Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO

Click to this video!

O que vou narrar agora é a mais pura realidade do que me aconteceu na noite do meu aniversário. Meu nome é ...., sou casada a 20 anos com .....( casaljf), sempre saímos em busca de aventuras, e pode crer, das que fizemos, muitas dariam contos deliciosos. Nunca quisemos escrever, mas a do meu presente de aniversário tem que ficar registrado. Foi demais.rnTrabalhamos com jovens em nosso bairro (Igreja). Um belo dia quando estava cuidando da encenação de uma peça me deparei com um dos atores trocando de roupa, trata-se de Júnior, garoto alto, de cor jambo, corpo bonito, na época tinha 19 anos, ele usava uma sunga branca, não resisti em observar o volume em sua sunga, fiquei louca com o que vi. Quando transava com Roberto, falei da sena com o Junior (fazemos sempre isso, para apimentar a transa) e assim ficamos, sempre que lembrava e falava davamos altas gozadas imaginando Junior tirando aquela sunga e me possuindo. (Roberto adora assistir um pouco pra depois participar).rnUns seis meses depois do ocorrido na peça houve uma maior aproximação do Junior com o Roberto, os dois passaram a conversar mais, e sempre que Roberto podia, tocava no assunto do dia em que vi Junior de sunga insinuando uma transa com ele. Nunca tinhamos nos relacionado com ninguém do mesmo bairro que o nosso, temos muito medo de ficar falados, sempre fiz questão de deixar bem claro para Roberto, ?práximo daqui de casa não? não adiantou, o Roberto estava realmente decidido a colocar o Junior em nossa transa, chegando inclusive a me avisar que estava preparando o terreno, apesar dos 19 anos de idade, acreditava que Junior iria nos preservar, quando ele chegava perto de mim no grupo de jovens que coordenamos e me tocava eu gelava. Em nossas transas fantasiosas passamos a falar cada vez mais em Junior, seus gestos, sua fala, seu jeito carinhoso atencioso para comigo eram prato cheio para Roberto falar-me no ouvido ?vamos buscar Junior, vamos??.rnUm dia antes do meu aniversário, Roberto me liga do trabalho avisando que tinha reservado um suite em um motel para comemoramos nás dois, eu falei que seria no dia seguinte e ele disse que queria comemorar comigo a partir da meia noite. Relutei em fazer essa programação, não adiantou, já tinha até combinado com nossos vizinhos para ficarem com nossos filhos. As 22 horas, Roberto me colocou no carro e saímos em direção ao motel, de repente ele entrou no terminal de ônibus do Aeroporto, parou, a porta de traz do carro se abriu e fui surpreendida com a entrada de Junior no carro, perguntei ?o que é isso Roberto?? e ele me respondeu: é seu presente de aniversário, fiquei gelada e revoltada ao mesmo tempo pois não admitia a presença de uma pessoa tão práxima em nossa transa. A sorte estava lançada, chegamos ao motel e Junior foi logo tomar banho, depois foi Roberto e eu. A suite do motel tinha dois andares e Roberto tratou logo de abrir cerveja para tomarmos, ligou a TV em canal de sexo e Junior olhando tudo, se admirando pois era sua primeira vez em um motel. Roberto ficou de cueca, fiquei percebendo seus sinais para Junior tomar atitude sobre mim e Junior nada, ficamos nesse lenga, lenga uma meia hora, foi quando Roberto subiu para o primeiro andar e nos deixou. Junior do meu lado, ficou olhando o filme na tv e eu me perguntando: e aí ? foi quando Júnior pegou sua grande mão, segurou na minha e levou até o encontro de sua mala, e posso falar com toda propriedade: que mala! Era enorme aquilo que segurava, estava muito dura, fiquei alisando até que ele tirou a bermuda e ficou novamente com aquela sunga branca da peça, quando botou rola pra fora fiquei pasma com o que estava na minha frente, era a vara mais linda que já tinha visto, grande, grossa, retinha