Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMO ME DEU UMA SOVA ANTES DE COMER MEU CU

Click to Download this video!

Nas últimas férias de final de ano fui com meus tios e um primo para uma casa de campo que eles têm no litoral da Bahia. Um lugar lindo com uma paisagem bucálica e afrodisíaca. rn Ficamos lá por uns 7 dias. Meus tios resolveram voltar para São paulo e fiquei com meu primo sozinhos por mais uma semana curtindo as férias naquele paraíso tropical.rn Meu primo é um desses tipos estranhos e de gostos estravagantes e muito pirado da cabeça. Peguei, várias vezes, ele me olhando tomar banho e sempre gostava de encostar nas minhas pernas e nos meus quadris. rn Tenho 19 anos e um corpo bem formado, coxas bem torneadas, um bumbum arrebitado e carnudo, os cabelos muito lisos e bem cuidados, os lábios grossos e uma pele macia e bronzeada.rn Já estava anoitecendo, quando ele abriu uma lata de cerveja e sentou-se no sofá da sala e ficou olhando com o olhar fixo para mim. Achei aquilo estranho e perguntei o que estava acontecendo. Sem comentar muita coisa, levantou jogando a lata de cerveja em cima da mesa de centro, me pegou pelo braço e me jogou com força no sofá. rn Mais uma vez perguntei o que estava acontecendo e o motivo daquela atitude ríspida. Ele mandou que eu calasse a boca, sentou no sofá, me pegou com as duas mãos me deitando de bruços no seu colo, baixou meu short e começou a passar as mãos nas minhas nádegas. Tentei resistir, mas como ele é muito forte e parrudão, não tive força suficiente para livrar de seus braços musculosos e malhados.rn Depois de alguns instantes, pegou um chinelo rasteirinha que estava usado, aqueles de tala de couro grossa e começou a bater com força na minha bunda que o som ecoava pela casa. Pedi que parasse coma aquilo que estava doendo, mas ele disse que era para doer mesmo e continuou o castigo por mais de dez minutos. rn Plaft, plaft, plaft, a rasteirinha cumpria sua missão deixando meu trazeiro em brasa. Eu gemia cada vez mais alto, mas quanto mais pedia para parar, ele batia com mais força. rn Com a bunda completamente vermelha e cheia de vergão, ele me jogou no chão, abaixou a bermuda e mandou que eu chupasse seu pênis. Depois de minha negativa, me pegou pelos cabelos quase me levantando de uma vez e com o rosto colado ao meu disse em voz alta e irada: "se não fizer o que estou mandando vai levar outrra surra de chinelo, moleque safado". Passei a mão pelas nádegas latejando de dor e resolvi fazer o que ele mandou. rn O cacete do cara media uns 20 centímetros e estava a ponto de explodir de tesão. Passei a língua primeiro, depois fui colocando aos poucos na minha boca até que ele enfiou tudo de uma vez me dando vomito.rn Fiz um boquete tão perfeito que o cara gozou na minha cara em poucos minutos. Senti a porra quente escorrendo no meu rosto. Antes mesmo de refazer daquela experiência, ele me pegou pela cintura e me colocou de quatro em cima do sofá e disse para arrebitar a bunda que ele ia comer o meu cu.rn Mais uma vez neguei e ele tomando a rasteirinha nas mãos me aplicou umas vinte chineladas que gritei de dor. Não aguentava mais apanhar e decidi fazer o que ele queria para acabar com aquela agonia.rn Ele passou a língua no meu ânus virgem me fazendo arrepiar de tesão, medo e prazer. Cuspiu na ponta do cacete e foi relando na portinha do meu cu até colocar a cabeça. Gemi com a respiração ofegante apertando forte a almofada para tentar não sentir tanta dor.rn Depois de colocar um pouco mais, mandou que eu arrebitasse a bunda pra cima que ele ia enfiar tudo, queria ver os 20 centimetros dentro do meu rabo.rn Pedi que ele gozasse logo que aquilo estava incomodando, ele tornou a cuspir no cacete, me segurou forte pela cintura e enfiou o mastro todo no meu rabo. Dei um grito de dor que ecoou na vizinhança. Fez o movimento de vai e vem com vontade, mostrando que estava com um tesão fenomenal por aquele cuzinho apertadinho e gostoso e eu gemendo feito uma putinha levando a maior ferrada no rabo.rn Depois de mais de quinze minutos comendo meu rabinho, senti o esperma quente jorrando dentro do meu cu. Gemi de dor e um certo