Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA TARDE DE AGOSTO

Click to Download this video!

Pessoas normais... relacionamentos normais... grandes paixões... aventuras incriveis... eu precisava dele, senti-lo rapidamente já não me satisfazia mais... era necessário mais tempo, eu queria abraçar, beijar, sentir aquele homem me tocando.rnrnTive várias oportunidades e disse não... mas naquele dia, naquela tarde, eu precisava cometer uma loucura, e a minha loucura era amar aquele homem... o tesão bateu tão forte, eu liguei pra ele e perguntei se podia ser naquela mesma hora, pra minha surpresa ele disse sim... meu coração disparou, e o tesão tomava conta dornmeu corpo...rnrnEle passou na porta... ligou no meu telefone e disse que tava me esperando... minhas rnpernas eram guiadas pelo meu coração, e este pelo tesão q eu estava sentindo... entreirnno carro, a loucura tomou conta do meu pensamento...rnrnDentro do carro, a conversa era tranquila... mas meu único pensamento era no desejornque eu sentia por ele.rnrnEnquanto as mãos dele percorriam minhas pernas grossas... eu sabia que ele desejavarno mesmo que eu... o tempo parecia não passar, conversar não era o suficiente... eu rnqueria sentir a boca dele na minha, eu queria sentir o corpo dele no meu, até q enfim, chegamos ao motel.rnrnA única coisa q precisavamos era de uma cama pra colocar em prática todo nosso fogo.... todo nosso desejo...rnrnUm abraço gostoso e demorado... minhas mãos percorrendo o corpo dele, retirando arncamisa, porque o que eu queria era sentir a pele dele... deitamos na cama, os abraçosrneram tão quentes que em poucos segundos os dois estavam pelados, beijos ardentes,rnas mãos percorrendo o corpo todo, como se quissesse pegar tudo de uma sá vez.rnrnAinda assim, tinha que ter mais... eu queria ele na minha boca... depois de um longo rne delicioso beijo, minha boca deslizava pelo peito dele, passava pela barriga e enfimrnencontrava o objeto de desejo, chupei ele com muita vontade, minha língua descendorne subindo, minha boca gulosa querendo ficar cheia com aquela rola gostosa. rnrnSubi minha boca até encontrar com a dele novamente, nossos beijos eram tão quentesrnque minha boca não queria desgrudar da boca dele. Enquanto os beijos esquentavam,rneu sentava na rola dele e rebolava gostoso... eu não aguentava de tesão até ele falar que também não aguentava, gozamos gostoso e juntinhos... existia uma perfeita sintonia...rnrnFicamos os dois relaxados... deitei no peito dele e disse que ele poderia descansar umrnpouquinho... enquanto eu não desgrudava os olhos do homem que mexia tanto comrnmeus desejos...rnrnMe senti aconchegada, segura, eu não queria dormir... mas também não queria sair de perto dele. Percorria minhas mãos por todo o corpo dele, enquanto admirava meu anjo descansando. Minha boca queria chupar mais um pouquinho, chupei com vontade e acabei deitando na barriga dele...rnrnApás alguns minutos, o corpo já relaxado... ele me beijou novamente, enquanto tocavarncom os dedos a minha perereca, o meu grelo... desceu a boca, e chupava os meus rnseios com uma vontade louca de sugá-los... me levou ao delírio e me fez gozar... sua rnboca, suas mãos sabiam muito bem como me dar prazer. rnrnCom seu corpo sob o meu, mais uma vez, transou comigo... sentir aquele homemrnsob meu corpo me dava muito tesão, ele enfiava com vontade, ele sabia o que estavarnfazendo... ele sabia o prazer que estava me dando.rnrnMais uma vez, tive o prazer de sentir aquele homem, gozando comigo... gozando pra rnmim... rnrnTinhamos que retornar ao mundo real... o trabalho esperava... a emoção e o prazerrntinham sido imensos, mas foi incapaz de suprir todo o meu desejo por ele.rnrnAgora, escrevendo essas palavras, minha cabeça viaja na esperança de que em brevernestejamos juntos novamente... fazendo sexo loucamente... sentindo as mãos, a bocarne todo prazer que ele pode me dar.