Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FLAGRADO PELA MULHER COM SUA CALCINHA

Click to Download this video!

Flagrado pela minha mulher com sua calcinharnSempre fui louco por mulheres com suas calcinhas minúsculas e transparentes, adoro cheirá-las e até usá-las de preferência que estejam usadas sem lavá-las.rnMinha mulher sempre deixa as suas calcinhas penduradas nos cabides do banheiro, esse motivo me fez contar sobre meus desejos, e o fragrante que ocorreu na semana passada.rnTenho um tesão louco por Adriana mulher realmente desejada, bunda grande pernas roliças e adora ser arrombada, totalmente liberal, sá não libera seu lado ?bi?, até esse dia, talvez medo de minha reação, tentei por várias liberá-la mas, não adiantou ela foge do assunto.rnAo entrar no banheiro vi sua calcinha marrom transparente, minha preferida, não resisto vou logo tirando minha roupa para usar aquela delícia, sempre na hora do banho, a enfio no meu reguinho e provoca um tesão maravilhoso, meu pau já começa a sair para fora, não tem calcinhas minúsculas que comporte um pau seja ele qualquer tamanho, começo a me masturbar em frente ao espelho olhando minha bunda com aquele fiozinho enfiado. Loucura ou não é gostoso.rnAdriana entra no banheiro e dá aquele ?flagra?, tomei um susto e fiquei sem reação, pra minha surpresa ela disse para eu não parar.rn-Que delícia, falou com seu olhar devorador bisexual enrustido, tirou seu vestido caseiro estampado com detalhes branco e preto que cola naquela bunda enorme, quando anda entra em seu rego, tira a concentração de qualquer homem que goste de um rabinho gostoso, tirou a calcinha usada colocou em meu nariz, sabe que adoro cheirar seu cheiro de sexo, mistura de buceta e cuzinho, irresistível, veio por traz e começou e raspar sua vulva na minha bunda, seus pelos roçavam meu rego que e com suas mãos abria e apertava minha bunda, gemendo em meus ouvidos e sussurrando palavras maravilhosas como, quero comer esse cuzinho delicioso, foi descendo lambendo todas partes da minha costa até chegar na meu rabo com sua calcinha enfiada, sá escutava falar ?que gostoso esse cu, maravilhoso?, puxou a parte que estava enfiada, lambia loucamente como se fosse um doce desejado, muito vontade e lubrificou totalmente meu rabo.rnPegou pela minha mão me levou até a cama mandou que deitasse com a bunda para cima, saiu do quarto foi até o outro onde guardamos nosso brinquedinho erático, que usamos quando ela quer dar várias gozadas e ser fodida pela frente e por traz de uma sá vez.rnEu deitado com meu cu todo lubrificado ainda com sua calcinha, ele traz consigo o lubrificante e ?seu pau?, um tamanho até para quem nunca deu, um tanto grande mais ou menos 19 cm., falei para ir devagar, respondeu ela ??fica quietinho para que realize meu desejo de comer esse cu gostoso?. Baixou a calcinha até chegar nos pés tirou apenas de uma perna que ela queria ficar olhando aquela peça minúscula no meu corpo, lambeu mais um pouquinho, passou o lubrificante com o dedo no meu cuzinho e foi enfiando o dedinho, dizendo que era bem apertadinho e que iria iniciar aquele rabo.rnTemos uma cinta que prende o pau artificial de gel muito parecido com um verdadeiro, colocou a cabeça na entrada do me cuzinho, gemendo muito, louca para comer meu rabo, falava palavras gostosas, e foi enfiando, eu tentando relaxar para não dificultar mais, doía um pouco,?fica quietinho que estou enfiando devagarzinho, dizia baixinho em meu ouvido, quando percebi já estávamos unidos por aquele pau, totalmente dentro do meu cu, com sua respiração ofegante começou a entrar e sair do meu rabo até que relaxei e me entreguei totalmente aos seus desejos, num ritmo maravilhoso, ficamos por mais ou menos uns vinte minutos, nessa posição, logos apás pediu que sentasse para ver seu pau ser cavalgado pelo seu macho que agora era sua putinha, atendi prontamente, já com mau anel acostumado fui sentando até entrar totalmente e comecei a cavalgar, ela pegou no meu pinto já estourando e começou a bater uma punheta até eu gozar, a porra chegou em sua cara e em seus peitos, ela passava a mão e levava até a sua boca e me beijava misturando minha porra com nossa saliva.rnLágico que apás essa loucura não poderia deixá-la na mão, fui pra cima dela e comi seu rabinho e sua bucetinha, não sei quantas vezes gozou, mas tenho certeza que foi o seu recorde em gozadas.rnEspero continuarmos nossos desejos por muito tempo ainda.rnAbraço a todos.rnrn rnrnrnrnrnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


inquilino do meu esposo contos eroticoContoseroticosdegatinhasdei cu de fio dentaconto erotico com xupa minha xota paicontos erótico namorada do do amigoprofessor de natação metendo a vara na colegaconto erotico de mulher casada socando o pepino na bucetaconto erotico sogro ahh uhh mete meteConto erotico zoofilia fiz a ninfeta chupar meu pau junto com meu cachorrocontos eróticos AHH OHHHfudeno a amanda e nanda duas gostosinha mobileconto sou homem e dei o cu para meu sobrinhoContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhconto amante do manocontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhovoyeur de esposa conto eroticocontos de putaria gay o garoto e o vigiacontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porraSou casada fodida contoFlanelinha de shortinho partindo a bucetaconto erotico so novinha a prendedo na varafui viajar com minha nora minha buceta ei cu delaIrmas casadas taradas carentes sendo enrabadasO amigo do meu namorado Contos eroticos teencontos eroticos estupro submisso f de semanacontos eroticos, minha tia e meu cavalo vidio de mulheres sendo emcochada ela fica de calcinha toda molladabotando a patroa pra gozarfrases minha amante usa fio dentalconto erotico flaguei meu marido masturbando nosso dogconto erotico no colo do vovocontos de incesto dez anosenfermeira deu a buceta pro velho do pau mole contos eroticosmetendo o dedo na cadelinha novinha contomeu paisinho e louco pra mi comer contoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos com sogro e sograas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altacontos eróticos minha mãe ajudaram a comer meu c*conto erotico descabaçei a novinha para dar a vaga de empregoContos eroticos de de lindos travestis tarado por cuhomem chupa b***** depois coloca rola dentro da b***** e AdeleContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindoengolindo ate o talo contospediu para o marido lamber porra contoscontos recebendo chupada na buceta e falando putariatirei as pregas da coroaconto erotico caronaContos mulher estrupadas negroscontos eroticos aventuras com minha namoradacriola no cuinho nao e nao guentocunhada mais velha casada contosfio dental trabalho contoscontos eroticos levando dedada do vovoestuprada na frente do marido por 6 homes conto eroticovivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitocontos de cú por medocontos eróticos de bebados e drogados gaysCONTOSPORNO sapecacadela virgem contoTatuagem na xoxota contosContos eroticos mae e filhos numa festa peladosMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosTio come sobrinha a força contos eroyicos porno conto meu primeiroamormaisexo peituda senta e goza na boca do macho contos eróticoszoofilia googleweblight.comleitinho do padrinho contos gayxoxota as infinitasconto sendo p*** da empregadadespedida de solteira com noiva pegando no pau dos stripscontos eroticos de regata sem sutiacontos comiminha primaconto erotico viadinho de shortinho e calcinha com mendingocontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos eroticos congresso medicopapai me comeu enquanto mano fodia mamae contos picantesconto erostico meu namorado e o amigo me comeuPortão tem puta fodedeira