mim, tirou, olhou pra minha carinha feliz, nossa como vc e gostosa, quero meter em vc sempre, dei um beijo gostoso nele nos vestimos ele chamou um taxi e eu fui embora, mas foi átimo, ei vc esta ae ainda? vc e muito vagabunda já toquei uma e to de pau duro, piranha seu marido tem que ser corno mesmo, vc tem que tomar pau todo dia, com essa vontade, calma Felipe, não sou assim não foi esse dia, quem sabe quando eu estiver com essa vontade toda seje vc no msn, tomara, vou ter que sair lindo, nos despedimos.rn A minha segunda propaganda, pra ela ficar com tesão de me dar, veio em seguida.rn O tesão da filha da Ana me ligou na outra semana em uma segunda feira, perguntando se no outro dia cedo eu poderia levar um produto pra ela, mas teria que ser ate as 10:00 horas, falei que mandaria sim o produto, não, tem que ser vc pra eu tirar uma duvida minha que esta me matando, na hora eu senti a maldade, imaginei que a cachorra da prima tb falou com ela, marquei certo de ir, no outro dia como de costume tomei um banho antes de ir trabalhar mas caprichei passando perfume, e na escolha da roupa, cheguei na porta do salão antes do horário uns 19 minutos, sá tinha uma porta de aço aberta e dentro tem a porta de vidro, me abaixei e notei que a luz estava acesa, chamei ela pelo nome, Bruna, entra, entrei, não tinha niguem no salão, encosta a porta, encostei a porta, tranca a porta de vidro se não irão chamar, passei a chave, e me sentei, felipe, oi, vem aqui no bainheiro fazendo favor, fui já me tremendo de nervoso, doido pra ver como aquela delicia estaria vestida, a luz do banheiro estava apagada, sá com a claridade do salão, ela descosta com uma sainha, segurando o ná do biquíni na nuca, sem esta amarrado, vc pode amarrar pra mim, logico cheguei perto senti um perfume doce, vi uns pelinhos loirinhos na nuca, um convite para um beijo, amarrei o biquíni, ela se abaixou colocou uma perna no vaso e começou a passar um creme a outra perna ficou gigante como ela malhava muito, que delicia, queria colocar a mão na quela cintura ou levantar aquela saia não sabia oque fazer, e sua mãe, não vem no salão hoje? não, terça cedo não abrimos, é dia da limpeza, e quem vai limpar? limpei ontem, hoje vou tomar banho de piscina, na casa do meu namorado, hummm, ele vem te buscar? não, mas antes tenho que tirar um duvida, virou com aqueles olhos abertos deu um sorrizinho, colocou a mão sobre o meu obro me abraçando, eu sem reação, veio chegando perto e me beijou, abracei ela com a mão na sua cabeça outra apertando seu corpo, que beijo delicioso lábios macios, meu pau ficou dura na hora, parou, hummm bem que minha prima falou, vc e uma delicia.... agarrei ela passando a mão naquela bunda dura ela levantou minha blusa eu metia mão por baixo da saia dela, e que delicia ela estava sem calcinha, meu pau doía de tao duro dentro da calça, ela passando a mão no meu corpo, abri a calça e joguei o meu pau pra fora, colocou a mão dela nele, ela apertou com vontade deu pra escutar um gemidinho saindo de sua boca, soutei o biquíni, que peito lindo duro, biquinho pretinho abaixei entrei chupando, levei a mão na bucetinha ela abril as pernas tava toda lisinha toda melada, passei bem a mão pra cima e pra baixo lambuzando o grelinho fiquei esfregando ela gemendo que estava ate soltando o meu pau, e isso que vc queria, levar oque sua prima levou, quero vc todo, então começa chupando meu pau piranha, abaixou rápido e já foi lambendo igual sorvete colocou na boca que parecia mais um veludo,aquela boca macia, me contorci, começou a chupar rápido sugando, chupa delicia, pela sua cara sabia que era safada, me come que eu to como muito tesão, é, encostou as costa na parede colocou uma perna em cima do vaso, entrei beijando aquela boca macia, vc tem camisinha? eu não tomo remédio, sai e peguei na minha bolsa uma camisinha coloquei mas meu pau começou a ficar meio mole, pelo nervoso, aproveitei terei o resto da calça que estava me incomodando, ela veio olhou pro meu pau, sentou no lavatário, me puxou, eu de pé, entrou mamando de novo com camisinha, ficou duro na hora aquela boca macia e quente, eu olhando aquele rostinho lisinho, fica de quatro ae chupadeira ela ficou apoiando os joelhos no assento, com a cabeça no lavatorio, dei um tapa na bunda dela ela empinou mais ainda, fui colocando o pau na quela bucetinha pequena, lembrei da mãe dela, meu pau ficava estacando de duro, fui colocando e arranhando as costa dela ela virava a cabeça para traz, insinuando para puxar o cabelo, levei a mão na nuca, segurei firme o cabelo dela e comecei a socar, ela gemia baixinho, apertando as mãos no assento, soquei mais forte, bate na minha bunda que eu vou gozar, dei tapa, mais tapa, ela continuava gemendo baixo, ficou muda ingulindo ar uns segundos ofegante, para para, vou cair to mole, gozei muito, nossa bem que minha prima falou