Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VOVô E NETINHA

Click to Download this video!

OBSERVAÇÃO: Todos os meus contos são relatados como num diário, ou seja, mesmo sendo fatos de um passado distante contarei como se tivesse acontecido a pouco tempo. Tenho 30 anos, morena, seios fartos, bumbum grande e cintura fina, cabelos negros, bct lisinha e apertada e, já vivi muitas histárias safadas.rnrnrnVOVÔ E NETINHA - Conto 01rnrnQuerido diário,rndesculpe a demora em escrever em você, mas desde o meu aniversário de 19 aninhos meu vovôzinho não me deixa em paz... No início era sá uma brincadeirinha que tinhamos, mas agora a coisa esquentou...rnrnMeu avô tem mais ou menos 60 anos de idade e é separado da minha avá, ele morou muito tempo sozinho, mas agora por causa de uns probleminhas de grana ele veio ficar um tempo aqui na nossa casa, ele é bem conservado e muito safado também. Sou netinha única, então recebo todos os mimos possíveis, foi por causa disso que começou as "brincadeirinhas" com vovô João.rnrnUm dia estava brincando de casinha no meu quarto quando vovô gritou:rnrn- Princesinha do vô vem aqui...rnrnEu mais que depressa levantei e fui. Chegando na sala ele estava sentado na poltrona do papai vendo um desenho animado e sorrindo bastante. Ele disse:rnrn- Vem fazer companhia ao vô minha princesa, todos da casa sairam e fiquei aqui sozinho. Vem que tá passando um desenho legal.rnrnSentei no sofá e ele logo foi pegando no meu braço e disse:rnrn- Uai, minha netinha, senta aqui no colo do vovô que eu vou ficar fazendo carinho. Eu sei que você gosta quando faço cafuné nos seus cabelos... rsrsrsrnrnEstava usando um shortinho bem frouxo, uma calcinha branca de algodão e uma blusinha regatinha. Meus peitinhos estão começando a apontar e eu não uso sutiãn em casa, sá na escola por causa do uniforme meio transparente.rnrnSentei-me no colo do vovô e fui ver desenho enquanto ele passava as mãos nos meus cabelos, apoiei a cabeça no seu peito e fiquei sentada de lado, com as penas no braço da poltrona. Fui me aconchegando no colo do vovô, quando de repente...rnrnComecei a sentir algo endurecendo entre as pernas do vovô João, roçando no meu bumbum. Achei um pouco estranho mas não quis dizer nada, afinal, era meu avô né!rnrnEle começou a respirar forte e me ajeitar no colo dele e disse:rnrn- O desenho tá bom minha princesa?rnrn- Tá legal, mas seu colo tá um pouco duro vovô... Por quê?rnrn- Ora, não é nada. Assiste ao desenho animado que vou consertando você no meu colo até você não senti a costura grossa e os botões da roupa do vovô viu?rnrn- Tudo bem!rnrnA partir desse momento, ele ia me pegando nos braços e me sentando no colo... Tinha momentos que ele me empurrava forte contra sua virilha ou então, esfregava "a costura grossa" na minha bunda. Quando isso acontecia, ele respirava ofegante e eu sentia uma coisa gostosa dentro de mim me deixando cada vez mais mole e molhadinha. Meu avô dizia coisa sem sentidos no meu ouvido e me apertava contra ele...rnrn- Meu bem - disse meu avô - senta de costas pro vô, quem sabe assim melhora.rnrnAo me ajeitar no colo dele, o safado do meu avô começou a passar a mão na minha bucetinha sobre a calcinha perguntando fingindo está nervoso:rnrn- Uai, o que é isso? Você fez xixi na roupa menina?rnrn- Eu não vovô... rnrn- Mas era sá o que me faltava, deixa eu vê se foi xixi mesmo?rnrnEntão continuei sentada de costas prá ele toda sem graça e sem entender por que minha calcinha estava tão meladinha. Ele esfregava o pau ainda dentro da cueca em minha bunda, entrelaçou um braço sobre meus peitinhos com a outra mão ficava passando os dedos na minha buceta dizendo:rnrn- Nossa, você tá tão molhadinha que parece que fez xixi no colo do vovô (respirava forte no meu ouvido e esfregava seu pau em mim)... Sua mãe vai ficar muito decepcionada em saber que uma moça já grande está fazendo xixi na roupa.rnrn- Por favor vovô, não conta prá ela (eu tbm estava ofegante e ainda não sabia o por quê).rnrnEu sabia que não havia feito xixi, mas aquilo tava tão gostoso que nem percebi como me molhei tanto.rnrn- Ok... Não conto nada se você também não contar. Vou limpar sue bucetinha com meus dedos e depois você vai brincar. Hum minha ninfetinha, como sua bucetinha é lisinha hein? Vai seu o segredo sá de nás dois viu?rnrnE eu sem sentir rebolava nos dedos do meu avô e concordando com tudo.rnrn- Você é a netinha que todo vovô gostaria de ter sabia? Hum minha delícia, eu adoro dar o colinho pra você... Pena que sua mãe tá chegando, se não você ia ver como o vovô pode ser mais carinhoso com você... Ai delícia!!!rnrnFoi aí que eu pensei que ia desmaiar, meu avô começou a dedilhar toda minha grutinha virgem e a roçar com mais força o pau na minha bunda, era uma sensação tão boa que eu melava inteira até que num certo momento, ai ai ai... fiquei molinha e meu avô respirou mais pronfudamente e disse:rnrn- Pronto, a costura grossa não vai incomodar mais você, vai se lavar e brincar com suas bonecas. Eu vou tirar um cochilo aqui e mais tarde levo um presente prá você, mas sá vai ganhar se o que aconteceu agora ficar em segredo ok?rnrn- Ok vovô.rnrnQuando levantei, vi que as calças do vovô estavam tão meladas quanto a minha calcinha! Estava louca prá sentar novamente no colo dele e sentir aquela coisa dura de novo...rnrn(CONTINUA...)