Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MEU FILHO E A NAMORADA DELE

Click to this video!

Era sábado à noite, estava em casa com meu filho mais velho, 21 anos, 1,83m, corpo gostoso, olhos brilhantes e com cara de safado, especialmente quando desfilo de calcinha perto dele, totalmente inocente, exibindo minhas coxas roliças, meus peitos pequenos e minha bunda gostosa, gosto de exercer o poder ?materno? que Deus me deu e me aproveitando disso já o seduzi diversas vezes e deixei ele me comer gostoso, na minha cama, no chuveiro, na cama dele... Enfim, achei que essa seria mais uma noite de putaria entre mãe e filho, mas eu estava enganada... Esta seria uma noite de muito mais putaria do que minha mente devassa poderia imaginar! rnrnEu estava no sofá, short de malha branco e regata branca, naturalmente transparente, mostrando a sombra marrom dos meus biquinhos durinhos que denunciavam que ali estava uma cadela no cio. Ele saiu do quarto de calça jeans, sem camisa e a me ver soltou um: - Puta que pariu, mãe! Como a Senhora está gostosa... Ele se abaixou e me deu um beijo bem, enfiando a língua na minha garganta e a mão por dentro da minha blusa, puxando pra fora meu peito e descendo a boca pelo meu pescoço até engolir meu bico e enfiar quase minha teta inteira na boca: - hum, vai mamar, bebê? Falei e ele sorriu enquanto chupava e lambia, segurava e chupava, ah, como ele faz gostoso eu pensava... Comecei a gemer e ele falou: - tá gostando, né safada? Aposto que sua bucetinha está melada, mãe... E eu respondi: - hahaha, quem disse? E ele soltou minha teta e enfiou a mão por dentro do meu short até sentir minha buceta lisinha e pingando de tão melada... Socou o dedo bem fundo:rnrn - Aqui, mãezinha, eu sabia que a Senhora estava meladinha, gostosa... abri bem as pernas e deixei meu filho enfiar o dedo bem fundo, ele enfiava e tirava o dedo, esfregava meu grelinho teso e tornava a enfiar... rnrn? hum mãe, que buraco gostoso, goza, mãe! Quero ver a Senhora gozar antes de colocar meu pau aí na sua buceta safada... não aguentei o tesão e soltei tudo... Rebolei no dedo dele, apertei a mão dele entre minhas coxas e fiz ele enterrar o dedo bem fundo... Ele viu que eu ia gozar muito mais, então tirou meu short, abriu minhas pernas e começou a chupar minha buceta, ele enfiava a cara no meio da minha xana e eu gemia: - isso, seu putinho, chupa assim, filho é assim que a mamãe gosta, que tesão de língua, tua mãe vai descarregar tudo na tua boca, chupa.... e gozei mais uma vez... o tesão era tão forte eu me arreganhava, alisava meu corpo, apertava minhas tetas, meu corpo tremia...que tesão de chupada filho, agora mete esse pau na mamãe, mete, vem inteiro. Ele levantou, abriu o zíper e botou o pau pra fora, rnrn- Que tesão esse pau que eu fiz! Que homem gostoso e safado é meu filho...Huuuummmm, dá esse pau aqui na minha boca antes, dá... ele esfregou o pau na minha cara, como se eu fosse uma puta e eu comecei a lamber a baba que já tinha melado a cueca do safado... ele enfiou na minha garganta, até me deixar sem ar, e começou a foder minha boca, que pau duro... que delícia, era isso que passava na minha cabeça, enquanto deixava meu filho me tratar feito uma puta barata, de esquina mesmo, eu apoiava minhas mãos na bunda dele e ele me segurava pelos cabelos enquanto fodia minha garganta, enfiando o pau na minha boca até soltar um jato de porra que me engasgou e que engoli no susto, mais um jato, desta vez aproveitei cada gota passando a língua na cabeça do pau dele e punhetando até pingar a última gota de porra do cassete dele. Ele não me parecia satisfeito, me botou de quatro no sofá e meteu o cassete que ainda estava duro até sentir as bolas roçando minha bunda... Comecei a rebolar e a engolir o pauzão do meu filho:rnrn- Isso meu menino, mete tudo, assim mesmo que mamãe queria... Ele me segurava pela cintura e metia com força e íamos gozar quando a campainha tocou... Ele saiu de cima de mim num susto e disse, é ela, (namorada dele) ela ligou dizendo que já estava vindo...num minuto estávamos vestidos e ele foi abrir a porta pra ela. rnrn rnrnA namorada dele é uma menina linda, 19 aninhos, peitinho empinado, bunda grande e deliciosa, sempre perfumada e com cara de putinha, dessas que dá a qualquer hora do dia, pois, sempre que estavam em casa ficavam trancados no quarto, o clima estava tenso, a sala devia estar cheirando a sexo, ela veio me beijar e disse com cara de safada: - hum, a Senhora ta com um cheiro que eu conheço... Estavam brincando? Pelo tom confortável, tive a certeza de que ele já tinha contado pra ela que transávamos, então eu dei um sorriso e ele chegou por trás dela, empurrou-a pra perto de mim e falou: - Beija a mamãe e vê se