Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LOUCURA NO TRABALHO

Click to this video!

Sou uma mulher de 35 anos, separada, 1,68m, 70k, seios médios, cintura fina, bunda muito farta e coxas grossas, tudo bem firme.rnSexo nunca foi muito importante para mim, até eu conhecer meu namorado há 2 anos. O sexo com ele mudou minha vida. Eu era recatada, mas ele mudou tudo. Tanto que não deu conta, e agora...rnNessa semana de Natal e ano novo, tive que trabalhar sozinha no escritário, e sem nada para fazer, no 1° dia fiquei enviando mensagens quentes e provocantes pro meu namorado que estava em casa de férias. Me masturbei bem gostoso umas 5 vezes no trabalho, mas continuava com muito tesão para ir para casa e encontrar meu gostoso. Pedí até que viesse ao meu trabalho para transarmos aqui (coisa que já fizemos em outro emprego e aqui ainda não), mas ele preferiu me esperar em casa.rnSem movimento nenhum no escritário, fechei 19 minutos mais cedo e fui embora. No ponto de ônibus, um amigo me ofereceu carona, e eu, com um fogo absurdo, buceta toda encharcada, aceitei para chegar em casa mais rápido.rnMas não deu muito certo... Meu namorado não gostou e brigamos. Sá que meu fogo ainda me incendiava... Me masturbei mais uma vez, mas ainda não era suficiente. Queria mesmo era lamber, chupar e mamar aquela piroca gostosa. Queria que ele metesse na minha boca, me segurando pelos cabelos... Adormecí.rnAcordei na manhã seguinte, com mais fogo ainda. Fui para o trabalho, e assim que cheguei, sentei na cadeira, coloquei as pernas em cima da mesa e me masturbei bem gostoso, hora enfiando o dedo na buceta encharcada e hora no meu cuzinho apertadinho. Gozei bem gostoso, e comecei a preparar uns relatários. rnEntão, (essa é a melhor parte) a campainha tocou. Era o Leandro, rapaz que faz a manutenção da impressora, um moreno lindo, sarado que já normalmente me chama a atenção, naquele dia então, minha buceta começou a pulsar...rnMandei ele entrar e minhas pernas tremiam, e minha respiração mudou... Ele entrou, me cumprimentou com 2 beijinhos e foi ver a impressora. Eu, incendiada, fiquei olhando aquele homem e imaginando loucuras... Na hora de ir embora, ao se despedir, ele me abraçou e me desejou um feliz ano novo no meu ouvido e eu não aguentei e dei um gemido... Ele perguntou o que foi, e eu num impulso nunca imaginado por mim, peguei a mão dele e coloquei por baixo da minha saia, na minha buceta e disse: É isso! Ele surpreso, disse Nossa!, deixa eu ver isso. Ajoelhou na minha frente, levantou minha saia e viu minha buceta encharcada e latejando. E sem pensar duas vezes, desceu minha calcinha e começou a me lamber muito gostoso. Foi me empurrando, até eu encostar na mesa, onde levantando-se, me pegou, jogou tudo no chão e me colocou na mesa para continuar me chupando, enquanto enfiava a mão por baixo da minha blusa, acariciando meus peitos. Em pouco tempo gozei, e disse que queria ver aquela piroca, e já fui abrindo o zíper da sua calça. Que maravilha!!! Uma piroca grande e grossa, dura, latejando de tanto tesão, prontinha para eu fazer o que quisesse. Ajoelhei na sua frente e comecei a passar a língua em toda aquela delícia, depois dei umas mordidinhas de leve e uma engolidinha bem suave e devagar, e de repente, engoli tudo com vontade e comecei a mamar. Ele deu um grande gemido e eu mamava com vontade, e pedi para ele meter na minha boca. Ele então segurou o meu queixo, mandou eu abrir bem a boca, segurou forte em meu cabelo e começou a meter gostosinho na minha boca. Eu então pedi mais e para me bater. Ele então deu um tapa na minha cara e meteu aquela piroca até a minha garganta. De repente ele me puxou pelo cabelo, me empurrou contra a mesa de costas para ele, e ainda segurando meus cabelos, meteu numa estocada sá na minha buceta, que rapidamente mostrou que recebeu bem