e com uma cabeça bem rosadinha, acreditem, já saímos com muitos caras, mas aquela era com certeza a melhor rola que já tinha pego.rnEle me abraçou dando-me um beijo delicioso, o pircieng que tem na língua foi um atrativo a mais, não titubiei, abaixei na frente dele, peguei aquela vara e comecei a chupar, ele queria que eu engolisse a vara dele toda, mas era impossível, minha boca sá alcançava uma pequena parte do seu grande e delicioso membro, me engasguei varias vezes com ele empurrando minha cabeça contra seu corpo, tive até que dar-lhe uma palmada para ele parar, a essa altura, Roberto já estava assistindo a tudo e se masturbando, chamei-o para perto e mostrei o presente que ele me deu, percebi sua cara de surpresa e admiração ele disse: que coisa mais linda. Junior me pegou e jogou no sofá, tirando toda minha roupa, me beijando, acariciando, descendo até alcançar minha vagina que latejava de tando tesão, ele me chupou muito, metendo seus enormes dedos na minha boceta, era alucinante como ele metia os dedos em mim, com uma força que cheguei e gozar, pedi para lhe chupar novamente e quando dei por mim estava com as duas picas duríssimas na minha boca, claro, não cabia as duas enquanto eu chupava uma a outra me batia na cara. Roberto, nesse momento, me possuiu, meteu sua varona em mim, enquanto eu chupava Junior. Percebi o olhar de Roberto para a vara de Junior, e lhe ofereci, ele no começo resistiu, mas não aguentou e também meteu a boca naquela vara, ficamos os dois nos deliciando naquele brinquedo gostoso, nessa brincadeira eu e Roberto gozamos juntos. Roberto saiu para se lavar, foi quando Junior pediu para foder meu cuzinho, recusei, era muito grande, mas ele disse-me que era seu sonho foder um cú de uma mulher, nunca tinha feito aquilo e estava louco para fazer. Lembrei que carregava um creme que tinha comprado para usar com Roberto, peguei o creme e falei para Roberto: ele quer me enrabar, Roberto arregalou os olhos e perguntou: você vai aguentar? Fazer o que né? Junior tinha uma sonho e não podia decepciona-lo, passei o creme em seu membro, ele me jogou no sofá e começou a tentar enfiar aquela vara em meu cuzinho sem sucesso, foi ai que Roberto pediu para ajudar, ele me colocou de quatro e mandou o Junior colocar primeiro o dedo pois ele seria o guia da rola, coisa que Junior seguiu a risca enfiando aquela vara enorme me minha bunda, nunca tinha deixado ninguém, a não ser Roberto, meter em meu traseiro, doeu muito, mas e medida que Junior metia meu tesão aumentava, a dor se transformou em uma enloquecedoura transa, quando Junior percebeu que eu já acostumara com sua vara em minha bunda, puxou-me para cima dele, pegando no meu quadril levantando-me e jogando-me em cima da vara, estava sentada no colo dele cavalgando em sua rola, foi delicioso.rnDepois de termos gozado muito, Roberto olhou pro relágio e viu que chegara a hora de comemorar, já estava tudo preparado para três, ele cuidou de tudo, abrimos um vinho, brindamos meu aniversário e fomos tomar uma hidromassagem indo depois para a cama, onde começou o segundo tempo da minha festinha. Transamos muito, cavalguei muito naquela vara maravilhosa, Junior e Roberto meteram em mim em todas as posições que suas imaginação mandaram, fizeram uma dupla penetração que meu deixou louca.rnFoi com certeza o meu melhor presente de aniversário. Estamos ensinando o Junior a fazer um casal gozar na cama, ele ainda é muito novo, 19 anos, e quer aprender tudo, depois daquela noite que teve conosco nunca mais iria deixar de transar com casais, foi a melhor coisa que lhe aconteceu na vida.rnContinuamos nos vendo todos os dias, em casa, na Igreja, nos ensaios e Junior até agora nunca mudou. É como se nada estivesse acontecido.rnE ESTAMOS NO SITE: http:swingbrasileiro.com.bralbum.php?id=7800rnrnO Nosso TWITTER é http:twitter.comcasalriojf