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Pai filha chuva dourada contos euroticoscontos gay transformado em putaConto erótico Viagem com minha mãe parte 2 Okinawa.ufa.ruContos eróticos gay meu amigo da bumda grande sempre deu o cuFoderam gente contos tennspassando lápis na bucetaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindocoroa negra contocontos eroticos marido mandando mulher saratravesti do pau vermelho cabeça g****** jato sexoContos de sexo sogro acima de 70 anos e norazoofiliaemrecifecontos gay bdsm minha castracao realconto erotici curioda de senrtir im vibradorConto titio meteu a pica na minha xoxotinha.chupando buceta soltando fumaçaContos filha de 7 com papaiputa do orfanato contoso lubrificante feminino é melado e pegajosoContos eroticos a crente do bundao grande e o mendingonovinha excita o vizinho conto conto de rasguei o cu da minha avópezinhos da minha sobrinha contos eroticoscontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadoconto erotico dopei minha filinhadetalhes como fui estupradofio dental trabalho contoscontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calouraConto erotic dormi na casa do vizinhozoofilia co caxorros das rolas mas grosas muduvizinha trai marido com cunhadinho contosNerdes gay contos eroticosmulher do vizinho contos eróticoscontos de mulleres mijadassDona Florinda mostrando a periquita para o professor Girafales ele lambercontos em ilhabela com minha mulhercontos eroticos boquete da cumadrefeiras que transam muito gostoso com os amiguinhoscontos de sexo depilei minha bucetaContos eróticos engravidei na primeira trepadacontos eroticos meu irmaozinnho me mostrou o seu pintinhocontos eroticos de incesto mae massagista faz massagem no filho adultoContos eroticos menininhascontos eu tenho um bar e dei o cu pro meu freguês Bebada me bulinaram contos eroticosconto erotico vi minha sogra peladaconto eróticos. curiosidade. chupei pintomeu irmao fudeu com mamae contos vizinhalesbicacontoConto primeira vez chuva dourada na esposaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindoconto erótico "Meu sobrinho veio passar 3 dias comigo. Ele tem problema uns probleminhas e "boquete sem lavar baixarrelatos de ninfetas q foram arrombadas no carnavalcontos eroticos gay transei com cinco no meu trabalhoconto estagiaria virgemcontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelcontos eroticos comadre angela trepando com doiscontos virgindade com o padrinhocontos eróticos:curraram minha mãe Conto eroticode incesto minha virou sogra da minha irma contos bebe safadaContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cucontos eu minha mae e minha tiarelato rasgou o c* de tanto levar rolameu padrasto meu donoqueria saber mulher realista metendo muito morena peitudavideos de homens que dao palmadas fortes na buceta pelada da mulher sem doconto erotico comi acrenteminha namorada na suruba contoboquete gozada boca amiga contosmetendo a tora na garotinha novinha contoshttps://googleweblight.com/i?u=https://tennis-zelenograd.ru/mobile/conto_14575_primeira-troca-2-parte.html&grqid=IPyLPHEA&s=1&hl=pt-BR&geid=1043Relatos Eróticos Pastores Negros mais lidos contos fui chupada pelo velhomeu amigo cumeu minha mãe e minha tia 2. conto eroticoconto erotico sexo pepinocontos erotico suruba com negaocontos de coroa com novinhocontos cris super dotadocasado chupa travesti contoCasadoscontos-flagrei.conto erotico comi minha avó de fio dentalMe vinguei do meu marido conto eróticocontos eroticos mulher e dominada por outro caraconto erotico meu aluno rasgou meu cu casa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocaencharcou minha bucetinha contoscontos eroticos crente. nao come ricardao roludo comecontos eroticos 16cmconto erotico 70 anostrepei com maninho contosconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamentecontos eróticos meninos de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhoMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contossou hetero mas comi meu amigo viado, contos heroticoscontos eroticos batendo punheta olhando pro cuzinho do nemino