aquela deliciosa piroca e gozei rebolando para ele. Louca de prazer, pedi que ele me batesse mais e ele então, me segurando pelos cabelos batia na minha bunda e enterrava aquela piroca bem gostoso, e dominada de tanto tesão, pedi que comece meu cú. Ele maravilhado respondeu que aquilo era uma ordem. Molhou meu cuzinho com bastante saliva, meteu o dedo para preparar e começou a me meter aquela piroca enorme no meu cuzinho apertadinho. Começou devagarzinho até eu pedir pra meter com vontade. Não demorou muito e ele gozou gostoso enchendo meu cuzinho de leite. Deitei sobre a mesa exausta e maravilhada...rnMas não tinha acabado ali...rnMas essa fica para o práximo conto...rnEsse é meu primeiro conto. rnEnviem comentários para saber se devo continuar escrevendo.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Zooxoxotacontos reais meu marido fez uma deliciosa DP com seu amigocontos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetacontoseroticoscomendo a baba e minha sograo tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"Tatuagem na xoxota contosTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondidaempregadinha contocontos mulher madura safada na farmáciaencoxadas no aperto contoscontos eroticos de regata sem sutiacontos eroticos de mulher traindo o esposo com o montador de moveiscontos lesbico meus pais viajaramContos pornos-esporrei na comida da cegavideos de mulheres mamandoleitee no peito da outraencoxadas nos blocos do carnaval contosconto erótico da b******** Doeu muitohonme infinando a rola na bumda da molecontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos namorado e amigo mesma camacontos eroricos de menina virgens que adorou ser estuprada pelo opadrasto e seus amigosminha dani me fodeu me quando dormiConto ertico. Minha adrasta. Bebia"me enraba" cornoatolando nas cachora no ciofidendo uma nnda gigabte carnudacontos de heteros branco comendo bunda negrameu marido abriu minhas pernas e tirou minha virgindadedupla perfeita uma chupava meu pinto e a outra chupava meu cuMulheres se jutao para fazer xexo contospaty abriu a buceta com os dedos contoscontos eróticos frio chuvamulheres violadas contos eroticosminhaesposa numafesta-contos reaiscontos eroticos colega da faculdadenovinha com peso na barriga usando churrasco de vídeo pornôContos eroticostio tiacontos eróticos de professoras de cegosquero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anoscontos eroticos de sobrinho roludocontos gozando nas calcinhas dekarolcontos picantes se masturbando com pepinofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticosou homem quero dar o cu para uma putafilho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmomelequei a bucetacontos fudendo minhas primas peitudasfoda interracial dezenho foda com a sinhacontos eroticos pelos pubianos expostosao meus 19 anos cumi um cuziho bricando d esconde esconde contosgayTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anoscontos eróticos coroas na casa de repousoContos eróticos linguada safadoContos eroticos fui corno na festaPutinha desde a puberdade contos eroticosMamando o netinho contoseroticoscontos comer cu sogra e filhacontos eroticos sonho americano 2Contos eroticos-lesbica pluga bucetinha linda da sobrinha novinha contoscontos eróticos, gosto de sentir o esperma escorrendo dentro do meu cume seguraram e um jegue me arregaçou contos eróticoscomeu cu da coroade 30anossa menina e o cachorro de rua contos de zoofiliasexo Sátão garotas da noite prazer conto erotico no colinhofazer sexo anal com cachorro pequeno e possivel ficar engatadocontos eroticos flagrei minha namoradacontos eróticosgaysmeu primo de menordelicia conto heteroContoseroticosdesolteirascontos de mae sedutoraRelatos de gay quie derao ao pedreiro saradosobrinha de 9 contosPrazer Gay:Contos sobre Valentão da minha vida