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


muie pega a manguera do amigo do cornaoconto erotico fiquei trancadocontos fodendo a namorada de todo jeitocontos casada vai a festa de faculdade e se da malvirando escrava submissa do traficante contorola na professora contocontos minha irmã minha putacontos prima batendo uma pro primoconto erotico iniciada por meu tiocontos comendo o cuzinho da fazendeiracontos de negros taradoso lekinho putinha da turma conto eroticocontos coroas as quetasgarota de kize anos sedo em coxadacontos eroticos ele insistil que deixei tira camisinhacontoseroticos d sexos de camioneiro comendo travesti na estradaestou ficando louco pela filha de minha mulher incestoconto eróticos gay hulkcontos eróticos eu e minha mãe na praiacontoa eroricos minha mulher meu inimigocontos vizinha dona de casa tetuda caidaconto de enteadahttp://idlestates.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlconto erotico gay magrinho calcinha e coroaContos erótico de cdznha verídicocontos levei uma rolada do meu filhorelatos de casadas que treparam vom suas cunhadssContos eroticos selvagem com meu amigofui fudida ainda de calcinhacomparando paus contosconto erotico dopei minha filinhaconto minha mulher gozou na picona de meu serventeContos eroticoseus.filhosContos eroticos fagrei mnha esposa fodendo com dois carasso contos de comendo a menina pobre da favelacontos sou fudedeiracontos eroticos de madame cm entregadocontos minha mulher vendo meu tioContos eroticos titias caindo na rola grossa do sobrinhocontos eroticos com mae e filho e pai assistindo eu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticofotos da minha mulher gulosameu cuzinho desvirginadose um homem excita uma mulher e demora muito para penetra-la ela pode sentir uma dorzinhaxvidio travesti lisarolacontos gay meu primo pauzao vir iaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãocontos do caralhotive que dar contos eróticosmama direito vadia csralhocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoMeu primo que chupa no meu pauconto ertico lambendo buceta ela gem mtoconto incesto calçinha de bichinhoas mais linda esguichada na punhetapau expulsa pau do corno da buceta contosarrombado; contos gaybuceta gegadecontos esposa quase nuaporno mulhres usano chortes Cavadãocontoseroticoscommaridoeu quero ler contos eroticos com mulheres que adora da pra homens da pica de cavalocontos pornos mamae carinhosacontos amor gaydoce nanda trepando e dando gostosinho contos eroticosContos eroticos peguei a manaputinhasinocenteeu meu caseiro e minha filha e suas amigas contoscontos eroticos com absorventecontos eróticos transando com o cara do carnavalContos eroticostio tiaconto gay "agradece" machosogracarentepornorasguei o afeminado novinhocontos erotico mayara piercingContos erótico pombinha inchadaContos fudendo a coroa gravida casadacontos flagrei minha irmã e seu filhobianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticoshumberto de pau duroduas irmas com peitinhos crescendo e o irmao chupandoo homem abre a periquita da mulher e chupa e coloca um botijão dentro da vajinhagarotas virgens bundudas enrabadas no circo contos eroticospor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticoscontos/meu primeiro broche e fodacontos eroticos gemi no cacete do marido da minja amigacontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gayscontos de esposas putascontos camioneiro pau muito grossoconto encoxada e analcontos minha mulher com um dotado mi fez chupa eleconto curto mulher contrata traveco pro cornomarido viado hormonios femininos conto eroticoIncesto com meu irmao casado eu confessoenteado comeu minha esposaconto eróticocontos enquanto dormia