Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NÃO FOI DESTA VEZ

Click to this video!

Olá!rnHá tempos não escrevo nada neste site, mas estou de volta e espero que gostem deste conto e dêem suas opiniões e comentários para que eu me incentive a contar outros.rnTenho hoje 30 anos, 1,79m, sou branquinho, cabelos e olhos castanhos, corpo muito bem definido devido às malhações e não sou nenhum pouco afeminado, mas com certeza quem conversa comigo por dois minutos percebe que o que gosto mesmo é de homem.rnDescobri bem cedo essa minha preferência, devia ter onze para doze anos, mas sá com treze anos tive minha primeira experiência com outro menino.rnRafinha também tinha treze anos e completamente desengonçado e ansioso conseguiu de mim, apenas uma punheta que em nada resultou devido às circunstâncias desfavoráveis, sá lambuzou minha mãozinha com o sêmen, que me lembro como se tivesse sido hoje, cheirei e lambi sem que ele percebesse.rnTentamos várias outras vezes,e cada vez com mais evolução para ele e isso me satisfazia, pois sabia que minha hora estava se aproximando.rnMe lembro perfeitamente quando ele gozou pela primeira vez com uma punheta que lhe proporcionei, e foi a primeira vez que senti o cheiro e sabor acrisalgado de esperma, cheirando e lambendo a mão. Confesso que não apreciei nem um pouco aquele gosto, nem nas minhas primeiras mamadas gostei de sentir na boca. Mas com o tempo percebi que seriam meus sabores e aromas preferidos e hoje até alteram minha libido quando os sinto.rnNessa mesma oportunidade achei que receberia um pau dentro de mim, no meu cuzinho que já clamava algo que o penetrasse. rnDepois de bater a punheta em Rafinha, abaixei minha bermuda e pedi que me enrabasse. Me apoiei no tanque de roupas da mãe dele e numa posição adequada abri os glúteos com as duas mãos e ofereci minha virgindade ao vizinho. Com a rola ainda mole roçou meu reguinho. Senti a caricia do pau no meu anelzinho e fechei os olhos desejando que endurecesse logo para ser comido ali.rnSem sucesso!rnForçava minha bundinha contra o pau de Rafinha esperando a defloração, cada vez que a cabeça encostava em meu orifício, mas a pica dobrava e não entrava.rnPeguei a rola de Rafinha, de costas mesmo, de olhos fechados o massageei esfregando no meu cuzinho e aos poucos senti que endurecia e ficava em ponto de me satisfazer.rnAbri minha bundinha novamente e minha exposição favoreceu o domínio de Rafinha.rn- Vem, fode. Enfia agora.rnSenti a ponta do pau colada ao meu anel, Rafinha me segurou pela cintura e meus nervos esfinctais pulsaram como se quizessem engolir a glande e me preparei para realizar meu desejo de receber uma rola pela primeira vez, sentir um homem dentro de mim, fazer Rafinha gozar dentro da minha bundinha, quando a maldita porta se abriu.rnEra a mãe de Rafinha que por pouco não nos surpreendeu.rn- Rafa, onde você está?rnRápidos vestimos nossas bermudas e eu maldisse aquele momento.rn- Aqui na área, mãe.rnQue ádio!rnSaí dali maldizendo a casa, a mãe de Rafinha e a minha pouca sorte, e prometi que sá iria me entregar a um homem de verdade e nunca mais queria ver o Rafa.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


coroa pede gisa pra mim safadoEu e meu macho padrastonão sei como ela aguenta toda no cu e na boca está pica giganteconto ela estava no quarto nua e o sobrinho na salametendo A lingua na xaninha da novinha contos enrabada no intercambio contoscontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delaela sentiu meu pau crescendo contos eroticosvideos porno gays me pegou no flagra no poraomTia dando o cu para sobrinho garotinho contos eróticosconto sobrinho engravida tia casadacontos lesbicos princesa chupa princesacontos eroticos corno e amigo mesmpia se acha ser pausudocontos erótico pequenapai me comeComi um cu fedodo contosirmã irmão estudando lá no exterior não tinha feito ela com tesão ele com tesão meteu a rola nela bem gostosoconto xupei o pau do meu amigo pq perdi apostalésbicas se ralando incerta com bucetacomi minha tia no escurocontos de coroa com novinhocontos vizinha loira meninacomendo minha irmazinhano escuro.com/videocontos minha e eu no analO que e aclauzacontos o cheiro da rola do papaicontos aempregada nordestinacontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualmenino bateno puheta pos amigo no riosinhocontos eroticos casal voyeur sem quererconto erotico minha mulher nua na frente do paiconto erotico gay motoqueiro marrenticonto erotico arregaçadapeguei minha sobrinha do interior matutinhamalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contocontos de gay sendo humilhado pelos pauzudocontopaugrandecontoseroticos chupando meu tiovideos de cornos que chuupamcontos eroticos maduras eu e minha amiga gostamos daquela piça pretacontos eroticos zoofilia aparelho coletacontos fui estudar a noite que professoramulhe sora no pau fudedocontos estupro teenContos porno com o papaivideos de casais namorando muitoogostosoconto erotico patricinha dando pra pobrecontos eroticos no acampamentocontos eróticos de mães e filho de pau grandebudao fudida por varios brutosmaridinho chupou minha bucetacomi minha sograegozei na bocar delacontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi elápai t***** acariciando a bundinha da filha e goza sem pararpornogay gaúchos gozeidentro do cudo meuamigo bebadoconto de o negao pirocudo rasgou meu cu sem docontos eroticos chupando a pica do meu filhonaturismo contosdando o cuzinho pro pintinho contosboqueteira gaucha contoContos erotico comendo meu cachorrocom amigo na praiaconto eroticocorno safada do Pará corto eróticosconto gay muleke do cuzinho raspadinhofudendo pra valer com tubo de gel no rabocontos linguada homemcontos eróticos sendo tratado como mulherxvidiocontos eroticos novinhaContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadacontos acordei louca para fuder com meu irmaocontos eroticos meu amiguinho me encoxoucontos eróticos punheta da primacontos tia preferidaconto porno puta suja de estradacontos incestosna infância flogdosexo.compauloelizabethconto erotico lesbico chupa meu grelinho ai vou gozar isso não para ai ai ai to gozando