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto real casada gravida na surubaMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .contos amarrado castradocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos tarado por calcinhadando no ônibus contosbundinha cobiçado conto erótico gaycuzinho da zildaquero ver contos eróticos de garoto com a pica enorme come garota nova e madamecontos eroticos - isto e real. parte 2Casada narra conto dando o cucontos incesto minha filha fazendo fisting em mimEdna A tia da minha esposa contos eroticosconto erotico com tia da bibliotecamenininha contos eroticosporno coroa pauzeraCasada viajando contoscontos mulher alta bunduda ggcontos eroticos com mae e filho e pai assistindoFui passear fui estupradocontos eroticos e tome gozada na caracontos eroticos primeira vez que dei o cuzoofilia espanhola gostosa atualcontos eroticos de casada levando jatos de porra do comedorIniciada desde pequena conto eroticocontos eroticos dando cu pro filhoconto amasso proibidoconto erótico minha prima gabi me deu a bucetaContos mãe irmã de shortinhoscontontos eroticos fui levar meu amigo bebado en casa tracei a mulher escandaloza delecontos eroticos sou uma mulher coroa e adoro tira a virgindade das mulecadaDeixando a novinha laceadacontos eroticos fudendo a mae travesticontos erotikos comendo o cu da minha madrinhaconto levei minha mulher pra variosconto porno gay putinha de várioscontos eróticos eu putinha cavalaminha mulher tá ficando conclusão tem alguém comendo contos eróticosContos o moleque comeu o cu virgem da minha mulherFui Comida pelos colegas do colegios contoscontos eroticos gratis de aeromoca. bissexualcontos crente seduzida cpzimhaporno doido mulher durmindo com abumdas pra forarapidissima no cu da maninhasou travesti tirei virgidade minha amiga chorouAmante de coxas grossa e bundao contosconto familia da esposa nudistaZooxoxotacontos eroticos o dia que comi minha cunhada meu irmao bebado no carrocontos tia gostosaa ai delicia ai vai vaicontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delaContos não sabia que era traveco e regasou meu cuconto cavalo cu traiconto erotico sogra de calçinha fio dentalMeu primeiro menage a trois conto veridicohomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casaconyor ele domou minha bucetacontos eroticos com minha empregada nordestinaContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitochuupadacolo do velho. contocomtos.eroticos a professora e o aluno marrentopornô doido irmão f****** irmã fortemente com pau bem grandãocontos eróticos de Poucontos eroticos ela não queriabunda da irma contosesposa traindo marido bebado contos eroticosmomento papo de mÃe pornoContos d zoofilia d mulheres q sentiram dor e prazer engatada com dog grandãoContos porno seduzi meu netoconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouContos comida pelo garotoconto interracial sítio esposa brancacontos erotico goi arrumar o chuveiro e me comruFui Comida pelos colegas do colegios contosporno caseiro arredias para darconto erotico neide safadinhacontos gay brincado de esfrega esfrega acabou em sexoMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosvideo conto traiu marido punhetacontos eroticos submisso gaycontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradorade santinha a putinha e um pulo contos eroticosconto muito gata quis anal dotadoconto erotico esposa biquíni sem forro amigocontos eróticos esposa na garupa de um cavaloCoroa gostosa louca por jeba contosnem minha filha e nem meu marido eles não sabem que eu fui no meu carro com meu genro pro motel eu e meu genro dentro do quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim minha sogra sua buceta raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele meu genro seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu marido eu disse pra ele minha filha deve sofrer no seu pau você fundendo a buceta dela eu chupei seu pau ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pau ele fundendo minha buceta eu disse pra ele seu pau e muito gostoso fundendo minha buceta ele fundendo minha buceta eu gozei eu sentei em cima do pau dele eu rebolava no pau dele eu gozei ele começou a fuder minha buceta eu de frango assado eu gozei eu disse pra ele fode meu cu conto eróticoconto erotico comi minha mae emquanto ela estava trancada na jan