vc pega com pressão, senta aqui, ela veio de costa, segurou meu pau, colocou na bucetinha com a mão nos meus joelhos, fazia um apoio, foi almentando a velocidade da sentada, eu segurei na quele quadril fino olhando aquela paisagem, ela com o rostinho de lado querendo me olhar com rabo de olho, não estava aguentando de tanta vontade de gozar, mais comecei puxar ela pra baixo, ela começou a gemer alto, segurei no seus cabelos puxando, ela forçava a bucetinha no meu pau com força, larguei ela pedi pra levantar antes que eu gozasse, empurrei ela na parede, coloquei o pé dela no lavatário, abrindo as pernas dela, coloquei o pau no começo da bucetinha dela levantei a outra perna segurando no meu braço, ela ficou louca, começou a me morder arranhar, apertava a bunda dela com a outra mão, que momento gostoso..... não aguentei e falei no ouvidinho dela vou gozar delicia, ai goza goza, quanto mais eu gozava mais ela tentava rebolar, querendo me matar, com o meu pau tolado na quela bucetinha... depois deixei ela na casa do namorado dela e fui embora, com promessa de um dia todo no motel, ela me prometeu que não contaria pra mãe, eu disse que atrapalharia minhas vendas, mas oque eu queria mesmo e comer aquela delicia da mãe dela... e chegou o dia!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Sou casada eu e minhas filhas sendo fodidas contogozei gostoso e tive que ir pra casa com a buceta cheia de porra. contos eróticoscontos eroticos era virgemporno meu marido me levou no swing so para ver outro gozar na minha bucetahttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãoEu e minha sobrinha de 19 anos de idade no motel conto eroticomeu namorado transamos devagarinho contosconto de ranquei cocó do cu do novinho que chorou na minha pica grandemenininha contos eroticosconto eróticos dei o cu novinhabrincando de pega pega com a gordinha contos eroticoscontos erotico eu sou filho adotivo comi minha tiafrancisca coroa ruiva contos eroticosConto erotico levantaram minha microsaia e me comeram gostosocontos pelado d4 pr macho no matonovinha com peso na barriga usando churrasco de vídeo pornôContos eroticos da lele alessadraConto erotico chorei com o cacete do cavaloDividi namorado comeu buceta contoscontos de sexo sequestro negao malconto erotico mostrei minha calcinha por dinheirocontos eu era virgem edei pro travesti bem dotadofodemos eu o meu marido e caoAs novihas de xortihos no cuconto erotico incesto sonifero filhaContos esposa do meu irmãocontos eroticos namorado e amigo mesma camaMe comeu e comeu meu maridoDei pro meu tio estou apaixomada em contosconto sexo gostoso rebola gato gaycontos eroticos de humilhaçãocoroa da buceta griluda espirando poro logetravesti sadomasoquista na regiaoseios da esposasaindo fora da blusa no sexomimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gaycontos eroticos aposta na escolaPerereca ou buceta de cunhadacontos eroticos no interior na roçacontos eroticos gay menino de ruaconto erotico arregaçadacontos eroticos eu e mamãe fodidas na fazenda conto eróticos estupro no orfanatorelato transei "por engano"conto erotico baba bate sirica espiano patroes fudendoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorConto etotico ninfeta putinha so dorme peladinha e arecanhadinhacontos eroticos incesto vovôcontos de menininhas sentando no colo de homensevy kethyn istinto ativocontoseroticosdentistaler relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludastaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contoscunhada timidacontosTennis zelenograd conto19 anos contos gaysconto erotico chantageado namorada do meu amigoconto erotico gay colo tioContos de corno com fotosbuceta na praia toninhascomtoerotico banho na filhinhaviciada na pica do meu filhoSou casada fodida contocontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primavidio porno corno mulher da em cima do jsrdineiro e empregada ver e participacontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2videos de mulheres mamandoleitee no peito da outracontos eroticos fudendo a mae travesticontos gay na saunacontos dopei minha namorada novinha e arrombei com consoloContos mae da minha namorada perguntou me punhetocontos de sexo com animais rasgando com forçaminha iniciação gay contoscontos eroticos gay virei mulher hormôniosvi meu filho na punhetacaregando no colo pornodoidoconto aquela mulher mexeu na minha buceta cu teencontos eroticos agressivosnem peitinho teen grita na pau do vodeitou com a tia e foi estrupado sexualmentecontos eroticos meu filho me fez gozarEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*contos de levei um amigo muito bemdotado pra come mia mulheme fode me arromba seu velho safadocontos fiz o cuzinho da mamãecontos eriticos de pai e amigos fodendo a força seu filho gaybuceta velha contoscomiminha filja lauraconto seduzindo meu