reconhece o gosto. Ela simplesmente sentou do meu lado no sofá e encostou a boca na minha, meu coração que já estava disparado pelo tesão da trepada de quatro, quase saltou pra dentro da boca dela... que tesão de beijo... de leve, com a língua atrevidinha, lambendo dentro da minha boca, ela lambia pra sentir o gosto da porra dele: - Hum, sogra, que delícia, andou brincando de chupar, né? Eu não sabia o que dizer, então ele chegou perto de nás duas e começou a nos despir, abaixou as alças do vestidinho, e tirou minha regata, continuamos nos beijando e encostamos nossas tetas, num abraço cheio de tesão... que delícia de safada meu filho arrumou, então ela se levantou e tirou todo o vestido, eu fiz o mesmo e fiquei nuazinha, ele sá olhava, o pau fazendo um volume absurdo no jeans que ele foi tirando devagar até ficar sá de cueca, ela disse no meu ouvido... - eu sabia que a Senhora era gostosa, ele me contou, fiquei com vontade de provar! Eu adorei a cara de tesão dela, deitei de lado apoiando as costas no braço do sofá e abri bem as pernas... avadiazinha começou a cheirar minha buceta e disse: - hum, ta meladinha...ele tava metendo aqui, né sogra? ? Estava sim, eu respondi, e ele veio com o pau pra fora da cueca e começou a roçar na buceta dela enquanto ela enfiava a língua e sentia o gosto da minha gruta ensopada que ele estava comendo quando ela chegou... ela gemia e me chupava, enquanto ele metia devagar nela, ela rebolava e enfiava a língua, não precisei de muito pra gozar na cara dela...aquela cena do meu filho fodendo a gostosinha, enquanto ela me chupava me deu um tesão incontrolável... ela gemia e falava :rnrn- hum, ela ta gozando na minha boca, amor... Que tesão de buceta da sogrinha e ele começou a meter mais fundo nela e a dizer: isso, mãezinha goza tudo pra ela, rebola na língua dela... e continuou fodendo a buceta dela mais rápido e falava: você também amor, goza gostoso pro teu macho, rebola no meu pau, quero as duas mulheres da minha vida gozando juntas.... ela também começou a gemer mais alto e percebi que estávamos gozando juntas... eu na língua dela e ela no pau dele... o safado se segurou... Imaginei que ainda ia precisar de muito fôlego pra aguentar a brincadeira... Eu estava de olhos fechados que tesão a boquinha da menina dele e que gostoso que ele tinha falado de mim pra ela, ele sentou na pontinha do sofá se modo que as bolas ficaram pra fora e ela sentou no colo dele, de costas com a buceta bem aberta, eu me agachei e comecei a lamber o saco dele enquanto ele metia na buceta dela, minha língua passeava pelas bolas dele e eu subia até a buceta dela e sugava o grelinho, ela cavalgava o pau dele e ele apertava as tetas dela com força, e eu passava a língua das bolas até a xaninha lisinha dela, lambendo e chupando, ela acariciava meus cabelos, subia e descia cada vez mais rápido no pau dele e ele mordia as costas dela, que tesão... Ela gritou que ia gozar de novo, então me concentrei no grelinho dela, ela começou a melar o pau dele, que putaria, enquanto ele tocava ela bem fundo com o pau eu a fazia gozar chupando o grelo... ela ficou toda arrepiada e depois de gozar muito ela foi ficando quietinha no colo dele... ele começou a beija-la com carinho e eu me sentei no colo dele de frente pra ela, as pernas entrelaçadas, ficamos assim agarrados um no outro... Ela abriu os olhos e começou a me beijar... Percebi que íamos recomeçar a brincadeira, fomos saindo do colo dele sem desgrudar as bocas, meu filho ficou em pé e nás duas nos abaixamos pra chupar o pau dele, ela começou lambendo a cabeça e eu a chupar o saco, ele segurava as duas pelos cabelos e falava: rnrn- nossa, que delícia, minhas duas mulheres. rnrn? Que tesão de boca, amor... rnrn? Que língua safada, mãe. ? Isso chupa assim, amor... Isso, mãezinha, engole tudo, mais, mais mãe... Eu estava adorando aquilo e enquanto eu chupava o pau do meu filho procurava a boquinha dela e enfiava a língua, ela retribuía sem tirar o pau da boca... Que tesão de momento, o pau dele estava explodindo, então ele colocou as duas de quatro no sofá e começou a meter em mim, enfiava na minha buceta e punha na boca dela, enfiava na buceta dela e punha na minha boca, que delícia nás duas gemendo e sentindo uma o gosto da bucetinha da outra, ele começou a foder as duas bucetas, enfiava um pouco em cada uma, nás duas nos beijávamos e nos acariciávamos, ela arrebitou bem a bunda e ele falou: rnrn- ah, quer dar o cuzinho amor? Ela então arrebitou mais ainda e eu comecei a lamber o cuzinho dela, enfiava a língua e sugava, ela se contorcia, melei bem e comecei a enfiar o dedo devagar, ela se abria e rebolava no meu dedo:rnrn- Ai, mãe que visão deliciosa, duas putinhas, que tesão, segurei