prazer com aquela sensação estranha de ser possuido pelo práprio primo.rn Gozou duas vezes sem tirar de dentro e ainda me deu alguns tapas na bunda com sua mão que mais parecia um chinelo, mandando que eu rebolasse. Fiz o que ele pediu e gozou pela terceira vez desta vez demorando mais que as vezes anteriores.rn Ao terminar o espetáculo, mandou que eu ajoelhasse no chão e chupasse seu cacete ainda duro de tesão. Quando aproximei, senti o cheiro da porra e do cu e quase vomitei, mas ele segurou forte meu rosto e me fez chupar até limpar a porrra toda que estava no pinto. rn Fomos tomar um banho juntos, ele esfregou minha bunda ardida pela sova que tinha levado de chinelo, enfiou o dedo no meu cu me fazendo gemer novamente e mandou eu jurar que a partir desse dia, eu seria somente seu.rn Aquela experiência não chegou a ser traumatizante, mas foi, no mínimo, diferente para mim. Voltamos a nos encontrar e repetimos a dose algumas vezes, mas isso é assunto para mais tarde. Depois conto com detalhes as tardes de muita chinelada na bunda e de 20 centimetros esporrando dentro do meu cuzinho apertadinho.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos chupei muito e fiquei louco pela bucetinha da sobrinha novinha novinha da minha esposacontos eróticos caminhoneiro seduziuContos eroticos, meu filho E meu raboContos eróticos gravida de 4 peõesgožano na buceta da irmanconto erotico voce vai sentar na minha picaNA BUNDA CONTOwww. brasileiras provocando com olharesde safadas pornocontos erotico gay negro dando pra brancoA maior gozada muita porra contosa gostosa d aobrinha pertubando o tio kovem no quarto cheio d teaaosainha olhava lesbicas contoscontos eróticos verídico no escritórioconto erótconto lesbicscontos eroticos cuidando da minhas sobrinhas e suas amiguinhasContos eroticos minha mulher e o policialconto erótico sexo com violênciaBoqueternolesbicas presediarisconto erotico masculino gay " ajuda que o padre queria"Me comeram ao lado do meu namoradoconto porno tempos de senzala gayConto erotico no sitio casa de dois comodosassisti vídeo porno de mulher de chortinho curto depano fino ela dentro de casacontoseroticosdesvirginandoprima cazada ve seu primo comendo a subrinha depois pedi para o primo fuder com ela no sexoconto erotico bucetas folozadavirei cadela contos eróticosenrabado no campingconto erotico de escrava lesbconto erotico perdendo a virgidade com o porteiroporno contos subornei minha intiadacontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realx video.com madrasta me mandou eu lamber o seu cuzinhomeu cu ficou rasgado e sangrando contosvovo me pegou fudeno o cu da mamae falou que queria experimentar contosesposa e meu amigo contos pornosconto anal raimunda carnudacontos patrao chantageia funcionário pra comer a mulher gostosa do funcionáriopai da namorada conto erotico gaycontos erotico-mandou se exibir e virou cornocontos eroticos minha namorada deu paracontos erotico viajando com paisocando na minha irmã compressão sexeFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contoscontos de coroa com novinhosera q meu marido ja ficou com travesti peguei ele vendo videomeu marido me flagrou fodendo contosprimeira vez que comi meu amigovhupou minha buceta lesbicaconto eróticoconto erotico gay com cunhado velho coroa grisalhoconto erotico neu rabo seduziu meu subrinhorelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhascontos eroticos coroa casada querendo mama coro andarilhocontos eroticos pego gostoso o meu filho gueicontos trai meu maridoContos sexo velhas professora com novoscantos eróticos d********* para o meu irmãoAi meu cú. Conto erótico heterossexual.Contos eroticos casal certinho e travest roludoestoria porno o sonho do meu marido e cornoconto erotico espiando pelo buraco da fechaduragorda gozando contosxconto dei gostoso ainda falei p maridocontos eroticos bem.pesadoa e com.padrastoconto lebisco minha amiga pagou uma postituta par comer a buveta delacontos eróticos sobre sobrinhabucetudacontos enrabando sobrinha da minha mulhercontos eroticos na praiabucetas lindasconto erodico de entiada evangelicacontos erotico cumendo o cusinho daniela