Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENTEADA DORMINHOCA

Click to Download this video!

Era mais uma noite tranquila, já passava das 22:00 e estava vendo tv, quando ouvi bem baixinho, minha enteada me chamando, fui ao seu quarto e para minha surpresa ela estava sá de calcinha, fiquei meio bobo e vi que aquela menina de 19 anos já era quase uma mulher, chamei por ela duas vezes e o silencio era total, acendi a luz e fiquei deslubrado, como ela estava bonita, com o corpo lindo, loucuras passaram por minha cabeça, senti um calor e quando percebi ja estava de pau duro, mas que depressa sai do quarto fechando a porta, voltei a ver tv, mas aquela imagem nao saia da minha cabeça, fui a cozinha tomar um gole d´agua para acalmar-me e quando voltava para a sala ouvi o barulho da porta do quarto dela se abrindo, sentei no sofá e fiquei esperando pela sua aparição, passaram alguns minutos e novamente ouvi meu nome sendo chamado por ela, calmamente fui ao quarto, chegando lá, ela estava com as pernas semi abertas e um cheiro de femea exalava pelo quarto, meu pau subiu na hora, acendi a luz e chamei por ela, e mais uma vez o silencio permaneceu, sentei na cama e alisei seus cabelos, com a mão tremula acariciei seu rosto ate chegar aos seios, eram macios e firmes, senti meu pau soluçar,passei a mão na xoxota e senti a umidade na calcinha, ela esboçou um movimento e tive a impressão que ela sorria, corri e apaguei a luz, na penumbra continuei a aliza-la, afastei a calcinha e senti um mel escorrendo entre meus dedos, cheirei bem pertinho e nao resistindo passei a lingua, senti o grelinho crescer e as pernas dela ficarem arrepiadas a cada linguada que eu dava, ela ficava imovel, apenas esboçando um gemido, coloquei o pau para fora e comecei uma punheta deliciosa, continuei chupando aquela xoxota com pentelhos aparados, até que senti ela gozar, neste momento, ela começou a se mexer como se estivesse acordando, puxou o lençol e se cobriu, fiquei sem entender nada, puxei o lençol levemente, mas ela o puxou e se encolheu toda, nao aguentando de tesão fui para o banheiro e gozei como nunca havia gozado antes, apos um banho voltei ao seu quarto e vi que a porta estava trancada.Fiquei pensando... a sacaninha so queria gozar...passaram alguns dias e estavamos mais uma noite sozinhos em casa, ficamos vendo tv, ela usava uma saia e camiseta, pediu para deitar no meu colo e ali adormeceu ( ou fingiu adormecer ), nao consegui mais me concentrar no filme, meu pau ficou duro e ela virou-se ficando com a boca nele por cima do short, sentia ela mordiscar ele de levinho, nao aguentei e puxei a cabeça dela e coloquei o pau para fora, ela ficou com a boca meio aberta e botei a cabeça nos seus labios, senti quando uma parte da cabeça ficou dentro da sua boca, ela passava a lingua de levinho e eu delirava, levantei a saia e começei uma siririca, com isso toda a cabeça já estava dentro da sua boca, eu senti o pau pulsando e o gozo vindo, tirei o pau e gozei no seu rosto e seios, tirei minha camisa e limpei ela, levantei e fui passar uma agua na camisa, quando voltei ela nao estava mais na sala, fui ao seu quarto e a porta estava fechada. Outra noite agindo do mesmo jeito que da primeira vez, cheguei a passar a cabeça do pau na sua xoxota e fiquei ali esfregando até que gozamos juntinhos, e ela lá "dormindo".Essa "brincadeira" vem se repetindo duas vezes por semana ( é quando minha mulher que é medica fica de plantão no hospital) até hoje, se alguem esta passando por uma situação parecida, entre em contato.



Hunter



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contis eroticos gay policial Chapadoconto ganhando mamadeira de porraconto erotico flagrano colinho do vovô contos eroticosvidio porno corno mulher da em cima do jsrdineiro e empregada ver e participaenchi o cuzinho da travesti contosConto erotico meu cachorro taradocunhado pauzudo fudendo a sogra e a cunhada,contos e relatos eroticoscantos erotico brincando de baralho com sobrinhacontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigoconto. a sugadora de. porrahttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosOs travestis qui São quaz mulhermulher goza gostoso loucamente delirantecontos da casa eroticos de mulheres tendos os cachorros ou lobos lambendo suas calcinhas e fodendo elasmenina pegando fruta conto eroticoconto minha tia chupo minha bucetacontos eroticos gang bang com os molequesconto erotico viadinho de calcinha dormindo no sitioconto mulher e enteadacontos eroticos de fudendo com o pai depois de apanharterceira idade de calcinha no cupai me comesou casada e gozeino pau do meu genro sem camisinhacontos arregacamos minha esposa conto curto de travesti com hermafroditecontos comi a japonesa rabuda casadaenchi a boca na pomba grossacomo perdi o meu analme casei com uma puta safadacontos eroticos vi minha esposa chupando outrocasado chupa travesti contocontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadascontos traição no baileconto erotico casada carente badoocontos gay dando o cu para o cunhadozoofilija detei i porócontos eróticos transei com minha sogra com ela dormindocontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosvidio antigos onde duas mulher chamos alguns homen pra transaren no sulper mercadinho xvidiocontos porno travestis estupros sadomazoquismocontos eróticos mulheres casadas greluda que gosta de meninas virgemSou casada Minhas filhas me viram sendo fodida contocontos eroticos corno e amigo onibus de viagemContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto gay macho arroganteBuceta de barreira cearacontos adoro ser cornocontos reais eroticos na formatura casaisConto erotico zoofilia fiz a ninfeta chupar meu pau junto com meu cachorroficando com o hetero safadoconto gay contos eróticos estrupada pelo professor de judocontos eróticos frio chuvatirei a virgindade do meu sobrinho roludo e minha bunda grandehistorias eróticas os irmanzinhos na piscinaPorno mobile boqueternocontos eroticos esposinha e o velhaoachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhocontos eróticos tenho um caso com minha sogracontoseroticos/reconhecendo o encochadorcontos eroticos mexicanoum conto erótico mendigo Eu e minha filha juntocontos sexo estorando cu virgemscontos eróticos de gay e titio e amigocontos meu marido ajudou amigo dele me comercontoerotico.com/estuprei a mamae e da titiaCasada viajando contoscontos eroticos comi minha veiarelatos eróticos determinada por um negão roludofoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de empregadas dormindocontos eroticos minha mulher virou amante doscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto banhando a filhinhavoyeur de esposa conto eroticoconto gay tio paciente comendo o novinho devagarinhopapai me ensinado mamar contosnovinha de 13com peitinhocontos de incesto minha filha se tornou um mulheraocontos eroticos me masturbo usando calcinhacontos dei pro pastor alemotravesti seduz o entregador de pizza e mete no cu delecontos de punheta com botas