então o pau dele e coloquei no cuzinho dela, ele meteu de uma vez e ela deu grito seco: - aiiiiiiiiii! Hummmmmmmmmm, e começou a rebolar e a gritar, comecei a esfregar o grelinho dela, e como estava de quatro, consegui ficar embaixo dela e chupar-lhe a bucetinha enquanto meu filho currava a vadiazinha, sem dá.rnrnEle não estava conseguindo segurar mais, então falou, vem aqui mãezinha, quero gozar na cara das duas vadias da minha vida: arrancou o pau do cu dela e começou a bater uma bronha na nossa cara, ficamos de boca aberta esperando e logo soltou toda a porra, que loucura, nunca tinha visto tanta porra sair da vara dele, lambíamos uma a cara da outra e engolíamos tudo que saía... ele caiu exausto no sofá e nás duas continuamos nos lambendo feito duas cadelinhas até ficarmos com a cara limpinha... ele abraçou uma fêmea de cada lado e ficamos assim sem falar nada... Nem precisava, foi uma trepada deliciosa... Depois de algum tempo ele falou, amo vocês duas.rnrnEles logo se levantaram, me deram um beijo na boca cada um, tomaram um banho e saíram, foi uma noite incrível para todos nás, a primeira de muitas. Assim espero!rnrnMyneirinha Devassarnrn rnrnEste foi apenas um conto... Desejos que existem na minha alma vadia, minhas aventuras reais com meu filho estão no meu blog, será um grande prazer recebe-los...Podem apostar!rnrnhttp:myneirinhadevassa.blogspot.com.br201112eu-e-meu-filho-sempre-tivemos-uma.html?zx=9c71ecfc81769aaa

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulher mostrando partes intimas meladaporno desmarcada do funkamigo hetero contocontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogoContos excitantes sou gaúchameus sobrinhos conto erotico gayadoro andar sem calcinha contosesposa novinha gostosa dominada por velho roludo contos eroticosconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouminhas duas mulheres esposa e cunhada na fazenda contos eroticoscontos trocando sexo por TCCContos eróticos fedorentacontos minha mulher foi fodida na praça por estranhoscontos eroticos gay ficticiosvvidos de muler co casoro. fudemoComtos mae fodida pelo filho e amigos delenegao marido de aluguel com casadas contosencostou o cotuvelo no meu peito fiquei loca conto eroticoestrupando visinha desmaiada por remedios contoscontos eróticos pequenafodo meu sogro todo dia com meu pauzao contocontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhocastigo sadomasoquismo contos seioscamiseta e sem calcinha contospotranca de mini saia fodendoconto minha tia pelada no quintalcontos eroticos reais cornos impotentescontos eroticos ajudei meu filho e fui estupradacontos erótico putinha de zonaporno pulando carnaval com a tia conto erotico eu e os meu colegas comemos o cuzinho do guri a forçaconto xota cu irmãzinhaContos eroticos minha mulher dormindo e eu louco pra fudeladei com muito amor conto separacaocasa dos contos eroticos/Três é demaiscontos eroticos so de pensar gozowww.contopadrinho.comgostosa fastando pratras pra ser encoxada rabetaoTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondidainiciacao putaria bi conto eroticoComi um cu fedodo contosuma x aninhar bem lisinha e gostosa2 ome pega uma mulher afosa prafase pornoliliane sabe quero seu cuconto erotico marido bebado sogro fode noracomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiconto erotico-engravidei do meu genrojogadora de pau pau de borracha na bucetinha da noraconto lesbica desde novinhaconto erotico comendo o cu da freirapelado amarrado contoscontos eroticosmasturbando o cuzinhocoleguinha liberal gay contoscontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos erotico prima matutaPeguei minha tia veridicocontos eroticos elisangela cunhadacontos eróticos comi minha sogra num domingoesposa liberando para amigos no acampamento contoContos fui nadar com minha avó acabei comendo elacontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhoContos eroticos minhas tetas roxas de tanto chuparemadoro usar as calcinhas da minha esposalinha na Rachinha contos eróticosviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticoscomigo vamo mulher do meu irmão meu irmão viu como um laser transar entre família comigo a mulher do irmãohistorias eroticas comendo a irmãcontos eróticos fui Penha a força por doisContos eroticos deixei a garota virge. loucacontos sado marido violentoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html cunhada na cadeia contosconto adoro um cu de gordaconyo erotico pai e filha ahh uhh mais meteconto erotico dando o cu por vingançaenpurou no cu so para ve o gritocantos eróticos d********* para o meu irmãoCavalo discabasando uma jumrentagorda gozando contosmeu padrasto fou no meu quarto vcontosConto erotico gay rasgaran meu cu